Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Consultório de Astrologia

O que é a Felicidade?

"Ser feliz é ter futuro e é dar futuro. Todos pensamos ser felizes e acordamos todos os dias com esse desejo. Mas ser feliz não é uma sorte, nem é ausência de problemas. É viver com sentido, com coragem, construindo o futuro e dando futuro.

Isso depende de mim.

Era uma vez um homem que corria e corria pela vida... A vida era curta e necessitava de correr muito para gozar muito e ser feliz. E quanto mais corria, mais necessitava de correr! Descobria sempre mais lugares para visitar! Necessitava encontrar tudo e gozar de tudo. Até que um dia, cansado de tanto correr, parou. Então, a felicidade pôde alcançá-lo. "

(Padre) Vasco Pinto de Magalhães, in 'Não Há Soluções, Há Caminhos'


 

05ca4f8858a12daac3964d89e80128ab_large.jpeg

 

Veja grátis: Horóscopo diário ! 

 

Clique aqui para marcar uma consulta de Tarot, ou falar comigo! 

maria helena.jpg


Envie-me um e-mail em branco e receba uma surpresa!

Clique aqui!

 

Mais informações para:

Telefone: (00351) 21 092 9000

E-mail: mariahelena@mariahelena.pt

Site: http://www.mariahelena.pt/

Facebook: www.facebook.com/MariaHelenaMartinsMHM

logo dra.png

 

Ilumine-se com o poder das velas

Harmonizar o seu coração é o primeiro passo a ser dado, se pretende obter uma proteção através das velas. Saiba como equilibrar-se através dos sete pontos energéticos do seu corpo, mais conhecidos como chakras. Conheça também a bonita história das velas do amor, da paz, da fé e da esperança e ilumine a sua vida. Para além de, com a ajuda dos anjos e da oração, nos proteger, o poder da chama das velas ativa os pontos energéticos do nosso organismo. Cada cor de vela corresponde a um ponto do seu corpo. Saiba qual deve acender para aumentar a sua proteção especial.

 

 

As velas e os chakras

 

1º Chakra básico

 

Corresponde à base da coluna e dá-lhe a força física necessária para enfrentar todos os obstáculos. Para proteger os rins, a coluna, os pés e as pernas deve acender a vela vermelha. Para além disso, a chama desta vela provoca em si um sentimento de amor muito profundo e verdadeiro. Concede-lhe coragem e energia. Ajuda-a ainda na fertilidade. Pode ser usada também para fazer pedidos urgentes. Quando acende esta vela invoque o

anjo Camael:

“Camael, Príncipe divino da segurança e da
verdade,
 que trabalhais incansavelmente para que a
justiça impere,
demandai através da vossa energia, qualquer
mal que possa atingir-me. Dai-me força e coragem necessárias, para ajudar a todos que
me procuram, sempre de acordo com a vossa vontade, pois sou digno e
merecedor da vossa confiança. Fazei-me de vós, um guerreiro lutador contra as
injustiças, e que todas as tradições e costumes sejam
respeitados. Protegei-me e concedei-me uma vida digna, tranquila
e de paz. Dai-me força e coragem para lutar pela pureza dos
sentimentos, fazei-me sempre um exigente da verdade. Fazei-me vosso
guerreiro da justiça e do amor! 
Amém.”

 

 

2º Chakra umbilical

Corresponde ao ponto localizado entre o osso púbico e o umbigo e rege todas as suas emoções, a sua libido. Para proteger os seus órgãos reprodutores deve acender a vela laranja. A chama desta vela ajuda-a a aumentar o seu dinamismo, poder e resistência. Estimula a energia, favorecendo as atividades físicas e a vitalidade. Pode ser usada para fazer pedidos relacionados com o seu bem-estar geral. Quando acende esta vela invoque o anjo Raziel:

“Raziel, amado Arcanjo dos Querubins, revelador da verdade e dos
pensamentos puros me ilumine com seus raios de sabedoria. Faça com que meu coração
transborde alegria e amor. Príncipe Raziel, agradeço por a cada momento eu conhecer a verdade, o
amor divino e seguir a luz. Dai-me forças e coragem, ânimo e otimismo.
Concede-me o bom êxito, porque sei que sou digno da presença dos anjos. Amém.”

 

3º Chakra do plexo solar

Corresponde ao ponto localizado sob o diafragma e eleva a sua autoestima, ajudando-a também a ser mais intuitiva. Para proteger o baço, o estômago e o fígado deve acender a vela dourada. A chama desta vela ajuda-a a encontrar a solução adequada para alguns dos seus problemas, guia-a e
ilumina o seu caminho, concede-lhe proteção divina, dando-lhe a sensação de ser uma pessoa invencível, protegida de tudo e de todos. Pode ser usada para fazer pedidos relacionados com assuntos financeiros. Quando acende esta vela invoque o anjo Mikael:

“Mikael, Arcanjo Supremo dos Arcanjos, protege-me, ilumina-me
e preenche-me  com a tua luz. Dá-me coragem, espírito de
perseverança para vencer todos os meus inimigos. Livra o meu corpo físico e
espiritual das forças do mal.

Amado Arcanjo
Mikael, bendito é teu poder, de amar e iluminar, a mim e aos meus semelhantes.
Anjo santo do Senhor, faz-me repousar na tua verdade e compreender o amor de
Deus. Amém.”

 

4º Chakra cardíaco

Localiza-se perto do coração e ajuda-a a encontrar o caminho da luz e atingir uma
consciência verdadeira da vida. Para proteger o coração de todos os males,
físicos e emocionais, deve acender a vela rosa. A chama desta vela fortalece os sentimentos de amizade,
ternura e amor. Ajuda-a a criar um clima propício ao romantismo e de bom entendimento em
reuniões de amigos. Pode ser usada para fazer pedidos de assuntos relacionados
com a afetividade. Quando acende esta vela invoque o anjo Haniel:

“Haniel, Arcanjo amado dos Principados, guardião do amor e da
beleza, resplandeça em mim a vontade de Deus. Que a tua energia
me preencha e me
complete deixando-me em paz e serena, amando a Deus e evoluindo. Agradeço, amado
anjo, por conservar-me fiel e amigo, leal e companheiro.

Haniel, extensão da
luz divina, faz-me compreender o amor, a beleza e principalmente a ternura dos
verdadeiros sentimentos.
Amém.”

 

 

5º Chakra laríngeo

Corresponde ao ponto situado na garganta e auxilia-a na sua introspeção e no conhecimento do seu verdadeiro EU. Para proteger o maxilar, cordas vocais, boca, dentes e língua, deve acender a vela azul. A chama desta vela Fortalece a inspiração e a criatividade. Ajuda-a a dormir calmamente e a receber mensagens divinas nos seus sonhos. Aumenta o poder recetivo. Pode ser usada para fazer pedidos relacionados com os negócios.
Quando acende esta vela invoque o anjo Metratron:

“Metatron, Arcanjo dos Serafins, iluminai os meus passos,
conduz-me à verdade
e faz-me conhecer a Luz Maior. Arcanjo celestial concede-me a graça, permite-me
ser digno de vossa proteção, ensina-me a prosperar, ser nobre de caráter, e
saber amar o Universo! Oh! Amado Príncipe Metatron, faz da minha vida uma
eterna busca rumo à evolução! E que minha jornada seja repleta de amor Divino.
Amém.”

 

6º chakra frontal

Corresponde ao ponto localizado na testa e ajuda-a no seu crescimento espiritual. Para proteger a sua coordenação física. A chama desta vela fortalece
o seu poder de comunicação espiritual, favorece os sonhos premonitórios e as viagens astrais. Pode ser usada para fazer pedidos de clareza de pensamentos. Quando acende esta vela invoque o anjo Raphael:

“Raphael, Arcanjo das Virtudes, divino ser que protege,
trabalhai para que
meu corpo esteja envolto nos raios de seu poder de cura, faz-me ser um elo de
ligação entre Deus e os homens de boa ventura. Que eu transpasse a vossa
vontade, bendito é vosso poder de amar e iluminar a mim e aos meus semelhantes.
Anjo santo do
Senhor, faz-me repousar em vossa verdade e compreender o amor de
Deus
Amém.”

