Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Consultório de Astrologia

Contas feitas à saúde!

Através dos números pode descobrir aquele que rege o seu organismo e tudo aquilo que lhe dá mais força para continuar a sentir-se bem, física e psicologicamente. Esta ciência exacta pode ajudá-la a ser mais saudável.

 

 

Seguindo a tabela de Pitágoras, escreva num papel o seu primeiro e último nome. A cada letra atribuía o número indicado na grelha. Some todos os algarismos e vá decompondo o número até chegar a um só valor. Leia os resultados e saiba aquele que lhe corresponde.

 

 

 

 

 

1

2

3

4

5

6

7

8

9

A

B

C

D

E

F

G

H

I

J

K

L

M

N

O

P

Q

R

S

T

U

V

W

X

Y

Z

 

 

Exemplo:

 

Sónia Santos

 

Sónia = 1+6+5+9+1 = 22 = 2+2 = 4

 

Santos = 1+1+5+2+6+1 = 16 = 1+6 = 7

 

= 4+7 = 11 = 1+1 = 2

 

 

 

O número que corresponde à Sónia Santos é o 2. Agora faça o cálculo para o seu nome e descubra a forma mais correcta de cuidar da sua saúde.

 

Número 1

 

É uma pessoa que tem alguma tendência para ultrapassar os limites do seu corpo. Não pára um segundo, mesmo quando as forças já lhe parecem faltar, o que vai prejudicando a sua saúde a médio prazo. Precisa controlar um pouco mais essa ansiedade de estar sempre ligada à corrente.

 

Cuide-se: Essa energia só é positiva até um certo ponto. Quando começa a ficar stressada com os afazeres a sua saúde vai ressentir-se. Tente levar a vida com mais calma e realize as suas tarefas em consonância com aquilo que o seu corpo suporta. Se necessário passe a frequentar aulas de yoga, ou qualquer outro tipo de exercício físico que lhe permita relaxar.

 

Número 2

 

Para manter a linha tem tendência a fechar a boca. No entanto, não se esqueça que não basta ter apenas cuidado com a alimentação para que o seu corpo seja saudável. Comprometa-se a praticar algum tipo de exercício físico, pois isso é fundamental para que o seu organismo funcione bem.

 

Cuide-se: Se sente que não tem o peso ideal, procure um nutricionista que lhe permita entender como deve alimentar-se correctamente sem prejudicar o seu organismo. Para relaxar, faça pelo menos uma caminhada ao final do dia, para exercitar o seu corpo.

 

 

Número 3

 

É uma pessoa que sabe como cuidar do seu corpo, antes de ser necessário a intervenção de especialistas. Tem especial atenção com a alimentação, gosta de tomar chás de ervas com fins terapêuticos e está sempre atenta às novas terapias alternativas disponíveis ao seu alcance. Nunca descura a sua saúde e não esquece a altura fazer novamente o seu check-up anual.

 

Cuide-se: É claro que este é o caminho, porém, demasiada atenção com pequenos pormenores relacionados com a saúde podem deixá-la stressada. Não esteja sempre a pensar como evitar esta ou aquela doença.

 

 

 

 

Número 4

 

Quando algo não está bem consigo a nível de saúde sabe, como ninguém, travar algo. Preocupa-se bastante com o seu bem-estar e com o daqueles que a rodeiam. Gosta de manter uma alimentação saudável e controlar o seu peso. Exercício físico é algo que valoriza.

 

Cuide-se: Experimente alguns prazeres da vida, mesmo que isso possa afectar um pouco a sua dieta. Açúcar no sangue também faz bem à saúde, de vez em quando.

 

 

Número 5

 

Não uma pessoa demasiado preocupada com a sua saúde, o que faz com que, muitas vezes, passe por problemas e nem sequer se aperceba deles. É uma pessoa enérgica, que não dá muito valor ao repouso e, por isso, até está sempre disposta a correr riscos em aventuras, mesmo que quase seja inevitável que vá enfrentar uma gripe ou constipação.

 

Cuide-se: Se algo não está assim tão bem consigo, nada melhor do que prevenir antes de ser necessário tratar. É claro que deve aproveitar a vida ao máximo, principalmente se é isso que lhe permite relaxar, mas nunca deve descurar os sinais do seu organismo.

