Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Consultório de Astrologia

Lua Cheia em Carneiro - explosão de emoções

Às 11.05 do dia 20 de outubro a Lua entra na fase de Lua Cheia e encontra-se no apaixonado e intenso signo Carneiro, adivinhando emoções explosivas e deixando os ânimos mais exaltados.

aries.jpgA Lua Cheia representa o ponto máximo de energia ao longo do ciclo lunar, razão pela qual é sempre um período em que há maior propensão para haver acontecimentos inesperados, para que as emoções se manifestem de forma mais intensa, para ter insónias e para que de um modo geral possa sentir-se mais agitado, nervoso ou inconstante.

A 20 de outubro a Lua Cheia encontra-se no signo Carneiro, o primeiro do Zodíaco, o que provoca uma dupla carga energética - tanto a da Lua Cheia como a do próprio signo, que se caracteriza por ser especialmente ardente, impulsivo e impetuoso.

A Lua Cheia em Carneiro centra a nossa atenção nas nossas necessidades e no nosso sentido de identidade. Podemos manifestar de forma mais assertiva - e, por vezes, até explosiva - aquilo que queremos, o que nos falta, o que ambicionamos. Carneiro destaca-se pela intrepidez com que se lança nos desafios, pelo entusiasmo e pela garra que demonstra e pela paixão que põe em tudo aquilo em que se envolve. A Lua Cheia neste signo põe em destaque estas caraterísticas e deixa-nos mais ousados e mais determinados na conquista das nossas metas, embora também possa fazer com que seja mais difícil dosear a nossa energia e com que a vaidade e até uma certa arrogância tomem conta das nossas atitudes.

A Lua Cheia em Carneiro é muito favorável para:

- avançar com um projeto pessoal;

- trazer mais paixão e sentido de propósito ao nosso dia-a-dia;

- reacender um romance, tornando-o mais intenso;

- todo o tipo de conquistas;

- quebrar barreiras e superar bloqueios, fazendo algo que exige coragem.

 

Neste período tenha mais atenção às suas atitudes, pois elas podem facilmente cair no excesso e no exagero. Modere as suas palavras, combatendo a impulsividade, para evitar dissabores e para não magoar quem está perto de si. Pode sentir-se mais instável, tendo dificuldade em concentrar-se nas suas tarefas e sentindo-se aborrecido perante situações repetitivas ou funções rotineiras.

Se puder, faça algo novo, diferente do que é habitual ou que nunca tenha feito antes. As aventuras e novas experiências estão favorecidas nesta fase, especialmente se elas implicarem vencer o medo e superar-se a si próprio. Estão, também, favorecidas as atividades sociais, ainda que seja necessário continuar a manter uma atitude de prudência em questões de saúde e segurança.

A Lua Cheia em Carneiro opõe-se ao Sol em Balança, o que nos faz questionar o nosso papel na relação com os outros. É necessário esclarecer e definir os nossos limites face aos do outro, tanto na esfera sentimental como em parcerias profissionais e de negócios. O Sol em Balança apela à justiça, ao equilíbrio e à ordem, mas a Lua Cheia em Carneiro lembra-nos dos nossos direitos e do nosso valor, fazendo-nos afirmar de forma mais firme aquilo que também é um direito nosso.

As questões de poder podem ser postas em destaque, sendo necessário manter um equilíbrio que evite a tirania ou o excesso de domínio de uma das partes. Esta fase vai também ajudá-lo, por outro lado, a compreender de forma muito clara quem são as pessoas com quem pode contar, quem são os seus aliados e quem está disposto a apoiá-lo, aconteça o que acontecer.

Este ano, a Lua Cheia em Carneiro é ainda mais intensa a nível energético porque o Sol forma uma conjunção com Marte (que é o regente de Carneiro), o que faz com que tudo se torne mais explosivo, e uma quadratura com Plutão, o que intensifica as emoções e faz com que as tensões sejam mais fortes, motivadas pelas questões ligadas ao poder. Júpiter deixou de estar retrógrado dois dias antes e forma um sextil (aspeto harmonioso) com a Lua, o que traz uma boa possibilidade de expansão e progresso, o que é reforçado pelo facto de que também Mercúrio deixou de estar retrógrado a 18 de outubro. Saturno e Plutão também voltaram a estar diretos neste mês, o que faz com que haja uma energia dominante motivada para a ação, potenciada pela força dinâmica da Lua Cheia em Carneiro.

Os signos que tendem a sentir esta Lua Cheia de forma mais intensa são Carneiro, Balança, Caranguejo e Capricórnio.

Aproveite esta fase para dar um impulso à sua vida e fazê-la avançar rumo àquilo que deseja. Esta é uma boa oportunidade cósmica para ter a coragem e a determinação que nem sempre conseguimos encontrar dentro de nós. Na esfera afetiva, ela apresenta-nos uma boa possibilidade para intensificar um romance que arrefeceu ou para partir à conquista de algo novo, que nos traga emoções mais felizes e intensas. Tenha apenas em conta que a impulsividade pode jogar contra si e evite atitudes excessivas. Com a devida ponderação, a Lua Cheia em Carneiro pode ajudá-lo a superar-se a si próprio e a transpor obstáculos que lhe pareciam ser intransponíveis.

O significado das cores

 

As cores afetam o nosso estado de espírito e influenciam a nossa postura perante as situações. Vestimos determinadas cores quando precisamos de nos sentir mais confiantes, outras quando nos sentimos alegres, e outras quando pretendemos passar despercebidos. Aprenda a utilizar a cor de modo a melhorar o seu bem-estar.

