Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Consultório de Astrologia

O milagre das ervas

Ervas.jpg

 

Sabia que as ervas possuem propriedades energéticas que influenciam a nossa vida e nos dão proteção para afastar qualquer tipo de mal, a atrair e manter o amor verdadeiro na nossa vida, a ter paz e união familiar e, até, a atrair o dinheiro, o trabalho e a fortuna?


Cada planta possui poderes esotéricos distintos, que fazem com que cada uma seja mais adequada para determinado fim.
As ervas mágicas podem ser queimadas, sendo o seu fumo usado para purificar o ambiente onde se encontram, ou podem, também, ser acrescentadas à água do banho, sendo usadas como "banhos de limpeza espiritual", que atuam sobre o nosso campo energético, ativando as energias para o fim a que se destinam.

 

A arruda afasta a inveja, o mau olhado, e protege contra todo o tipo de mal. Diz-se que na Roma Antiga as mulheres costumavam andar pela rua com um ramo de arruda na mão, para se defenderem contra as doenças contagiosas e, sobretudo, para afastar todos os males como mau-olhado e bruxaria.


O jasmim é a erva do amor, da pureza, da verdade. Ele tem o poder de atrair os sentimentos mais nobres e verdadeiros. O perfume do jasmim torna-se mais forte durante a noite, assim como o amor que chega de mansinho e se insinua no coração, tomando-o por completo. Símbolo do sentimento em relação a quem se ama, o jasmim eleva a sua energia pessoal e ajuda a atrair e a manter o amor.


O alecrim atrai a fortuna, a riqueza e a prosperidade, assim como o sucesso profissional. O seu nome, em árabe, significa "alegria". Assim como o "alecrim dourado nasce no monte sem ser semeado", também o dinheiro será atraído para a sua vida, fazendo com que nunca lhe falte nem a si nem aos seus.

 

O rosmaninho tem um forte poder calmante e de proteção, apaziguando as zangas e acalmando os ânimos. Os magos antigos associavam esta erva à fidelidade, fazendo com que o casal e a família se mantenham unidos.

 

Veja grátis: Horóscopo diário ! 

Clique aqui para marcar uma consulta de Tarot, ou falar comigo! 

maria helena.jpg


Envie-me um e-mail em branco e receba uma surpresa!

Clique aqui!

 

Mais informações para:

Telefone: (00351) 21 092 9000

E-mail: mariahelena@mariahelena.pt

Site: http://www.mariahelena.pt/

Facebook: www.facebook.com/MariaHelenaMartinsMHM

logo dra.png

Hidromancia - Adivinhação através da água

hidromancia maria helena adivinhacao.jpg

A água, um dos elementos mais preciosos da Natureza e vital ao corpo humano, pode ser usada como oráculo. A adivinhação através da água é tão antiga quanto os deuses que nela habitam...

A Hidromancia ou adivinhação através da água terá tido início há muitos séculos, tudo começou com a adoração do deus grego dos mares - Nereu, um deus marinho primitivo, representado como um personagem idoso, o Velho do Mar. Nereu tinha o dom da profecia e tal como acontecia com outras divindades, podia mudar de aparência.

No início do século XVII, o jesuíta M. A. Del Rio descreveu vários métodos de Hidromancia:

 

O anel mágico

Neste método era usado um anel preso a um fio que era colocado num recipiente de vidro com água. Depois abanava-se esse recipiente e as previsões eram feitas em função do número de vezes que o anel batia no vidro e da intensidade e localização dessa batidas.

 

Sistema dos três seixos

Para fazer este método, enchia-se um alguidar com água, depois atirava-se três seixos para dentro do alguidar. Eram feitas observações sobre o futuro em função dos círculos descritos na água antes de as três pedras chegarem ao fundo.

 

Ondulação e correntes

O terceiro método descrito fala da agitação da água do mar ou dos rios. O hábito de ler o futuro na ondulação e nas correntes prevalecia no início do milénio entre os cristãos orientais, que observavam os movimentos da água durante os batismos.

 

As fontes dos desejos

Este método refere as cores e as figuras que apareciam na água e teve a sua origem nas fontes mágicas às quais milhares de pessoas se deslocavam para fazer os seus pedidos. Ao atirarem moedas para  o fundo da fonte, ficavam a saber se o pedido seria atendido ou não. A interpretação fazia-se observando o lado para o qual a moeda se deslocava depois de cair na água e até chegar ao fundo: indo para o lado esquerdo a resposta era "não"; indo para o lado direito havia grandes probabilidades de o pedido ser atendido; se a moeda caísse a direito para o fundo, o desejo concretizava-se em pouco tempo.

 

As fontes mais famosas foram destruídas por céticos que consideravam as práticas divinatórias bruxaria que devia ser combatida e erradicada da face da terra. Contudo, o hábito manteve-se ao longo dos séculos e ainda hoje se crê nas virtudes de determinadas fontes, muitas delas situadas na Sicília.

 

Relatos históricos

No século II a. C. Pausanius, nos seus escritos históricos da Grécia Antiga, descreveu uma fonte junto à qual as pessoas recebiam os oráculos das deusas. Para consultar o oráculo, as pessoas atiravam  pequenos pães para dentro de água. Se os pães se desfizessem em pedaços, isso significava que estavam a ser aceites pelas deusas e que estas iam trazer sucesso e sorte; se os pães fosse ao fundo sem se desfazer, estavam a ser rejeitados pelas deusas e isso significava que os pedidos não seriam ouvidos.

 

J.J. Bosiard, antiquário, recolheu histórias sobre adivinhação com água. Na antiga Alemanha havia o costume de deitar os recém-nascidos ao rio Reno. O povo acreditava que se a criança fosse ilegítima iria afogar-se; mas se fosse legítima, começaria a nadar e iria salvar-se.

 

A História relata um outro método de adivinhação através da água, que consistia em dizer palavras misteriosas para dentro de um copo com água quente. Colocado no chão, o copo faria com que a água entrasse espontaneamente em ebulição. Despejando depois a água sobre terra ou areia, os desenhos formados daria pistas sobre o futuro da pessoa.

 

Outro método de adivinhação consistia em deitar para uma tigela com água uma gota de óleo ou azeite. Essa gota teria o miraculoso efeito de fazer surgir imagens tornando-as visíveis e percetíveis. Essas imagens eram depois interpretadas.

 

Clemente de Alexandria, escritor e teólogo grego, descreve também um outro método no qual mulheres observavam os remoinhos dos cursos dos rios e das ribeiras para fazer prognósticos sobre política e vida social dos seus países ou localidades. Factos idênticos são alvo de referência em livros biográficos sobre Santo Agostinho.

 

Houve em tempos em Itália um costume que consistia no seguinte: quando os juízes tinham mais de um suspeito e não sabiam que decisão tomar, escreviam o nome de cada um deles em esponjas que atiravam à água. Apenas uma das esponjas afundaria - a que tinha o nome do verdadeiro culpado!