 

Número 6

 

Mesmo um pouco adoentada, nunca deixa as suas responsabilidades para trás, mesmo que isso implique sujeitar o seu organismo ao limite. É uma pessoa vaidosa, que dá especial atenção à sua forma física e nunca descura o seu visual. Segue uma alimentação equilibrada e também gosta de se exercitar.

 

Cuide-se: É claro que a sua aparência é importante, no entanto, quando está doente não é positivo cometer exageros em prol dessa situação. Dê descanso ao seu corpo e ao seu visual, quando o seu organismo o exige.

 

 

Número 7

 

Não gosta de dar sinais de fraqueza perante os outros, portanto prefere sofrer calada, por algum tempo, antes de consultar um médico queixando-se seja do que for, quer a nível físico ou mental. Não tem queda para dietas, mas gosta de manter uma alimentação saudável e inclui sempre no seu menu, frutas, verduras e legumes. Fazer exercício físico com alguma regularidade é algo que lhe dá prazer.

 

Cuide-se: Por que razão acha que há necessidade de sofrer calada? Se não se sente bem deve consultar um médico para restabelecer o equilíbrio do seu organismo. Um conselho útil, evite automedicar-se.

 

 

Número 8

 

Tem pouca resistência à dor e, por isso, sempre que não se sente bem precisa ecorrer a ajuda médica o mais depressa possível. Na mala, tem sempre um comprido para as enxaquecas ou para um resfriado e gosta de ter os seus exames clínicos em dia. Sente que o seu bem-estar está em primeiro lugar, logo gosta de praticar exercícios físicos ao ar livre.

 

Cuide-se: Em primeiro lugar, evite tomar medicação sem ordens do seu médico, a toda a hora ou para qualquer problema. Se realmente, o seu organismo não estiver em equilíbrio, procure a ajuda de um especialista, para um mal específico.

 

 

Número 9

 

A sua vida é muito agitada, o que prejudica um pouco o seu bem-estar. As obrigações e responsabilidade deixam-na stressada e isso faz com que não tenha um sono tranquilo. É demasiado exagerada no exercício físico que impõem ao seu corpo. Isso pode prejudicar também a sua saúde.

 

Cuide-se: No momento de fazer desporto, procure controlar um pouco a sua ansiedade, já que o exercício deve servir para relaxar e não para aumentar os níveis de stress. Se continuar a manter esse ritmo, o mais provável é que o seu organismo entre em “colapso”.

 

Remédios Caseiros - Para cólicas menstruais!

Também conhecida como dismenorreia, a cólica menstrual é um mal que afecta muitas mulheres. Assim sendo, nada como atenuar as dores incómodas que costuma sentir na altura da menstruação com plantas naturais. Descubra os
melhores chás para tornar este problema mensal mais leve.


 


Chá de folhas de magueira

Ingredientes:
1 lt de água * 20g de folha de mangueira * 1 colher de (chá) de mel por chávena para adoçar

Preparação:
Ferva a água e depois apague o lume. Junte as folhas de magueira e deixe em infusão até amornar. Ttome uma chávena, adoçada com mel, quatro vezes ao dia. Para que as cólicas menstruais sejam menos intensas, comece a fazer este tratamento dois dias antes de aparecer a menstruação.

 

Chá de Camomila

Ingredientes: 1 lt de água * 15g de flores secas de camomila * açúcar ou mel a gosto

Preparação:
Ferva a água e acrescente as flores secas de camomila. Desligue o lume e deixe amornar. Tome duas chávenas ao dia, de manhã e ao final do dia, enquanto estiver menstruada, e se quiser adoce com açúcar ou mel.

 

 

Chá de Gengibre

Ingredientes:
1,5 lt de água * 2 colheres (sopa) de gengibre * 4 colheres (sopa) de açúcar * 1 fatia de limão * cravo e canela a gosto

Preparação:
Ferva o açúcar com uma pinga de água até obter ponto de caramelo, acrescente de imediato o gengibre, a fatia de limão (sem casca) e junte o cravo e a canela. Depois, acrescente a água e deixe ferver por aproximadamente 15 minutos. Desligue o lume, coe o chá e beba 1 chávena quente, todos os dias, antes de se deitar, durante o período em que está menstruada.