A perceção das cores corresponde a sensações produzidas pelo cérebro quando os olhos recebem um estímulo luminoso com um determinado comprimento de onda. O cérebro, ao captar esse comprimento de onda “responde” de uma forma específica, o que faz com que cada cor desencadeie um comportamento individual. Quanto mais pequeno for o comprimento de onda, mais relaxante é o efeito da cor. Neste grupo inserem-se as cores frias como o violeta e o azul. As cores que têm um comprimento de onda grande, como o vermelho e o amarelo, são estimulantes e favorecem a paixão e a voluptuosidade.

Apesar de existirem mais cores, são sete as principais, aquelas que dão origem a todas as outras: Violeta, Índigo, Azul, Verde, Vermelho, Laranja e Amarelo. As três primeiras são consideradas cores frias, transmitem calma, serenidade e relaxamento e são as mais indicadas para pessoas com um temperamento explosivo. É aconselhável usar estas cores nas paredes dos quartos de dormir, sobretudo de crianças. As três últimas cores pertencem ao conjunto das cores quentes e transmitem alegria, paixão, vivacidade e entusiasmo. A sua utilização é aconselhada a pessoas deprimidas e desmotivadas. O verde é uma cor intermédia, que faz a transição suave de um conjunto de cores para o outro.

A Cromoterapia não é uma técnica isolada, pode ser utilizada em conjunto com outras terapias como a Cristaloterapia (através das cores dos cristais), do Feng Shui (através das cores de decoração dos ambientes) ou da Aura-Soma (através das cores das essências), entre outras.

Cada cor afeta de modo diferente o campo energético do organismo humano, de tal modo que as vibrações das cores afetam a aura, proporcionando uma sensação de bem-estar e equilíbrio.

Tome nota:

Vermelho - Atua sobre o sistema circulatório, inclusivamente na impotência física, hemorragias ou feridas. Devolve a energia e a vitalidade. Atua sobre o primeiro chacra.

Laranja -    Atua sobre o sistema digestivo, principalmente sobre o baço e o pâncreas. Torna as pessoas mais maleáveis, quando são muito apegadas a valores tradicionais ou a laços de dever e compromisso. Auxilia na cura de problemas respiratórios como asma e bronquite. Atuam sobre o segundo chacra.

Amarelo - Atua sobre o sistema nervoso, acabando com a fadiga e favorecendo a boa disposição. Fortalece os nervos e age sobre o fígado. Tem reflexos imediatos na beleza da pele. Atua sobre o terceiro chacra.

Verde - Atua diretamente sobre o equilíbrio emocional, desenvolvendo a autoconfiança e a maturidade. Regula a pressão sanguínea e é benéfica, principalmente, para os rins e coração. Desenvolve a capacidade de se relacionar com as outras pessoas e fazer amigos com maior facilidade. Atua sobre o quarto chacra.

Azul - O azul é a cor da paz e do repouso, mas é também a cor da seriedade e do respeito. Reforça as defesas do organismo, faz baixar a pressão e estimula as capacidades intelectuais, tornando as pessoas mais responsáveis e virtuosas. Atua sobre o quarto chacra.

Índigo - O índigo é uma cor entre o azul-escuro e o violeta. Estimula a religiosidade e amplifica os canais de comunicação com os planos superiores. É recomendado para pessoas muito sensíveis à dor ou com problemas de perturbações mentais. É um poderoso amuleto contra energias negativas de qualquer natureza. Atua no sexto chacra.

Violeta - É a cor mística por excelência, usada nas capas, chapéus ou nas roupas rituais dos Magos da Antiguidade. Eleva o espírito acima dos problemas materiais, purificando-o e fortalecendo-o. É usada na maioria dos problemas que surgem ao nível da cabeça (ouvidos, boca, nariz, olhos e cabelos). Atua no sétimo chacra.

 

Pela forma como afeta o nosso espírito e o nosso corpo, é muito importante usar a cor de forma criteriosa e equilibrada. Preste atenção às cores que utiliza na sua vida, não só no vestuário, como também na decoração do espaço onde vive e onde trabalha e, também, na sua alimentação. Quando faz uma refeição, já reparou que cores são predominantes no seu prato?

A escolha das cores, por vezes, exprime as necessidades energéticas do nosso corpo. Por exemplo, quando sente necessidade de vestir roupa de uma determinada cor, essa cor pode ser a que lhe transmite as energias que necessita de captar para atingir o bem-estar pleno. Pela sua força e energia, as cores podem funcionar como método para alcançar o bem-estar, a harmonia, a paz interior e a saúde que tanto buscamos. A cor é sinónimo de vida, por isso ajuda a alcançar a cura, reforça as defesas imunitárias e promove a reposição dos campos eletromagnéticos com o intuito de promover o bem-estar pleno e total.

Podem usar-se várias técnicas para promover a cura ou a harmonização através do uso da cor: utilizar a luz do espectro solar, a luz de lâmpadas coloridas, alimentação natural, mentalização das cores, o contacto com a Natureza, a colocação de panos coloridos nas áreas a tratar, ou a visualização de objetos coloridos. Um dos métodos mais eficazes consiste em utilizar um cristal da cor pretendida, pois conjuga-se assim o poder energético do cristal e, simultaneamente, da cor do mesmo.

Descubra o que a cor do seu batom diz sobre si!

 

O formato do batom revela muito sobre a personalidade da mulher que o usa (clique aqui para saber mais), mas a cor da sua preferência também diz muito de si! Modas à parte, qual é a cor de batom que geralmente usa?

