Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Consultório de Astrologia

Ano Novo com bom Feng Shui em casa

Dicas de bom Feng Shui para o início do ano:

feng shui maria helena.jpg

- Organize móveis, armários, gavetas e papeis. Este tipo de movimentação ajuda a organizar a sua mente e também o seu coração. É sabido que a desorganização traz preguiça, cansaço, falta de objetivos e sensação de insatisfação para com a vida. Para além da perda de energia pessoal, a desorganização e a desarrumação impedem que as boas energias circulem livremente pelo ambiente;

-Desfaça-se de objetos e artigos que já não têm utilidade ou significado material ou emocional. Lembre-se, o que passou, passou. O que já perdeu significado ou que faz parte do passado deve ser descartado. Este é um bom exercício para praticar o desapego. Também pode dar as coisas que já não lhe fazem falta mas que ainda podem ser úteis a outra pessoa. Assim estará a praticar a doação. Ao desfazer-se de objetos que não lhe fazem falta estará a renovar a energia, eliminando do espaço toda a energia estagnada que não o deixa evoluir;

 

- Limpe o espaço e renove as energias que circulam. Faça a limpeza como de costume e se for possível utilize materiais novos e naturais. Pintar as paredes é também uma excelente forma de renovação de energias. Devemos ter em mente que, energeticamente, tudo o que acontece dentro de uma habitação se propaga em ondas, tal como quando atiramos com uma pedra ao rio. Num espaço físico, tudo fica registado nas paredes, no chão, no teto, nos móveis e objetos. Até mesmo nas pessoas. Por isso, para além da limpeza normal, é importante que renove energias através do uso de incensos, defumadores ou aromas. Mantenha o espaço limpo e perfumado;

 

- Veja se precisa de todos os móveis e objetos que tem dentro de casa de forma a não dificultar a circulação de energia. Mantenha apenas o que é necessário ao seu uso diário;

 

- Na porta de entrada pendure um talismã ou um objeto sagrado para que a porta esteja sempre protegida contra energias menos boas;

- Prefira a iluminação e ventilação natural à artificial, evite o uso prolongado de lâmpadas e ares condicionados. A iluminação e a ventilação natural captam a essência do Feng Shui (vento é água) e permitem um contacto mais direto com a natureza. Areje todas as divisões da casa todos os dias. Se for possível utilize como revestimentos e também nos objetos de decoração, materiais naturais como a madeira, a pedra e o barro;

- No último dia do ano vista uma peça de roupa vermelha ou use um acessório nessa cor. Segundo os chineses, dessa forma estará a atrair a energia do sucesso e da prosperidade e a repelir energias negativas.

 

Bom ano com Bom Feng Shui!

Veja grátis: Horóscopo diário !

maria helena.jpg

 

Envie-me um e-mail em branco e receba uma surpresa!

Clique aqui!

 

Contactos:

Telefone: (00351) 21 092 9000

E-mail: mariahelena@mariahelena.pt

Site: http://www.mariahelena.pt/

Facebook: www.facebook.com/MariaHelenaMartinsMHM

logo dra.png 

Está alguém aí? Guia de casas assombradas em Portugal!

Está alguém aí? Guia de casas assombradas em Portugal!

 

As histórias de lugares que escondem mistérios do passado fascinam qualquer um. Quanto mais tempo passa, mais os relatos sobre espaços que albergam almas penadas se vão adensando, até porque quem conta um conto vai sempre acrescentando um ponto! Por este Portugal fora, são várias as casas conotadas com fantasmas. Faça um tour pelas habitações assombradas mais famosas do país e desvende os segredos por detrás do mito.

 

Castelinho de São João do Estoril

 

Esta é uma das mais famosas histórias sobre locais assombrados no nosso país. Já muitos famosos tentaram comprar a casa, mas as descrições arrepiantes sobre o fantasma da menina que morreu nos penhascos perto desta habitação afastaram os futuros proprietários. Em 1983, José Castelo Branco confessou que estava interessado em comprar o castelinho, mas quando visitou esta propriedade acabou por desistir, dizendo que viu uma menina na falésia e que um impulso, que acabou por controlar, quase o fez atirar-se ao mar. Esta experiência sobrenatural que diz ter vivido, afastou-se para sempre do local. Também a mãe de Lili Caneças esteve perto de ficar com esta casa, mas os rumores sobre os fantasmas que habitavam o local tiraram-lhe essa ideia da mente.

 

O Castelinho de São João do Estoril, situado na linha Cascais, em São João, e bem pertinho do mar estará para sempre associado à paranormalidade. Diz quem já visitou a casa, que as ondas do mar produzem um barulho medonho dentro da habitação, o que só por si torna o local bastante assustador.

 

A Câmara Municipal de Cascais tenta explicar este fenómeno e desvenda que por detrás dos relatos de arrepiar poderá estar a história da menina cega, que morava numa casa perto do castelinho, e que terá caído acidentalmente das arribas. Reza a lenda que os pais dessa criança, em sua memória, ofereceram a moradia à Santa Casa da Misericórdia, que durante dez anos a usou como uma instituição de apoio aos cegos. Porém, há quem diga que esta menina que morreu na falésia era a filha dos primeiros proprietários do Castelinho. Há quem conte então, tal como José Castelo Branco relatou, que uma menina com uma boneca na mão passeia pelos muros da propriedade.

