Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Consultório de Astrologia

Ritual para limpeza energética

ritual_3.jpg

 

Sabia que as energias que nos rodeiam nos afetam, e que as energias negativas sobrecarregam o nosso campo energético, fazendo-nos sentir em baixo? Realize este ritual sempre que estiver a precisar de recuperar energias!

 

Vai precisar de:

- 1 vela branca - proteção divina
- 1 copo com água - acalma as emoções
- 1 punhado de sal grosso - absorve a energia negativa
- 3 cones de incenso - trazem a paz e a harmonia
- 1 punhado de alecrim - limpa as energias
- Queimador para ervas e incenso, fósforos
- 1 banho de limpeza espiritual - purifica o seu corpo

 

Preparação:

1 – Acenda a vela e peça ao seu anjo da guarda que a proteja.
2 – Deite o sal dentro do copo com água.
3 – Coloque no queimador os cones de incenso e um punhado de alecrim e deite-lhes fogo.
4 – Assim que começar a fazer fumo, pegue com cuidado no queimador e dirija-se à porta de entrada de sua casa.
5 – Dê então uma volta completa a todas as divisões, começando pela porta de entrada, no sentido dos ponteiros do relógio.
6 – Quando terminar, coloque o queimador ao pé do copo com água e da vela e reze um Pai-Nosso.
8 – Prepare então o seu banho de limpeza espiritual. Ponha um litro de água ao lume.
9 – Quando estiver a ferver, deite nela o banho de limpeza espiritual.
10 – Coe e deixe arrefecer até ficar morno. Tome um duche normal e, no final, derrame o líquido do pescoço para baixo.
9 – Deite fora os restos da vela e do alecrim quando terminarem de arder. Deite fora a água com sal, mas volte a encher o copo todos os dias com água e sal grosso, para absorver a negatividade.

Chá dos Anjos

10958967_417786648381294_6207090437848340114_o.jpg

 

Por utilizarem as propriedades calmantes que algumas plantas e ervas selecionadas possuem, os chás são uma das medidas terapêuticas mais usadas para ajudar a afastar a insónia e a dormir uma noite tranquila e relaxada.

 

Se tem dificuldades em adormecer e em dormir bem, recomendo que tome diariamente o Chá dos Anjos, um chá especial que é composto por plantas escolhidas pelas suas propriedades relaxantes e também por afastarem as energias negativas e os maus pensamentos, atraindo a paz e a serenidade.

 

Por ser harmonizado com uma energia muito pura, este chá transmite a paz e a serenidade de um anjo e ajuda quem o toma diariamente a sentir-se mais relaxado e tranquilo, com a mente mais calma e livre de preocupações. Deve tomar este chá especial dos anjos todos os dias, uma hora antes de se ir deitar, enquanto se descontrai no sofá ou num local onde esteja confortável.

 

Preparação:

- Coloque 4 colheres de sopa de chá dos anjos num litro de água fria. Leve ao lume e deixe ferver durante 5 minutos. Coe e beba morno, uma hora antes de se deitar. Pode juntar açúcar ou mel para adoçar a sua noite.

Como vencer o ciúme

divorce1.jpg

 

Sabia que os ciúmes interferem na relação, sendo uma das principais causas de discussão entre o casal, chegando muitas vezes a levar à separação? O ciúme vem do nosso sentimento de insegurança em relação a nós próprios, gerando desconfianças em relação ao parceiro.

 

Quando não acreditamos que somos dignos de ser amados e que temos valor, encaramos as outras pessoas como ameaças e sentimos medo de ser rejeitados ou deixados pelo nosso parceiro.

 

O ciúme pode interferir constantemente na relação porque a pessoa ciumenta sente-se constantemente ameaçada, estando sempre desconfiada e projetando essas desconfianças sobre o parceiro, que por sua vez se vai sentir descontente e retaliar, acabando por haver discussões.