Vermelho paixão

A mulher que usa um batom vermelho é confiante a respeito da sua beleza, do seu valor e da sua sensualidade. Não tem receio de dar nas vistas, é apaixonada pela vida e adora abraçar novos desafios. Atrevida e ousada, é assertiva e sabe o que quer. Gosta de ser admirada.

Vermelho subtil

O batom vermelho suave, sendo muito feminino, é tradicional e não gosta de espalhafato. Procura transmitir uma imagem de elegância, mas sem dar muito nas vistas. Carinhosa e protetora com os seus, só se revela a quem ganha a sua confiança.

Rosa choque

Vivaz, alegre, o batom rosa choque grita ao Mundo que você adora a vida. Aventureira, extrovertida e bem-disposta, vive cada experiência com entrega e emoção. Os amigos adoram a sua alegria contagiante, mas gosta de ser o centro das atenções.

Rosa claro

A mulher que prefere um batom rosa claro é amorosa, carinhosa e querida por todos os que a rodeiam. Gosta de ser mimada e de sentir-se protegida. Muito feminina, adora crianças e animais, tendo uma personalidade doce, mas por vezes um pouco infantil. Cria empatia com muita facilidade.

Coral (pêssego)

Suave, mas ainda assim mais atrevido que o rosa suave, o rosa coral define a mulher que procura sempre a via da paz, evitando conflitos, atritos, discussões e zaragatas. Amiga da natureza, tem um espírito livre e uma alma indomável, que detesta sentir-se presa ou obrigada a seguir convenções. É, no entanto, muito ligada à família e aos amigos.

Malva (lilás)

As mulheres que optam por esta cor são seguras daquilo que querem e por isso são tranquilas na sua abordagem. Pacientes, não se importam de esperar o tempo que for preciso até chegarem às suas metas. Organizadas, têm um quê de mistério, mantendo uma postura calma. É frequente os outros recorrerem a elas quando precisam de bons conselhos.

Ameixa

Ameixa, vermelho muito escuro, ou cor de vinho são cores próprias de mulheres com uma personalidade forte, carismáticas, muito sedutoras e que gostam de se destacar, simplesmente pela sua presença. Há uma alma rockeira dentro de si, sabe bem aquilo que quer e adora a noite, as saídas, a música. 

Preto

Mais comum entre as adeptas do estilo gótico ou as adolescentes que ainda andam à procura do seu estilo, é típico de quem tem um sentido de humor apurado, gosto pela música alternativa e livros independentes, valorizando muito a cultura e o intelecto. 

Bege

As mulheres que optam por esta cor de batom são sinceras e verdadeiras, valorizam a honestidade e procuram ver sempre as coisas e as pessoas como elas são, sem artifícios. Embora tímidas, possuem uma personalidade calorosa e altruísta, estando sempre disponíveis para quem precisa de um ombro amigo.

Gloss

As mulheres que optam pelo brilho de lábios são atraídas pelas luzes da ribalta, adoram estar sempre a par de todas as novidades e são as primeiras a desafiar os amigos para uma saída. Espontâneas e divertidas, detestam complicar a vida e acreditam que tudo se torna mais fácil quando é levado com bom-humor.

No caso de usar gloss colorido, veja também a descrição da cor que usa, pois o gloss enfatiza as suas caraterísticas e denota uma personalidade mais extrovertida.

Batom para o cieiro

Se é daquelas que só usa batom para o cieiro - de preferência transparente - o seu sentido prático domina a sua vida, e não tem paciência para grandes enfeites nem perde tempo com detalhes que a seu ver são superficiais. Dá sempre o seu melhor naquilo que faz, e mesmo no seu tempo livre mantém-se sempre ocupada com novos passatempos. 

Azul, verde, amarelo

Se as suas preferências recaem sobre as cores mais improváveis de batom, prima pela diferença e gosta de mostrar ao Mundo que é uma mulher original, criativa e independente, que gosta de criar o seu próprio estilo. A imaginação ocupa um lugar de grande destaque na sua vida.

O que o formato do seu batom diz sobre si

 

Meninas e senhoras, isto agora é só convosco. Seja vermelho paixão, rosa choque, tons pastel românticos ou apenas para hidratar e prevenir o cieiro, certamente não sai de casa sem o seu batom. Mas já alguma vez reparou no formato em que o deixa? Sabia que a forma como gastamos o batom revela traços da nossa personalidade? Se não acredita, vá buscá-lo ao fundo da mala e tire as dúvidas!

1. Fiel às origens

Se é daquelas que mantém o batom tal e qual como o comprou, é uma mulher que se adapta bem às regras e que gosta de fazer tudo como manda a tradição. Organizada, séria e dedicada, não gosta de confusões e tem uma postura elegante e discreta, ficando sempre bem na fotografia. Dá muito valor à família e adora receber os amigos em sua casa. A honestidade é uma das suas virtudes.

2. Arredondado e elegante

Carinhosa, doce, sensível, você adora ser mulher. Gosta de mimar e cuidar aqueles que a rodeiam, e procura estar sempre acompanhada pois para si a vida deve ser partilhada. Pode ser um pouco carente e dependente dos outros, mas é quase impossível não gostar de si.

3. Afiado como um lápis

A sua personalidade é acutilante, incisiva, direta. Com um forte magnetismo pessoal, possui uma sensualidade inata e adora seduzir. Muito ativa, não é pessoa para ficar à espera que as coisas venham ter consigo. O seu ego é forte, gosta de deixar uma aura de mistério por onde passa e tem uma grande curiosidade pelos assuntos espirituais.

4. Como uma gota de chuva

Até tenta manter a forma original, mas a sua personalidade forte acaba sempre por deixar a sua marca. Faz amigos com facilidade, sendo extrovertida e criativa. Gosta de manter os seus segredos e só confia realmente em que lhe dá provas de ser digno dessa confiança. Não gosta de dar parte de fraca e mantém sempre uma certa desconfiança.