Diz-se então, que ao longo de vários anos muitos foram os proprietários desta casa, mas todos acabaram por abandoná-la, com receio daquilo que por lá passava e porque sempre viam a sua família envolvida nalguma desgraça, facto que atribuíam aos poderes maléficos daquela habitação.

 

Os mais céticos dizem que estas histórias sobrenaturais que envolvem o Castelinho de São João do Estoril correram de boca em boca, tomando proporções que hoje em dia é difícil evitar, mas que apenas revelam o medo, os preconceitos e a ignorância sobre o desconhecido.

Atualmente, o Castelinho é habitado e conhecido como a casa do Dr. Cebola. Foi restaurada e até agora não há notícia de que a família que o habita tenha sofrido algum drama ou presenciado algum fenómeno do além. 

 

 

Casa de chá em Caxias

Esta zona de Cascais é povoada de zonas onde as histórias de fantasmas são uma constante. Em Caxias, junto à curva que dá acesso à A5 e bem próximo do farol da Gibalta situa-se uma casa ruínas, famosa por ser assombrada pelos antigos donos, que não querem que o local volte a ser habitado ou que ali se estabeleça um novo negócio. Nesta moradia, hoje em ruínas, funcionava uma famosa Casa de Chá. Prevê-se que toda aquela zona seja recuperada e transformada em zona habitacional e comercial.

 

 

 

 

Casa das Pedras

Situada na Parede, no concelho de Cascais, esta moradia construída no século XX, com conchas e pedras da praia tem sido alvo de muitas conversas que relatam situações assombradas. Nesta mansão diz-se que se passam fenómenos estranhos, que as luzes se apagam e acendem, que os vultos nas janelas são uma constante e que as portas e as janelas batem constantemente. Quem por lá passa diz que a casa está desabitada e que ninguém a quer comprar, porque os fantasmas atormentam quem já tentou ocupá-la. Neste caso específico, está mais que provado que os relatos não passam de puras fantasias. A Casa das Pedras é habitada por Fernanda Benedita Azevedo Gomes, de 91 anos, e pelo seu irmão, João Paulo, também nonagenário. A moradia foi mandada construir pelo seu avô, o capitão Manuel de Azevedo Gomes, em 1930, que tinha uma paixão enorme pelo mar e ali tentou recriar um ambiente que lhe fizesse lembrar o oceano. Inicialmente, esta propriedade servia de casa de férias para a família de Fernanda, o que explica o facto de poucas pessoas conhecerem as pessoas que a habitavam. A sua dona atua diz que ali nunca viu uma assombração. A Casa das Pedras foi classificada como património arquitetónico em 1997.

 

 

 

 

Casa Amarela de Ovar
Sobre esta misteriosa casa situada no norte correm duas versões sobre os fantasmas que por lá habitam. A primeira conta que lá vivia um pai com a sua jovem filha e que esta começou a namorar às escondidas do seu progenitor, já sabendo que este não iria aprovar a relação. No entanto, o pai encontrou os dois namorados inesperadamente e enraivecido atirou-os a um poço. Consta também que dias depois desta desgraça, o pai foi encontrado enforcado no poço.  A segunda versão diz que naquela casa vivia um empresário de sucesso, que acabou por perder tudo devido a negócios arriscados. Quiseram também retirar-lhe essa mansão onde vivia para pagar dívidas, mas eles recusou-se a sair e acabou por se matar na propriedade. A história conta que quem adquire esta casa, de lá sai rapidamente, assustados com os fenómenos paranormais da habitação. Há quem diga também que já se tentou demolir a Casa Amarela, mas que as máquinas se desligaram sem explicação, não conseguindo concluir os trabalhos.

 

 

 

 

Casa do Diabo em Felgueiras

Na Lixa, em Felgueiras, existe uma casa, agora em ruínas, a quem o povo chama a Casa do Diabo. Reza a história que essa está assombrada e que um casal de agricultores que lá viveu três ou quatro anos passou por situações inexplicáveis. O casal, que não tinha filhos, trabalhava na terra e a mulher fazia ainda alguns bordados para ajudar no orçamentos familiar. Certo dia, quando acabou de bordar uns panos que lhe teriam sido encomendados deixou-os num dos quartos da habitação, dobrados e passados a ferro. No dia seguinte, quando se preparava para entregar a sua encomenda e se dirigiu à divisão onde tinha deixado os panos, estes estavam todos cobertos de urina e remexidos. Na casa só estavam ela e o marido, o que a deixou perplexa. Conta quem sabe que nesse quarto da Casa do Diabo se passavam fenómenos sobrenaturais: objetos que voavam e móveis que se arrastavam sozinhos. O casal acabou por abandonar a propriedade, amedrontados com a situação.

 

 

Um Portugal assombrado

 

Casa da Rua Barata Salgueiro

Os aficionados por temas do paranormal juram a pés juntos que o nº21 da R. Barata Salgueiro, em Lisboa, está assombrado. Quem já investigou a casa diz que a diferença de temperaturas nos corredores é estranha e que os ruídos que se ouvem por lá são de arrepiar. Desengane-se quem pense que as histórias de almas penadas só ganham força em pequenos lugares. Esta casa fica no centro da capital portuguesa, paredes meias com a o hotel Tivoli e a Cinemateca Portuguesa. O prédio está devoluto e pertence a uma instituição bancária que já tem em mente um plano de recuperação.
 