 

Para acabar com o ciúme, deve fortalecer a segurança em si própria, pois só dessa forma poderá passar a sentir-se segura com o seu par. Aprenda a controlar os seus impulsos e substitua os pensamentos negativos como "ele anda a enganar-me de certeza!" por "ele ama-me e vai ficar comigo porque eu sou uma mulher valiosa e uma esposa dedicada!"

 

Para fortalecer a sua segurança em si própria e afastar o ciúme prepare um banho especial com 7 poderosas ervas contra o ciúme:

* Freixo – árvore sagrada, tem propriedades protetoras e afasta os inimigos e representa a flexibilidade.

* Morangueiro – associado a Vénus, deusa do amor, traz sorte para a vida amorosa.

* Alcachofra – de origem árabe, o nome alcachofra significa "ponte", e esta planta ajuda a fazer a ponte entre o casal, seguindo em frente e deixando para trás o passado e o ciúme.

* Videira – simboliza a segurança e a estabilidade.

* Marmeleiro – também associado a Vénus, ajuda a amadurecer os sentimentos e as relações, fortalecendo os compromissos.

* Medronheiro – transmite a calma e a ponderação necessárias.

* Ulmeiro – representa a força dos nossos desejos inconscientes, ajuda a vencer o ciúme a partir de dentro de nós.

 

Preparação:

- Coloque um litro de água ao lume até levantar fervura.

- Quando estiver a ferver, deite na água as 7 ervas contra o ciúme, todas misturadas.

- Reduza para lume brando e deixe ferver durante 7 minutos.

- Apague o lume, coe as ervas com um passador e quando estiver morno verta do pescoço para baixo, depois de tomar o seu banho normal.

Como proteger-se de amarrações

ritual casamento.jpg

 

As amarrações são um dos feitiços da magia negra mais temidos e de que mais se ouve falar. São feitos a pedido de pessoas que desejam forçar o parceiro a ficar com elas ou que desejam "roubar" o marido (ou a mulher!) de outra pessoa.

 

Por lidarem com energias muito baixas, as amarrações são muito perigosas, e quem as pede ou faz esquece-se das Leis do Karma: o universo devolve-nos tudo aquilo que emitimos. Tudo o que fazemos irá, mais cedo ou mais tarde, recair sobre nós.

 

Assim, uma pessoa que faz uma amarração para prender outra vai ficar, ela própria, presa a essa pessoa, sem conseguir seguir com a sua vida para a frente, atraindo para si todo o tipo de negatividade.

 

Para se proteger de amarrações, feitas a si ou ao seu par, em primeiro lugar, concentre-se no bem. Lembre-se que não há nada que o homem faça que Deus não desfaça.

 

Quanto mais positiva for, mais protegida estará. Uma vez que as amarrações provêm de energias negativas, elas não conseguem actuar tão eficazmente numa pessoa positiva e com fé em Deus, que tem a energia luminosa, impedindo que as energias negativas entrem nela.

 

Em segundo lugar, é muito importante ter consigo um objeto com poder protetor, como um saquinho com pó "Sangue de Dragão", que encontra à venda em lojas esotéricas.

 

Deve trazê-lo sempre consigo ou, se preferir, colocá-lo escondido por baixo do colchão, para proteger a sua relação. Deve, também, realizar um ritual de limpeza para cortar amarrações.

- Vai precisar de:
- 1 vela vermelha – para fortalecer a sua relação
- 3 rosas brancas – representam a pureza do amor
- um copo com água e sal – neutraliza as energias negativas
- um saquinho com pó Sangue de Dragão – corta as amarrações
- um Banho de limpeza espiritual – com ervas especiais para proteção amorosa
- suporte para a vela, fósforos