5. Plano como um mar sem ondas

Não há que inventar, consigo é tudo "pão pão, queijo queijo". Ativa e prática, não perde tempo a esculpir batons. É que você é muito sincera e direta, diz o que lhe vai na alma e não procura aparentar ser quem não é. Mas a verdade é que possui uma mente especialmente ágil e um sentido de humor apurado, que fazem com que os amigos apreciem genuinamente a sua presença. Pode ser tímida e no fundo esconde-se dentro de si um coração romântico.

6. Uma espécie de barco

Nem sabe explicar como, mas vai desenhando uma concavidade no seu batom. Você é habilidosa, muito ativa e cheia de vontade de fazer coisas, experimentar, viver. O seu espírito é curioso e está sempre em busca de novos desafios. Tem um grande grupo de amigos, porque é calorosa, mas também precisa de provas constantes de afeto. Procura um envolvimento sério com as pessoas com quem se relaciona.

7. Diagonal perfeita

Vai gastando o seu baton marcando bem a diagonal, pois a sua postura decidida gosta de deixar tudo em pratos limpos e corta a direito quando assim tem de ser. É muito senhora de si e procura que na sua vida seja tudo transparente, principalmente os relacionamentos. Muito honesta e organizada, os seus amigos contam com a sua força e determinação. Ambiciosa e apaixonada, nasceu para conquistar o Mundo.

8. Como um ar que lhe deu

Se calhar nunca tinha reparado nisso, mas agora que olhou para o seu batom até ficou espantada, sem saber bem como ganhou esta forma. Inquieta, irrequieta, ágil, é sempre uma alegria estar consigo. Adora festas, convívios, e está sempre a par das últimas novidades. Tenha cuidado com os mexericos, pois a verdade é que não lhes resiste!

9. Aguçado, mas não muito

O seu batom tem uma espécie de ponta, que vai afiando à medida que o usa, sempre numa proporção equilibrada. Tem uma personalidade harmoniosa as pessoas sentem-se atraídas por si. É muito protetora daqueles que ama e é sempre a primeira a ajudar quem precisa. Tem uma personalidade com uma forte ligação à vida espiritual, e procura sempre que a harmonia reine na sua vida.

10. O chapelinho

No seu batom ergue-se uma espécie de montinho aguçado, bem no centro, fazendo-o assemelhar-se a um chepéu. A sua cabeça está sempre a fervilhar com mil ideias, tem um raciocínio lógico elaborado e adora delinear estratégias para alcançar as suas metas. Sabe aquilo que quer e sabe quando deve agir, pondo em prática o que antes definiu.

11. A cadeira

Extrovertida e aventureira, arranja sempre tempo para conviver com os seus amigos ou para abraçar um novo desafio. Gera empatia com facilidade, sabe ouvir os outros e cria uma atmosfera positiva à sua volta. Se a "cadeirinha" estiver a ficar muito acentuada tenha cuidado pois pode andar sob stress.

O que é a Cromoterapia?

 

A Cromoterapia é, como o próprio nome indica, uma especialidade terapêutica que utiliza as propriedades das cores para ajudar a alcançar o equilíbrio energético e a harmonia ao nível do corpo, da mente e das emoções. As cores da Mãe Natureza têm a capacidade de alterar o modo como encaramos a vida e o nosso estado de espírito.

Num dia solarengo e com o céu completamente azul sentimo-nos felizes, bem-humorados e em harmonia com tudo e com todos os que nos rodeiam; nos dias acinzentados ficamos por vezes melancólicos e desanimados. 

Pela sua força e energia, as cores podem funcionar como método para alcançar o bem-estar, a harmonia, a paz interior e a saúde que tanto desejamos.

A Cromoterapia utiliza as vibrações e os poderes da cor para ajudar no equilíbrio físico, mental e emocional e tem como base as sete cores do arco-íris (Vermelho, Cor de Laranja, Amarelo, Verde, Azul, Azul Índigo e Violeta), onde cada cor tem características específicas e funções distintas a exercer no corpo humano.

Cada uma destas cores possui diversas aplicações, podendo ser utilizadas em conjunto com outras formas de terapia, nomeadamente o Reiki.

Através da Cromoterapia é possível ajudar a curar e a prevenir diversas doenças físicas e psicológicas; pois cada cor tem a sua importância no processo de cura.

Assim, o vermelho influencia o sistema circulatório e transmite energia e vitalidade; actua sobre o primeiro chacra.

A cor laranja ajuda a curar problemas digestivos e respiratórios; actua sobre o segundo chacra.

O amarelo exerce influência sobre o sistema nervoso, ajudando a ultrapassar problemas de fadiga e stress, favorecendo a boa-disposição; actua sobre o terceiro chacra.

O verde ajuda a encontrar equilíbrio emocional e fomenta a sociabilidade; actua sobre o quarto chacra.

O azul é a cor que consciencializa os indivíduos e promove a responsabilidade; actua sobre o quinto chacra.

O azul índigo estimula a comunicação com os planos superiores; actua no sexto chacra.

O violeta ajuda a purificar o espírito minorando a importância do mundo material; actua no sétimo chacra.

A Cromoterapia, utilizada em conjunto com outros métodos terapêuticos, pode ajudar a encontrar a cura, proporcionando o bem-estar físico, espiritual, mental e emocional e fazendo com que o indivíduo fique mais tranquilo, sereno e em harmonia com o mundo que o rodeia.