 

A Lua mais favorável

A melhor fase da Lua para praticar a Hidromancia é Lua Cheia ou Lua Nova, sempre à noite. Usando um cálice de água pura e colocando-o numa janela baixa onde existam reflexos de luz, pode fazer-se previsões analisando as cores e as formas que surgem na água. Se acender uma vela branca do lado esquerdo do copo, os efeitos podem ser surpreendentes.

 

O povo cigano prevê o futuro despejando nessa água algumas gotas de "líquido de feitiços ciganos", obtendo respostas muito concretas sobre infidelidades, vigarices, mentiras ou fraudes. Assim conseguem proteger-se contra situações de risco financeiro ou amoroso.

 

Abençoar a água

A água ganha boas energias se for colocada sob a luz da Lua Cheia. Para reforçar os efeitos e melhor captar a energia da lua, coloque dentro do recipiente dois ou três cristais de quartzo e faça a seguinte oração:


Mãe Lua, com as tuas poderosas energias curativas,

abençoa esta água e retém nela o teu poder,

para que possa ser usada como meio de adivinhação e de cura.

Faz com que cada uma das suas miraculosas gotas abençoe a terra.

 

Deixe a água exposta aos raios da lua durante nove minutos. Leve o recipiente para o seu quarto e medite, passando as mãos sobre a água. Assim vai concentrar e projetar as energias da água. Use uma parte dessa água para misturar na água do banho juntamente com uma pedra alumbre para desenvolver os seus dons mediúnicos.

 

Para limpar a sua mente, molhe a nuca com algumas gotas da água; nas alturas em que sentir dores de cabeça, estiver a viver um dilema ou se se sentir muito triste e deprimida, faça o mesmo procedimento.

 

A energia da água abençoada pela energia da Lua há muito é usada e quem já experimentou esta prática, garante resultados.

 

Rituais de hidromancia

 

Ritual do espelho e do vapor de água

O vapor de água também pode ser usado para fazer previsões. Pendure um espelho na parede à altura do seu coração. Também pode colocar o espelho em cima de uma mesa. Encha um pote com água a ferver e coloque-o junte ao espelho. Retire o pote e veja os traços que ficaram desenhados no espelho. Observe com atenção o espelho à medida que o vapor  se condensa e escorrega. Essas gotas podem formar letras, nomes, números ou imagens que deve registar até que o espelho fique limpo. Esses dados dão-lhe pistas sobre o futuro.


Ritual da contemplação da água

Encha um recipiente de cerâmica azul com água. Vá para um quarto e feche as persianas para o ambiente ficar mais escuro, não totalmente às escuras. Sente-se com as costas viradas para a luz, concentre-se e faça a sua pergunta. Verta sobre a água algumas gotas de corante ou tinta azul e observe a água. Começará a ver símbolos ou figuras. Anote tudo o que observar: letras, formas, imagens, etc. Quando deixar de as visualizar, faça a sua interpretação. Se desejar, acenda uma ou várias velas, de modo a que a luz se reflita na superfície da água.

 

Para fazer este método, também pode levar este recipiente para o exterior e, captando os reflexos da lua, interpretar as formas que surgem na água.

Veja grátis: Horóscopo diário ! 

 

Clique aqui para marcar uma consulta de Tarot, ou falar comigo! 

maria helena.jpg


Envie-me um e-mail em branco e receba uma surpresa!

Clique aqui!

 

Mais informações para:

Telefone: (00351) 21 092 9000

E-mail: mariahelena@mariahelena.pt

Site: http://www.mariahelena.pt/

Facebook: www.facebook.com/MariaHelenaMartinsMHM

logo dra.png 

A fada de cada signo e a oração

A Fada de cada signo

 

CARNEIRO

21 de Março a 20 de Abril

Os nativos do Signo Carneiro têm a protecção especial da Fada do Afecto.

 

Oração à Fada do Afecto

1.jpg

A Fada do Afecto convida aqueles que nascem sob a sua influência a abrirem o seu coração ao amor e a verem a beleza que existe nas coisas mais simples da vida. Ela lembra aos seus protegidos que encarar a vida com um sorriso nos lábios e procurar ver sempre o lado positivo das situações e das pessoas que se cruzam no nosso caminho ilumina a nossa alma e fortalece o nosso espírito. É através do afecto com que nos ligamos ao Mundo que nos rodeia que nos tornamos mais fortes e entramos em contacto mais próximo com a divindade que existe dentro de nós. A Fada do Afecto ensina que estar em harmonia com os outros e connosco mesmos não significa fazer tudo aquilo que nos pedem ou exigem; ela relembra que a primeira lição para viver em plenitude começa por aprender a dizer “não”, de uma forma positiva, como ponto de partida para um futuro risonho.

 

TOURO

21 de Abril a 21 de Maio

Os nativos do Signo Touro têm a protecção especial da Fada da Amizade.

 

Oração à Fada da Amizade

 

2.jpg

A Fada da Amizade transmite a doçura, a protecção e a serenidade do conforto que a amizade oferece. Ela lembra aos seus protegidos a importância de acarinhar e mimar os amigos, e de manter sempre a preocupação de fazer novas amizades. Ensina que a união faz a força, e que ter um amigo com quem dividir as alegrias e as tristezas faz com que os momentos felizes sejam mais fortes e com que as dificuldades se tornem mais pequenas. As pessoas que nascem sob a protecção especial da Fada da Amizade valorizam muito o apoio daqueles que os rodeiam e sabem estar sempre ao lado dos seus amigos para os bons e os maus momentos. São pessoas dignas de confiança, muito leais e dedicadas, e os outros podem sempre contar com elas.

 

GÉMEOS

22 de Maio a 21 de Junho

Os nativos do Signo Gémeos têm a protecção especial da Fada do Amor.

 

Oração à Fada do Amor

3.jpg

 

A Fada do Amor traz ao Mundo a mensagem que devemos amar-nos uns aos outros, ensinando a ver em cada pessoa o lado mais positivo e lembrando que cada ser humano é único, especial e insubstituível para todos aqueles que o amam. Esta Fada ensina os seus protegidos a olhar olhos nos olhos dos outros e a contemplar a beleza que existe em todas as pessoas e em todas as coisas que existem. Ela lembra que o outro é o melhor espelho de nós mesmos, e ensina a reconhecer a sabedoria, a divindade e a importância que cada ser humano possui, e aquilo que de especial e único ele traz ao Mundo. O amor é a força que tudo vence e que tudo move, ajudando a vencer os obstáculos e fazendo com que o coração se torne mais forte e destemido. As pessoas que nascem sob a protecção especial da Fada do Amor sabem amar a vida em cada instante que passa e valorizam muito o contacto com outras pessoas, pois é através dele que se tornam pessoas mais ricas e conhecedoras de tudo o que as rodeia. Sendo eternos aprendizes, os protegidos da Fada do Amor correm o Mundo em busca da sua alma-gémea.

 

CARANGUEJO

22 de Junho a 22 de Julho

Os nativos do Signo Caranguejo têm a protecção especial da Fada da Auto-Estima.