Preparação:
- Acenda a vela junto das 3 rosas e do copo com água e sal.
- Segure no saquinho com pó Sangue de Dragão na sua mão esquerda e diga em voz alta o Salmo 7, um salmo muito poderoso:
"Senhor, meu Deus, em ti me refugio,
salva-me e livra-me de todos os que me perseguem. (…)
O meu escudo está nas mãos de Deus,
que salva os rectos de coração.
Deus é um juiz justo,
que manifesta em cada dia o seu furor. (…)
Quem gera a maldade concebe sofrimento
e dá à luz a desilusão.
Quem cava um buraco e o aprofunda
cairá nessa armadilha que fez. (…)
Darei graças ao Senhor por sua justiça;
ao nome do Senhor Altíssimo
cantarei louvores.
Amém!"
- De seguida, tome um banho de limpeza com o preparado especial de ervas.
- Coloque então duas das rosas numa jarra com água fresca e traga o saquinho com o pó Sangue de Dragão sempre consigo, ou então coloque-o debaixo do seu colchão
- Saia de casa e leve a terceira rosa branca, que deve deitar num jardim longe de sua casa. De agora em diante, só haverá lugar para duas pessoas no seu relacionamento.

Ritual Iluminador de Caminhos

prayer-candles.jpg

 

Saiba que em qualquer altura da sua vida pode pedir ao universo que lhe traga aquilo que mais deseja, iluminando a sua vida para que as oportunidades que procuram venham ao seu encontro.

Vai precisar de:
- 1 vela
- mistura de ervas "abre-caminhos"
– 1 bola de cristal com suporte – representa o futuro
- 1 Olho de Santa Luzia – ilumina o seu caminho
- 1 imagem de Santa Luzia
- suporte para a vela, fósforos, queimador para as ervas, carvão


Preparação:
- Acenda a vela junto da imagem de Santa Luzia e do Olho de Santa Luzia.
- Coloque a mistura de ervas juntamente com o carvão no queimador e deite-lhe fogo.
- Deixe que o fumo de espalhe e, segurando o queimador com cuidado, percorra toda a sua casa, no sentido dos ponteiros do relógio.

- Quando terminar, retorne ao lugar onde está a vela e reze:
"Santa Luzia,
Conserva a minha fé
e ilumina o meu caminho!
Que os maus olhos nunca me vejam,
Que os maus espíritos nunca me atinjam,
Que toda a minha alma protegida esteja!
Ámen!"

- Deixe a vela e as ervas arderem até ao fim e depois deite fora os restos.
- Guarde a imagem de Santa Luzia no seu quarto e traga o Olho de Santa Luzia na sua mala ou no seu carro, para que ele ilumine sempre o seu caminho.

Afastar a cobiça

4_OlhosCastanhos.jpg

 

A cobiça é um dos sete pecados, e são poucas as pessoas que nunca sofreram os efeitos da cobiça alheia. Por cobiça entende-se desejar, de uma forma negativa, algo que pertence a outra pessoa.

 

Para se proteger contra a cobiça deve, em primeiro lugar, concentrar a sua mente nos pensamentos positivos. Independentemente da energia que as outras pessoas nos dirigem, é muito mais fácil defendermo-nos do mal quando dentro de nós estamos focados no bem, na fé e na confiança em Deus. Por outro lado, para poder fortalecer a sua energia e cortar com todo o mal que lhe fizeram, por cobiça, benza-se e tome um banho de limpeza espiritual.

 

Tanto os banhos de limpeza e descarga como as benzeduras são métodos muito antigos, já usados pelas avós das nossas avós, porque recorrem ao poder da oração, no caso das benzeduras, e das ervas e do sal, no caso dos banhos, para repelir tudo o que nos fazem de mal.

 

* Benzedura para afastar a cobiça
Vai precisar de:
- 1 prato fundo com água
- 1 punhado de sal grosso
- 1 pouco de azeite numa tacinha

Preparação:
- Deite a água no prato e deite o sal lá para dentro.
- Diga a seguinte oração em voz alta:
"Deus te viu, Deus te criou
Deus te livre de quem para ti com mal olhou.
Em nome do pai, do Filho e do Espírito santo
Virgem do pranto, quebrai este quebranto.
Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.
Amém!"

