Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Consultório de Astrologia

Os signos e a Vida Familiar

Dependendo da personalidade do seu signo do zodíaco irá comportar-se de formas diferentes quando estiver num ambiente da sua total confiança. Descubra qual importância que a sua vida familiar tem no seu dia a dia.

 

 

CARNEIRO

 

Os nativos de Carneiro adoram estar em família e são bastante divertidos,  embora por vezes se irritem e tornem um tanto agressivos.

Só vai sentir-se realizada se conseguir desenvolver a criatividade e tiver uma ocupação profissional, pois nunca se sente preenchida com o trabalho de casa. É muito apaixonada e os seus sentimentos são profundos e duradouros, a paixão consome-a integralmente. Consegue ter tempo para cuidar da casa, dar atenção à família e ainda desenvolver uma carreira de sucesso. O desafio no seu dia a dia é um ingrediente essencial para se sentir bem.

 

 

TOURO

 

Sob o ponto de vista afetivo é dedicado, possessivo e ciumento. Muito apegado à família, não olha a meios para defender e proteger os seus entes queridos. No entanto, pode demasiado manipuladora ou intransigente. Uma vez que detesta perder o controlo das situações exigem saber
exatamente tudo que se passa com a sua família. O nativo de Touro é muito ligado aos bens materiais, para ele a vida sem conforto e comodidade não tem qualquer interesse. Procura que a sua família viva em boas condições, e não olha a meios para o conseguir, por isso pode acumular trabalho ou fazer horas extraordinárias que lhe permitam aumentar os seus rendimentos.  

 

GÉMEOS

 

Os nativos de Gémeos são muito independentes e um tanto individualistas, por isso construir uma família não faz parte dos seus principais objetivos de vida. Contudo, quando encontram um parceiro que os compreenda e têm filhos, são pais dedicados embora se preocupem com o espírito de independência nos seus filhos. Quando crianças ou jovens os nativos de Gémeos não dão grandes preocupações aos pais, pois é preciso pouco para os deixar felizes e entretêm-se com qualquer coisa. O nativo de Gémeos procura que tudo esteja bem com toda a gente e evita conflitos desnecessários. Não se importa de fazer cedências ou dar o braço a torcer, pois procura acima de tudo o bom ambiente familiar. Numa família com signos como Caranguejo ou Escorpião pode ser acusado de ser um tanto frio e egoísta, pois Gémeos não é dado a grandes manifestações de afeto.  

 

CARANGUEJO

 

O Caranguejo é o signo mais voltado para a família. Quando criança, é extremamente dependente dos pais e a aprovação ou reprovação que recebe da parte deles marca a sua personalidade para toda a vida. Demora muito tempo a sair de casa e por vezes só o faz quando encontra um parceiro para casar. As pessoas de signo caranguejo são muito tradicionalistas e conservadores e preservam o seu conforto e a sua tranquilidade acima de qualquer outra coisa. Estes nativos são muito ligados à sua família, e adoram ouvir histórias acerca dos seus antepassados ou da sua própria infância. Podem passar horas a ver álbuns de fotos antigas ou objetos que tenham pertencido a um antepassado.  

LEÃO

 

Os nativos de Leão dão muita importância aos que amam, mas precisam de sentir que são apreciados e admirados. Quando os contrariam podem ficar amuados, pois sentem o seu orgulho ferido. A criança Leão adora ser o centro das atenções, exigindo o cuidado dos pais, dos irmãos, dos avós…

Na adolescência a personalidade do nativo de Leão destaca-se e começa a pôr em causa a autoridade dos pais. Uma vez que não gosta de cumprir ordens pode ter algumas discussões acesas. Quando têm filhos, os Leões são extremamente protetores e zelosos em relação às suas crias, que defendem com “unhas e dentes”. Embora sejam um pouco controladores, conseguem educar os seus filhos num bom clima de camaradagem.

 

VIRGEM

 

Embora não seja um signo particularmente voltado para a família, Virgem é zeloso para com os seus. Tendo uma natureza tranquila, procura que em casa tudo esteja em ordem, e é capaz de perder a paciência com algum familiar mais desarrumado, pois detesta ver as coisas fora de sítio.

O nativo de Virgem é por vezes solitário, pois estar só não o incomoda. Quando, no entanto, constitui família, é um excelente companheiro e sabe cuidar da casa e receber convidados. É sem dúvida competente em tudo o que faz, sendo muito preocupado com a educação dos seus filhos. A eficácia e organização fazem destes nativos pessoas polivalentes.  