 

 

Oração à Fada da Auto-Estima

4.jpg

A Fada da Auto-Estima ensina que o amor-próprio é o ponto de partida essencial para que cada pessoa se sinta bem consigo, com o Mundo à sua volta e com os outros. A auto-estima não significa egoísmo nem narcisismo, pois apenas aqueles que se amam a si próprios e que sabem reconhecer-se como seres humanos únicos, especiais e maravilhosos são capazes de amar os que os rodeiam e sabem ver e valorizar as qualidades daqueles que os rodeiam. A Fada da Auto-Estima ensina a apreciar e a valorizar o dom maravilhoso com que cada ser humano nasce, que o torna único e especial. A capacidade de reconhecer as nossas qualidades, de nos mimarmos e apreciarmos é a chave secreta para que a vida seja repleta de significado e felicidade. É o amor por nós próprios que abre o nosso coração ao amor verdadeiro e sincero pelos outros. As pessoas que têm a protecção especial da Fada da Auto-Estima são muito sensíveis ao Mundo à sua volta, são intuitivas e apercebem-se até mesmo daquilo que não é visível para os olhos, pois sabem “ver” com o coração.

  

LEÃO

23 de Julho a 23 de Agosto

Os nativos do Signo Leão têm a protecção especial da Fada da Apreciação

 

Oração à Fada da Apreciação

5.jpg

A Fada da Apreciação traz consigo a mensagem de que é importante apreciar e saber valorizar tudo o que nos rodeia, pois reconhecer com gratidão as bênçãos que recebemos todos os dias enche o nosso coração com uma alegria inestimável. Esta fadinha ensina a compreender que cada situação com que nos deparamos e cada pessoa que conhecemos representa um passo importante para a nossa vida e para a nossa evolução como seres humanos. Estar consciente desse valor e saber agradecer tudo o que nos sucede faz com que sejamos capazes de perceber a divindade que existe em todas as coisas do Mundo. As pessoas que têm a protecção especial da Fada da Apreciação são apaixonadas pela vida e sabem que estar disponível para abraçar o Mundo e para encarar a vida com um sorriso faz com que possamos estar permanentemente a evoluir enquanto seres humanos. As pessoas que nascem sob esta influência são generosas por natureza, gostam de proporcionar aos que amam a maior felicidade que lhes for possível, pois compreendem que no Universo tudo está em ligação e harmonia, e que o segredo para a alegria reside em saber agradecer e partilhar aquilo que se tem.

 

VIRGEM

24 de Agosto a 23 de Setembro

Os nativos do Signo Virgem têm a protecção especial da Fada da Aprendizagem

 

Oração à Fada da Aprendizagem

6.jpgA Fada da Aprendizagem incentiva-nos a procurar constantemente alcançar novos horizontes, traçar novas metas e perseguir novos objectivos, pois ela lembra que a vida é uma perpétua aprendizagem. Procurar desenvolver as capacidades com que nascemos e aperfeiçoar os nossos dons faz com que sejamos, cada dia que passa, seres humanos melhores e mais perfeitos. Aprender a respeitar os mestres com que nos deparamos e ser capaz de perceber aquilo que cada pessoa e que cada elemento da Natureza tem para nos ensinar faz parte do processo de aprendizagem que nos faz evoluir no caminho da excelência. A fada da Aprendizagem ensina a escutar o Mundo com o coração disponível e a saber escolher aquilo que desejamos e o que não queremos. As pessoas que nascem sob esta influência são geralmente muito meticulosas, prudentes e atentas a todos os detalhes. Não avançam pelo Mundo de forma impulsiva, estudam com cuidado as situações e procuram sempre avaliar o que se passa à sua volta enquanto seres humanos. As pessoas que nascem sob esta influência são generosas por natureza, gostam de proporcionar aos que amam a maior felicidade que lhes for possível, pois compreendem que no Universo tudo está em ligação e harmonia, e que o segredo para a alegria reside em saber agradecer e partilhar aquilo que se tem.

 

BALANÇA

24 de Setembro a 23 de Outubro

Os nativos do Signo Balança têm a protecção especial da Fada da Expectativa

 

Oração à Fada da Expectativa

7.jpgA Fada da Expectativa ensina a reconhecer o momento em que devemos agir e o momento em que é melhor esperar. Esta fadinha desperta a nossa sabedoria interior e transmite força para aguardar que as oportunidades sejam mais favoráveis à concretização dos nossos desejos, concedendo também capacidade de acção no momento mais oportuno. As pessoas que nascem sob a protecção especial da Fada da Expectativa são muito ponderadas e não tomam nenhuma decisão sem antes pesarem cuidadosamente s prós e os contras da escolha que fizerem. Apenas avançam quando se sentem seguras, são atenciosas para com os outros e para consigo próprias. Esta fada lembra ainda que devemos respeitar o nosso próprio tempo, e que nem sempre precisamos de nos expor ao Mundo e de revelar a nossa vulnerabilidade: temos o direito de escolher “ficar na sombra” até nos sentirmos mais fortes e confiantes e, então sim, podemos mostrar toda a luz do nosso ser.

 

ESCORPIÃO

24 de Outubro a 22 de Novembro 

Os nativos do Signo Escorpião têm a protecção especial da Fada do Impulso

 

Oração à Fada do Impulso

8.jpgA Fada do Impulso transmite a capacidade de perseguir os objectivos que desejamos e ensina a não desistir nem desanimar perante as contrariedades. Esta fadinha lembra que é importante assumirmos um papel activo na nossa vida, em vez de nos limitarmos a ser meros espectadores que assistem ao desfilar dos acontecimentos. Ela convida cada um de nós a assumir-se como o autor da sua vida, através da consciência que conseguimos escolher os nossos objectivos e alcançá-los através do empenho e do compromisso que assumimos connosco próprios. A mensagem que a Fada do Impulso nos traz é que se ousarmos agir sem receio não haverá impossíveis na nossa vida. Definir aquilo que nos faz falta é o primeiro passo para alcançarmos o que nos faz felizes. As pessoas que têm a protecção especial desta fada são corajosas e lutadoras. Não cruzam os braços nem ficam à espera que as oportunidades surjam, pois eles próprios vão constantemente em busca do que desejam e sabem que são capazes de, com esforço e empenho, alcançar o sucesso que desejam e merecem, em qualquer área da sua vida.

 

SAGITÁRIO

23 de Novembro a 21 de Dezembro

Os nativos do Signo Sagitário têm a protecção especial da Fada da Bondade

 

Oração à Fada da Bondade

9.jpg

A Fada da Bondade traz ao Mundo a mensagem que lembra que sempre que os outros tocam o nosso coração e que reflectimos para o exterior gestos de bondade e compaixão o nosso coração engrandece-se e a nossa alma evolui. Esta fada ensina a escutar a nossa voz interior e a viver os nossos sentimentos e emoções sem medo, sentindo-nos seguros e confiantes naquilo na protecção que a vida nos concede. A Fada da Bondade incentiva cada ser humano a usar os seus actos e as suas palavras de forma a melhorar o dia-a-dia dos que o rodeiam e lembra que, ao agir desse modo, estará a melhorar a sua própria vida, trazendo alegria e plenitude ao seu coração. As pessoas que nascem sob a protecção da Fada da Bondade são altruístas e generosas. Demonstram um grande entusiasmo por tudo o que as rodeia, procuram conhecer o Mundo e os seus horizontes são muito vastos, pois alimentam constantemente a sua sede de saber cada vez mais.