 

Principais influências de cada cor:

Vermelho - recuperar forças / seduzir / paixão / enfrentar desafios

Laranja -  ter vitalidade / afastar a tristeza / ter alegria, entusiasmo

Amarelo – comunicação / ter ideias criativas / vencer a fadiga / concentrar-se

Verde – saúde / cura / dá estabilidade e harmonia afetiva

Azul – ideias / cor da verdade, da honestidade / relaxante / acalma, dá paz

Azul índigo - elevação espiritual / ajuda a decidir o rumo da nossa vida

Violeta - Cor da espiritualidade e da intuição / dá segurança / protetora

Deve usar roupas, acessórios e elementos decorativos da cor para o fim que deseja alcançar.

 

Propriedades terapêuticas de cada cor ao nível da saúde:

Vermelho - Efeito vitalizante, excitante, estimulante. Fortalece o sangue, melhora a circulação, previne a anemia e eleva a temperatura do corpo. Combate a depressão mas, em excesso, pode causar irritação e aumento da tensão nervosa.

Cor de Laranja - Estimula o sistema nervoso e promove a alegria. Fortalece as funções mentais, aumenta a energia física e dissipa o desânimo. Combate a insegurança e a falta de vontade. É eficaz no tratamento de doenças como a epilepsia, as doenças respiratórias e as inflamações.

Amarelo - Desperta as faculdades mentais, ajuda a dominar o sistema nervoso, promove o optimismo e favorece a criatividade e o raciocínio. É usado no tratamento de problemas digestivos.

Verde - Promove o equilíbrio, a harmonia e a serenidade. Tem um efeito refrescante e tranquilizador, promovendo a sensação de confiança e segurança. É utilizado no tratamento de doenças cardíacas e circulatórias.

Azul - Efeito relaxante e apaziguador. Elimina a sensação de angústia e as perturbações nervosas, tem um efeito sedativo. Também tem um efeito anti-séptico e pode ser usado para aliviar cortes e queimaduras, bem como no tratamento de doenças da garganta e dos olhos.

Azul Índigo - Promove a elevação da mente e está ligado à beleza e à arte. É utilizado como anestésico e como calmante em estados de grande ansiedade ou excitação. É eficaz no tratamento de inflamações, dores (efeito analgésico) e doenças dos pulmões.

Violeta – Tem um efeito benéfico sobre o sistema nervoso, promove a sensação de liberdade e combate as neuroses. Combate doenças dermatológicas e desintoxica o organismo. Promove a saúde de todas as células e tecidos.

Sente-se desmotivado? Esta cor pode ajudá-lo a recuperar o ânimo!

 

As cores têm um impacto maior do que pensamos no nosso estado de espírito e na nossa energia. Escolha com cuidado as roupas que veste e a cor que domina na decoração da sua casa e nos objetos que estão à sua volta. Esta é a cor que ajuda a recuperar a motivação pela vida e a alegria mesmo nos períodos que parecem ser mais cinzentos.

Sem que nos demos conta, muitas vezes, as cores que predominam no nosso quotidiano afetam a nossa energia pessoal, pois também elas possuem uma vibração energética (tudo o que existe é feito de energia) e têm impacto direto no nosso estado de espírito e nas nossas emoções.

Cada cor está associada a um chacra (centro energético do nosso corpo) e este, por sua vez, ativa determinados sentimentos e age sobre áreas específicas da nossa vida.

Quando se sente desanimado com o dia-a-dia, quando lhe parece que nada vai dar àquilo que gostaria e que os dias se repetem sem lhe trazer novas alegrias (para além de, naturalmente, dever tomar uma atitude concreta para que a sua disposição mude, pedindo ajuda, se for necessário, e dando passos concretos para que haja mudanças na sua vida) um passo muito simples que pode dar, e que pode produzir ótimos resultados, consiste em dar mais cor aos seus dias, literalmente.

A cor que reforça o ânimo, a energia vital, a alegria e a força para abraçar os desafios é o cor-de-laranja.

Esta cor está associada ao segundo chacra, que por sua vez é o que se relaciona com a vitalidade, a energia, a vontade de fazer, de agir, e, também, com o impulso sexual.

O cor-de-laranja é formado a partir da junção do amarelo, a cor da criatividade, da força criativa, da luz solar, e do vermelho, a cor da ação, da paixão e da energia.

Ele é mais forte do que o amarelo e mais suave do que o vermelho, sendo essencial para dinamizar a sua vida quando sente que ela caiu na apatia ou quando procura ter maior motivação e entusiasmo pela vida.

Como usar esta cor no seu dia-a-dia?

- Escolha roupas desta cor, conjugando-as com outra (não tem de se vestir de cor-de-laranja da cabeça aos pés, uma camisola, um cachecol, ou qualquer apontamento desta cor já surtem bons resultados!);

- Use objetos decorativos desta cor, tais como almofadas, caixas, bibelots...

- Usar cortinados desta cor ajuda a atrair energia muito positiva para a sua casa, fazendo com que você sinta mais energia e força no dia-a-dia;

- Usar esta cor nas toalhas de mesa, guardanapos, tapetes, mantas ou outros têxteis do lar;

- Usar mais objetos de trabalho desta cor, como canetas, borrachas, um copo para os lápis, etc...

Lembre-se que a fórmula certa passa pelo equilíbrio, basta um ou dois apontamentos desta cor, que deve ser conjugada com outras cores mais suaves ou com uma energia mais fria.

 

Deve, também, incluir mais alimentos desta cor na sua alimentação, pois eles revitalizam a sua energia. Estes alimentos são, entre outros:

- laranjas;

- clementinas;

- toranjas;

- cenouras;

- pimentos amarelos;

- lentilhas;

- papaias;

- pêssegos;

- batata doce;

- dióspiros;

- melão;

- abóbora...