Dancing-Bar em Caxias

Em Caxias, nos anos 40, existia uma discoteca-bar, mesmo situada na curva da marginal para a recta do Estádio Nacional. O povo diz que o lugar, agora abandonado, está assombrado e que de noite se ouve música, conservas e muitas gargalhadas. Dizem que é por estar assombrado que ninguém volta a comprar a propriedade.


Hotel da Bela Vista – Praia da Rocha

Em Portimão, na Praia da Rocha, há quem diga que o Hotel da Bela Vista está assombrado pela sua antiga proprietária. Várias gerações de funcionários já por lá passaram e muitos têm histórias de fantasmas para contar. Muitos diziam ouvir gemidos, lamúrias inexplicáveis e pancadas nas paredes a meio da noite. Outros contavam que os barulhos no quarto 108, local onde a antiga dona tinha falecido, eram intensos.

 

Palacete de Marques Gomes – Vila Nova de Gaia

Quem já inspecionou no interior esta propriedade abandonada, junto ao rio Douro, diz que ali se prova que as almas de outro mundo existem. Situada mesmo aos pés do rio Douro, na margem de Vila Nova de Gaia, esta mansão esconde segredos arrepiantes. Quem por lá andou conta que uma voz metálica e brusca gritou: “Saiam já daqui, vão-se embora!”. Assustador que baste para que ninguém ouse fazer pesquisas mais profundas sobre o local.

 

Veja grátis: Horóscopo diário !

 

maria helena.jpg

Receba uma resposta grátis ao seu dilema! Basta clicar aqui e enviar-me um e-mail em branco! 

 

Mais informações para:

E-mail: mariahelena@mariahelena.pt

Site: http://www.mariahelena.pt/

Facebook: www.facebook.com/MariaHelenaMartinsMHM

logo dra.png 

Conheça a sua missão na vida - Signo a signo

10431545_368763923283567_7497757741660462753_n.jpg

Mesmo as pessoas mais cépticas no que diz respeito à existência de vidas passadas já alguma vez se perguntaram "mas porque é que isto me acontece sempre?" ou "porque é que eu não aprendo?".

De facto, parece haver um certo padrão de acontecimentos na vida de cada um de nós, que acontecem e se repetem de forma inexplicável.

Estudos feitos nas primeiras civilizações, no tempo de Abraão, indicavam já que a hora, o dia e o local em que cada um de nós nasce é o momento mais adequado para a missão que vimos desempenhar nesta vida. O momento em que nascemos indica aquilo que podemos fazer na vida, como se de um código genético se tratasse, que é transmitido pela configuração planetária representada no mapa astral. Esse "código" não é aleatório, ele vem na sequência daquilo que fizemos antes, em vidas passadas. Ele também não é determinista, pois segundo esta crença antiga somos nós os autores da nossa própria vida – os planetas não decidem a nossa vida, eles dão-nos as ferramentas de que nós precisamos para melhor fazermos as nossas escolhas. Todos nós nascemos no melhor momento para nós – aquele que nos dá as condições mais adequadas para melhor exercermos o nosso livre-arbítrio.

 

Identificar o seu karma no seu mapa astral ajudá-lo-á a corrigir as suas ações do passado que o estão a afetar no presente. Conhecer o karma ajuda-nos a compreender e a aceitar as nossas fragilidades e limitações e, desta forma, a libertar-nos delas, fazendo-nos enfrentar os nossos medos e permitindo-nos assim alcançar a felicidade e a realização pessoal. Este conhecimento permite-nos sermos o máximo que podemos ser, realizando todo o nosso potencial. Procure nas tabelas em que signo se encontra a sua missão na vida.

 

Carneiro

Quem tem a Missão de Vida em Carneiro tem que aprender a ser mais decisivo e frontal. Na vida passada teve comportamento de Balança ou foi mesmo deste signo. A indecisão, incapacidade de tomar partidos e de enfrentar as dificuldades teve um efeito limitador no desenvolvimento da sua personalidade. Em vez de ser fiel às suas convicções, adaptou-se à vontade dos outros o que lhe deu uma enorme sensação de insatisfação sem poder agir.

 

Touro

Quem tem a Missão de Vida em Touro deve desenvolver mais confiança em si próprio e nos outros. Numa vida passada, estas pessoas foram de signo Escorpião com tendência para reprimirem o que sentiam e dessa forma destruindo uma parte importante de si próprios. Sofreram de algum modo com coisas que aconteceram e chegaram a este mundo cheios de sentimentos negativos.

 

Gémeos

Quem tem a Missão de Vida como Gémeos deve desenvolver em si a capacidade de dar e partilhar com os outros. Noutra vida, estas pessoas foram de signo Sagitário. Levaram vidas abundantes e ricas em experiências, satisfazendo todos os seus desejos. Sem grandes preocupações com limites e restrições, estas pessoas nunca se deixaram prender e mesmo num contexto de compromisso e união continuaram a comportar-se de formas individualistas. Mas os princípios de justiça, generosidade e do amor são características da sua personalidade.