 

CAPRICÓRNIO

22 de Dezembro a 20 de Janeiro

Os nativos do Signo Capricórnio têm a protecção especial da Fada da Intenção

 

Oração à Fada da Intenção

10.jpg

A Fada da Intenção incentiva-nos a definir o nosso objectivo e lembra-nos que com determinação e empenho podemos alcançar qualquer meta. Esta fadinha ensina que nenhum objectivo é impossível nem demasiado elevado, pois para sonhar não existem limites nem restrições. Cabe a cada ser humano ser honesto consigo mesmo e empenhar-se com comprometimento e dedicação na conquista daquilo que mais deseja. A Fada da Intenção lembra que quanto mais nos concentrarmos com paixão no nosso objectivo mais elevado, mais claro se tornará o nosso caminho até o conseguirmos alcançar. A intenção que move os nossos passos é a motivação para alcançar o sucesso, por isso o primeiro passo, segundo esta fada, é definir o nosso principal objectivo. Depois, o segredo para o alcançar consiste em concentrarmo-nos nele com empenho. As pessoas que têm a protecção especial da Fada da Intenção são fortemente motivadas pelas suas metas pessoais, profissionais e materiais. Sendo ambiciosas, procuram alcançar na vida um lugar de destaque, e valorizam o bem-estar e conforto. Nem sempre se deixam levar pelos seus impulsos, pois são sobretudo racionais e agem sempre de acordo com aquilo que a sua mente indica ser o mais correcto, fazendo com que sejam capazes de sacrificar a emoção em nome da razão.

 

AQUÁRIO

21 de Janeiro a 19 de Fevereiro

Os nativos do Signo Aquário têm a protecção especial da Fada da Mudança

 

Oração à Fada da Mudança

11.jpg

A Fada da Mudança chama a nossa atenção para o facto de que, por vezes, mantemos uma situação até esta se tornar insuportável, apenas porque temos medo da mudança. Esta fadinha lembra que, ao abrirmos o coração à possibilidade de transformação, criamos espaço na nossa vida para deixar entrar as alegrias que o presente constantemente traz. Desta forma, a Fada da Mudança indica que, se sentimos que existe algo na nossa vida que precisa de ser mudado, devemos ter a coragem para o fazer sem ter medo do futuro, confiantes de que o Mundo nos protege e que a transformação é positiva e necessária à nossa evolução. As pessoas que nascem sob a protecção desta Fada são visionárias e têm um espírito aberto à mudança. Mostram-se disponíveis para fazerem novas aprendizagens e prontas a encarar a vida sob novas perspectivas. Têm um carácter independente, arrojado e audacioso, traçam novos caminhos e seguem o seu próprio instinto.

 

PEIXES

20 de Fevereiro a 20 de Março

Os nativos do Signo Peixes têm a protecção especial da Fada do Encanto

 

Oração à Fada do Encanto

12.jpg

A Fada do Encanto incentiva-nos a exprimir o nosso carisma e a nossa personalidade em todo o seu encanto. Esta fadinha convida-nos a afirmar com autenticidade e sinceridade aquilo que somos e, ao mesmo tempo, a “brincar” com a vida encarando cada novo dia como um jogo divertido que nos proporciona surpresas maravilhosas. Ao encantar-se consigo mesmo, cada ser humano aprende a transformar o seu dia-a-dia com beleza e a enchê-lo de emoção. As pessoas que nascem sob a protecção especial da Fada do Encanto são doces e sensíveis, e procuram que a sua vida seja sempre um conto-de-fadas. Têm uma intuição apurada perante tudo o que as rodeia e preocupam-se muito com o bem-estar dos outros. São pessoas tranquilas e serenas, amantes da calma e que precisam que haja paz e harmonia à sua volta para se sentirem bem. 

 

Veja grátis: Horóscopo diário !

maria helena.jpg

 

Envie-me um e-mail em branco e receba uma surpresa!

Clique aqui!

 

Contactos:

Telefone: (00351) 21 092 9000

E-mail: mariahelena@mariahelena.pt

Site: http://www.mariahelena.pt/

Facebook: www.facebook.com/MariaHelenaMartinsMHM

logo dra.png 

Amarre-o a si!!!

Gostaria mesmo que ele ficasse consigo e pretende realizar uma magia de luz para que ele a ame da mesma maneira, sem prejudicar ninguém? Faça este ritual e encontre finalmente a sua felicidade.

amarração.jpg

Ritual da vela dourada

Inicie este ritual na primeira segunda-feira do mês e durante nove dias seguidos acenda uma vela dourada.

Escreva num papel branco o nome da pessoa que quer ter ao seu lado e pingue sete gotas de óleo de amêndoas doces no papel para libertar a doçura do seu amor.

Faça uma pequena oração ao seu anjo da guarda, pedindo-lhe que ele a ajude a abrir o coração da pessoa desejada e a evitar que tenha para consigo maus sentimentos ou algum tipo de agressividade.

Depois então coloque a vela em cima de um pires branco e diga:

Vem a mim (diga o nome da pessoa) e que fiques ao meu lado em nome do meu amor. Sente o fogo da paixão e a chama do amor divino das amarrações fortes de amor que surjam. Que a tua mente e o teu pensamento se unam a mim, para que juntos possamos seguir o mesmo caminho para sempre.”

Deixe a vela queimar até ao fim, recolha os restos deixados pela cera e vá colocando num saquinho ao longos dos nove dias. No final desse tempo deite-os fora junto à casa da pessoa que pretende conquistar.

Seja feliz! Porque você merece!

 

maria helena.jpg

 

Para marcar uma consulta de Tarot vá a http://www.mariahelena.pt/ e clique em FALE COMIGO!

 

Envie-me um e-mail em branco e receba uma surpresa!

Clique aqui!

 

Mais informações para:

Telefone: (00351) 21 092 9000

E-mail: mariahelena@mariahelena.pt

Site: http://www.mariahelena.pt/

Facebook: www.facebook.com/MariaHelenaMartinsMHM

logo dra.png

Oráculo do Amor

Olá, olá!!!

Está com dúvidas no amor? Dá por si a pensar:

Será que vou ser feliz no amor? Vou encontrar o amor da minha vida? Ele ama-me? Vou casar este ano? Ele é-me fiel? Ele gosta de mim? Ele tem outra?

Seja qual for a dúvida que inquieta o seu coração, o Oráculo do Amor traz-lhe a resposta!

CLIQUE AQUI 

oraculo do amor.jpg 

Veja grátis: Horóscopo diário !

 

maria helena.jpg

 

Envie-me um e-mail em branco e receba uma surpresa!

Clique aqui!

 

Mais informações para:

Telefone: (00351) 21 092 9000

E-mail: mariahelena@mariahelena.pt

Site: http://www.mariahelena.pt/

Facebook: www.facebook.com/MariaHelenaMartinsMHM

logo dra.png 

 

Ritual e oração para acalmar uma criança

bebe.jpg

Ao longo da infância as crianças passam por diversas fases e em todas elas precisam do auxílio dos pais. 