 

 

7º chakra coronário

Corresponde ao ponto localizado na parte de cima da cabeça e ajuda-a a obter a cura de males, a harmonia e a paz. A chama desta vela é o símbolo de sentimentos puros. Ajuda a estabelecer contactos com as energias cósmicas. Fortalece os estados de consciência do indivíduo e inunda-o de uma atmosfera maravilhosa. Pode ser usada para fazer pedidos relacionados com qualquer tipo de assunto. Quando a acende esta vela invoque o anjo Uriel:

Uriel, Arcanjo das Dominações, cobre-me com teu raio de bondade
e justiça,

faz-me amar a
honestidade, abençoa-me com a tolerância e a paciência, que eu em todos os
momentos da minha existência saiba avaliar, distinguir, discernir e nunca
julgue. Agradeço, glorioso arcanjo, pela benevolência, compreensão e por sempre
alcançar as minhas metas com dignidade e contentamento lutando pela verdade e
amando O Universo.
Amém.”

 

A história do Milagre das velas

“Quatro velas estavam a queimar
calmamente. O ambiente estava tão silencioso, que poderia ouvir-se o diálogo
entre elas:

A primeira disse:

-Eu sou a paz e apesar da minha luz,
as pessoas não conseguem manter-me acesa.

Em seguida, a sua chama, devagarinho,
apagou-se totalmente.

A segunda disse:

-Eu chamo-me fé! Infelizmente, sou
supérflua para as pessoas. Elas não querem saber de Deus, por isso não faz
sentido continuar a queimar. Ao terminar a sua fala, um vento bateu-lhe
levemente e a chama apagou-se. Baixinho e triste, a terceira vela
manifestou-se:

-Eu sou o amor! Não tenho mais forças
para queimar. As pessoas deixam-me de lado, porque só pensam em si mesmas,
esquecem-se até daqueles que estão à sua volta. E também se apagou.

De repente, chegou uma criança e viu
as três velas apagadas e disse:

-O que é isto? Vocês deviam estar
acesas e queimar até ao fim.

Então a quarta vela falou:

-Não tenhas medo, criança. Enquanto
eu estiver acesa, poderemos acender outras velas.

 

Reflita:

Quando apagamos as chamas da paz, da
fé e do amor, ainda assim, nem tudo está perdido. Alguma coisa há de ter
restado dentro de nós. E isto tem que ser preservado, acima de tudo. Então a
criança pegou na vela da Esperança e acendeu novamente as que estavam apagadas.

Que a vela da Esperança nunca se
apague dentro de si. Ela é a nossa luz ao fundo do túnel. O caminho da
felicidade precisa, antes de mais, ser pavimentado com esperança…

A felicidade nem sempre bate à nossa parte.
Para conquistá-la é preciso uma luta incessante, e ao encontrá-la ter a coragem
para trazê-la dentro de si.” 

 

 

Veja grátis: Horóscopo diário !

 

Envie-me um e-mail em branco e receba uma surpresa!

Clique aqui!

 

Mais informações para:

Telefone: (00351) 21 092 9000

E-mail: mariahelena@mariahelena.pt

Site: http://www.mariahelena.pt/

Facebook: www.facebook.com/MariaHelenaMartinsMHM

logo dra.png 

 

Feng Shui - Técnicas para ter harmonia em sua casa e na sua vida

Feng-Shui-1.jpeg

O Feng Shui

O Feng Shui é uma filosofia conhecida há milhares de anos no Oriente. Feng significa vento, e shui significa água.

Esta filosofia oriental estuda a forma como a energia circula e indica-nos métodos e técnicas para ter harmonia em nossa casa e na nossa vida.

O Feng Shui também nos ajuda a saber aquilo que devemos evitar, e dá-nos dicas úteis para resolver problemas e melhorar o ambiente que nos rodeia. A energia de uma casa afecta o estado de espírito dos seus moradores; por exemplo, há pessoas que se sentem desmotivadas, sem objectivos, e não compreendem porquê. Saiba que isto pode acontecer porque alguma coisa está a impedir a energia de circular em casa, o que provoca bloqueios energéticos. O simples gesto de utilizar aquele armário que mantemos fechado há algum tempo ajuda a energia a circular, e faz com que as pessoas se sintam muito melhor.

No Feng Shui existem 2 tipos de energia: o Chi é a energia positiva e o Shar é a energia negativa. Para que os ambientes sejam saudáveis, é necessário que haja equilíbrio, que o Chi circule livremente.

As cores das paredes, a decoração, o sítio onde pomos os móveis influenciam-nos. Por exemplo, se na sua casa notar um ambiente tristonho, experimente pintar as paredes de uma divisão de amarelo ou de cor-de-laranja. Vai ver como haverá logo muito mais alegria e energia positiva!

Por outro lado, a cor verde transmite serenidade, e a cor azul transmite harmonia. Se tiver um filho irrequieto, experimente pintar as paredes do quarto dele de azul, e verá como se tornará mais calmo. Cores como o rosa e o vermelho são favoráveis à paixão, por isso pode usá-las numa parede do seu quarto. Não é necessário utilizar estas cores na parede, pode ter um cortinado vermelho, ou umas almofadas cor-de-rosa sobre a cama. Basta a cor estar lá para que a energia melhore logo!

No Feng Shui existe um objecto muito especial, que se chama Bá-Guá. O Ba-guá é uma espécie de bússola que está dividida em várias partes. Cada uma das partes corresponde a uma área da nossa vida: Sucesso, Relacionamentos, Criatividade, Amigos, Trabalho, Espiritualidade, Família e Prosperidade. Para além destas oito áreas da nossa vida, no centro do Bá-Guá está a área da saúde, que resulta da harmonia de todas as outras. A primeira coisa a fazer, quando tiver o seu Bá-Guá, é desenhar a planta da sua casa e colocar o Bá-Guá sobre ela. A área do trabalho deve ficar em cima do traço que representa a porta de entrada da sua casa. Assim, o Bá-Guá vai indicar-lhe onde é que na sua casa está cada uma das áreas e como é que as pode melhorar.

Outro aspecto importante do Feng Shui é ter em conta os elementos da Natureza, que para os chineses são: a Água, a Madeira, o Metal, o Fogo e a Terra. Ter objectos que representem estes elementos em cada divisão da casa contribui para ter bom Feng Shui. No entanto, é muito importante saber que Elemento é o mais indicado para cada área e para cada pessoa.

Como pode ter bom Feng Shui em sua casa?

- Faça com que as portas abram livremente, não deixe objectos a impedir a passagem.

- Limpe os cantos e deite fora o que estiver partido em sua casa.

- Não acumule mais do que aquilo que precisa. Já viu bem a quantidade de papéis, roupa, jornais e revistas que tem acumulado? Essas coisas que acumula, sem precisar verdadeiramente, não trazem bom Feng Shui!

- Utilize um candeeiro para iluminar um canto escuro da sua casa, e dessa forma a energia positiva aumentará.

- Se receber visitas em casa, como por exemplo algum familiar ou amigo, convide-os a sentarem-se num lugar de frente para o sol. Se fizer isto, esta pessoa vai adorar a sua casa! Se for de noite, sente os seus amigos de frente para a luz.

- A televisão no quarto não traz bom Feng Shui, mas se lhe colocar um pano em cima antes de ir dormir, não terá efeitos tão negativos!

 

Estas são apenas algumas dicas úteis, existem muitas outras que podem operar grandes transformações na nossa vida.  

 

As qualidades da terapia acima referida não dispensam as indicações do seu médico.