 

Chá de Orégãos

Ingredientes:
1 chávena (chá) de água * 2 colheres (chá) de orégãos

Preparação:
Ferva a água e depois junte os orégãos. Desligue o lume e tape a água durante cerca de 5 minutos. Evite adoçar. Tome duas a três chávenas por dia, enquanto durar a menstruação.

 

Chá de Tomilho

Ingredientes:
1 chávena (chá) de água * 1 colher (chá) de tomilho * 1 colher (chá) de mel

Preparação:
Ferva a água e de seguida desligue o lume. Acrescente o tomilho e deixe em infusão por aproximadamente 5 minutos. Coe e acrescente o mel para adoçar. Tome 3 chávenas ao dia, enquanto estiver menstruada.

 

Chá de Erva-doce

Ingredientes:
1 chávena (chá) de água * 1 colher (chá) de erva-doce * 1 colher (chá) de açúcar

Preparação:
Ferva a erva-doce com a água durante cerca de 5 minutos. Desligue o lume, coe o chá, adoce com açúcar e beba duas chávenas ao dia, durante o período da mesntruação.

 

Dia Internacional da Tolerância - Aprenda a ser mais tolerante!

O Dia Internacional da Tolerância foi criado pela ONU em 1995, onde 185 estado signatários reafirmam “a fé nos Direitos Humanos Fundamentais”. Saiba como pode aprender a ser mais tolerante com os outros e descubra a capacidade que cada signo do zodíaco tem para suportar situações que lhe produzam incómodos.

 

Ser mais compreensiva é muito mais fácil do que pensa. O melhor para treinar esta situação é colocar-se sempre no lugar dos outros, com tudo o que isso implica. Há que perceber porque razão tal pessoa terá agido de tal forma, as causas e as consequências que estavam inerentes a tal situação. Só poderá compreender o comportamento de determinada pessoa, se perceber também os seus costumes, a sua história, as suas vivências. Só compreendendo tudo, poderá e conseguirá desenvolver a sua tolerância. Mas para ser mais tolerante é preciso ser-se permissivo com tudo e não se aborrecer com absolutamente nada?

A verdade é esta: ser tolerante não é uma aceitação incondicional de tudo. Ser tolerante significa ser capaz de escolher como se deseja sentir, mesmo que aquilo que lhe apresentem de determinada situação não vá totalmente de encontro àquilo em que acredita. Para isso precisa também escolher com aquilo que aceita dentro de si precisar de mais tolerância da sua parte. Garantimos, no entanto, que ao ser mais tolerante com determinadas situações sentir-se-á, sem dúvida, muito mais harmonizada.

 

Desenvolva a sua tolerância

Com as atitudes dos outros: precisa de criar mentalmente justificações que lhe permitam compreender melhor o comportamento dos outros. Por exemplo, quando vai no trânsito e alguém a ultrapassa sem razão aparente, experimente dizer para si mesma que talvez essa pessoa conduza alguém
doente ao hospital. No trabalho, quando alguém tem uma atitude mais crispada consigo, pense que pode estar apenas a querer concretizar a sua função da melhor forma, e que não o faz da mesma maneira que você o faria. Mas não quer isso dizer que é ele quem está errado e você certo. Alguém está a andar demasiado devagar à sua frente, compreenda ou tente compreender que este será, com certeza, o ritmo dessa pessoa e não é igual ao seu.

 

Consigo mesma: Aceite que também pode errar, mas não se critique demasiado. Não existem seres perfeitos e todos cometemos falhas. Saiba quais são as suas limitações, mas trabalhe sempre para obter novas conquistas.

 

Contra incómodos em geral: atitudes provocatórias, muito barulho, demasiada confusão podem deixá-la à beira de um ataque de nervos. Para conseguir ser mais tolerante com essas situações, nada evitar revoltar-se. Esse é, sem dúvida, o primeiro passo. Sem revolta, a resposta a esses incómodos jamais será impulsiva e terá menos chances de magoar os outros. Seja mais tolerante, mas claro não tolere os abusos!