- Molhe o dedo no azeite e deixe cair três gotas no prato com água. Está agora livre da cobiça, inveja e quebranto que elas provocam.

 

* Banho de limpeza espiritual

1 – Coloque um litro de água ao lume até ferver.
2 – Quando ferver, apague o lume e deite a água num jarro onde já colocou a mistura de sal e ervas que compõe o seu banho de limpeza.
3 – Deixe arrefecer até ficar morno.
4 – Tome o seu duche normalmente.
5 – Quando terminar, derrame a água com o banho misturado sobre o seu corpo, do pescoço para baixo.
6 – Limpe-se com cuidado, retirando ervas e grãos de sal que tenham ficado colados à pele.

O Poder Das Ervas Afrodisiacas

Estas plantas têm um aroma intenso e penetrante.

Devido às suas características picantes e estimulantes,

umas mais que outras, quando ingeridas produziam

uma sensação nova mas agradável de euforia que

 induzia o desejo amoroso. Por essa razão foram

consideradas afrodisíacas e proibidas noutros tempos.

 

 

Hoje em dia a sua utilização é comum e essencial para a

cozinha de todas as regiões do mundo e as suas

propriedades afrodisíacas já não assustam mas até agradam.

No campo ou num jardim perfumam o ar com os seus aromas

profundos. Adicionadas aos cozinhados e saladas activam o

sabor dos ingredientes e tornam os pratos mais interessantes

e exóticos. Em chás, infusões, banhos e óleos as suas

propriedades terapêuticas e estimulantes são libertadas

para uma sensação de bem-estar físico.

 

 

 

Açafrão  - Especiaria estimulante utilizada em pó de cor

amarela ou vermelha. Na Ásia é empregada para tingir tecidos.

Adiciona-se ao arroz e ao marisco para dar uma cor amarela

e um sabor delicioso.

 

Alfazema – planta de aroma muito agradável, afrodisíaca

cujas sementes são utilizadas para perfumes e sabonetes.

As sementes adicionadas à sopa realçam o seu sabor,

mas devem ser retiradas antes de servir.

 

Anis – Tem um sabor forte e interessante. Quem não gosta,

não gosta mesmo. As sementes são utilizadas para xaropes,

bolos e licores. O licor de anis era utilizado para estimular

sexualmente.

 

Baunilha – o extracto de baunilha serve para bolos,

gelados,café e chocolate.

Tem um sabor e cheiro doce e quente e há

quem goste de perfumar o corpo ou a roupa

com a sua essência.

 

Canela – Ligeiramente picante e agradável, a canela é utilizada

em pó ou em pau para doces, cafés, chás e no caril.

Chá de canela é bom para as dores de menstruação.

 

Cravinho – Especiaria perfumada e picante que alivia a dor

e é utilizada na Ásia e América do Sul para dar um toque

mais exótico aos cozinhados.

 

 

Gengibre – Raiz de sabor forte e perfumado que induzia amantes.

Pode ser consumida em pó nos bolos e cozinhados exóticos.

Em chá ou mesmo fresco, como na cozinha japonesa,

serve como digestivo.

 

Hortelã – planta silvestre de sabor fresco a menta óptimo

para bebidas e chás e para temperar carnes e sopas.

Nalguns países árabes e do Norte de África serve-se

num chá açucarado.

Na idade média servia para estimular cavalos.

 

Louro – uma ou duas folhas acrescenta um sabor mais

interessante aos pratos de carne, em particular borrego.

Para os Romanos o louro era considerado um símbolo

de virilidade e os soldados usavam-no em coroas.

 

Manjericão – Com um aroma suave e delicioso as folhas

podem se utilizadas em saladas, especialmente com tomate.