Assim que ela  adormecer, pegue uma imagem de anjo da guarda e segure-a com a mão esquerda, encostando-a ao seu coração. Ponha a mão direita na cabecinha da criança e diga:

"Santos e anjos, agradeço a vitalidade dessa criança e a proteção que dispensam a ela. Mas para que ela não corra riscos nem debilite seu corpo, peço a vocês seres celestiais, que ela seja  mais tranquila. Obrigada."

É importante que a pessoa que fizer esta oração esteja calma!

 

Veja grátis: Horóscopo diário !

maria helena.jpg

 

Envie-me um e-mail em branco e receba uma surpresa!

Clique aqui!

 

Mais informações para:

Telefone: (00351) 21 092 9000

E-mail: mariahelena@mariahelena.pt

Site: http://www.mariahelena.pt/

Facebook: www.facebook.com/MariaHelenaMartinsMHM

logo dra.png 

Ritual de amarração

Seja feliz com quem ama!

Gostaria mesmo que ele ficasse consigo e pretende realizar uma magia de luz para que ele a ame da mesma maneira, sem prejudicar ninguém? Faça este ritual de amarração que lhe proponho e encontre finalmente a sua felicidade.

amarração.jpg

Magia da vela dourada

Inicie este ritual na primeira segunda-feira do mês e durante nove dias seguidos acenda uma vela dourada. Escreva num papel branco o nome da pessoa que quer ter ao seu lado e pingue sete gotas de óleo de amêndoas doces no papel para libertar a doçura do seu amor.

Faça uma pequena oração ao seu anjo da guarda, pedindo-lhe que ele a ajude a abrir o coração da pessoa desejada e a evitar que tenha para consigo maus sentimentos ou algum tipo de agressividade.

Depois então coloque a vela em cima de um pires branco e diga:

Vem a mim (diga o nome da pessoa) e que fiques ao meu lado em nome do meu amor. Sente o fogo da paixão e a chama do amor divino das amarrações fortes de amor que surjam. Que a tua mente e o teu pensamento se unam a mim, para que juntos possamos seguir o mesmo caminho para sempre.”

Deixe a vela queimar até ao fim, recolha os restos deixados pela cera e vá colocando num saquinho ao longos dos nove dias. No final desse tempo deite-os fora junto à casa da pessoa que pretende conquistar.

 

Veja grátis: Horóscopo diário !

 

maria helena.jpg

 

Envie-me um e-mail em branco e receba uma surpresa!

Clique aqui!

 

Mais informações para:

Telefone: (00351) 21 092 9000

E-mail: mariahelena@mariahelena.pt

Site: http://www.mariahelena.pt/

Facebook: www.facebook.com/MariaHelenaMartinsMHM

logo dra.png 

Karma e reencarnação

karma e reencarnação.jpeg

Saiba o que herdou de vidas passadas?

Existem no Mundo muitos movimentos e pessoas que acreditam na reencarnação. Para cada pessoa, a reencarnação têm um significado diferente, pode ser uma teoria, uma crença uma filosofia ou simplesmente uma forma de vida. Através da reencarnação encontramos explicação para algumas ocorrências inexplicáveis da nossa vida.

 

Com as vidas passadas aprendemos que, o que fazemos hoje terá repercussões nas nossas vidas futuras. Devemos proceder com o máximo de rectidão e honestidade para podermos construir uma futura reencarnação livre de um pesado Karma.

A reencarnação significa que a alma, após a morte deixa o corpo e prepara-se para regressar à vida mas, através de outro ser.

As circunstâncias em que se dá esse regresso e o ambiente em que vai viver, são determinadas pela evolução e progressos alcançados em vidas anteriores.

A personalidade de cada indivíduo é uma síntese dos acontecimentos que ocorreram em vidas passadas. Este ser reencarnado irá nascer no meio e nas circunstâncias que forem mais favoráveis ao seu desenvolvimento.

 

A ALMA

A alma não existe no plano material se não existir um corpo onde esteja encarnada. Desta forma desfaz-se do corpo quando já cumpriu o seu propósito numa encarnação. Trocando então por outro corpo. Ponho como hipótese para o grande aumento demográfico da humanidade, e correspondendo a cada individuo uma alma, que esta em determinadas reencarnações se divida em duas e assim sucessivamente durante gerações e espalham-se por toda a terra, ficando a fazer parte daquilo a que Jung chamou consciência do universo. Como nos dividimos numa parte feminina e noutra masculina, andamos sempre à procura da nossa outra parte. O amor acontece quando encontramos a outra parte de nós próprios, em cada vida temos a missão de encontrar uma dessas partes que é a nossa Alma Gémea. Quando isso não acontece, o coração fica triste e sofre. Pode-se dar o caso de em uma só encarnação encontrar-mos duas, três ou mais Almas Gémeas. É através do amor que acumulamos experiências aprendidas em muitas vidas. Somos responsáveis por todas as outras partes de nós próprios que estão espalhadas pelo mundo, temos a obrigação de sermos o nosso melhor amigo e felizes. Se o não fizermos ficamos infelizes assim como as restantes partes de nós, “as nossas almas gémeas”.

Em cada reencarnação devemos pelo menos juntarmo-nos a uma parte de nós próprios ainda que seja por momentos. Esse amor será tão intenso e verdadeiro que ficará gravado nos nossos corações até ao resto da nossa existência. Se isso não acontecer seremos condenados ao pior dos males, a solidão. Algumas vezes ao encontrar o amor verdadeiro as circunstâncias exigem que se renuncie a ele e que cada uma das partes siga o seu caminho mas depois de tocadas as partes ficam unidas para toda a eternidade.

 

Regressão a vidas passadas e tratamentos

Há uma grande curiosidade em saber o que fomos em vidas passadas e muitas pessoas gostariam de saber que experiências teriam se regredissem a uma dessas vidas.

Podem ocorrer várias situações. Ao fazer essa regressão podemos observar uma cena e tirar daí toda a informação como se de um filme se tratasse outras vezes observam-se impressões pouco claras que desaparecem quando estamos quase a atingir o seu significado, noutros casos tornamo-nos conscientes duma dualidade que vem de raízes profundas sem que estejamos a ouvir ou a ver nada, também é possível que tenhamos a sensação de alguém nos estar a segredar ao ouvido determinadas cenas ou situações.

Quando se faz a regressão a vidas passadas ao paciente devem ser aplicadas algumas técnicas de protecção, uma dessas técnicas consiste em que o paciente imagine uma luz branca e pura que lhe entra pelo alto da cabeça e lhe percorre todo o corpo envolvendo-o e protegendo-o, esta luz protege-o de qualquer situação negativa com qual a pessoa possa defrontar-se durante a terapia. A pratica da regressão a vidas passadas deve ser feita com muito cuidado e conscientemente, pois em alguns casos ao invés de contribuir para a independência do individuo pode torná-lo num co-dependente  quanto mais regressões o individuo fizer mais fácil será ficar dependente e não é isso que se pretende. O objectivo é contribuir para que o indivíduo se conheça de uma forma mais profunda e analítica e assim contribuir para o seu bem-estar espiritual, intelectual e físico.