 

Os signos e a tolerância

 

Carneiro: Têm alguma dificuldade em tolerar os conselhos dos outros, pois isso seria aceitar que fracassaram em alguma situação das suas vidas. O facto de estarem mais aptos para liderar do que para obedecer, torna-os muito intolerantes no que diz respeito à aceitação de ordens. Por não se colocarem, muitas vezes, no lugar dos outros acabam por ser vistos como demasiado teimosos e argumentativos.

 

Touro: Apesar de ser bastante paciente, o nativo de Touro é muito inflexível e acha que só aquilo é que acredita é a verdade. Tem dificuldade em aceitar a opinião dos outros e são de ideias fixas. Conseguem ser, contudo, mais tolerantes do que outros, pois não gostam de conflitos e acabam por deixar passar muita coisa, só para não se indisporem com alguém.

 

Gémeos: Este
nativo só pode compreender muito bem as outras partes, pois a sua natureza está preparada para aceitar tudo aquilo que é novidade, mesmo que vá contra àquilo em que sempre acreditou. Como têm uma grande capacidade analítica e de comunicação, os outros acham-nos seres com uma mente aberta e capazes de compreender e tolerar situações que a outros seria mais difícil aceitar.

 

Caranguejo: É um dos signos com menor capacidade para tolerar qualquer situação, primeiro porque não gostam de ser contrariados e depois porque não gosta que lhe diga como deve agir. Na realidade, estes nativos, estão quase sempre mais preocupados em resolver os seus próprios conflitos internos, e dão menor importância àquilo que se passa à sua volta, o que os torna seres menos capacidade para compreender o outro lado.

 

Leão: Embora sejam teimosos em relação àquilo em que acreditam, acabam por não ser intolerantes, pois fazem-no baseando-se numa fé e numa sinceridade absolutas. Porém, se há algo que os desagrada, podem fazer vir ao de cima todos os seus defeitos que logicamente não combinam com a tolerância: arrogância, prepotência, orgulho ou egoísmo. Mas de um modo geral, os nativos de Leão são pessoas amáveis e que tendem a não se envolver em muitos conflitos que lhes permita toldar a sua racionalidade.

 

Virgem: Têm uma habilidade e sensatez que não aparece em mais nenhum dos outros signos do zodíaco. Isso permite-lhes, por vezes, resolver os problemas dos outros, pois a sua capacidade de compreensão perante situações bizarras é grande. São muito mais tolerantes com os outros, do que consigo mesmo, estando sempre a criticar-se por algo que não conseguiram da forma perfeita que mentalizaram.

 

Balança: É um dos signos mais civilizado do zodíaco. Por amarem demais a harmonia são capazes de serem totalmente imparciais quando envolvidos em algum conflito. São sensíveis às necessidades dos outros. Na realidade onde mais pecam é na falta de capacidade que têm para enfrentarem os outros. Há que ser tolerante, mas os nativos de Balança, muitas vezes, deixam que os outros abusem.

 

Escorpião: Têm alguma dificuldade em serem tolerantes, pois a energia emocional da sua personalidade deixa-os, muitas vezes, cegos. São muito críticos e deixam a fúria subir-lhes à cabeça quando alguém lhes dirige palavras desagradáveis. O facto de serem um pouco ressentidos com aquilo que lhes fazem ou dizem deixa-os sem capacidade para compreender, na maior parte das vezes, as atitudes dos outros.

 

Sagitário: Estão sempre dispostos a lutar por causas nobres, custe o que custar, o que lhes permite perceber que nem todos têm os mesmos ideais. No entanto, são demasiado impacientes quando os outros não seguem o seu ritmo, o que os pode tornar pouco tolerantes a certas situações. Como estão sempre dispostos a sacrificar-se por um determinado objectivo, muitas vezes não compreendem o facto dos outros não lhe seguirem as pisadas.

 

Capricórnio: Embora exijam tanto dos outros como exigem de si, os nativos deste signo são, por norma, pessoas justas, o que lhes permite olharem imparcialmente para certas situações e tornarem-se um pouco mais tolerantes. Mesmo com uma personalidade rígida, Capricórnio, quando estável emocionalmente, consegue ser compreensivo. 