 

Estes alimentos contêm altos valores de vitaminas A e C, assim como betacaroteno, e ajudam a reforçar as defesas, a retardar o envelhecimento e a combater inflamações - reforçando, assim, a vitalidade.

Nossa Senhora de Fátima - 13 de Outubro

 

A 13 de Outubro celebra-se uma efeméride muito importante ligada ao milagre de Nossa Senhora de  Fátima: a última aparição de Fátima. A 13 de Outubro de 1917 uma multidão de pessoas foi à Cova da Iria e assistiu ao milagre do Sol: a chuva parou e o sol girou três vezes sobre si próprio, lançando feixes de luz coloridos, até parecer despegar-se do firmamento e cair sobre a multidão.

 

Nossa Senhora pediu que fizessem ali uma capela e que rezassem o terço todos os dias pela redenção dos pecadores. Anunciou que a guerra iria terminar, mas que se o pecado permanecesse entre os homens viria outra guerra. 

Oração a Nossa Senhora de Fátima

Minha querida Nossa Senhora de Fátima
Virgem Maria, Mãe de Deus,
Rogai por Nós.
Fica sempre ao meu lado, Tu que és Mãe,
ajuda-me a educar os meus filhos
dentro da Verdade e da rectidão,
faz com que eu saiba passar-lhes
os verdadeiros valores da Vida, que são:
Honestidade, Confiança,
Respeito e Amor ao próximo.

 

 

Ritual de proteção de Nossa Senhora de Fátima

Peça a Nossa Senhora de Fátima que abra os caminhos da sua vida no trabalho, a nível de saúde, amor e família.

Vai precisar de:

- 1 vela com ervas

- 1 chamador de Anjos

- 1 vitral de Nossa Senhora de Fátima

- 1 medalha de Nossa Senhora de Fátima

- 1 cristal Pedra da Estrela

- fósforos

Preparação:

- Acenda a vela junto do vitral e da medalha de Nossa Senhora de Fátima.

- Segure no Chamador de Anjos com a mão direita e faça-o tilintar.

- Reze a oração que o Anjo de Portugal ensinou aos 3 Pastorinhos:

Meu Deus, eu creio, adoro, espero e amo-Vos.
Peço-Vos perdão para os que não creem,
não adoram, não esperam e não Vos amam.

Santíssima Trindade,

Pai, Filho, Espírito Santo,
adoro-Vos profundamente.
Ofereço-Vos o preciosíssimo Corpo, Sangue,
Alma e Divindade de Jesus Cristo,
presente em todos os santuários da terra,
em reparação dos ultrajes, sacrilégios
e indiferenças com que é ofendido.

E pelos méritos infinitos do Seu Santíssimo Coração
e do Coração Imaculado de Maria,
peço-Vos a conversão dos pobres pecadores.

Ámen.

- Deixe a vela arder até ao fim, e no final deite fora os restos.

- Coloque a medalha de Nossa Senhora de Fátima no fio do Chamador de Anjos, que deve trazer sempre consigo para estar protegido.

- Guarde o cristal Pedra da Estrela no seu quarto, junto do vitral de Nossa Senhora.

Como é que uma consulta de Tarot pode ajudar?

O Tarot é um dos métodos divinatórios mais antigos e utilizados em todo o Mundo. Como qualquer outro oráculo, não é determinista nem infalível, mas oferece, acima de tudo, uma ajuda preciosa nos momentos em que nos sentimos desorientados e inseguros em relação ao futuro. Essa orientação é, muitas vezes, o impulso de que precisamos para reencontrar a força para enfrentar as circunstâncias.

Em tempos de incerteza sentimo-nos mais vulneráveis e indefesos. Quando a vida, tal como a conhecíamos, começa a ruir, deixamos de poder contar com o que tínhamos como garantido e deixamos de poder assentar a nossa estabilidade nas bases que habitualmente nos serviam de suporte. Quando deixamos de ter certezas em relação à nossa saúde e à saúde daqueles que amamos, quando a situação profissional se torna instável, ou se a união em família se fragmenta, é sobretudo em nós que podemos encontrar a força para enfrentar as circunstâncias e superar as dificuldades até conseguirmos sair de uma situação difícil. E é nesse sentido que uma consulta de Tarot pode fazer a diferença na nossa vida, pois mostra-nos aspetos que não conseguimos ver ou que desconhecemos, dando-nos ferramentas que nos ajudam a escolher o melhor caminho a seguir.

Já em eras antigas, como a Idade Média, e ainda muito antes dela, as pessoas recorriam à consulta de oráculos. Os magos e feiticeiros tinham a capacidade de, interpretando determinados sinais, prever a evolução mais provável para uma determinada situação. Os reis e as pessoas de posses tinham, muitas vezes, magos particulares, a quem pediam opinião sempre que era necessário decidir a respeito de batalhas e questões de poder mas, também, para saber o futuro da sua saúde, ou da sua vida amorosa.

A consulta de oráculos continua a ser uma ferramenta usada por muitas pessoas hoje em dia, sendo o Tarot um dos métodos divinatórios mais populares, não só porque o conhecimento a respeito da forma de usar este oráculo se difundiu como, também, porque apresenta resultados bastante eficazes, quando a leitura de cartas é feita por um profissional competente.