Existem cultos muito antigos relacionados à paixão e

fertilidade e ainda hoje em Portugal existe a tradição das

raparigas solteiras porem um manjerico (que tem folhas

mais pequenas) à janela no dia de Santo António.

 

Orégão – Perfumado e intenso é ingrediente essencial na

cozinha mediterrânica pois intensifica o sabor de carnes

e legumes.

Tem características sensuais especialmente quando

misturada com a água do banho.

 

Pimenta – estimulante natural, que aquece e provoca

ligeira euforia.

Acrescenta sabor e picante a quase todos os pratos

e quando cheirado dá comichão no nariz e vontade

de espirrar.

 

Salsa – fresca de sabor e cheiro, pode-se comer fresca ou

adicionar a cozinhados de carnes ou alguns legumes

juntamente com alho.

Combina muito bem com cogumelos.

Tem umas folhas suaves que são ideais para cócegas e

carícias.

Antigamente era associada abruxarias.

 

Salva – as folhas são utilizadas para temperar

carnes de sabor forte.

Fresco ou seco tem um cheiro e sabor intenso e

interessante.

Na Grécia antiga acreditavam que um chá de salva

aumentava a fertilidade.

As suas folhas secas penduradas afastam insectos.

 

Tomilho – um óptimo tempero para carnes e para o azeite.

Tem um cheirinho fresco e estimulante mas é ligeiramente

amargo de sabor.

Também se pode beber em chá e é bom para a tosse. 

 

Ervas Afrodisíacas

 

Estas
plantas têm um aroma intenso e penetrante. Devido às suas características
picantes e estimulantes, umas mais que outras, quando ingeridas produziam uma
sensação nova mas agradável de euforia que induzia o desejo amoroso. Por essa
razão foram consideradas afrodisíacas e proibidas noutros tempos.

 

Hoje
em dia a sua utilização é comum e essencial para a cozinha de todas as regiões
do mundo e as suas propriedades afrodisíacas, muitas por sugestão, já não
assustam mas até agradam. No campo ou num jardim perfumam o ar com os seus
aromas profundos. Adicionadas aos cozinhados e saladas activam o sabor dos
ingredientes e tornam os pratos mais interessantes e exóticos. Em chás,
infusões, banhos e óleos as suas propriedades terapêuticas e estimulantes são
libertadas proporcionando uma sensação de bem-estar físico.

 

 

Açafrão - Especiaria estimulante

 

 

utilizada em pó de cor amarela ou vermelha. Na Ásia é empregada para tingir
tecidos. Adiciona-se ao arroz e ao marisco para dar uma cor amarela e um sabor
delicioso.

Alfazema – planta de aroma

 


muito agradável, afrodisíaca cujas sementes são utilizadas para perfumes e
sabonetes. As sementes adicionadas à sopa realçam o seu sabor, mas devem ser
retiradas antes de servir.

 

Anis

Tem um sabor forte e
interessante. Quem não gosta, não gosta mesmo. As sementes são utilizadas para
xaropes, bolos e licores. O licor de anis era utilizado para estimular
sexualmente.

 

Baunilha 

 

o extracto de baunilha serve para bolos, gelados, café e chocolate. Tem um sabor e cheiro
doce e quente e há quem goste de perfumar o corpo ou a roupa com a sua
essência.

 

Canela

 

Ligeiramente picante
e agradável, a canela é utilizada em pó ou em pau para doces, cafés, chás e no
caril. Chá de canela é bom para as dores de menstruação.

 

Cravinho

Especiaria perfumada e picante que alivia a dor e é utilizada na Ásia e América do Sul
para dar um toque mais exótico aos cozinhados.

 

Gengibre – Raiz de sabor


forte e perfumado que induzia amantes. Pode ser consumida em pó nos bolos e
cozinhados exóticos. Em chá ou mesmo fresco, como na cozinha japonesa, serve
como digestivo.