Há pessoas que através desta técnica ficam a saber por que motivo tem determinadas fobias.

 

Por exemplo, quando se tem medo de água, pode muito bem ter acontecido que numa determinada vida anterior esse individuo tivesse morrido afogado.

 

VIDAS PASSADAS     

Um professor da State University of New York em Buffalo, durante uma consulta de Tarot, relatou uma experiência vivida com uma sua paciente que o tinha marcado profundamente. Passou-se com Susan que há vários meses vinha duas vezes por semana às suas consultas de psicoterapia intensiva. Era uma boa paciente, faladora, capaz de expor visões anteriores e desejosa de se curar.

Criada numa família católica conservadora natural de Rochester, uma pequena cidade próxima de Buffalo, Estado de New York. A sua vida sempre fora sobrecarregada de receios. Tinha medo da água, tinha medo de sufocar, tinha medo de andar de avião, tinha medo do escuro, sentia pavor com a ideia de poder ser fechada, tinha crises de sonambulismo, e sentia um terror imenso com a ideia de morrer.

A mãe dela caía frequentemente em depressões profundas que implicavam a necessidade de visitas frequentes a um psiquiatra e a tratamentos.

O pai apresentava uma longa história de abuso de álcool que levou a que tivesse brigas frequentes com a mãe, o que fazia com que pouco a pouco se tornassem taciturnos e afastados um do outro. Era este o padrão familiar de Susan.

Na tentativa de aliviar o seu sofrimento, foi-lhe sugerido um tratamento por hipnose que aceitou com alguma relutância. A hipnose constitui uma ferramenta excelente para ajudar um paciente a recordar incidentes há muito esquecidos. Trata-se de um estado de concentração focada. Sob as instruções de um hipnotizador experimentado, o corpo do paciente descontrai-se, permitindo que a memória se avive. Esta técnica é de grande ajuda para reduzir ansiedade, eliminar fobias, mudar maus hábitos e ajuda a recordar assuntos abafados.

Susan estava deitada no sofá, com os olhos semicerrados e a cabeça apoiada numa almofada. A sua respiração era cadenciada, em cada expiração libertava a tensão e a ansiedade que tinha armazenadas. Foi-lhe dito para visualizar os seus músculos a descontraírem-se progressivamente, começando pelos músculos do rosto e do maxilar, seguindo-se o pescoço e os ombros, os braços, costas e músculos do estômago, e por último as pernas.

Seguidamente recebeu instruções para visualizar uma luz branca brilhante no cimo da cabeça, dentro do corpo, que se difundiu lentamente por todo o corpo, descontraiu todos os músculos, todos os nervos, levando-a a um estado cada vez mais profundo de relaxamento e de paz. De vez em quando, e de acordo com as instruções recebidas, a luz preenchia e envolvia o corpo.

Iniciou-se a contagem lenta em sentido inverso, de dez para um. O seu estado de descontracção era cada vez mais profundo e o seu estado de transe tornou-se mais intenso. Quando chegou ao número um, estava num estado de hipnose moderadamente profundo. Este ciclo completo dura normalmente cerca de vinte minutos.

Deu-se início à regressão, para recordar factos de épocas cada vez mais distantes. Susan era capaz de falar e de responder às perguntas que lhe eram feitas enquanto se mantinha num profundo estado de hipnose. Lentamente, ela foi sendo conduzida através do tempo, tendo regressado ao tempo onde estavam as origens dos seus sintomas.

Foi-lhe perguntado em que ano estava e como é que se chamava.«Vejo um grande edifício banco com pilares, não há portas. Uso um vestido comprido, solto, feito de um material simples. Os meus cabelos são compridos e negros. O meu nome é Lia...Estamos no ano de 1754 a.C. Tenho dezanove anos. Vivemos num vale... Não há água. A zona é árida, quente e arenosa. Não há rios. Há um poço e a água chega ao vale vinda das montanhas.» Depois de ter relatado mais pormenores avançou no tempo mais alguns anos e contou o que viu.

«Há árvores e uma estrada em terra batida. Estou sentada no degrau da porta da casa e em frente há uma fogueira. O meu cabelo é escuro. Uso um vestido branco comprido, e sandálias de tiras de couro. Tenho vinte e sete anos. Tenho uma filha que se chama Dina.»

Seguidamente relatou a sua morte que ocorreu por afogamento no poço juntamente com a sua filha.

«Vejo um campo verdejante... Estou com a minha bebé e com outras pessoas da minha aldeia.»

Os seus relatos foram extensos, mas nesta fase, claramente, esta vida terrena tinha terminado.

Na tentativa de explicar estes relatos, foram analisados diversos diagnósticos psiquiátricos possíveis. Esquizofrenia? Alguma vez tinha apresentado qualquer sintoma de uma desordem cognitiva ou de pensamento? Havia experimentado quaisquer alucinações auditivas em que ouvisse vozes? Alucinações visuais! Qualquer outro tipo de episódios psicóticos? Apresentava quaisquer tendências sociopáticas ou anti-sociais?

Consumia drogas ou ingeria substâncias alucinogénicas? Abusava do uso do álcool?

Mas, só havia uma explicação para esta ocorrência. Vidas anteriores! Reencarnação! Susan lembrava-se de uma forma muito nítida de fragmentos de outras vidas.

São muitos os relatos acerca da vida depois da morte, reencarnação, experiências extra corporais e fenómenos idênticos.

São conhecidas referências à reencarnação tanto no Antigo como no Novo Testamento. Em 325 d. C., o imperador romano Constantino, o Grande, juntamente com a sua mãe, mandou eliminar as referências à reencarnação mencionadas no Novo Testamento. O segundo Concílio de Constantinopla, realizado em 553 d. C., confirmou esta atitude e considerou uma heresia o conceito de reencarnação. Os gnósticos primitivos - Clemente de Alexandria, Orígenes, S. Jerónimo, e muitos outros - acreditavam que já tinham vivido outras vidas passadas e que voltariam a viver outras vidas futuras.

É muito importante meditar sobre o profundo significado da vida e da morte como uma parte natural da vida. Devemo-nos sentir responsáveis pelas nossas acções, tanto as boas como as más. Haverá sempre um preço a pagar. O mundo fenomenológico dos cinco sentidos e o mundo dos planos não físicos, representados pelas nossas almas e espíritos, encontram-se interligados, tudo é energia.

A vida é muito mais do que aquilo que os olhos observam e vai muito além dos nossos sentidos. «Estamos todos na escola, a nossa tarefa é aprender, tornarmo-nos semelhantes a Deus através do conhecimento.»

 

REENCARNAÇÃO E KARMA 

Quando durante esta reencarnação praticamos o bem, estamos a criar um Karma positivo, tanto para esta vida, como para vidas futuras.

Fazer bem é começar por sermos o nosso melhor amigo, tratarmo-nos bem, sermos gentis para connosco, ter pensamentos positivos a nosso respeito, sabermos cuidar de nós.

Se as pessoas soubessem tomar conta delas próprias, o Mundo seria bem melhor, haveria muito menos gente para cuidar.