 

BALANÇA

 

Os nativos de Balança são em geral muito apegados à sua família, à qual prestam a maior atenção e com quem têm muitos cuidados. A criança Balança é meiga e procura sempre fomentar a harmonia entre os seus pais. Sendo muito sensível, fica muito impressionada quando presencia zangas. Detesta que a castiguem ou critiquem, e precisa da aprovação dos seus familiares para crescer com confiança. Na juventude os nativos de Balança dão muita importância aos amigos e adoram sair com eles, mas procuram sempre convencer os pais através do diálogo, sem entrar em conflito direto com eles. Os nativos de Balança têm tendência para casar cedo e procuram que seja para toda a vida. Quando têm filhos são muito meigos e justos, procurando transmitir-lhes muito carinho e valores como a honestidade e a integridade.

 

ESCORPIÃO

 

Para os nativos de Escorpião a família tem uma grande importância. São muito apegados aos seus entes queridos, pois sendo pessoas naturalmente desconfiadas só confiam verdadeiramente neles. São, contudo, muito possessivos e isso pode gerar conflitos. Exigem saber sempre de tudo o que se passa à sua volta. Enquanto crianças não é fácil acatarem ordens, e os seus pais desesperam, pois a criança Escorpião acaba por fazer às escondidas aquilo que quer, desobedecendo às ordens que lhe são dadas. Enquanto jovens adolescentes mostram uma grande inconformidade às regras e quebram-nas frequentemente. Se têm irmãos mais novos são protetores ao exagero, assumindo quase o papel de pais. Quando têm filhos são muito controladores e não toleram atitudes de independência ou de rebeldia. O sentido de posse de Escorpião fá-lo sentir que tem o direito de saber tudo o que se passa com todos os membros da sua família.

 

SAGITÁRIO

 

Pode ser muito carinhoso ou muito autónomo. Enquanto jovem tem tendência para a rebeldia e a independência, porém quando se apaixona verdadeiramente acaba por se tornar mais sereno. No amor, gosta de estar ligado a outra pessoa e tenta criar uma família. Sente que tem espírito para ser pai e comandar ligeiramente a família. Vê os filhos como uma continuação de si próprio e adora poder passar para eles toda a sabedoria que adquiriu ao longo da vida.

 

CAPRICÓRNIO

 

Embora não seja particularmente voltado para a família, o nativo de Capricórnio procura assegurar aos seus todo o conforto material. É capaz de fazer horas extraordinárias para melhorar a sua condição financeira e assim fazer com que a sua família viva numa casa melhor. Não é dado a demonstrações de afeto e os abraços e beijos em público deixam-no constrangido. É preocupado com a sua família, embora por vezes pareça austero e seja autoritário.  

 

Aquário

 

Os nativos deste signo são muito independentes, e como tal não têm facilidade em aceitar os compromissos e as restrições da vida familiar. São muito independentes e não têm dificuldade em viver sozinhos. Com têm muitos amigos, não sentem tanta necessidade de constituir família como os nativos de outros signos. Enquanto filhos os nativos de Aquário podem entrar em conflito com um pai ou uma mãe demasiado conservadores ou possessivos. Como têm o seu sentido de independência já muito apurado, não reagem bem às ordens ou imposições. É necessário que os pais de nativos deste signo saibam valorizar a sua sensibilidade, pois embora não demonstrem o quanto as coisas os marcam por vezes ficam magoados com a falta de atenção da parte de quem amam.

 

PEIXES

 

Os nativos deste signo são pais extremosos e muito dedicados. Sendo extremamente sensíveis aos problemas dos seus filhos, sofrem muito quando algum deles adoece ou enfrenta uma situação difícil. Conseguem perceber o que os seus familiares sentem sem ser necessário trocar palavras, e
em geral as pessoas deste signo são muito carinhosas para com quem precisa da sua ajuda ou apenas do seu ombro amigo para desabafar. Devem, no entanto, moderar a sua compaixão para com os outros, pois podem sentir-se sufocados pelos problemas alheios, por os viverem tão intensamente.

 

 

 

Os segredos de Iemanjá

 

 Orixá de origem Africana, a denominada Rainha do Mar, é venerada por muitos, que acreditam que a sua força os ajuda a a afastar todas as tristezas  e a encontrar o amor. No Brasil, esta deusa é tão importante como alguns santos da Igreja Católica.