 

Caranguejo

Quem nasceu com Caranguejo como Missão de Vida, terá sido noutra vida uma pessoa com as caraterísticas de Capricórnio. A sua dedicação ao trabalho e o seu individualismo levaram-no a tomar atitudes um pouco egoístas e por vezes oportunistas. A família, os amigos e companheiros amorosos foram passados para segundo plano e perdeu oportunidades maravilhosas de partilhar a vida com os outros.

 

Leão

Quem tem a Missão de Vida em Leão foi Aquário noutra vida. Viveu segundo os seus próprios princípios um pouco afastado das regras que ditam o comportamento em sociedade. As suas ideias, embora brilhantes e originais não se aplicavam com facilidade ao mundo real. Tinha uma certa tendência para a desordem e para se deixar dominar pelos outros mais fortes e imponentes.

 

Virgem

Quem tem a Missão de Vida em Virgem foi Peixes numa vida passada. A sua passividade e atitude submissa perante a vida podem tê-lo prejudicado. A sua tendência para sonhar e para se virar para dentro eram formas de fugir a uma realidade que o assustavam e com qual não sabia lidar. A sua sensibilidade e intuição poderiam ter servido como instrumentos para entender melhor o mundo e as pessoas mas a verdade é que nunca teve a coragem de os usar, nem a confiança de ouvir as suas vozes interiores.

 

Balança

Quem tem a Missão de Vida em Balança, foi Carneiro noutra vida. Cheio de energia, confiança e vitalidade, foi pouco ponderado nas suas acções e sofreu algumas desilusões. A sua maneira de ser era caraterizada por uma grande agitação e a necessidade de acção constante, sem grande preocupação com as consequências. Essa atitude não permitiu desenvolver nada para além do entusiasmo, nem construir a longo prazo.

 

Escorpião

Quem tem a Missão de Vida em Escorpião foi Touro noutra vida. Deu mais valor aos bens materiais do que ao seu desenvolvimento emocional e espiritual, o que o impediu de evoluir interiormente e de expandir os seus horizontes. Conquistou todos os confortos que precisava no mundo exterior e acomodou-se quando se sentiu realizado materialmente. Entregou-se à preguiça e tornou-se teimoso. Estas pessoas são pouco flexíveis e resistem a mudanças por medo de perderem tudo que alcançaram.

 

Sagitário

Quem tem a Missão de Vida em Sagitário foi Gémeos noutra vida. A sua inconstância nunca o deixou dedicar-se a nada em profundidade. Teve sempre a necessidade de mudança e o desejo insaciável de se dedicar a várias coisas ao mesmo tempo. Conseguiu sempre adaptar-se a todas as situações dando a impressão de ser uma pessoas de poucas convicções.

 

Capricórnio

Quem tem a Missão de Vida em Capricórnio foi Caranguejo noutra vida. Foi vítima da sua própria insegurança e desenvolveu formas de proteger os seus sentimentos. Nunca revelou a sua verdadeira personalidade e foram poucas as pessoas, só mesmo aquelas com que tinha mais intimidade e confiança, que conheceram toda a criatividade e profundidade que o caraterizavam.

 

Aquário

Quem tem a Missão de Vida em Aquário foi Leão em vidas passadas. Sofreu e fez com que os outros à sua volta também sofressem com a sua arrogância e necessidade de dominar tudo e todos. Preocupou-se mais com os seus próprios interesses e desejos do que com os dos outros. Agora tem a oportunidade de criar laços profundos com alguém especial. Poderá dedicar todas as energias e devoção a uma outra pessoa com quem partilhará tudo. Abrindo mais o seu coração pode fazer amizades muito boas e conhecer o verdadeiro amor.

 

Peixes

Quem tem a Missão de Vida em Peixes foi Virgem noutra vida. Estas pessoas eram demasiado perfeccionistas e muito ligadas ao mundo das aparências. Dependiam tanto da lógica que muitas vezes desleixaram outros aspectos importantes do seu ser como a espiritualidade e não deram devido valor às emoções. Com a sua tendência obsessiva de planear e organizar tudo deixou de ouvir o seu coração. Deve tentar ser mais espontâneo e intuitivo. Não procure uma explicação racional para tudo na vida, especialmente para o amor.

 

Veja grátis: Horóscopo diário !

 

Envie-me um e-mail com o seu número de telefone e receba grátis a resposta a um dilema! Clique aqui!

 

Mais informações para:

Telefone: (00351) 21 092 9000

E-mail: mariahelena@mariahelena.pt

Site: http://www.mariahelena.pt/

Facebook: www.facebook.com/MariaHelenaMartinsMHM

logo dra.png

O meu Tarot - Faça aqui uma consulta grátis de Tarot

Pense na sua pergunta, escolha três cartas e eu digo-lhe o passado, o presente e o futuro da situação que tanto deseja resolver.  

 

CLIQUE AQUI PARA CONSULTAR AS CARTAS

tarot gratis.jpg


Veja grátis: Horóscopo diário
 !

 

maria helena.jpg

 

Envie-me um e-mail em branco e receba uma surpresa!

Clique aqui!