Qualquer pessoa pode adquirir um baralho de Tarot e aprender o significado das cartas. Mas, como em todas as áreas de conhecimento, é a experiência, e um certo dom que algumas pessoas possuem para interpretar os  sinais, que faz a diferença. Os bons profissionais utilizam o baralho de 78 cartas que compõem o Tarot para ler aquilo que, pelo que elas representam, o Universo está a querer transmitir à pessoa que coloca a questão, mas sabe intuir, para além do mais óbvio, fazendo então uma leitura que é mais acertada a respeito da situação.

Mesmo que uma pessoa saiba ler as cartas de Tarot, quando está muito envolvida na questão sobre a qual pergunta, ou quando se encontra instável e inseguro em relação a ela, deve recorrer a um profissional para que este, com a isenção e distanciamento necessários, possa fazer uma leitura mais correta da situação. As pessoas menos experientes na leitura de cartas podem acabar por projetar nelas os seus medos e receios ou, por outro lado, as suas expetativas, o que faz com que o resultado obtido não seja interpretado de forma correta.

Como se processa uma leitura de Tarot?

Existem várias formas de consultar as cartas, sendo geralmente estas baralhadas pelo profissional que faz a leitura, que depois pode dar o baralho a partir àquele que consulta ou, no caso das consultas feitas à distância, é o próprio profissional que parte o baralho em duas ou três partes (ou em mais, conforme o método utilizado).

As cartas com que é feito o corte são, geralmente, interpretadas, pois indicam as energias que estão a dominar a situação, mas nem todos os profissionais usam este método.

Depois, as cartas são dispostas em determinadas posições. O número de cartas lidas e a forma como elas são dispostas varia conforme o profissional que faz a leitura, que usa o método que, para ele, oferece resultados mais corretos.

Cada carta de Tarot tem um significado amplo, havendo uma série de interpretações possíveis, conforme a situação em causa e, também, consoante as restantes cartas que aparecem nessa tiragem. Para além do seu significado individual, importa sempre analisar o conjunto e permitir que outras mensagens surjam na mente do profissional que está a fazer a leitura. A sua intuição e a sua capacidade de "ver" para além do que é explícito são determinantes na interpretação que é feita. E é por isso que nem todas as pessoas que sabem ler as cartas são, na verdade, capazes de fazer a interpretação correta para cada situação.

A consulta de Tarot pode ser feita à distância?

Sim. Hoje em dia são muito comuns as consultas feitas pelo telefone ou por videochamada. Elas são igualmente credíveis quando são realizadas por um bom profissional. Antes de saber quais são as questões que preocupam a pessoa, é normal que o profissional peça os dados pessoais - nome, data de nascimento, situação em que se encontra - para que, através deles, possa conectar-se com a energia da pessoa em causa. Tudo o que existe no Universo é energia, e portanto não existe verdadeira distância, porque a conexão energética pode ser feita mesmo que as pessoas se encontrem a quilómetros de distância.

Quando o profissional baralha as cartas de Tarot, conecta-se interiormente com a pessoa para quem está a fazer a leitura. Uma vez mais, isto requer experiência e aptidão, pois a verdade é que aquele que lê cartas é um "canal" através do qual o Universo envia uma mensagem para a pessoa que precisa dela.

Existem vários tipos de leituras e interpretações mas, de um modo geral, uma boa leitura de Tarot é aquela que oferece, de forma muito clara e explícita, uma orientação: "De acordo com a situação em que se encontra, o desfecho mais provável é...". Uma boa leitura de Tarot (ou de qualquer outro oráculo) oferece também indicações em relação às atitudes que, mediante as circunstâncias em que a pessoa se encontra, a conduzirão a resultados mais favoráveis.

O Tarot ajuda a tomar decisões, a fazer escolhas e a encontrar alternativas para lidar com uma determinada situação.

Mesmo quando não podemos fazer nada perante uma situação (e isso é, muitas das vezes, aquilo que leva uma pessoa a recorrer a uma consulta de Tarot), está SEMPRE ao nosso alcance escolher como lidamos com ela. E isso faz mesmo toda a diferença.

Quando nos deixamos vencer pelo desânimo, pelo cansaço e pelo medo, não só continuamos sem resolver a situação como estamos a deixar-nos sufocar por ela. A partir daí surgem cada vez mais problemas, porque a nossa energia enfraquece e a nossa capacidade de fazer face às situações vai sendo cada vez mais débil.

Nesse sentido, uma consulta de Tarot ajuda a fortalecer a nossa capacidade de resposta e a nossa força interior, pois aponta para as formas que temos ao nosso dispor para lidar da forma mais proveitosa com os recursos de que dispomos, fazendo assim face aos obstáculos que a vida nos apresenta.

Porque compreendemos que são muitas as pessoas que encontram no Centro Maria Helena a orientação que as ajuda a enfrentar as dificuldades, disponibilizamos consultas de Tarot presenciais, em segurança, mas também as realizamos por telefone e videochamada, assim como tratamentos de Reiki, Limpeza energética, Alinhamento de chacras, Cromoterapia e Taças Tibetanas, que também podem ser feitos à distância.

O que são os Mistérios do Rosário?

 

Rezar o Rosário é uma prática católica de devoção a Nossa Senhora. A palavra Rosário significa "Coroa de Rosas", simbolizando assim uma oferta que é feita a Maria de cada vez que se reza o Rosário: cada Avé Maria rezada simboliza uma rosa que se oferece a Nossa Senhora. O Rosário completo integra, para além de 150 Avé Marias, a contemplação de episódios especiais da vida de Jesus e Maria, a que se dá o nome de Mistérios.