 

Aquário: É um dos signos mais tolerantes do zodíaco, principalmente devido à sua personalidade voltada para a humanidade. Adora lutar por boas causas, o que neste caso pode torná-lo um pouco incompreensivo perante aqueles que não seguem os seus ideais. Porém, está sempre pronto a ouvir opiniões contrárias às suas e a aprender com aquilo que os outros têm para lhe dizer. Apenas é mais intolerante quando se sente enganado. A traição, mesmo de amigos, pode despertar toda a fúria que existe em si.

 

Peixes: Este nativo tem alguma dificuldade em aceitar as críticas ou em ouvir os outros, o que acaba por torná-lo menos tolerante do que alguns dos outros signos do zodíaco. Embora sejam muitas vezes contra convenções, não tem força suficiente para lutar contra elas, o que os torna demasiado melancólicos e incompreensivos com determinadas situações.

 

Horóscopo Diário do Amor

 

Carneiro

 

Lute
pelo seu verdadeiro amor, não se deixe influenciar por terceiros nem tenha medo
de sofrer.

 

Touro


Demonstre
mais afeto e carinho para com aqueles que ama.  Que a serenidade e a paz de
espírito sejam uma constante na sua vida!


Gémeos

 Siga com maior convicção aquilo que o seu coração

 

Caranguejo

 

A
melhor maneira de viver bem consigo e não sentir ódio de ninguém é não se
permitir ter pensamentos negativos acerca das outras pessoas e do Mundo que o
rodeia.

 

Leão

 

Andará muito exigente ao nível dos afetos e das carícias. Esteja
aberto aos desafios que a vida lhe coloca.

 

 

Virgem

 

Seja
moderado e controle o seu arrebatamento.

 

Balança

 

Uma
relação recente poderá estar a avançar muito rapidamente. Aja com prudência.

 

Escorpião

 

Procure
resolver pequenos problemas domésticos. Que
a compreensão viva no seu coração!

 

Sagitário

 

Não seja injusto com os seus
amigos, pense bem naquilo que diz. Exercitar
a arte de ser feliz é muito divertido!

 

Capricórnio

 

Saia
mais com os amigos e divirta-se. Que
os seus mais belos sonhos se tornem realidade.

 

Aquário

 

Procure
ser menos protetor. Deixe que os seus familiares façam as suas próprias
escolhas.

 

Peixes

 

Dê mais atenção à pessoa que tem a seu lado. Que o Amor e a Felicidade
sejam uma constante na sua vida!

Horóscopo Diário do Amor

 

Carneiro

 

 

Esteja
alerta, o amor poderá surgir. Procure
intensamente sentimentos sólidos e duradouros, espalhando em seu redor alegria
e bem-estar!

Touro



O ciúme não é o seu maior aliado, pense nisso. A luz de Deus enche o Mundo,
procure recebê-la e sentir em si os seus benefícios!

Gémeos

 

 

O
seu par poderá estar um pouco carente, dê-lhe mais atenção.

Caranguejo

 

Cuidado
com os relacionamentos perigosos. Evite arranjar problemas para si e para
aqueles que lhe estão próximos.

 

Leão

 

Viva alegremente todos os momentos que tem para estar com o seu
amor. O exemplo de um lar harmonioso é a maior felicidade que pode dar aos
seus filhos!

 

 

Virgem

 

Não
julgue para não ser julgado, nem faça aos outros o que não quer que lhe façam a
si!

 

Balança

 

A sua relação estará em profunda harmonia. A
sua felicidade depende do seu pensamento e das suas palavras!

 

Escorpião

 

Fale
abertamente com os que o rodeiam. Não se iniba de expor os seus sentimentos
pois obterá o que pretende com facilidade.

 

Sagitário

 

Não
seja tão exigente com o seu par. Deixe as coisas fluírem com maior
naturalidade.

 

Capricórnio

 

Dê mais atenção às pessoas da sua família, há alguém que precisa
de si. Que a determinação e a Luz estejam sempre consigo!

 

Aquário

 

 

A
felicidade na sua casa depende da educação que der aos seus filhos, por isso,
preste atenção à formação que lhes dá.

Peixes

 

Não perca tempo a idealizar o seu amor, aceite-o tal como é.