 

Veja grátis: Horóscopo diário !

 

maria helena.jpg

 

Envie-me um e-mail em branco e receba uma surpresa!

Clique aqui!

 

Mais informações para:

Telefone: (00351) 21 092 9000

E-mail: mariahelena@mariahelena.pt

Site: http://www.mariahelena.pt/

Facebook: www.facebook.com/MariaHelenaMartinsMHM

logo dra.png 

 

A vida depois da morte nas diferentes crenças

vida-apos-a-morte.jpg

 

Islamismo

 

"Toda alma provará o sabor da morte e, no Dia da Ressurreição, sereis recompensados integralmente pelos vossos atos; quem for afastado do fogo infernal e introduzido no Paraíso, triunfará. Que é a vida terrena, senão um prazer ilusório?" (AlCorão, versículo 185)

 

Para os muçulmanos, Alá (o seu Deus) criou o mundo e por essa razão trará de volta todos os mortos no último dia. Todos terão direito a um julgamento começará uma nova vida depois da avaliação divina. Esta vida funciona então como uma preparação para uma outra existência, seja no céu ou no inferno. Quando alguém morre, começa o primeiro dia da eternidade. A morte é assim vista como uma passagem para uma vida eterna. Ao morrer, a alma fica a aguardar o dia da ressurreição (juízo final) para ser julgada pelo criador, e deseja regressar ao seu corpo físico mas muito mais jovem e sem imperfeições. O inferno está reservado para as almas desobedientes, que foram desviadas pelo Diabo. No Alcorão, o livro sagrado desta religião, o Inferno é descrito como um lugar negro com labaredas de fogo em toda a volta, onde as pessoas são castigadas severamente e para todo o sempre. Para o paraíso, vão as almas que obedeceram e seguiram a mensagem de Alá e as tradições dos profetas. No Alcorão, o paraíso é descrito como um lugar com rios de leite e outras belezas jamais vistas pelo homem. Relativamente aos rituais fúnebres o corpo do defunto é lavado pelos familiares -sempre do mesmo sexo - e enrolado em três panos brancos. Depois, é colocado num caixão para que os parentes mais próximos se despeçam dele. De seguida, o corpo é levado à mesquita do cemitério islâmico e a partir deste momento apenas os homens participam da cerimónia. As orações para a alma da pessoa duram cerca de duas horas. O caixão, que deverá ser o mais simples, é levado para o túmulo, composto por quatro paredes de pedra, onde o corpo será colocado sem o caixão no qual foi transportado. O buraco é tapado com pedras e só depois de totalmente fechado é que colocam a terra por cima. Pelas leis muçulmanas não é permitida qualquer cremação. O luto dura três dias, pois a morte é vista como algo natural. No entanto, quando é a mulher a perder o marido, o tempo de luto é de 4 meses e 10 dias. Durante todo este tempo a mulher não pode sair de casa, a não ser em caso de uma emergência.

 

 

Espiritismo

 

"Melhorados os homens, não fornecerão ao mundo invisível senão bons espíritos; estes, encarnando-se, por sua vez só fornecerão à Humanidade corporal elementos aperfeiçoados. A Terra deixará, então, de ser um mundo expiatório e os homens não sofrerão mais as misérias decorrentes das suas imperfeições." Allan Kardec

 

Doutrina do século XIX criada pelo francês Alan Kardec, defende a continuação da vida após a morte num novo plano espiritual ou pela reencarnação num outro corpo. Esta doutrina acredita que podem ser invocados os espíritos dos mortos, pois após a morte física, o espírito ascende a uma outra realidade onde se aventura numa nova vida. Significa que para os seguidores desta doutrina, a morte não existe porque o espírito continua a permanecer. Aqueles que praticam o bem evoluem rapidamente. Os que, pelo contrário, praticam o mal recebem novas oportunidades de melhoria através de sucessivas reencarnações. Creem na eternidade da alma e na existência de Deus, mas não como criador de pessoas, mas sim como o criador de espíritos simples e outros ignorantes, sem discernimento do bem e do mal. Não há qualquer simbologia do céu e do inferno, que segundo estes crentes, são ideias construídas pelo próprio homem. Pela teoria, todos os seres humanos são espíritos reencarnados na Terra que estão neste espaço para evoluir. A morte seria apenas a passagem da alma do mundo físico para a sua verdadeira vida no mundo espiritual. E mesmo nesse mundo acreditam que o espírito esteja em constante evolução de forma a alcançar a perfeição moral. As almas dos mortos ligam-se umas às outras como se pertencessem a famílias espirituais, guiadas pela sintonia entre elas. Consequentemente, os lugares onde vivem possuem níveis vibratórios diferentes, sendo uns mais infelizes e sofredores e outros mais felizes e plenos. Nos seus rituais fúnebres, os espíritas velam o defunto e enterram da mesma forma que as outras religiões. O velório é acompanhado de diversas rezas para que o espírito possa continuar perto do corpo durante mais algum tempo, de forma a encontrar-se e a ascender em paz. Dois símbolos fúnebres que não são utilizados por esta doutrina são as velas e as flores. Pode existir cremação, o que não existe é o luto, pois como para eles o corpo físico é nada mais do que um meio de transporte do espírito, têm a certeza que o mesmo vai reencarnar e evoluir, ou seja, continuar a existir.

 

 

Igreja evangélica

 

“Acho impossível que um indivíduo contemplando o céu possa dizer que não existe um Criador.” Abraham Lincoln

Como na Igreja Católica, os evangélicos acreditam que há um julgamento para a alma e que esse mesmo julgamento resulta na condenação (ida para o inferno) e ou na eternidade da alma (céu). A diferença entre as duas religiões é que os evangélicos acreditam que a alma faz uma grande viagem e a ressurreição só acontecerá quando Jesus voltar à Terra, na chamada “Ressurreição dos Justos”, ou, então, aqueles que forem condenados ao Inferno terão uma nova oportunidade de ressurreição no “Julgamento Final”. Os evangélicos sustentam que a morte física é resultado do pecado. Quando Deus criou o homem, não o fez para envelhecer, adoecer ou morrer, mas porque o homem optou por se afastar do criador, por renunciar os ensinamentos, acabou por escolher o caminho do pecado e da desobediência e consequentemente o caminho da morte.

 

 

Igreja Batista

 

Onde está, ó morte a tua vitória? Graças a Deus que nos dá a vida por intermédio de Cristo Jesus (Apostolo Paulo nos Coríntios 15.55 a 57)”

Os seguidores desta religião creem que a morte física é a separação entre a alma e o corpo e que a morte espiritual é a separação da pessoa de Deus. Os que, após a morte física, acreditam ou passam a confiar em Jesus Cristo, vão para o paraíso onde terão uma vida repleta de paz e felicidade. Com a morte espiritual, a alma vai para o Inferno para uma vida de angústia, sofrimento, dor e tormentos e onde viverá eternamente se não acreditar em Jesus Cristo.