 

Mais informações para:

Telefone: (00351) 21 092 9000

E-mail: mariahelena@mariahelena.pt

Site: http://www.mariahelena.pt/

Facebook: www.facebook.com/MariaHelenaMartinsMHM

logo dra.png 

Terapias que Curam

Cura Cármica

A Cura Cármica permite-lhe limpar sentimentos, crenças e bloqueios provenientes de vidas passadas que não a deixam evoluir com tranquilidade hoje. É uma poderosa terapia que lhe permite voltar a uma situação de uma vida passada, de forma consciente, para curar o que tem que ser curado.

cura carmica.jpg

Muitos julgam que a palavra carma quer dizer "pagar por algo que não fiz". Carma significa exatamente o contrário: "pagar por algo que se fez". Em sua distante origem - no sânscrito, uma língua ancestral já extinta -, carma queria dizer "ação: Ou, então, "tudo o que nos acontece é o resultado de algo que fizemos". O nosso carma, então, não é um mero jogo de sorte e azar: é uma simples questão de causa e efeito. Tudo o que está acontecendo agora é o resultado direto de decisões que tomámos no passado, mesmo que não nos lembremos delas, ou que, na época, as tenhamos considerado irrelevantes.

Devemos lembrar-nos que em vidas passadas construímos defesas e barreiras contra nós mesmos e nossa evolução, contra o amor e a criatividade, contra a expansão das nossas consciências. Essas defesas do ego tornam-se parte de um padrão de comportamento que somente pode ser rompido através da consciência.

Uma pessoa pode, por exemplo, carregar algumas fobias e depressão nesta vida como resultado de ações e traumas advindos de uma vida passada.

O carma são dívidas pessoais contraídas pelo espírito no decorrer das suas existências.

A energia cármica é a densidade emocional que trazemos de outras vidas. Essa energia formata, numa primeira fase da vida, a personalidade do ser. É o que chamamos «Sobreposição de Encarnações».

O ser que nasce, antes de tomar consciência da sua jornada atual, irá sentir a energia cármica, as sobreposições, de forma mais profunda e com mais acuidade. Essa energia cármica, essa densidade emocional de outras vidas, irá condicionar o comportamento. O ser passará, nesta vida, a ter um comportamento semelhante ao de outras vidas. Irá escolher o mesmo padrão repetitivo de comportamento.

Limpar a energia cármica é retirar as sobreposições de encarnações, as vidas passadas que ainda permanecem na pessoa sob a forma de densidade.

É, simplesmente, retirar essa energia, através de uma limpeza. Gastar a energia cármica é precisamente quebrar o padrão repetitivo de comportamento.

 

Como se processa?

Existem diversas maneiras de acelerar o carma e limpar a alma. Vamos conhecer três formas possíveis de limpeza cármica com a qual se obtém bons resultados, desde que haja intenção séria de melhorar a elevação espiritual.

 

Método da Chama Violeta

chama violeta.jpg

 A Chama Violeta é uma grande dádiva de Deus. Foi liberada, em 1930, quando Saint Germain apareceu, aos pés do monte Shasta na Califórnia, a Guy Ballard, mensageiro de Deus no Movimento I AM, para libertar a humanidade. Saint Germain deu-lhe a dispensação da Chama Violeta para o planeta Terra. O monte Shasta, na Califórnia, é o principal foco de irradiação da Chama Violeta do Mestre Saint Germain para o planeta Terra. A vibração da cor violeta, uma vez elevada, é uma energia transmutadora que converte o mal em bem. É uma chama de compaixão e misericórdia que encandeia de forma a limpar o carma.

Se deseja melhorar a sua situação e dissipar-se do carma terá que diariamente meditar acerca do seu passado, presente e futuro, fazendo com que o amor inunde o seu coração e não se deixar "tentar" pelos pensamentos negativos.

Uma vez alcançado um grau de meditação elevado, deve visualisar-se coberto por um manto de cor violeta intenso. Quando a visualisação se tornar tão nítida, ao ponto de sentir essa luz violeta ao seu redor, deverá pedir a Deus ou ao Divino, com toda a sua alma, a libertação do carma. Acenda uma vela roxa e concentre-se fixando a sua chama violeta, pois ela é a própria ação da Lei da Misericórdia e do Perdão.

 

Método dos Chakras

chakras maria helena.jpg

A energia cósmica entra e sai através de certos pontos centrais de energia, distribuídos ao longo do corpo. São sete os principais chakras, dispostos desde a base da coluna vertebral até o alto da cabeça e cada um corresponde à uma das sete principais glândulas do corpo humano. Cada um destes chakras está em estreita correspondência com certas funções físicas, mentais, vitais ou espirituais. Num corpo saudável, todos esses vórtices giram a uma grande velocidade, permitindo que a "prana" (energia vital universal que permeia o cosmo, absorvida pelos os seres vivos através do ar que respiram), flua para cima por intermédio do sistema endócrino. Mas se um desses centros começa a diminuir a velocidade de rotação, o fluxo de energia fica inibido ou bloqueado - e disso resulta o envelhecimento ou a doença.

A limpeza cármica pode processar-se por meio de limpeza dos chakras, o que permite compreender melhor "o que vem a seguir" e superar facilmente os seus problemas. Cada chakra corresponde a uma cor e um estado de ânimo. Para ativar os chakras, é importante pôr-se em posição de meditação e tentar visualizá-los, virando-os como se fossem pequenos discos de cor. Este exercício pode levar à ativação dos mesmos, o que pressupõe também à ativação das energias de cura e libertação de bloqueios.