 

Considerada a “Afrodite Brasileira”, Iemanjá é a mãe de todos os Orixás, a deusa da compaixão, do perdão e também do amor incondicional. A sua veneração nasceu em África e foi levada pelos conterrâneos deste país para muitos outros, principalmente os da América do Sul. Acredita-se
que a sua força vem do mar e com os pedidos feitos a esta deusa se afastam todos os problemas que são arrastados para o fundo do mar, e onde também renasce a esperança de que melhores dias vão chegar. Vista por muitos como a Rainha dos Mares, ela é respeitada por todos aqueles que entram nas suas águas, já que, segundo a lenda, é ela quem decide aquilo que poderá acontecer no seu império. Os pescadores e todos aqueles que vivem do mar são-lhe especialmente dedicados, pois acreditam que as suas vidas estão nas suas mãos. Ela atende os mais diversos tipos de pedidos,
já que concentra em si o poder de mudar o destino de todos. A ela lhe são feitas solicitações sobre o amor, saúde, aflições ou problemas financeiros. Entre a santa católica Nossa Senhora dos Navegantes e Iemanjá existe um sincretismo especial. As duas são, em muitas regiões,
comemoradas no mesmo dia, com uma grande procissão fluvial. A sua identidade desta sereia do mar corresponde também a outros santos, tais como Nossa Senhora da Conceição, Nossa Senhora das Candeias, Nossa Senhora da Piedade ou Virgem Maria.

 

A lenda da mitologia

 

Conta a lenda que Iemanjá é casada com Oxalá e concentra em si toda a divindade da maternidade e cujos os seus filhos são peixes. Esta deusa terá nascido da relação entre Obatalá (o Céu) e Odudua (A Terra). Desta união, para além de Iemanjá terá também nascido Aganju e a Terra. Conta-se que Iemanjá terá também casado com o seu irmão Anganju de quem teve

 

um filho, Orungã. Este, por sua vez, apaixonou-se pela sua própria mãe, que tenta a afastar-se desta paixão impetuosa. No entanto, o filho não aceita a rejeição e na ausência de seu pai, decide violentar Iemanjá. A mãe tenta fugir, mas acaba por cair de costas e morrer. Assim que o seu corpo bate no ch

 

ão, dos seus seios brotem duas correntes de água que formam um grande lago e do seu ventre nascem outros deuses: Oxalá (que Iemanjá desposa mais tarde), Xango, deus do trovão, Dadá, deus dos vegetais, Oké, deus dos montes. Diz-se ainda que a bondosa Iemanjá, mãe de todos estes filhos, adorava dar-lhes presentes e que quanto mais oferecia mais recebia em troca. É por isso tão importante, a lição desta deusa que diz que é “dando que se recebe”. Também por isso, nos dias em que em várias regiões se comemora a data festiva da Rainha dos Mares lhe são oferecidas muitas flores e presentes.

 

As comemorações da padroeira dos amores

 

No Rio de Janeiro, no último dia do ano, são muitas as pessoas que se juntam perto do e vestidas de branco, atiram flores a Iemanjá fazendo os seus pedidos através da oração. Fazem-lhe também várias oferendas como velas, espelhos, pentes, sabonetes ou perfumes. Na Bahia, esta deusa é lembrada no dia 2 de fevereiro, a data litúrgica também de Nossa Senhora das Candeias. Em Cuba, Iemanjá é também venerada e assume o nome cristão de La Virgen da La Regla,l sendo a padroeira dos portos de Havana.

 

Oração à IEMANJÁ Infalível para o amor

 

Oh!
Iemanjá, sereia do mar.

Canto doce, acalento dos aflitos.

Mãe do mundo, tem piedade de nós.

 

Benditas são as bênções

que veem do teu reino.

Meu coração e a minha alma se

abrem para receber as suas bênçãos.

Mãe que protege, que sustenta,

que leva embora toda dor.

Mãe dos Orixás, mãe que cuida

e zela pelos seus filhos

e os filhos dos seus filhos.

Iemanjá, a tua luz

norteia os meus pensamentos

e as tuas águas lavam minha cabeça.”

 

Invocação a Yemanjá

 

Canto
sereno que assobia,

nos regatos lagos e cascatas.

Senhora faceira de beleza e ternura.

Protetora das crianças e de todos os que necessitam de tua graça.

Mãe Oxum, Deusa formosa dos rios.

A Mãe das Águas Doces, acolhe-nos em teu seio,

proporciona-nos paz e alegria.

Saravá Mamãe Oxum! Ora Iê Ie!

 

 

 

Pág. 5/5