Quem se ama e respeita, não se deixa a si próprio cair no abandono, trata-se com respeito independentemente das circunstâncias em que se encontra nesta reencarnação.

É mais fácil cuidar dos outros do que de nós próprios, quantos de nós não dizemos aos outros, para não fazerem isto ou aquilo, quando na realidade nós não o somos capazes de fazer.

Temos a obrigação moral e espiritual de sermos o nosso melhor amigo.

Esta reencarnação é uma oportunidade para evoluirmos sobre todos os aspectos, quer físicos, quer espirituais. Não a desperdicemos.

Esta vida parece muitas vezes cheia de enganos. A vitória e a derrota não são a parte mais importante. O que é realmente importante é fazermos e defendermos aquilo em que acreditamos, é lutar por uma causa justa. O homem só é verdadeiramente grande quando se ultrapassa a si mesmo.

Podemos ser derrotados e ultrapassados pelos outros, mas a coragem de nos reerguemos e começar tudo de novo é o mais importante, transcendendo-nos a nós próprios.     

Cada ser humano só pode dar aquilo que tem.

Quanto amor for o respeito por ele próprio, mais capacidade terá de ajudar e amar o outro.

 

CURAR HOJE, FERIDAS DE VIDAS PASSADAS

Amar é Tomar Conta

Podemos estar a viver presentemente uma situação conflituosa sobre o aspecto afectivo, e isso dever-se a problemas do passado e a acertos que temos o dever de efectuar nesta encarnação.

O amor é uma preocupação verdadeira pela vida e o crescimento da pessoa que amamos. Quando não há esta preocupação afectiva, não há amor. Isto quer dizer que quando batemos a uma criança, por exemplo, não a amamos. No momento em que, humilhamos, traímos, ou magoamos uma pessoa não estamos a amá-la.

Quando uma criança de 5 anos se porta mal, e a mãe a maltrata, usando violência física, nesse momento a mãe odeia a criança, esta relação conflituosa pode ser fruto de um passado igualmente conflituoso, há que encontrar as causas deste conflito para poder resolve-lo, e isso é muitas vezes explicado e resolvido através da regressão a vidas passadas. A criança pode ter sido noutra vida um carrasco que fez sofrer, aquela que hoje é sua mãe. E por isso os conflitos e a dificuldade de harmonização entre mãe e filho.

Nesta vida há que aprender a amar e a respeitar aqueles que nos parecem diferentes, pois nada acontece por acaso.

Esta mãe ao invés de bater na criança, poderia gritar “ Estou farta preciso de paz!” mas não teria necessidade de humilhar e bater no filho. É difícil admitir que possamos odiar os nossos filhos. Gostamos muito deles e amamo-los, e fazemos também questão de manter a nossa imagem de “bons pais”. Nestas situações de crise escondemo-nos atrás de justificações como: “ é para o bem deles”, “ é por amor que os castigamos”.

É nosso dever durante esta nossa encarnação ensinarmos aqueles que por ventura noutra encarnação nos fizeram sofrer tanto, que o amor é feito de empatia e de partilha, atenção e respeito, ternura intimidade aproximação afectiva e gratidão.

É nosso dever aprender a amar. E amar é responder pela relação, estar atento as necessidades psíquicas do outro. Não devemos tomar estas necessidades a nosso cargo pois cada ser humano deve aprender a ser capaz de ultrapassar os seus próprios obstáculos, mas devemos respeitar estas necessidades, ouvi-las e dar-lhes resposta. Amar é estar atento à nossa atenção de tratar o outro.

Fazer projectos para os futuros dos nossos filhos pode ter também implicações em vidas passadas. Pode tratar-se de alguém que não nos deixou seguir a carreira que tanto desejámos numa outra vida, e então nós nesta vida tentamos vingar-nos, ao fazer-lhe o mesmo. Podemos fazer projectos com os outros, não pelos outros. Por exemplo: “ Quero que o meu filho seja médico, ele não gosta, mas eu gostava tanto de o ter sido”. Muitas vezes queremos que os nossos filhos sejam aquilo que nós não fomos capazes ou não podemos ser. E isso pode ter raízes profundas em vidas passadas.

Nos casais as relações conflituosas podem ter como origem problemas vividos em vidas passadas. Uma mulher pode sentir-se cansada de viver fechada em casa, querer realizar-se socialmente entrar no mundo do trabalho, os filhos já estão crescidos, mas o marido tem medo de vê-la emancipar-se. Tenta dissuadi-la de tal ideia para a poder manter ao seu serviço. Esta relação pode ter como origem numa outra reencarnação a mulher ter sido o marido daquele que hoje é marido dela e querer ajustar determinadas divergências que ficaram pendentes. Ao ficar em casa é ela que nesta reencarnação se ocupa dele uma vez que assegura a totalidade da carga doméstica e fica sobretudo ao serviço das suas necessidades afectivas.

Se ele permitir que a mulher seja independente economicamente pode acontecer que ele tenha medo de a perder.

Esta relação tem necessidade de aprender a amar, e amar é abrir-se à realidade do outro tal como ele é, sem procurar modificá-lo segundo as nossas vontades. Amar é encorajar o nosso parceiro a seguir o seu caminho, mesmo que não seja o nosso.

Nesta reencarnação é nosso dever aprender a gratidão que é uma faceta incontornável do verdadeiro amor.

Assim como o respeito deve ser encarado não como um dever moral mas sim como um impulso saído do interior das nossas almas.

Quando estamos felizes com alguém sentimos gratidão por essa pessoa simplesmente porque ela existe.

 

Para que nesta vida uma relação seja duradoura

Quando se fala em relação, está-se a falar pelo menos em duas pessoas. A comunicação e a partilha das emoções são absolutamente indispensáveis e obrigatórios para uma boa relação. A capacidade para se ouvir, para aprender um com o outro, para resolver conflitos, diz-nos a qualidade da relação. Amar não é o mesmo que confundirmo-nos um com o outro.

Uma relação sã é aquela que permite a cada um tornar-se dia a dia cada vez mais ele próprio.

Quando queremos fechar o nosso coração ao outro e o acusamos de todos os males é porque esses sentimentos têm origem nas nossas próprias emoções, e podem ser traumas ou recalcamentos de vidas passadas. Nesta reencarnação devemos conservar o coração aberto cada vez que temos vontade de fechá-lo, é uma maneira de podermos evoluir espiritualmente e ao mesmo tempo fazer com que na relação ambos cresçam. A nossa reencarnação actual está a dar-nos a grande oportunidade de concertarmo-nos o que de errado fizemos em vidas passadas. Não vamos deixar escapar esta oportunidade.

Nos casais as divergências são sempre muito frequentes, e é através delas que podemos reparar erros passados e construir uma relação de harmonia e verdadeiro amor através de toda a eternidade.

Quando temos divergências de opinião com o nosso companheiro, devemos expô-las abertamente, pois só aquilo que não se diz é que pode criar distâncias intransponíveis. Resolver os conflitos tanto os menores, como os maiores, fazem parte da relação.

Não tenham medo dos conflitos os conflitos não perturbam os laços, alimentam-nos. Aquilo que realmente afasta o casal é o jogo de poder.