Uma conduta adequada juntamente com o bom funcionamento dos chakras permite abrir novos caminhos e rapidamente deixar para trás as pesadas cargas cármicas.

 

Método de Transmutação Alquímica

transmutacao maria helena.jpg

 

Alguns produtos elaborados nos modernos laboratórios alquímicos são úteis para libertar e limpar o carma. Estes têm uma altíssima vibração e permitem transmutar rapidamente efeitos energéticos negativos de carmas pesados.

Sem complicações, e para uma limpeza cármica com resultado, deve-se estar totalmente de acordo com o facto "de que se é responsável pela dívida", pois só assim a transmutação alquímica se faz acompanhar de atos bons que possam resgatar os anteriores.

Elevar as vibrações servirá para que se possa ver melhor o que irá suceder, fazendo com que passe a depressão e o desânimo.
Deve, no entanto, fazer várias introspeções para descobrir qual o melhor caminho a seguir e qual a melhor postura de forma a não voltar a cometer os mesmos erros.

Veja grátis: Horóscopo diário !

maria helena.jpg

 

Envie-me um e-mail em branco e receba uma surpresa!

Clique aqui!

 

Contactos:

Telefone: (00351) 21 092 9000

E-mail: mariahelena@mariahelena.pt

Site: http://www.mariahelena.pt/

Facebook: www.facebook.com/MariaHelenaMartinsMHM

logo dra.png 

Libertar fardos do passado com a hipnose

A hipnose provoca um estado alterado de consciência. Sob hipnose, o indivíduo consegue concentrar-se de forma intensa num pensamento, numa memória, numa sensação, numa vivência. A hipnose na regressão a vidas passadas pode ajudar a ultrapassar bloqueios ou problemas e a libertar fardos.

hipnose.jpg

A regressão com a ajuda da hipnose pretende localizar e eliminar as causas de fobias, traumas, psicoses, neuroses, hábitos, vícios, dificuldades emocionais, entre outras.

Utiliza-se a hipnose para ajudar as pessoas a perceberem as causas dos seus problemas e dessa forma ajudar a ultrapassar e a vencer um bloqueio ou problema.

Com a regressão pretende-se alcançar um equilíbrio. A pessoa fica com maior capacidade para gerir e lidar com as dificuldades da sua vida. Este tipo de terapia visa sempre a libertação do problema ou ajuda a lidar melhor com ele. Na regressão pode-se ficar na vida presente ou eventualmente ir até vidas passadas. No entanto, e apesar de algumas pessoas verem as regressões como uma possibilidade para irem a vidas passadas e dessa forma encontrarem respostas para a sua curiosidade ou para os seus problemas, nem sempre isso é possível.

Um bom terapeuta vai querer resolver o problema da pessoa, e nem sempre é necessário recorrer à regressão de vidas passadas.

 

TERAPIA DE REGRESSÃO

A terapia da regressão baseia-se num princípio de que a maioria dos problemas psicológicos e psicossomáticos tem as suas causas no passado. Descobrir, reviver e compreender essas causas pode produzir um melhor conhecimento para libertar a pessoa de alguns traumas, ou problemas.

Muitos problemas do passado são causados por experiências traumáticas que podem ter sido esquecidas pela pessoa, mas que ficam no seu inconsciente. As experiências passadas que não foram compreendidas e assimiladas ficam reprimidas no inconsciente e podem ser reactivadas, a qualquer momento, por experiências semelhantes que as reavivam.

A hipnose facilita a recordação, permitindo aceder muito mais facilmente aos conteúdos do nosso inconsciente onde se guardam todas as nossas experiências, quer sejam de um passado recente ou remoto. Mas existem vidas passadas? A regressão a vidas passadas não é uma prova de que existam, nem de que não existam. E para a hipnoterapia, essa pergunta é irrelevante. Se o paciente acredita que existe, então isso é bom. E se ele acredita que não existe, isso também é bom. Para que a regressão funcione basta que haja aceitação de todo o processo. As respostas aos nossos problemas estão dentro de nós mesmos. Só é preciso permitir-lhes o acesso. O mais importante para que a regressão funcione é estar aberto, para as respostas surjam na mente, deixando a parte racional, os julgamentos e o cepticismo de lado.

Podemos dizer que a hipnose nada mais é do que uma forma de comunicação, que provoca mudanças e transformações, levando o indivíduo à prática do pensar sobre si mesmo e por si mesmo.

O que é certo, é que cada sessão resulta numa sensação de paz, tranquilidade e bem-estar, que se pode prolongar por dias, semanas, meses e até anos e pode ajudar o paciente a dar rumo à sua vida.

 

SOBRE A HIPNOSE

A pessoa perde a consciência durante a sessão?

Não, permanece consciente e alerta. O estado de transe é um estado normal e ocorre várias vezes ao dia com vários tipos de estímulos, como por exemplo: sons repetitivos, etc.

 

O hipnotizador pode dominar a mente?

Não. A consciência mais profunda da mente protege a pessoa de tudo aquilo que ela não deseja fazer. A mente da pessoa hipnotizada só vai aceitar ordens pré-estabelecidas por ela mesma e combinadas com o hipnoterapeuta durante a sessão.