Ajude-se a si própria - Questione os seus Pensamentos

Questione os seus Pensamentos

Ivo Dias de Sousa, professor universitário e autor do livro “Um Coelho Cheio de Sorte”. Para sugestões e comentários: ivo@diasdesousa.org ou http://twitter.com/ivosousa2

 

 

 

(…) não és punido pelos
teus pensamentos mas sim por eles.

 

James Arthur Ray (Harmonic Wealth)

 

Não pense em elefantes brancos.

Vamos, faça um esforço para não pensar em elefantes brancos. Continue por cerca de 20 segundos. Eu espero.

 

Se quiser, aposto consigo como pensou mais em elefantes brancos nos últimos segundos do que no último mês. Estou certo, não estou?

 

Resistir aos nossos pensamentos não é a melhor forma de lidar com eles. Isto, se quisermos que eles se desvaneçam. Procurar resistir aos nossos pensamento, coloca-os sobre um “foco de luz”. Mais, na maioria dos casos, estamos a reforçá-los ao resistir-lhes.

 

Nós temos uma tendência para acreditar nos nossos pensamentos automaticamente, o que pode ser pouco conveniente. Por vezes, as nossas mentes estão povoadas de pensamentos que não nos ajudam. Alguns possíveis exemplos são: eu não mereço; sou estúpido;  odeio este emprego.

 

Um coisa é certa, independente dos nossos pensamentos serem verdadeiros, se acreditarmos neles, eles têm consequências. Dois exemplos: se achamos que não merecemos uma dada coisa, pouco ou nada faremos para a obter; se consideramos que somos estúpidos, não iremos procurar aprender.

 

Serão os nossos pensamentos sempre verdadeiros? É fácil perceber que não. Casos claros disso são pensamentos como “ele não gosta de mim”. Para termos a certeza que “ele não gosta de mim” seria necessário termos a capacidade de lermos os pensamentos de outras pessoas. A realidade à nossa volta não coincide, muitas vezes, com os nossos pensamentos. Para o bem e para o mal, a realidade está cheia de surpresas.

Não devemos acreditar em tudo o que nos dizem. As razões são várias. Nem sempre as pessoas são honestas. Mesmo que sejam honestas, quando têm interesses envolvidos, existe a tendência para defender determinado ponto de vista. E mesmo que sejam honestas e não tenham qualquer interesse directo, podem estar enganadas. Desculpe dizer-lhe-lhe isto: nem tudo o que pensa sobre si e o mundo à sua volta é verdade. Questione os seus pensamentos e crenças que estão a impedi-la de ser mais feliz e de obter mais sucesso[1]. À medida que for questionando os pensamentos e crenças que a prejudicam, estes tenderão a desvanecer-se. Pessoalmente, gosto de proceder da seguinte forma. Primeiro, identifico um pensamento/crença que julgo merecer ser questionado. Idealmente, coloco essa crença no papel como o resto do processo. Porém, em situações como os transportes públicos isso não é possível nem conveniente.

 

Depois, faço duas perguntas em relação ao pensamento/crença identificado:

Sei, de certeza, que [o pensamento/crença identificado] é verdade? Sei, de certeza, que [o pensamento/crença identificado] é importante neste momento?

 

Lembre-se que é a sua mente que tem de justificar se é verdade e importante. Se respondeu não à primeira pergunta, é meio caminho andado para responder que não é importante. Como é que um pensamento que não temos a certeza de ser verdade pode ser importante?  

Vamos supor que respondeu “Sim”, de uma forma convincente, à primeira pergunta. Mesmo assim, o seu pensamento/crença pode não ser importante. Algumas possíveis razões para não ser importante: referir-se a algo que já passou. Outra, é ter pouca importância em relação a tudo o que a rodeia. Uma terceira possível razão, é não poder fazer nada para alterar a situação a que o pensamento/crença se refere. Ainda uma quarta razão, é já ter pago (por exemplo, com infelicidade) mais do que o suficiente. Sugiro que experimente e avalie por si os resultados. Repita as perguntas durante alguns dias. No meu caso, os pensamentos/crenças incómodos tendem a desaparecer.  

 

Ajude os outros, mas comece por si.