Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Consultório de Astrologia

O destino marca a hora?

1801117_375051295988163_511368688604897198_o.jpg

 
A palavra "destino" vem do latim e designava algo que estava "firmemente estabelecido para uma pessoa", ou seja, algo a que não se podia fugir ou escapar.

Referimo-nos ao destino como algo que não podemos evitar, a que não podemos escapar, e muitas pessoas consideram que o destino é a expressão da "vontade de Deus".

Desde o início dos tempos o homem teve necessidade de atribuir um significado aos factos que aconteciam e ao curso que a sua vida assumia, muitas vezes com acontecimentos inesperados e reviravoltas nas circunstâncias.

Tudo no universo está interligado, tudo é energia, e por essa razão o universo devolve-nos sempre aquilo que emitimos. É por isso que os nossos pensamentos criam a nossa realidade, pois são a vibração energética que emitimos, e que nos é devolvida.


Apesar de parecer existir uma ordem primordial à qual a nossa vida obedece, a todo o momento o ser humano tem ao seu dispor o seu livre-arbítrio, e e ele que o faz construir o seu destino e refazê-lo passo a passo.

O tarot e os métodos de adivinhação baseiam-se precisamente na tendência para as situações acontecerem de determinada maneira. No entanto, eles não são deterministas porque estamos sempre a tempo de mudar as circunstâncias, ou pelo menos fazer com que elas corram de maneira um pouco diferente do que o "plano" que estava estabelecido.

Conhecer antecipadamente aquilo que o destino nos reserva ajuda-nos a lidar melhor com as situações, pois estamos preparados para fazer do nosso destino o melhor caminho para nós.

Casos reais do oculto!

Haverá intervenção divina em situações quase transcendentais ou não passarão de pura coincidência? É a pergunta que nos fazemos quando os casos mais insólitos se tornam pura realidade, dignos das melhores ficções. Conheça casos de vida real que apenas conseguem ser explicados através de fenómenos sobrenaturais.

 

O bebé milagre

Esta é uma das histórias mais recentes e que casou grande espanto na Argentina, este ano. A filha de um casal deste país nasceu de 28 semanas e os pais foram informados pelos médicos que a bebé não teria sobrevivido com tão tenro tempo de gestação. A criança nasceu no Hospital Perrando e foi levada para a morgue da mesma instituição médica. À noite, os pais da bebé recém-nascida quiseram ver o seu corpo e quando um funcionário abriu a gaveta onde se encontrava a pequena Luciana Abigail, a mãe deu conta que a criança afinal estava viva. Ela conta que ouviu um pequeno gemido e que logo chamou alguém que a ajudasse. O diretor do hospital tentou dar uma explicação científica para este caso, explicando que uma possível hipotermia teria causado uma espécie de hibernação, sem que os sinais vitais desaparecessem por completo. Este foi um facto que chocou toda a comunidade e, neste momento, decorre uma investigação para apurar responsabilidades. Os pais atribuem esta situação a um verdadeiro milagre e, por isso, decidiram mudar o nome da bebé para Luz Milagros. Um verdadeiro fenómeno sobrenatural que veio trazer a felicidade de volta a este casal.

 

Os pais da pequena Luz Milagros aliviados depois de descobrirem que a filha estava viva

 

A pequena Luz lutou para sobreviver



 

O enigma do edifício Joelma

 

Este é um dos casos mais misteriosos que se terão passado no Brasil. Em fevereiro de 1974, um edifício denominado de Joelma ardeu, ceifando a vida a 189 pessoas. E segundo alguns especialistas do sobrenatural o espaço onde se encontrava o prédio de 20 andares é cercado de uma estranha energia espiritual. Esta história torna-se mais aterradora, ao descobrir-se que aproximadamente há 30 anos atrás, em 1947, naquele mesmo local morava Paulo Camargo, um professor de 26 anos que terá assassinado a sua mãe e as duas irmãs e as terá enterrado num poço, construído por si nesse terreno. Ao ser descoberto pelas autoridades, o jovem suicidou-se com um tiro no coração. Muitas teorias correram sobre este crime, mas as duas que prevaleceram contaram que Paulo terá assassinado a sua família, porque esta não aceitava com bons olhos a sua nova namorada. A segunda, diz que este homem cometeu o crime, porque tanto a mãe como as irmãs estavam doentes e ele não queria cuidar delas. Nunca se chegou realmente a saber o que terá levado o jovem a cometer tal ato de loucura. A verdade é que anos mais tarde, neste edifício, localizado exatamente no mesmo sítio, decorreu um dos maiores incêndios de São Paulo. Muitas histórias bizarras foram contadas à volta desta tragédia e muitos cultos nasceram depois do drama. Um deles é o das 13 almas penadas. Segundo os relatórios oficiais, 13 pessoas entraram no elevador para tentar fugir às chamas, mas ninguém se salvou. Mas o mais estranho é que a polícia não conseguiu identificar nenhuma das pessoas que morreram nesse local. Para sempre, estas 13 pessoas ficaram conhecidas como as 13 almas penadas e foram enterradas juntas numa mesma campa. No cemitério São Pedro, onde estão enterradas criou-se um culto. Os mais crentes levam flores e pedem ajuda, regando constantemente o túmulo. Dizem que como morreram queimadas, estas vítimas precisam constantemente de água. 