 

 

Catolicismo

 

Ó meu Senhor Jesus, eu estou pronto a seguir-te mesmo no cárcere, mesmo até à morte, a imolar a minha vida por teu amor, porque sacrificaste a tua vida por nós." Santo António, padroeiro dos pobres

A morte para os católicos vem com os conceitos de um Céu, de um Inferno e de um Purgatório. A avaliação dos atos de cada um na sua vida terrena decide para qual destes lugares vai a alma repousar eternamente. Os católicos consideram que a alma é única e por essa razão não regressa reencarnada em outros corpos físicos. Para eles, os únicos princípios são o da imortalidade e da ressurreição e não o da reencarnação. O livro sagrado desta religião é a Bíblia, é por ela que se regem e é nela que está escrito que o ser humano morre uma única vez. É nessa morte que a pessoa é julgada e se obtiver o perdão pelas suas ações, vai para o Céu onde viverá feliz e em comunhão com os outros semelhantes mas, se por outro lado, for condenada, vai para o Inferno onde viverá rodeada de fogo ardente e de almas que sofrem horrores para toda a eternidade. O purgatório é para o catolicismo uma espécie de oportunidade de redenção da alma. É para lá que ela vai para ser purificada, não é um lugar físico mas sim uma experiência existencial. As almas que vão para o céu ressuscitarão no dia do “Juízo Final” e poderão viver eternamente, e é nesse dia que os justos e os pecadores são separados para todo o sempre. Para o catolicismo a morte é vista como uma passagem, como o batismo definitivo para o caminho para a vida eterna. A pessoa é julgada na sua morte pelos valores divinos que seguiu em vida: o amor, a fraternidade, a justiça, a verdade, a solidariedade, etc. Ideais que remetem à palavra de Deus. Nos rituais fúnebres, os católicos velam o corpo do defunto com orações e o padre encomenda a vida do defunto às mãos de Deus. Neste ritual há a celebração da passagem do morto à luz do mistério da morte, por meio de orações específicas e da bênção do corpo. Os católicos utilizam símbolos como as velas e flores. Para esta religião, as velas simbolizam a luz que é Cristo ressuscitado e as flores são consideradas como o início da vida eterna que floresce naquele momento. O corpo do defunto pode ser enterrado ou cremado. No momento do enterro, há uma bênção final dada pelo padre, cujo objetivo é pedir o acolhimento do corpo pela terra. Depois do ritual fúnebre, é usual ocorrerem celebrações em memória do morto no sétimo dia após o seu enterro, no primeiro mês e no primeiro ano.

 

 

Judaísmo

 

E o Todo Poderoso formou o homem do pó da terra e soprou nas suas narinas a alma da vida". Tora, livro sagrado do Judaísmo

O judaísmo é uma religião que não crê num único indivíduo, mas sim num povo que foi escolhido por Deus para iluminar e guiar a humanidade - o Povo Hebraico. O livro sagrado é a Bíblia. Os textos correspondem aos do Antigo Testamento dos cristãos, com poucas adaptações e esses textos são chamados de Torá. O judaísmo acredita que após a morte, a alma sobrevive, podendo voltar à terra para completar a sua missão, ou seja, acreditam na reencarnação, mas não reforçam bem a ideia de existir uma vida após a morte. O que acreditam é que a morte não é o fim da vida, apenas do corpo material. Descrita como a religião das múltiplas interpretações, o judaísmo tem diversas ramificações: umas acreditam na reencarnação da alma em outros corpos, e outras acreditam na ressurreição dos mortos, ou seja, o regresso da alma ao mesmo corpo físico. A pessoa que estiver a morrer, deve colocar a sua vida em ordem, deixar a sua mensagem à família e a quem for importante para ele e fazer a sua última confissão. Esta confissão é encarada como o elemento mais importante para a passagem para o outro mundo. Apesar de acreditarem que a alma exista para a eternidade, os judeus expressam a sua dor pela perda daqueles que mais amam de várias formas. Nos rituais fúnebres, quando um judeu morre, há um ritual chamado de tahará, que significa purificação no qual o corpo do defunto é lavado pelo chevra kadisha, que é o seu grupo sagrado. Os judeus não permitem qualquer autópsia, nada poderá violar o corpo físico. Depois de lavado, o corpo é envolvido em várias camadas de panos brancos e o caixão é fechado para que não seja mais tocado. A cerimónia fúnebre deve acontecer o mais rápido possível e são acompanhadas por rezas. Os caixões estão sempre fechados, pois encaram que a exposição do corpo é um sinal de desrespeito. Não usam qualquer simbolismo, portanto objetos como flores e velas não existem. Os judeus acreditam que na morte tudo deve ser o mais simples possível, desde das vestimentas, daí unicamente os panos brancos, ao caixão que é de uma madeira simples, sem ornamentos. Esta religião assim como não permite as autópsias, é totalmente contra a cremação, ou seja a destruição do corpo físico, pois na reencarnação a alma tem que regressar ao corpo original e o mesmo deverá permanecer tal como foi enterrado. O luto dos familiares é feito por três etapas: a primeira tem a duração de uma semana e neste período os familiares não saem de casa por nenhuma razão e trabalham apenas o espiritual, deixando de fora os cuidados com o corpo e as suas necessidades físicas. Nos dias seguintes à primeira semana, e até completarem 30 dias depois da morte, os homens não fazem a barba, bem como os cabelos não podem ser cortados. O luto termina definitivamente um ano após a data da morte, mas o defunto será sempre recordado em todos os aniversários seguintes. Os judeus acreditam que fingir que nada aconteceu é reprimir os sentimentos.

 

 

 

Protestantismo

 

“Uma masmorra com Cristo é um trono, e um trono sem Cristo é um inferno" Martinho Lutero, sacerdote e figura essencial da reforma protestante

 

Religião que tem as suas raízes no século XV emergiu como uma forma de protesto contra a doutrina do catolicismo romano da Europa Ocidental. Os protestantes acreditam que a morte é apenas uma passagem para outra vida e não aceitam a reencarnação, tal como vimos anteriormente com os católicos. Acreditam que após a morte a alma é limitada, pois o corpo ressuscitará. Esta religião acredita nos conceitos de céu e inferno e o julgamento que ditará para qual dos dois mundos a alma vai, ocorre não pelas ações praticadas em vida, mas pela fé demonstrada na palavra de Deus e pelo amor ao Senhor. Nos rituais fúnebres, os protestantes assemelham-se às outras religiões. A principal característica é que quando um protestante morre, todo o ritual do velório é feito em função da família do defunto e não do defunto em si. Normalmente o ritual é feito pelo pastor e ocorre dentro da igreja ou no cemitério. Em termos de símbolos, os protestantes não usam velas, apenas as flores. A participação da comunidade religiosa nestas últimas horas é muito importante. São feitas leituras bíblicas e orações espontâneas no cemitério. O corpo do defunto pode ser cremado ou simplesmente enterrado. Uma diferença em relação à Igreja Católica, é que os protestantes não celebram o defunto após a morte, por isso não são comuns as missas ou as rezas após o funeral. Se a família desejar, pode fazer uma reza de gratidão a Deus pela vida da pessoa, mas não é obrigada a tal. O protestantismo não obriga a qualquer tipo de luto.

 

 

Mais informações para:

Telefone: (00351) 21 092 9000

E-mail: mariahelena@mariahelena.pt

Site: http://www.mariahelena.pt/

Facebook: www.facebook.com/MariaHelenaMartinsMHM

 

logo dra.png

 

 

Taróloga da SIC apresenta Blog

Descubra o lado mais pessoal da Taróloga da SIC, Dra. Maria Helena!

No seu novo Blog - "Maria Helena - A vida depois das cartas", Maria Helena dá a conhecer mais da sua vida! O que pensa, o que gosta e o que faz fora da televisão e do consultório.

Uma mulher igual a tantas as outras que a acompanham no seu percurso de vida. 

Blog MH.JPG

 

Mais informações para:

Telefone: (00351) 21 092 9000

E-mail: mariahelena@mariahelena.pt

Site: http://www.mariahelena.pt/

Facebook: www.facebook.com/MariaHelenaMartinsMHM

 

logo dra.png

 

Os signos e o Amor - como ama cada signo?

amor.jpg

Através da Astrologia é possível conhecer melhor as pessoas que nos rodeiam e, dessa forma, saber aquilo de que cada pessoa mais gosta, o que o atrai, o que desperta a sua atenção e prende o seu coração ou, por outro lado, o que o afasta. Este método traz informações mais abrangentes e é ideal para se conhecer a si próprio e para conhecer o seu par, apresentando conhecimentos úteis a curto, médio e longo prazo. É um método especialmente indicado para alcançar e manter a harmonia e o equilíbrio a dois, ajudando a evitar discussões e atritos e permitindo dar mais valor aos pontos de união.  