 

Quem pode ser hipnotizado?

Qualquer pessoa pode ser hipnotizada. As pessoas que querem transformar os seus problemas são mais fáceis de serem hipnotizadas. O transe induzido encontra resistência apenas numa parcela pequena de pessoas.

 

A pessoa pode não voltar do transe?

Não. É pouco comum demorar a voltar ao seu estado natural de vigília, mas quando isto acontece, existem várias formas suaves para que haja este retorno.

 

A hipnose faz mal à saúde?

Não. Não existe nenhum risco quando a hipnose é aplicada corretamente por um profissional experiente e devidamente informado. É comum a pessoa sentir sensações de euforia, sono, vontade de relaxar, depois de uma sessão.

 

O que se sente na hipnose?

Pode vivenciar sensações, não sentir partes do corpo, sentir o corpo mais pesado, formigueiro, calor, frio etc. Pode viver memórias de factos do passado recente ou remoto. A regressão, pode ser espontânea ou ser sugerida pelo hipnoterapeuta. São memórias, pensamentos, sensações, e imagens do passado.

 

Os objectivos desta técnica são:

  • Trazer à superfície da consciência as experiências do passado
  • Encontrar as soluções que permitam superar as dificuldades do presente, o equilíbrio
  • Abrir e alargar as percepções psíquicas
  • Desenvolver as capacidades físicas e mentais
  • Aliviar as dores e sofrimentos físicos
  • Activar ou acalmar as defesas naturais do organismo
  • Tratar patologias como depressões, fobias, sintomas de pânico, ansiedade, obesidade, anorexia, bulimia, insónias, maus hábitos (roer as unhas, chuchar no dedo, tiques, alcoolismo, tabagismo,…), disfunções sexuais, dificuldades de aprendizagem, etc.

 

ORIGEM DA HIPNOSE

Desde a mais remota antiguidade o homo sapiens viveu e usou a hipnose, quer consciente ou inconsciente. No antigo Egito, os sacerdotes induziam o estado hipnótico com objetivos de cura de diversos males e afecções, aliviando dores e recuperando a saúde dos seus pacientes. É conhecido que os antigos mágicos, faquires, curandeiros, todos praticavam várias formas de hipnotismo.

A era moderna da hipnoterapia começa com Franz Anton Mesmer, médico austríaco, com o seu “magnetismo animal”, realizando vários tratamentos com anestesia hipnótica. Depois, John Elliotson, médico assistente no St. Thomas Hospital, fez pesquisas com o então conhecido mesmerismo.

Seguiu-se então James Esdaille, que trabalhou na Índia, tendo apoio governamental, realizando cerca de 300 operações de grande vulto sob hipnose.

Aparece então James Braid, um cirurgião Inglês, nascido 1795, que estudou a hipnose em 1841. Através das suas pesquisas, a hipnose ganhou o foro de ciências, sendo então denominada de hipnotismo ou hipnose, ao invés de mesmerismo, facilitando o começo da sua aceitação pela profissão médica.

Charcot, França, rotulou a hipnose como um estado patológico de dissociação, relacionando a hipnose ao processo histérico e à anormalidades no sistema nervoso. Freud interessou-se pela hipnose, estudando o seu efeito na cura dos seus pacientes. A desinformação da época e o mau emprego da hipnose fizeram-no abandonar a hipnose como ferramenta de trabalho.

Pavlov, médico russo, aproximou-se da hipnose no seu estudo sobre a neurofisiologia, comprovando os seus efeitos nos sistemas de excitação e inibição do sistema nervoso humano. Nas duas grandes guerras mundiais, aprova oficialmente a hipnose como ferramenta terapêutica; em 1958 o mesmo acontece nos USA, pela Associação Médica Americana. Milton Hyland Erickson, médico psiquiatra e psicólogo norte-americano, estudou a ciência da hipnose, modernizando-a, revelando-a como uma manifestação normal da mente humana, mostrando a sua existência e os efeitos na vida quotidiana.

 

Veja grátis: Horóscopo diário !

 

maria helena.jpg

 

Envie-me um e-mail em branco e receba uma surpresa!

Clique aqui!

Hoje curso de Numerologia no Centro Maria Helena

A Numerologia é um método de adivinhação.

Através dos números vai saber tudo! Passado, presente e futuro para poder melhorar a sua vida!

Venha aprender no meu Centro! Faça já a sua inscrição!

 

Hoje, no Centro Maria Helena - Av.ª Praia da Vitória N. 57, 4º Dto - Lisboa

Horário: 18h às 19.30

Inscreva-se: Tlf. 210 929 030

numerologia.jpg

 

Veja grátis: Horóscopo diário !

 

maria helena.jpg

 

Envie-me um e-mail em branco e receba uma surpresa!

Clique aqui!

 

Mais informações para:

Telefone: (00351) 21 092 9000

E-mail: mariahelena@mariahelena.pt

Site: http://www.mariahelena.pt/

Facebook: www.facebook.com/MariaHelenaMartinsMHM

logo dra.png 

Testemunho da vida real

Hoje decidi partilhar convosco um dos muitos testemunhos reais que recebo de pessoas que consultam o meu Centro.

