Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Consultório de Astrologia

Mensagens do universo

10955698_415069588653000_5950154627891280836_o.jpg

 

Desde tempos muito antigos que o homem procura interpretar os sinais que encontra à sua volta como uma previsão dos acontecimentos que o esperam. Chamamos presságios às situações que, como acontecem fora do que estamos à espera ou é normal, se acredita revelarem acontecimentos futuros.

 

Os significados de cada presságio surgiram de acordo com aquilo que acontecia, de forma repetida, logo depois desse presságio, e que a sabedoria popular foi assim transmitindo de geração em geração.

 

Por exemplo, há quem acredite que ver uma joaninha anuncia a chegada de um novo amor ou de um filho, porque a joaninha está, desde tempos antigos, associada ao amor e à fertilidade. Diz-se, também, que o número de pintas pretas nas costas da joaninha indica o número de meses que terá de esperar.

 

Ver uma borboleta a passar mesmo à sua frente indica que vai haver uma mudança positiva na sua vida. As borboletas simbolizam o renascimento e a mudança. Esteja preparada para uma bela renovação.

 

Partir um espelho traz "azar" porque o espelho representa a nossa identidade. Assim, quando um espelho se parte, ele avisa-a para ter cuidado com aquilo que se está a partir na sua vida. Avalie o rumo que está a seguir e pense se não está a sacrificar a pessoa que é em prol de outra pessoa ou por causa de uma situação.

 

Esta superstição (que é diferente do presságio porque o presságio é visto como um sinal, a superstição um aviso, algo que se receia) pode ter origem na roma antiga, pois acreditava-se que a imagem que se via no espelho representava a alma da pessoa. Assim, quebrar um espelho simbolizava "partir" a própria alma. Por outro lado, quando, no século XVI, surgiram em Veneza os primeiros espelhos de vidro, estes eram muito caros. Por isso, generalizou-se a crença de que partir um espelho traria 7 anos de azar para que os criados tivessem mais cuidado ao limpá-los! Diz-se que ao partir um espelho devemos enterrar os pedaços ou esmigalhá-los até deixarem de ter reflexo, para que nada de mal nos aconteça.

 

Outros presságios:

Ver uma coruja - embora na nossa cultura se associe muitas vezes a coruja a algo negativo, na verdade ela representa a sabedoria, o misticismo e a intuição, pois a coruja consegue ver o que os outros não vêem. Ver uma coruja, principalmente de dia, alerta-a para abrir bem os seus olhos e ver o que se passa à sua volta. Esteja mais atenta e dê mais importância à sua intuição. Aquilo que o seu coração lhe diz é o mais verdadeiro para si, e ser lhe á muito útil neste momento.

 

Ouvir o piar de um mocho - o piar de um mocho (ou de uma coruja, se apenas a ouvir) é prenúncio de infortúnio. Significa que deve estar atenta pois algo pode mudar na sua vida de repente. Pode perder dinheiro ou um negócio importante. Risco de traição.

 

Ver um pássaro no parapeito da janela / sobrevoar a sua casa / fazer um voo picado à sua frente ou ouvir o chilrear de um pássaro - Dependendo do pássaro em questão, anuncia boas novas se for um pardal ou pássaro pequeno, que cante alegremente. Se for um pássaro maior, como um pombo, pode indicar a chegada de uma nova pessoa à sua vida. Um pássaro negro, como um melro, pode indicar-lhe que deve estar mais atenta ao que se passa à sua volta.

 

Cruzar-se com um animal na estrada - Os animais são considerados mensageiros, e encontrar um que se cruza consigo na estrada pode indicar que ele quer alertá-la para algo. As raposas advertem que deve ter cuidado com pessoas falsas, um lobo indica que deve dedicar-se mais aos seus. Um porco alerta para problemas financeiros, enquanto que um javali indica que deve estar atento a mudanças inesperadas nos negócios ou na vida profissional. Um coelho ou uma lebre apontam para a necessidade de dar maior importância aos seus desejos, um porco-espinho ou um rato indicam que alguém pode estar a ser traiçoeiro consigo.

 

Encontrar uma carta na rua - As cartas são um dos oráculos mais antigos que existem. Se encontrar uma ou mais cartas na rua anote quais são e consulte um livro ou a internet para conhecer o seu significado pela cartomancia ou num baralho de Tarot. Os ouros dizem respeito à vida financeira, os paus ao trabalho, as copas ao amor e as espadas a obstáculos que terá de vencer. Os reis indicam uma figura masculina importante, as damas uma mulher, os cavaleiros trazem notícias e os valetes representam a ajuda de alguém. Os ases são o triunfo na área a que se referem. As cartas numeradas de 2 a 10 indicam diferentes estádios na sua evolução. O universo quis que conhecesse uma mensagem importante!

 

Encontrar um dado - a sua sorte está lançada! O número de pintas que contém a face virada para cima indicam se 1) está a isolar-se demasiado; 2) pode ter assuntos a resolver com o seu par; 3) uma terceira pessoa pode estar a interferir na sua relação; 4) terá estabilidade profissional e financeira; 5) está numa boa fase para desenvolver novos projetos e iniciar trabalhos ou 6) poderá ter de fazer uma escolha importante.

 

Ver um número repetidas vezes - os números contêm uma vibração energética muito forte, e se os seus olhos se deparam sucessivas vezes com o mesmo número (ou se ele lhe aparece em sonhos) deverá procurar o seu significado num livro de Numerologia ou na Internet. De um modo geral, o número 1 indica-lhe que está num momento em que a acção está favorecida, o 2 indica que as parcerias são agora muito importantes. O 3 privilegia a comunicação, o 4 a concretização e o 5 a aventura e o imprevisto. O 6 procura o equilíbrio, o 7 representa o sucesso, o 8 a necessidade de ser justo e o 9 a introspeção como forma de obter as respostas de que precisa. O 11 indica-lhe que está fortalecida e o 22 que tem proteção divina especial. Todos os restantes números devem ser decompostos a um único dígito (ex: número 15 = 1 + 5 = 6).

 

Encontrar (ou perder) uma chave - se encontrar uma chave, está nas suas mãos alcançar aquilo que deseja ou, por outro lado, poderá estar a receber novas oportunidades inesperadas, que são presentes do destino. Perder uma chave, pelo contrário, indica que as situações podem estar a escapar ao seu controlo, pelo que deve redobrar a atenção. Cuidado para não se isolar e não ficar fechada em si própria.

 

Partir uma moldura - ao partir uma moldura na qual está uma fotografia, a relação com a pessoa que está nessa fotografia exige maior atenção pois pode estar ameaçada. Se for você, tenha cuidado com a sua integridade física e moral, evite comprometer-se com assuntos que podem sair-lhe caros.

 

Partir um copo - o copo serve para conter a água, fonte de vida. Partir um copo indica que pode estar a ser desleixada em relação ao seu dinheiro, o que faz com que perca recursos. Existe a crença popular que partir um copo indica que nos foi dirigida energia negativa causada por inveja ou maldade alheia, a qual foi "absorvida" pelo copo, que cumpriu a sua missão deixando-nos a salvo. Partir um prato representa uma possível perda material. Em qualquer dos casos, deve deitar fora a loiça rachada ou quebrada.

 

Partir um relógio - o relógio marca o tempo, e quando este é quebrado isso indica que está na altura de parar um pouco e avaliar melhor aquilo que quer na sua vida. Defina as suas prioridades com base no que lhe traz felicidade e não se torne uma escrava do tempo.