 

Como ama cada signo?

Carneiro

Se Carneiro está apaixonado, toda a gente fica a saber. Sendo um dos mais entusiastas signos do Zodíaco, vibra com a paixão e encontra no amor um dos seus maiores estímulos, entregando-se de alma e coração à conquista do seu amado. Ama de forma exuberante, intensa, desenfreada, não gosta de limites nem se restringe às convenções. Age por impulso, sendo especialmente propenso ao amor à primeira vista. Quando gosta, gosta muito, e se quer alguém, quer já. Não gosta de conquistas demoradas, pois aborrece-se facilmente. Pode, contudo, passar-lhe com a mesma rapidez, sendo um signo muito dado a aventuras e flirts. Quando, no entanto, alguém consegue realmente conquistar o seu coração, é capaz de uma dedicação a toda a prova e até de uma forte fidelidade. Para este ardente signo de Fogo é, contudo, essencial alimentar constantemente a chama da paixão.

 

Touro

Romântico e sensual, o nativo de Touro demora a reagir e pode levar à loucura as amantes mais apressadas. Cativa-se pelos pequenos pormenores, deleitando-se nos prazeres da boa cama e da boa mesa. Quando finalmente se sente seguro, entrega-se de forma absoluta e apaixonada, sendo poderosamente sensual e afetivo. Gosta de programas caseiros e de longas maratonas de sexo, desde que possa ir recuperando energias com uma boa refeição. Para ele o sexo só faz sentido com amor, mas é capaz de ceder às tentações da carne pois não resiste a uma mulher com curvas voluptuosas. Pode parecer que não está interessado, porque demora algum tempo a mostrar o que sente pois quando assume um compromisso fá-lo para toda a vida, evitando sempre voltar atrás, razão pela qual também não se atira facilmente de cabeça. 

 

Gémeos

Com aquele sorriso travesso que só ele sabe fazer, possui um charme de miúdo rebelde a que é difícil resistir. Tem uma boa conversa e um sentido de humor inteligente, atraindo com facilidade o interesse de quem desperta a sua curiosidade. Tenha, no entanto, cuidado, pois para o nativo de Gémeos muitas vezes o seu interesse não passa disso mesmo: curiosidade. Interessa-se pelo flirt e pelo jogo mental, muito mais do que pela paixão, a que dificilmente se entrega completamente. Assusta-o a ideia do compromisso, tendo dificuldade em manter-se fiel, embora muitas vezes não vá além de uma troca de palavras mais comprometedoras. O seu amor é vivido sobretudo a nível mental, e é aí que pode ser conquistado. Uma pessoa que não saiba alimentar – a toda a hora – a sua imaginação e curiosidade tem grandes probabilidades de o afugentar.

 

Caranguejo

Sonha encontrar a mulher da sua vida, provavelmente feita à imagem e semelhança da sua mãe, pois para os homens deste signo este é, geralmente, o seu exemplo durante toda a vida. Aliás, uma das melhores formas de chegar ao coração do homem deste signo é elogiar a sua progenitora, a quem é muito chegado (ou, quando isso não acontece, com quem tem um trauma). Ele é charmoso e encantador, o tipo de homem que prepara surpresas românticas e que escreve poemas de amor, mas também tem uma certa propensão para a infidelidade, precisamente porque vive para o amor e para o romance. Não se deixe iludir pela sua sensibilidade delicada, pois entre lençóis ele é um verdadeiro vulcão, capaz de despertar em si terramotos de prazer.  

 

Leão

Leão tem uma maneira de amar exuberante, expansiva e ardente. Não disfarça aquilo que sente e, quando se apaixona, faz questão que o Mundo inteiro fique a saber. Sente-se inflamado pela paixão, achando a vida triste e monótona quando ninguém desperta o seu interesse. Sendo naturalmente sedutor e conquistador, não fica à espera que surjam oportunidades de aproximação, lança-se à conquista sem pensar duas vezes. Quando as flechas de Cupido lhe acertam, este signo já de si carismático torna-se ainda mais refulgente, parecendo que a sua presença irradia luz e calor. Leão, muito vaidoso, adora cuidar do seu aspeto físico e tornar-se ainda mais bonito para impressionar quem ama. Surpreende com gestos de grande generosidade, com uma maneira de ser calorosa e uma natural espontaneidade. Vive a paixão com total entrega e ardor, sendo poderosamente sensual, mas espera receber em troca nada menos do que tudo o que o seu amado tenha para dar.

 

Virgem

Existe o mito que Virgem é a mulher-furacão, escondida sob uma aparente calma e quase santidade. Se é verdade ou não, compete apenas saber a quem consegue cativar esta exigente nativa, mas a verdade é que ela é muito seletiva e reservada no que diz respeito aos seus afetos. O que poucas pessoas sabem é que este comportamento funciona como uma espécie de proteção, pois a nativa de Virgem, quando está verdadeiramente apaixonada, é capaz de fazer tudo pela pessoa amada, encarnando uma dedicação sem igual. Demonstra o que sente através das ações que prática, procurando ser sempre a esposa perfeita, a amante ideal, a mãe irrepreensível. Contudo, é tão exigente consigo própria que isso a impede muitas vezes de desfrutar do amor e da paixão com tranquilidade, submersa nas suas inúmeras dúvidas e inquietações. Quando aprende a ser mais autoconfiante e a seguir mais os seus instintos, encontra a plenitude e torna-se uma verdadeira deusa do amor. 

 

Balança

Balança é puro romance. Tudo neste signo remete para a sensibilidade, a busca de harmonia e, necessariamente, a vontade de unir a sua vida à de outro ser. Balança nasceu para o amor, mas tem uma afetividade exigente e refinada, pois procura racionalizar as suas próprias emoções e tem dificuldade em atirar-se de cabeça ou agir por impulso. Aprecia o jogo da sedução e tem um talento nato para o flirt, pois sabe como encantar e como guiar na sua direção aqueles que despertam o seu interesse. Por ser elegante e muito sociável tem, regra geral, uma longa corte de admiradores. Procura um romance glamouroso, recheado de momentos de cumplicidade e que seja um eterno namoro. Embora as atitudes extremas o escandalizem, sente-se irremediavelmente atraído ppor personalidades ousadas, que o obriguem a vencer as suas próprias indecisões e inseguranças. Em troca, este é o verdadeiro príncipe encantado que prepara um pequeno-almoço refinado mesmo após dez anos de casamento.  

 

Escorpião

Escorpião é um signo inteiramente dedicado às emoções, embora possa assumir uma postura fria, pois domina na perfeição a arte do controlo. Mestre da sedução, decifra todos os jogos e encontra um prazer infindável na conquista. Exímio no domínio do seu corpo, sabe usar todos os recursos de que dispõe para enfeitiçar quem deseja, vencendo qualquer batalha afetiva graças à sua determinação ímpar. Dificilmente demonstra, contudo, aquilo que sente, pois como precisa de se sentir no comando da situação não deixa que percebam quando o conquistam. Procura o amor absoluto, transcendental, a fusão plena dos sentidos e a entrega do seu par – pois Escorpião nunca se rende. A intimidade assume um papel fulcral na sua vida amorosa, pois o seu erotismo é poderoso. O sexo é-lhe tão natural como respirar, e não se sente realizado numa relação amorosa em que não haja uma intensa vida sexual. Quando ama é capaz de uma lealdade sem igual, sendo completamente dedicado a quem conseguiu esse feito tão difícil e prodigioso que é arrebatar o seu coração. 