Acontece muitas vezes que noutra reencarnação o que hoje tem uma posição superior, tenha sido por exemplo, escravo do outro.

 

Como exprimir os sentimentos e as necessidades ao nosso companheiro

Quando sofremos um desgosto ou algo nos apavora, se não partilharmos os nossos medos com o nosso companheiro, e escondermos essa emoção, dissimulando um sentimento, estamos a cavar um fosso entre nós. Os segredos sobre os sofrimentos, a doença, as mortes, os abortos, ou os actos menos lícitos de um membro da família ou os problemas de um antepassado devem ser discutidos e partilhados com a família se não o fizerem estão a prejudicar muito a relação. Todos estes problemas têm o propósito de nos reconciliar com acontecimentos e pessoas de vidas passadas.

Todas estas coisas caso não sejam faladas podem ser um obstáculo à construção do amor nesta nossa reencarnação. Toda a emoção que não seja exprimida vai interferir na livre circulação e evolução do verdadeiro amor.

 

Comunhão com o outro

A empatia é aquela rara capacidade e intuição de percebermos o que o outro sente. Para evoluirmos verdadeiramente e amar intensamente é indispensável cultivar a capacidade de se identificar com o outro. Isto não quer dizer projectarmo-nos no outro atribuir-lhe aquilo que nós sentimos, é pormo-nos na pele do outro durante alguns momentos. Desta forma podemos impedir a humilhação do nosso cônjuge, pois ao pormo-nos no lugar dele, paramos imediatamente, isto quer dizer por à frente dos nossos interesses as emoções e os interesses da pessoa que amamos, e é esta a nossa missão aprender a amar e a respeitar aquele que por ventura no passado tanto sofrimento nos causou.

 

Aprenda a partilhar nesta reencarnação

O nosso companheiro é aquele com quem partilhamos o alimento e os problemas do dia a dia. A relação cria-se e continua através da partilha e das emoções.

Não nos devemos esforçar por dar uma imagem ideal de nos próprios ao nosso companheiro, pois quanto mais o fazemos mais dele nos afastamos. Devemos ouvir o nosso companheiro de uma forma activa, isto quer dizer ouvir mesmo o que ele diz, acompanhar o seu raciocínio e fazer-lhe perguntas se necessário, através da pergunta mostramos ao nosso companheiro que estamos a prestar-lhe toda a nossa atenção. Muitas relações extra conjugais nascem do desejo de encontrar alguém a quem se possa falar e confiar, o amante é alguém a quem se pode dizer tudo o que não se diz ao marido ou à mulher. O que faz com que uma relação seja duradoura é a partilha emocional. A revelação dos sentimentos e das emoções cria intimidade e é a mais profunda de todas as experiências.

 

Amar de coração aberto

O verdadeiro amor é a capacidade de viver a intimidade. A intimidade é um espaço relacional onde se efectuam trocas directas, sem mascaras, autentica, espontânea. A intimidade precisa de receptividade e abertura ao outro. Existe muita gente para a qual a intimidade está ligada ao segredo. Têm medo de mostrar a nudez da sua alma ao cônjuge, isto acontece porque provavelmente em outras reencarnações foram ridicularizadas por este. Na vida actual devem lutar contra esta vergonha inexplicável e com raízes em vidas passadas. Tem agora a oportunidade rara de se mostrarem um ao outro tal como são e assim criar laços de amor ternura e amizade que perdurarão através dos séculos.

 

Veja grátis: Horóscopo diário !

 

maria helena.jpg

 

Envie-me um e-mail em branco e receba uma surpresa!

Clique aqui!

 

Mais informações para:

Telefone: (00351) 21 092 9000

E-mail: mariahelena@mariahelena.pt

Site: http://www.mariahelena.pt/

Facebook: www.facebook.com/MariaHelenaMartinsMHM

logo dra.png 

Como programar o seu cristal

IMG_7888.JPG

Para fazer a programação do seu cristal, é necessária uma atitude interior modelada pelo coração. Este estado de espírito é indispensável.

 

Deve procurar um compartimento da sua casa onde se sinta bem, e não corra o risco de ser incomodado. Se preferir pode acompanhar este momento de comunhão com o seu cristal com uma música suave.


Quando passar à programação tenha em mente os seguintes imperativos: pensamento positivo, unidade e clareza de propósitos.


Anote a programação que quer fazer no seu cristal de uma forma clara e simples (escreva numa folha de papel o que pretende).
 

Segure a pedra na sua mão esquerda desta forma estabelecesse um contacto íntimo entre si e o cristal, estando a mão esquerda ligada ao hemisfério cerebral direito, desta forma sentirá com mais intensidade a vivência desse momento.

No caso de o cristal ter uma ponta, é importante que esta fique voltada para o corpo, dentro da sua mão. Está agora em perfeita harmonia com a alma do cristal, pense nele como um verdadeiro ser vivo, mentalize que você, e o cristal são provenientes da terra e compostos da mesma substância e como tal está em perfeita harmonia com ele. Neste momento você e o cristal são unos.

Durante cerca de dez minutos, deixe que o seu espírito vaguear por entre o silêncio a harmonia e a luz que são o Amor de Deus.


Agora o seu cristal está pronto para ser usado.

 

Encomendas de cristais harmonizados por taróloga Maria Helena, através de mariahelena@mariahelena.pt

Mais informações para:

Telefone: (00351) 21 092 9000

E-mail: mariahelena@mariahelena.pt

Site: http://www.mariahelena.pt/

Facebook: www.facebook.com/MariaHelenaMartinsMHM

 

logo dra.png

 

 

 

Ter sucesso

sucesso3.jpg

 

Sabia que o sucesso se conquista passo a passo, através da força e da determinação? A vida é uma boa professora: quando não passamos num exame ela faz-nos repetir até termos finalmente aprendido.

 

Para ter sucesso, é fundamental vermos em cada desafio, em cada obstáculo, uma oportunidade para irmos além, para avançarmos e para sermos melhores. Só assim, a pouco e pouco, avançamos no caminho rumo à vitória que ambicionamos.

 

É através de ações aparentemente simples e de pequena dimensão que conseguimos realizar grandes feitos. Só quem sabe ser grande nas pequenas coisas é grande nas grandes coisas!

 

Comece por fazer uma mudança interior: ao mudarmos dentro de nós o nosso mundo exterior mudará. Todas as grandes caminhadas começam com um só passo!

 

Para alcançar o sucesso, acredite em si. Acredite que é capaz e, sobretudo, que você merece. Acenda a Vela do Sol com o coração cheio de força e de fé. O sol é a estrela que governa todo o sistema solar, é ele que nos dá vida e calor, que faz as flores e os frutos crescerem.

 

Sempre que desejar ver algo crescer na sua vida e alcançar o brilho e a fama, faça os seus pedidos ao sol e acenda esta vela com três pavios, número perfeito – o número da Santíssima Trindade.

 

Para obter melhores resultados, acenda a vela ao meio-dia, hora em que o sol está no seu ponto mais forte, e enquanto ela arde veja-se como se já tivesse alcançado aquilo que tanto deseja e merece.