 

Hortelã 

 

 

planta silvestre de sabor fresco a menta óptimo para bebidas e chás e para temperar carnes e sopas.
Nalguns países árabes e do Norte de África serve-se num chá açucarado. Na idade
média servia para estimular cavalos.

 

Louro

 uma ou duas folhas acrescenta um sabor mais interessante aos pratos de carne, em particular
borrego. Para os Romanos o louro era considerado um símbolo de virilidade e os
soldados usavam-no em coroas.

 

Manjericão –

Com um aroma suave e delicioso as folhas podem se utilizadas em saladas, especialmente com
tomate. Existem cultos muito antigos relacionados à paixão e fertilidade e
ainda hoje em Portugal existe a tradição das raparigas solteiras porem um
manjerico (que tem folhas mais pequenas) à janela no dia de Santo António.

 

Orégão

 Perfumado e intenso é ingrediente essencial na cozinha mediterrânica pois intensifica o sabor de
carnes e legumes. Tem características sensuais especialmente quando misturada
com a água do banho.

 

Pimenta

estimulante natural, que aquece e provoca ligeira euforia. Acrescenta sabor e picante a
quase todos os pratos e quando cheirado dá comichão no nariz e vontade de
espirrar.

 

Salsa

fresca de sabor e cheiro, pode-se comer fresca ou adicionar a cozinhados de carnes ou alguns
legumes juntamente com alho. Combina muito bem com cogumelos. Tem umas folhas
suaves que são ideais para cócegas e carícias. Antigamente era associada a
bruxarias.

 

Salva

 as folhas são utilizadas para temperar carnes de sabor forte. Fresco ou seco tem um cheiro e
sabor intenso e interessante. Na Grécia antiga acreditavam que um chá de salva
aumentava a fertilidade. As suas folhas secas penduradas afastam insectos.

 

 

Tomilho 

 

um óptimo tempero para carnes e para o azeite. Tem um cheirinho fresco e estimulante mas é
ligeiramente amargo de sabor. Também se pode beber em chá e é bom para a tosse.

 

 

 

Dicas de Beleza

Queridas Amigas,

Para nos embelezarmos, e tirar o ar de cansadas que ganhamos com o nosso dia-a-dia. Deixo-vos aqui umas dicas para ficarmos lindas!

O culto da beleza sempre existiu desde as Civilizações mais antigas. Os Egípcios davam muita importância à aparência física, e como tal tinham uma grande atenção aos artefactos de beleza, aos perfumes e a rituais de bem-estar. As mulheres egípcias maquilhavam-se, perfumavam-se e criavam elaborados penteados. Os Romanos, por outro lado, massajavam o corpo com óleos e loções perfumadas e tinham o hábito de frequentar termas com banhos aromáticos. As mulheres do mundo árabe perfumavam o corpo e o hálito e tinham um grande cuidado com o banho e com a higiene corporal.
Em todos estes hábitos de asseio e embelezamento presentes nas civilizações antigas a utilização das plantas, frutos e cereais tinha uma grande importância.
Ser bonita não significa simplesmente ter um corpo atraente ou um rosto cativante. A beleza física reflecte o que existe no interior de cada pessoa, e cultivá-la é procurar que os pensamentos e as emoções sejam puros e verdadeiros. Uma mulher deve, pois, ser bonita em todos os sentidos da palavra.
A ligação com a Natureza, a procura do equilíbrio e o culto da harmonia contribuem de forma muito eficaz para que qualquer mulher se sinta bem consigo mesma e se sinta bonita. Aprender a conhecer as virtudes das plantas e saber utilizá-las é uma forma simples e eficaz de preservar e evidenciar a sua beleza interior e exterior.
Através das plantas é possível criar perfumes, loções para o rosto, óleos de massagem para o corpo e sais para o banho, assim como bálsamos e remédios naturais que nos ajudam a manter a forma. É necessário ter cuidado com os produtos que escolhemos para uso cosmético, que devem ser de origem orgânica para não terem substâncias químicas nem tóxicas que possam fazer mal ao organismo. Também é preciso ter atenção à sensibilidade da pele, cabelo e unhas de cada pessoa.
Relativamente à forma de utilização, o óleo essencial pode ser adicionado a outros óleos para massagem e as folhas e frutos podem ser fervidos, depois de lavados cuidadosamente, sendo que os frutos podem ser liquidificados e aplicados directamente na pele ou nos cabelos, transformados em puré ou utilizados através do vapor.