 

Testemunho vida real

 

Querida amiga Maria Helena,

Tentei ligar-lhe muitas vezes para o seu programa, mas depois de tantas tentativas acabei por finalmente conseguir ligar para o seu consultório. Estava com um dilema terrível, pois a minha filha, de 39 anos, estava em coma depois de ter tido um acidente de carro. Estava tão aflita que só me ocorreu ligar-lhe e perguntar-lhe se ela iria recuperar. Quem me atendeu foi uma das suas assistentes. Fiz uma consulta por telefone e ela garantiu-me que a minha filha estava a recuperar gradualmente e que dentro de duas semanas tudo iria dar uma reviravolta, que poderia passar por momentos terríveis antes, mas que depois tudo iria compor-se. E de facto, tudo aconteceu exatamente como a sua assistente referiu. Passado uma semana, a minha filha piorou, mas depois chegou um médico especialista e ela na semana seguinte começou a melhorar. Ela voltou para mim, como se nada tivesse acontecido. Para além disso, também me recomendaram uma oração muito boa, que rezei todos os dias junto dela. Acredito em milagres, e acredito que a vida da minha filha também foi salva um pouco com a sua ajuda. Bem haja a todos aqueles que trabalham consigo e que se preocupam tanto com os outros. Estou tão feliz que decidi ir conhecer o seu Centro pessoalmente. Muito obrigada! 

                                                                                         Maria Eugénia, Faro

rosa.jpg

Veja aqui Grátis Horóscopo Diário

 

Envie-me um e-mail em branco e receba uma surpresa! Clique aqui!

 

Mais informações para:

Telefone: (00351) 21 092 9000

E-mail: mariahelena@mariahelena.pt

Site: http://www.mariahelena.pt/

Facebook: www.facebook.com/MariaHelenaMartinsMHM

logo dra.png

O significado do mar no esoterismo

small_sea_wave_hdtv_1080p-HD.jpg

 

Agora que vamos começar a época balnear e que o tempo quente já convida à praia, vou falar-lhe sobre uma das mais poderosas forças da natureza: o mar. O mar representa a transformação, o renascimento, a vida. As ondas nascem, crescem e "morrem" num constante vaivém. Por essa razão, o mar simboliza o ciclo das transformações.

 

Como está em movimento constante, o mar também representa aquilo que é transitório, que ainda não tomou forma, o que há de vir. Este é o lugar onde nos devemos dirigir sempre que precisamos de fazer mudanças na nossa vida e de cortar com o passado, pois a energia do mar dá-nos força e coragem para que sejamos capazes de fazer as transformações necessárias na nossa vida.

 

A água é um dos 4 elementos e possui um significado muito forte a nível esotérico – representa as emoções, o inconsciente e o lado feminino da nossa personalidade.

 

Os gregos e romanos ofereciam sacrifícios de cavalos e touros ao mar, pois também estes animais, como o mar, simbolizavam a fertilidade. Para os antigos, tudo nascia do mar, tanto o bem como o mal. Como ele representa o nosso inconsciente, também está ligado ao lado mais sombrio da nossa personalidade, os nossos medos e áreas secretas, mesmo inconscientes.

 

O mar é muito importante para várias culturas e tradições, e quase todas têm divindades associadas ao mar. Em Portugal existe a festa em honra de Nossa Senhora da Conceição em Quarteira, no Algarve. É uma tradição com raízes muito antigas: a imagem de Nossa Senhora da Conceição foi encontrada nas redes pelos pescadores há mais de 200 anos. Nesta celebração é feito um desfile de barcos de pesca engalanados, que acompanham a procissão, havendo depois uma bênção do mar. No ano 2000 foi construída uma pequena capela para acolher a santa em Quarteira, e nesse mesmo ano houve um temporal muito grande no Algarve, mas a verdade é que os barcos foram todos protegidos.

Quiromancia ou leitura das mãos

Depositphotos_13575018_m.jpg

 

Sabia que a quiromancia, ou leitura das mãos, é a arte de interpretar as linhas, sinais e o formato dos dedos e mãos, desvendando segredos da nossa personalidade e até do futuro? As linhas das mãos podem alterar-se com a idade, mas de um modo geral mantêm os mesmo traços.

 

A mão esquerda revela o nosso passado e as caraterísticas que trouxemos a esta vida, enquanto que a mão direita revela aquilo que podemos fazer com as caraterísticas que trazemos.

 

O formato das mãos e dos dedos indicam se a pessoa tem uma personalidade mais intelectual, mais espiritual, mais ligada à vida material, se é mais afetuosa ou ciumenta, por exemplo.

 

As principais linhas da mão são:

1 – Linha da Vida - revela a personalidade e a vitalidade da pessoa.

2 – Linha da Cabeça - define as nossas capacidades mentais e intelectuais.

3 – Linha do Coração - reflete as relações amorosas. Para além disso, revela a sua postura num relacionamento e o tipo de pessoas que procura ou que são mais adequadas a si. Muitas vezes ela revela o que tenta esconder dos outros, o seu verdadeiro "eu".

4 – Linha do Destino – o sentido da sua vida e a sua personalidade.

5 – Linha de Apolo - reflete a satisfação interior que sentimos ao longo da vida. É bastante visível em pessoas bem sucedidas profissionalmente e nos relacionamentos.