 

Sagitário

Sagitário é um sedutor alegre, bom vivant e descontraído. Delicia-se com as conquistas e adora exercer o seu poder de sedução para fascinar quem o rodeia. Tem sempre inúmeras fãs à sua volta, nunca deixando nenhuma delas ficar mal. Aliás, para um nativo de Sagitário nem sempre é fácil ser fiel, pois não gosta de resistir às tentações e como precisa de aventura adora embarcar constantemente em novas conquistas. Quando alguém é capaz de o seduzir, contudo, pode ser dedicado e fiel, fazendo um esforço para manter sempre viva a chama da paixão. Apesar da sua postura brincalhona leva os afetos muito a sério e procura uma fusão quase espiritual com a outra pessoa. É seduzido por alguém que saiba partilhar os seus interesses e que, acima de tudo, compreenda a sua natureza, indomável e livre, e saiba respeitá-la. Procura a cumplicidade, o companheirismo, a paixão feliz e o romance descontraído, fugindo a sete pés de dramas emocionais e de queixumes ou inseguranças.  

 

Capricórnio

Capricórnio é um dos signos mais racionais do Zodíaco, e é talvez aquele que tem maior dificuldade em deixar-se arrastar pelas suas emoções. Procura encarar tudo na sua vida sob uma perspetiva prática e cerebral, encarando o que sente com o máximo de objetividade que lhe é possível. Tendo profundas ambições em todos os domínios na sua vida, almeja um casamento estável e duradouro, e apenas se envolve com alguém com quem pode ter essa estabilidade. É capaz de renunciar a um grande amor se este não lhe puder dar a segurança que precisa. Quando alguém consegue conquistar o seu coração, o que não é fácil, retribui com uma dedicação a toda a prova e uma lealdade incomparável, pois quando assume um compromisso fá-lo para toda a vida. Tem dificuldade em revelar o que sente, mas na intimidade deixa cair a sua máscara de frieza e revela um vulcão verdadeiramente avassalador. A sua sensualidade é terrena, possante e ardente.

 

Aquário

Original, inexplicável e desconcertante, o nativo de Aquário é difícil de compreender pois por vezes parece nem ser deste mundo. Tem uma abordagem muito própria ao domínio das emoções, pois apesar de ser romântico à sua maneira não se deixa levar pelas águas profundas da paixão, mantendo sempre os seus afetos num domínio mais mental. Precisa de diversidade constante e sente-se atraído por tudo o que foge à norma, apreciando romances tresloucados ou com pessoas de outros países ou de grupos sociais muito distintos do seu. Tem um certo receio da intimidade, privilegiando o companheirismo e a amizade cúmplice. Foge de declarações de amor demasiado efusivas e de cenas dramáticas, pois para ele o amor apenas serve para trazer felicidade aos seus dias, e se assim não for opta por partir sozinho. É capaz de ter gestos românticos inesperados, para desaparecer logo de seguida. Nem ele se compreende bem a si próprio, como é que você quer consegui-lo? 

 

Peixes

Peixes é um dos signos mais sensíveis e românticos do Zodíaco. Vive submerso no seu poderoso mundo emocional, ambicionando fundir a sua alma completamente com a de outro ser. Deixa-se encantar com facilidade, pois a sua personalidade está sempre muito atenta a quem o rodeia. Possui uma veia poética apurada, que faz com que idealize o amor e a pessoa amada, perdendo muitas vezes o contacto com a realidade. Não gosta que o obriguem a assumir responsabilidades, deixando-se levar por quem mostra ter uma postura mais determinada e dominadora, embora crie a falsa ilusão de estar preso pois na verdade permanece sempre livre. Entrega-se de corpo e alma àquilo que sente, demonstrando os seus afetos através de uma forte capacidade de sacrifício e de uma dedicação sem limites nem barreiras. Sonha ser protegido por alguém capaz de compreender as suas complexas emoções e de lhe providenciar um porto de abrigo seguro em dias de tempestade afetiva. 

 

Mais informações para:

Telefone: (00351) 21 092 9000

E-mail: mariahelena@mariahelena.pt

Site: http://www.mariahelena.pt/

Facebook: www.facebook.com/MariaHelenaMartinsMHM

 

logo dra.png

 

Transforme o seu Karma em algo positivo!

Por “Karma” entende-se aquilo que trouxemos de vidas anteriores para resolver nesta vida.

De acordo com a teoria da reencarnação, ao longo das sucessivas encarnações vamos acumulando recompensas pelas ações que praticamos bem (o Dharma), mas, por outro lado, quando agimos de forma incorreta para com outra pessoa ou quando as nossas ações não são positivas isso transforma-se em Karma – algo que trazemos para superar.

O objetivo das sucessivas encarnações é, pois, evoluirmos o mais possível enquanto almas, até nos aproximarmos da Luz.

 

De acordo com o ano em que nascemos é possível determinar que tipo de conduta tivemos na nossa encarnação anterior e, consequentemente, que tipo de karma temos para superar nesta vida. Consulte a tabela seguinte ara identificar o seu Karma, e depois leia aquilo que pode fazer para superá-lo!

 

Se nasceu entre…

O seu Karma está em:

Se nasceu entre…

O seu Karma está em:

08.07.1930 – 28.12.1931
26.01.1949 - 26.07.1950
20.08.1967 – 19.04.1969
07.04.1986 – 05.05.1986
09.05.1986 – 02.12.1987
27.12.2004 – 22.06.2006

Carneiro

12.09. 1939 - 24.05. 1941
17.06. 1958 - 15.12.1959
08.01.1977 – 05.07.1978
01.08.1995 – 25.01.1997

Balança

03.08.1947 - 25.01. 1949
20.02.1966 – 19.08.1967
12.09.1984 – 06.04.1986
06.05.1986 – 08.05.1986
14.04.2003 – 26.12.2004

Touro

04.03. 1938 - 11.09. 1939
05.10.1956 - 16.06.1958
11.07.1975 – 07.01.1977
02.02.1994 – 31.07.1995

Escorpião

03.12. 1945 - 02.08. 1947
25.08.1964 – 19.02.1966
17.03.1983 – 11.09.1984
14.10.2001 – 13.04.2003

Gémeos

15.09. 1936 – 03.03. 1938
03.04. 1955 - 04.10.1956
28.10.1973 – 10.07.1975
02.08.1992 – 01.02.1994

Sagitário

12.05. 1944 - 02.12. 1945
24.12.1962 – 25.08.1964
21.09.1981
25.09.1981 – 16.03.1983
10.04.2000 – 13.10.2001

Caranguejo

09.03.1935 – 14.09.1936
10.10.1953 – 02.04.1955
28.04.1972 – 27.10.1973
19.11.1990 – 01.08.1992
22.08.2009 – 03.03.2011

Capricórnio

22.11. 1942 - 11.05. 1944
11.06.1961 – 23.12.1962
06.01.1980 – 07.01.1980
13.01.1980 – 20.09.1981
22.09.1981 – 24.09.1981
21.10.1998 – 09.04.2000

Leão

25.06.1933 – 08.03.1935
29.03. 1952 – 09.10. 1953
03.11.1970 – 27.04.1972
23.05.1989 – 18.11.1990
19.12.2007 – 21.08.2009

Aquário

25.05. 1941 - 21.11. 1942
16.12. 1959 - 10.06.1961
06.07.1978 – 05.01.1980
08.01.1980 – 12.01.1980
26.01.1997 – 20.10.1998

Virgem

29.12.1931 – 24.06.1933
27.07.1950 - 28.03. 1952
20.04.1969 – 02.11.1970
03.12.1987 – 22.05.1989
23.06.2006 – 18.12.2007

Peixes

 

 

 

 

Como superar um Karma em…

 

Carneiro

No seu caso, a questão da liderança e da individualidade é extremamente importante, porque tem uma necessidade instintiva de prestar muita atenção a quem o cerca. Muitas vezes cede, submetendo-se a situações em que se sentiria muito mais feliz se tomasse a dianteira e a chefia. Os seus assuntos funcionam melhor quando se pergunta a si próprio o que é que realmente quer, e não o que é que as outras pessoas querem. Se deixar virem à tona as suas qualidades de liderança, acabará por descobrir que pode também usar o seu dom de perceção para entrar em harmonia com os outros e para aceitar compromissos só quando for realmente necessário. Apesar disso, no entanto, também poderá cumprir o seu destino – servir de exemplo para os outros – sem deixar de ser fiel à sua própria maneira de ser.