Algumas sugestões para peles bonitas, frescas e sempre jovens:

 

Ananás: a sua polpa feita em puré ou sumo pode ser utilizada como máscara regeneradora e rejuvenescedora da pele.

Cenoura: numa máscara de beleza é ideal para aplicar em peles secas, e por outro lado ajuda a combater as rugas e a atrasar o envelhecimento da pele. O creme torna pele mais macia e dá-lhe brilho, e serve de tónico para peles cansadas.
Gengibre: em vaporizações e loções limpa a pele removendo impurezas.
Pêssego: hidrata e nutre quando utilizado em cremes. Uma máscara de pêssego enriquece a pele e torna-a macia.

 

Para um cabelo luminoso e saudável:
Amêndoa Doce: é utilizada na composição de champôs e amaciadores para cabelos fracos e desvitalizados, pois dá-lhes brilho e força.
Tomilho: a loção capilar é indicada para o tratamento de queda de cabelo e para cabelos oleosos.
Papaia: Uma máscara de polpa de papaia ou um champô que a utilize na sua constituição tem propriedades regeneradoras para cabelos fracos e espigados.
Espargos: em champôs e produtos capilares estimula as raízes ajudando ao crescimento do cabelo.
Para um corpo firme e bonito:
Cacau: a manteiga de cacau é indicada para peles secas, tornando-as mais macias, e também ajuda a combater as estrias. Dá um cheirinho agradável ao corpo.
Camomila: as flores e o óleo essencial de camomila podem ser utilizados no banho para acalmar a pele e restituir a energia a um corpo cansado.
Canela: o óleo de massagem estimula e proporciona uma sensação de bem-estar, como bronzeador natural acentua a cor e dá um aroma agradável ao corpo.
Aveia: as suas folhas podem ser devidamente tratadas e utilizadas no fabrico de sabonetes, loções e em banhos para amaciar a pele, acalmar e relaxar o corpo.

 

Uma mulher não se pode esquecer da importância de ter pés e mãos sempre bonitos e macios!
Pode utilizar:
Cânfora: uma massagem com loção feita a partir das folhas, raíz, casca ou óleo essencial de cânfora é óptima para pés cansados e doridos.
Cavalinha: o creme ou óleo servem para fortalecer unhas fracas e quebradiças.
Funcho: (não indicado para bebés nem pessoas com peles sensíveis). As folhas e fruto ou o óleo essencial utilizados num creme de massagem ajudam a eliminar calos.
Gerânio-Rosa: as flores são utilizadas para cremes que amaciam e perfumam as mãos com um cheirinho suave.

“O meu filho tem asma”

 

Desde que nasceu, o meu filho tem sofrido muito com problemas respiratórios. Já fomos a vários médicos, mas continua na mesma. Quando tem crises de asma, corremos para o hospital. De há uns tempos para cá a situação tem-se agravado. Como poderei ajudá-lo?...”
Querida amiga
os problemas respiratórios do seu filho merecem ser constantemente acompanhados pelos médicos especialistas no assunto. Siga cuidadosamente as indicações do médico do seu filho e verá que, a seu tempo, obterá as tão desejadas melhoras.
Sugiro que dê a beber ao seu filho três chávenas de chá de Hortelã Pimenta, uma em jejum, outra depois de almoço e outra depois de jantar. Esta planta, com a sua propriedade refrescante e desobstrutiva, possui a capacidade de aliviar os problemas de foro respiratório.