São diversas as histórias de aparições de Maria, Nossa Senhora, em que pede que se reze o Rosário. De facto, ele é a forma de oração mais completa, representando um momento de profunda devoção. O Rosário surgiu por volta do ano 800 porque o povo, que não sabia ler, não podia rezar os Salmos, como faziam os padres e monges. Assim, as pessoas do povo aprenderam a rezar o Pai Nosso e, depois, a Avé Maria. O Rosário é composto por pequenas contas para facilitar a contagem das orações à medida que estas vão sendo repetidas. O Terço é composto por 50 Avé Marias, sendo portanto um "terço" do Rosário, e daí veio o seu nome.

Conta-se que no século XIII a Virgem Maria apareceu a São Domingos de Gusmão e lhe entregou o Rosário para que, ao rezá-lo fervorosamente e como prática repetida, se desse a conversão dos hereges e pecadores. Dessa aparição nasceu a devoção a Nossa Senhora do RosárioAlém de pedir que se rezassem as 150 Avé Marias, Nossa Senhora pediu também que além delas se fizesse também um reflexão sobre a vida, paixão e glória de Seu Filho, Jesus Cristo, porque é nessa reflexão - chamada a meditação dos Mistérios - que se encontra a alma e a essência das orações. Oramos para honrar Jesus e a Sua Mãe, que por nós sofreram e se sacrificaram.

Assim, os chamados Mistérios que se rezam com o Rosário tratam-se, na verdade, da contemplação de certas passagens da vida de Jesus que, segundo a doutrina Católica, assumem particular importância para a história da salvação.

Os Mistérios dividem-se, assim, em três partes, sobre as quais se medita antes de cada Terço:

- os Mistérios Gozosos - meditação sobre a vida de Jesus, ajudam-nos a ter um conhecimento mais profundo do amor a Deus e a meditar no grande Mistério da Encarnação.

- os Mistérios Dolorosos - meditação sobre a paixão (morte) de Jesus, ajudam-nos a entender melhor os sofrimentos que Deus nos apresenta na nossa própria vida.

- os Mistérios Gloriosos - meditação sobre a glória de Jesus, convidam-nos a viver na esperança dos filhos de Deus, apresentando-nos o grande Mistério da ressurreição de Cristo.

A 16 de Outubro de 2002 o Papa João Paulo II sugeriu uma nova série de Mistérios: os Mistérios Luminosos, que refletem a infância de Jesus e a sua vida em Nazaré, fazendo-nos refletir sobre o Reino de Deus manifestado através de Jesus, ao longo da Sua vida.

 

A cada dia da semana correspondem os seguintes Mistérios:

Domingo e quarta-feira: Mistérios Gloriosos
Segunda-feira e sábado: Mistérios Gozosos
Terça-feira e sexta-feira: Mistérios Dolorosos
Quinta-feira: Mistérios da Luz Luminosos

 

Como se rezam os Mistérios?

Ao rezar o Rosário, enunciam-se os Mistérios antes de cada Terço; ao rezar o Terço, enunciam-se antes de cada Dezena:

- Antes de cada dezena anuncia-se o Mistério correspondente, por exemplo, no primeiro mistério diz-se: "Anunciação a Maria".

- Reflete-se sobre esse Mistério durante alguns instantes.

- Reza-se um Pai Nosso.

- Rezam-se 10 Avé Marias.

- Termina-se com: 

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre.
Ámen.

Ó Maria concebida sem pecado,
rogai por nós,
que recorremos a vós

Ó bom Jesus,
perdoai-nos e livrai-nos do fogo do inferno.
Levai as almas para o Céu,
em especial as que mais precisarem.

 

- Depois enuncia-se o Mistério seguinte e repete-se o mesmo esquema.

 

Quais são os Mistérios que se enunciam enquanto se reza?

Os Mistérios Gozosos 

1.º Mistério - A anunciação do Anjo a Nossa Senhora (Lc 1,26-38)

2.º Mistério - A visitação de Nossa Senhora a Santa Isabel (Lc 1,39-56)

3.º Mistério - O nascimento de Jesus em Belém (Lc 2,1-20)

4.º Mistério - A apresentação do Menino Jesus no Templo (Lc 2,22-38)

5.º Mistério - O encontro do Menino Jesus no Templo entre os Doutores (Lc 2,41-50)

 

Os Mistérios Luminosos

1.º Mistério | O batismo de Jesus no Rio Jordão (Mt 3,13-17)

2.º Mistério | A revelação de Jesus nas Bodas de Caná (Jo 2,1-11)

3.º Mistério | O anúncio do Reino de Deus com o convite à conversão (Mc 1,14-15)

4.º Mistério | A transfiguração do Senhor (Lc 9,28-36)

5.º Mistério | A instituição da Eucaristia (Lc 22,14-20)

 

Os Mistérios Dolorosos

1.º Mistério - A agonia de Jesus no Jardim das Oliveiras (Mt 26,36-46)

2.º Mistério - A flagelação de Jesus (Mt 27,24-26)

3.º Mistério - A coroação de espinhos (Mt 27,27-31)

4.º Mistério - Jesus a caminho do Calvário e o encontro com sua Mãe (Lc 23,26-32)

5.º Mistério - A crucificação e morte de Jesus (Jo 19,17-30)

 

Os Mistérios Gloriosos

1.º Mistério - A ressurreição de Jesus (Mt 28,1-10)

2.º Mistério - A ascensão de Jesus ao Céu (Act 1,6-11)

3.º Mistério - A descida do Espírito Santo sobre Nossa Senhora e os Apóstolos (Act 1,12-14 e 2,1-4)

4.º Mistério - A assunção de Nossa Senhora (Lc 1,48-49)

5.º Mistério - A coroação de Nossa Senhora como Rainha dos Anjos e dos Santos (Ap 12,1-17)