 

Touro

A primeira parte da sua vida pode ser governada por paixões profundamente enraizadas, que lhe trazem agitação emocional. Pode ter grandes dificuldades em controlar sentimentos irracionais de ciúme, que se apoiam em dúvidas profundas acerca do seu próprio valor. Os impulsos sexuais exercem um forte poder sobre si, porém a sua satisfação é fugaz. Quanto mais tenta satisfazer os seus desejos, mais vazio se sente. Deseja um porto seguro, onde que possa experimentar segurança emocional e económica, que virá a seu devido tempo. A paz virá de um lugar inesperado, quando adotar os valores que conservam em vez de destruir. Talvez seja apenas uma questão de se harmonizar com a riqueza dos seus sentidos, para que possa apreciar plenamente o que tem, em vez de lamentar o que perdeu.

 

Gémeos

As questões da inteligência e da aprendizagem desempenham um papel central no seu desenvolvimento como pessoa. No decorrer da sua vida, haverá uma mudança de ênfase, de um elitismo intelectual para um toque de humanidade mais simpático. A sua verdadeira satisfação é alcançada ao encontrar pessoas no seu próprio nível e adotar uma atitude de maior disponibilidade para escutar e aprender. As suas maiores satisfações virão do trabalho em projetos de comunicação compartilhados. Desde cedo na vida sentia a nostalgia dos horizontes distantes e sem fronteiras, além de uma ânsia exagerada de liberdade. Mais tarde, surpreendentemente, encontrará grande satisfação nos prazeres simples do mundo que o rodeia.

 

Caranguejo

Na primeira parte da sua vida sentirá um profundo impulso interior para causar impacto na sociedade e ganhar o respeito dos seus iguais. O sucesso poderá chegar cedo, mas a satisfação que esperava que ele lhe trouxesse estará ausente. Acabará por se aperceber de que a necessidade de estatuto social ou de reconhecimento nunca poderá dar-lhe a verdadeira sensação gratificante de cumprimento das suas aspirações. Existe um vazio nas suas ambições. A falha está nas necessidades emocionais não preenchidas que não poderão ser satisfeitas, uma vez que investe toda a sua energia no impulso da sua carreira. Uma reorientação profissional que lhe permita estreitar os contactos com os seus sentimentos e intuições é fundamental para ser feliz.

 

Leão

Um dos dilemas mais importantes da sua vida é a dicotomia entre a sua realização pessoal e a perda da sua identidade no grupo. Nos seus anos de juventude teve fortes vínculos com os amigos ou com algum grupo particular que pode, de algum modo, ter-se situado à margem da sociedade. As suas amizades significam muito para si. No entanto, estes envolvimentos parecem esgotar a sua energia e impedi-lo de fazer a sua própria declaração pessoal ao mundo. A experiência vai acabar por lhe mostrar que não deve confiar tanto nos outros. Tem que pôr a sua criatividade em campo e permitir que o foco de luz incida mais sobre a sua pessoa. Os filhos podem desempenhar um papel importante nesse processo de transformação.

 

 Virgem

Nasceu com uma considerável sensibilidade espiritual e uma sólida noção do seu lugar no cosmos. Apesar disso, pode ser que se sinta sozinho no Mundo. Teve que lutar contra uma sensação de isolamento desde a mais tenra idade, podendo ter sentido, em alguma ocasião, a sensação indefinível de que tudo se poderá dissolver e de que não se pode confiar em nada. Assim, nasceu dentro de si um forte desejo de criar a ordem a todos os níveis. Isto pode implicar prestar maior atenção à sua alimentação e às necessidades do seu corpo e fazer grande esforço para estabelecer uma vida diária disciplinada. Uma sombra de dor pode afetar a sua boa-disposição, e é essencial que rejeite sentimentos de passividade e de martírio. Poderá ter havido acontecimentos importantes no inicio da sua vida que podem dar-lhe motivos de infelicidade, mas o trabalho é quase sempre a melhor solução, bem como uma atitude de aceitação em relação ao que não pode ser mudado.

 

Balança

Um dos dilemas mais importantes na sua vida é encontrar o equilíbrio entre escutar e agir de acordo com as suas próprias necessidades pessoais, em vez de tomar em consideração e fazer concessões às necessidades dos outros. Em jovem inclinava-se a seguir exclusivamente a sua própria voz interior, com a desculpa de que precisava de cuidar de si mesmo em primeiro lugar. Contudo, essa independência poderá trazer-lhe solidão ou vazio. Uma profunda nostalgia surge em si, que o aconselha a partilhar as experiências da sua vida. Acontecerá assim uma transição, caracterizada por um despertar para as necessidades dos outros. Aceitando o desafio que representa lidar com outra pessoa a um nível de intimidade e trocando a sua independência por uma relação enriquecedora, alcançará a verdadeira harmonia na sua vida.

 

Escorpião

A primeira parte da sua vida profissional é definida por uma atitude materialista e por um forte impulso para alcançar a segurança económica. Tem tendência para trabalhar arduamente, para acumular muitos bens e para se apegar demasiado a eles e aos prazeres que lhe proporcionam. No entanto, e à medida que o tempo passa, parece que vai tendo que pagar um preço cada vez mais alto pelo seu conforto e segurança. Começa a notar que o seu trabalho é cada vez mais duro. Alguma espécie de transformação pode ocorrer mais tarde na sua vida profissional, através da qual abandonará completamente o seu apego pelas posses materiais e pelas garantias de segurança, e embarcará num processo de investigação interior. Verá então surgir um novo interesse por assuntos ocultos, por psicologia e pelas profundidades emocionais, o que poderá conduzi-lo a uma direção radicalmente nova na sua carreira. Aí, finalmente, trocará a segurança material por recompensas emocionais mais profundas e de certa maneira mais gratificantes.

 

Sagitário

As principais questões da sua vida concentram-se em torno do conhecimento, da comunicação e do entendimento. De início, era fortemente influenciado pelas ideias dos outros e passava muito tempo a transmitir o conhecimento proveniente das autoridades intelectuais. Em muitas ocasiões é atraído para uma troca de conversas e boatos que parece dissipar a sua energia mental. Conhece demasiadas pessoas, está sempre a ir de um lugar para o outro e sente, em geral, dificuldade em formular com exatidão aquilo em que acredita.     À medida que for envelhecendo, sentirá maior necessidade de permitir a germinação das suas próprias ideias. É importante para si expandir os seus horizontes espirituais para contrabalançar os desvios que o mundo lhe causa.

 

Capricórnio

Alcançar o sucesso, no seu caso, envolve a superação das suas tendências para a dependência e para a vulnerabilidade. No inicio da sua vida profissional poderá ter escolhido um trabalho de assistência aos outros ou um emprego que lhe desse segurança. Espera ser sustentado, protegido, e que cuidem de si. À medida que o tempo passa, contudo, virá a descobrir que o preço da dependência é a sensação de estar a ser sufocado. Vai surgir uma necessidade íntima de manifestar os seus talentos de executivo, o que envolverá uma intensa transição emocional, através da qual demonstrará que está a assumir responsabilidade total pela sua vida. Em tais momentos, poderá querer recomeçar a trabalhar como seu próprio chefe, e irá manifestar grande determinação e autodisciplina nesse processo.

 

Aquário

Durante o curso da sua vida, poderá ter que lutar com um dilema interior de identidade. O resultado dessa luta fará a transição do seu comportamento egocêntrico para um compromisso mais desapaixonado com o grupo. Quando jovem, quer gozar a vida ao máximo. Gasta uma grande quantidade de energia em casos de amor, procura de luxo e outras coisas semelhantes, e pode construir uma imagem orgulhosa de si mesmo.

Porém, à medida que for amadurecendo, os prazeres e a vaidade vão parecer-lhe um enorme vazio onde a chama da sua identidade se consome. Está destinado a um processo espetacular de realização pessoal, que irá dar lugar a uma atitude muito mais humilde da sua parte. Vai sentir a necessidade de se envolver com os outros e de oferecer os seus préstimos para incrementar a energia do grupo. Os interesses humanitários vão substituir a autoindulgência e vai encontrar realização e significado quando se dedicar a um objetivo compartilhado com outras pessoas.

 

Peixes

No decorrer da sua existência, haverá uma mudança nos valores referentes ao significado da sua vida. Uma tendência anterior para estruturar a sua vida através do trabalho, do planeamento e da ordem tem o efeito de tornar o seu dia a dia numa coisa mecânica e vazia de conteúdo significativo. O trabalho, que tende a dominar todas as horas da sua existência, traz-lhe cada vez menor satisfação.  Uma crise existencial ou uma experiência espiritual conduzi-lo-á a uma reavaliação de como utilizar melhor o seu tempo. Haverá uma nova orientação, através da qual passará de uma existência planeada ao pormenor para outra em que será uma pessoa mais aberta e flexível. Passa a dar prioridade aos interesses espirituais, artísticos ou criativos, o que lhes dará um novo sentido de importância. Este processo de transição pode envolver algum tipo de sacrifício da sua parte, mas este sacrifício vai purificar a sua alma.

 

 

Mais informações para:

Telefone: (00351) 21 092 9000

E-mail: mariahelena@mariahelena.pt

Site: http://www.mariahelena.pt/

Facebook: www.facebook.com/MariaHelenaMartinsMHM

logo dra.png

 

 

 

 

 

10 passos para transformar fraquezas em sucesso!

Sentir-se autoconfiante e com a autoestima elevada são os principais ingredientes para fazer a sua viagem do fracasso para o sucesso.

 

Estar em estado mental perfeito é também importante para que a força e a motivação invadam a sua vida. O caminho para o sucesso pode ser difícil, mas comprometer-se consigo mesma a nunca desanimar pode transformar toda a sua vida… e para melhor! Prepare-se para esta jornada.

 

1º passo: Registe aquilo que já alcançou

Muitas vezes, o pessimismo invade a sua mente e não consegue visualizar aquilo que já atingiu ao longo da sua vida. Se apontar num papel 10

das melhores coisas que conseguiu ou alcançou, verá como afinal os seus fracassos são menores do que os seus sucessos. Haverá sempre uma nota elevada que conseguiu num exame, deverá existir um momento em que fez a diferença na vida de alguém ou algo que concretizou e que foi positivo para a sociedade. Comece a sua viagem para o sucesso já!

 

2º passo: Pense nos seus pontos fortes

Para conseguir realizar feitos que ficam na sua mente e na mente dos outros é preciso saber analisar tudo aquilo que tem de mais positivo. Pense na sua vida e reflita sobre aquilo que as pessoas mais chegadas pensam ser os seus pontos fortes e as suas fraquezas. A partir daí, para subir mais um degrau nas escadas do sucesso, elimine da sua vida todas as possibilidades de ameaça aos seus planos e pense em todas as oportunidades. Tente fazer uma análise o mais concreta possível.

 

3º passo: O que é mais importante para si?

Jamais resista ao pensamento de se debruçar sobre aquilo que é importante para si, mesmo que lhe pareça algo banal. Tudo aquilo que faz parte da sua vida é suficientemente sério, mesmo que seja a simples organização da sua festa de aniversário. Para alcançar uma meta, há que delinear uma estratégia e medir o sucesso das metas que já conseguiu conquistar através das estratégias que utiliza. Serão as melhores? O mais importante a reter neste passo é que a auto-confiança constrói-se a partir daqui.

 

4º passo: Afaste pensamentos negativos!

É neste momento que tem que aprender a manter a sua mente ocupada apenas com pensamentos negativos. Aprender a manter-se motivada e a combater os pensamentos negativos é essencial para continuar esta viagem até ao sucesso. Os seus movimentos devem ser sempre em prol daquilo que a faz aproximar-se do seu objetivo. Se por acaso chegar à conclusão que está a encontrar muitas barreiras no caminho que escolheu para atingir a sua meta, trace uma nova estratégia, nunca desistindo, somente por causa de um obstáculo que surgiu inesperadamente. 

 

5º passo: Comprometa-se com o sucesso

O mais importante é sentir-se absolutamente comprometida consigo, pois só assim conseguirá transformar alguma fraqueza em sucesso. Coloque na sua mente que fará tudo aquilo que estiver ao seu alcance para atingir o que deseja. Mesmo que pelo caminho encontre algumas dúvidas, tente registá-las e sem stress desafia-as racionalmente.

 

6º Passo: Do pensamento à ação

Começará a construir a sua auto-confiança baseada nas suas ações. Fortaleça-se independentemente das suas habilidades. Identifique as competências de que necessita aprender para ser bem-sucedida. E não faça apenas um esboço mental disso, procure realmente uma solução, pedindo, por exemplo, a opinião de alguém em quem confia ou se for caso do seu objetivo na vida passar por aí, inscreva-se num curso que lhe ensine o essencial para ter sucesso no que pretende. Valorize-se, melhore e promova a sua aprendizagem.

 

7º Passo: Concentre-se no básico

Não queira ser logo a melhor! A perfeição não existe e, por isso, se tiver isso em mente a sua ação não será inibida e afastar-se desses pensamentos vai permitir com que vença a inércia, ganhando movimento rumo ao sucesso. O segredo é fazer coisas simples, mas de uma forma muito correta.

 

8º Passo: Estabeleça metas possíveis

No primeiro passo já identificou as pequenas metas que quer alcançar e é nelas que tem que se concentrar: chegando lá e celebrando sempre que conseguir conquistar algo. Este é o momento para alcançar pequenos momentos de sucesso e de celebrá-los. Solidifique este padrão e num próximo passo tente chegar a metas mais ambiciosas. Se disto fizer um hábito, aos poucos conseguirá alcançar sempre algo maior e melhor.

 

9º Lide com o fracasso

Tenha consciência que nem sempre pode conseguir aquilo que mais deseja. Portanto, esteja preparada para lidar com o fracasso e com os erros, mas sempre mantendo pensamentos positivos. Se tiver atitude para ultrapassar os falhanços, poderá com eles aprender a crescer e a aprender a não escolher os caminhos errados na viagem do sucesso. Os erros são apenas resultados que não tiveram sucesso e com eles devemos corrigir aquilo que está mal.

 

10º passo: Manter os pés no chão

Depois de ultrapassar as suas fraquezas, esta é a fase em que pode sofrer de auto- confiança, portanto é importante que mantenha os pés bem assentes na terra. Não esqueça, contudo, de manter o seu comprometimento consigo mesmo e rumo ao sucesso. Certifique-se principalmente que não começa a idolatrar a sua esperteza e inteligência.

 

 Ganhe autoconfiança!

  • Faça aquilo que acredita estar bem , mesmo que os outros critiquem ou gozem consigo.
  • Esteja disposta a correr riscos e faça um esforço extra para conseguir coisas melhores.
  • Admita os seus erros e aprenda com eles.
  • Espere sempre que os outros a congratulem pelos seus sucessos.
  • Aceite os cumprimentos de forma humilde, tentando fazer entender os outros que conseguiu tudo isso devido ao esforço do seu trabalho.

 

Mais informações para:

Telefone: (00351) 21 092 9000

E-mail: mariahelena@mariahelena.pt

Site: http://www.mariahelena.pt/

Facebook: www.facebook.com/MariaHelenaMartinsMHM

logo dra.png