 

Os corpos de algumas vítimas do malogrado edifício

 

O edifício Joelma em chamas

 

 

A história das irmãs Fox

No século XIX, esta foi a história que despertou as mentes para o espiritismo. No estado de Nova Iorque, numa casa situada numa pequena vila chamada Hydesville, habitada pela família Veckmann, começaram a ouvir-se ruídos misteriosos. Seis meses mais tarde, a casa foi vendida à família de John Fox, um membro da igreja episcopal metodista. Ele vivia com a sua mulher e duas das suas filhas, Margaret e Kate, de 14 e 11 anos respetivamente. Os primeiro três meses na nova casa, tudo foi tranquilo, mas passado esse tempo, a família começou a ouvir ruídos, como se algo caísse sobre o chão. O soalho vibrava com tal intensidade que ninguém conseguia dormir.

A 31 de Março de 1948, quando o Sr. Fox estava ausente, mãe e filhas não tendo conseguido pregar olho durante a noite, tentaram dormir durante o dia, mas as batidas continuavam. As duas meninas decidiram então responder àquele fenómeno com a mesma espécie de batidas e para seu grande espanto os golpes intensificaram-se a cada batidas delas. O facto surpreendeu tanto, que a mãe chocada decidiu fazer perguntas possíveis de serem respondidas com números. As respostas dadas com as batidas foram todas corretas. Perante isso, a Sra. Foz decidiu chamar alguns vizinhos para assistir àquele mistério. Quem assistiu ficou estufacto, mas logo surgiram pessoas descrentes que tentaram descredibilizar os acontecimentos. Diziam que alguma das irmãs estaria a fazer aqueles barulhos com o joelho ou mesmo que alguma delas era ventríloca. Foram três as comissões de inquérito montadas para averiguar a veracidade dos factos, e todas concluíram que não havia qualquer embuste.

Toda a família foi acusada de ser impostora pela sua congregação e obrigados a renunciar a essas práticas, as meninas quase que foram linchadas pela população, mas o Sr. E a Sra. Fox estavam disposto a correr qualquer risco para provarem que não mentiam. No momento em que a terceira comissão disse que não conseguia provar que este fenómeno era falso, quem estava presente quis “partir” para cima de Kate e Margaret. Quem as salvou das mãos da população furiosa foi Georges Villets, que as protegeu com o seu corpo e reconduziu a multidão a sentimentos mais humanos. Este fenómeno foi assistido por muitos, portanto não se pode dizer que passavam de delírios de uma família perturbada.

Através de combinação alfabética com as pancadas produzidas, as irmãs Fox teriam obtido a identidade daquele que supostamente produzia os sons. Tratar-se-ia de um mascate de nome Charles B. Rosma, o qual tinha trinta e um anos quando, quatro anos antes, teria sido assassinado naquela casa e enterrado na adega. O assassino teria sido um antigo inquilino o que, pela data, levou a deduzir que o crime poderia ter sido cometido pelo Sr. Bell. Os mais interessados em esclarecer o caso resolveram escavar a adega, visando encontrar os despojos do suposto assassinado.

As escavações não levaram a quaisquer resultados uma vez que não foram encontrados quaisquer indícios de restos mortais. Por essa razão foram suspensas.

Nesta altura já havia surgido ao menos um depoimento de quem se lembrava da passagem pela região de um certo mascate na mesma data em que o suposto espírito indicou como sendo o do seu assassinato. Esse depoimento, com riqueza de detalhes, descrevia o comportamento muito suspeito dos antigos proprietários da residência em Hydesville, o Sr. Bell e a esposa que, sozinhos, teriam recebido o mascate, tendo até dispensado os empregados da casa naqueles dias.

No Verão de 1848, David Fox, irmão mais velho da família, fez mais escavações. A uma profundidade de um metro e meio, encontraram uma tábua. Aprofundada a cova, encontraram restos de carvão, cal, cabelos e alguns fragmentos de ossos que, de acordo com Doyle, foram reconhecidos por um médico como pertencentes a um esqueleto humano; mais nada. Evidências comprovadas na época em que estes achados demonstram pelo aspecto e textura dos materiais analisados a sua autenticidade por alguns cientistas deste período como Willian Crooks, Lombroso, Alexander Aksakof e o inglês Wallace.

 

As irmãs Fox

 

A casa onde os ruídos paranormais começaram

 

A coincidência de Figlock

Em Detroit na década de 1930, uma mãe jovem (e incrivelmente negligente) deve ter sido eternamente grata a um homem chamado Joseph Figlock. O bebé da mulher que caia por uma janela bem alta foi salvo em pleno ar por Joseph e ambos saíram ilesos. Um golpe de sorte por si só. Porém, um ano mais tarde o mesmo bebé caiu exatamente da mesma janela sobre o mesmo homem enquanto ele passava pela rua. Novamente ambos sobreviveram à situação, o que deixou todos boquiabertos, conseguindo apenas explicar este fenómeno como um verdadeiro milagre.

“Quero deixar de fumar mas não consigo”

«Tenho 35 anos e fumo desde os 15. Como seria de esperar tenho vários problemas de saúde, pois as minhas vias respiratórias estão bastante afectadas por tantos anos de fumo e poluição.
Gostaria que me indicasse um Cristal que me ajudasse a abandonar este terrível vício, pois já tentei várias vezes e sozinha não consigo.»

 

Paula, Lisboa

 

Cara Leitora:

Para conseguir deixar de fumar é essencial que tenha muita coragem e força de vontade pois não é nada fácil deixar um vício antigo. Consulte o seu médico e aconselhe-se sobre os métodos que pode utilizar para deixar de fumar definitivamente. Para a ajudar aconselho a que tenha sempre junto a si um Cristal Quartzo que ajuda a desintoxicar o organismo e a libertar-se do vício do tabaco.

Ritual atrair o amor

 

Este Ritual especial para 2 corações apaixonados vai atrair o amor de quem mais deseja e fará com que tenha um romance feliz.

 

 

Precisa de:
- 2 velas lamparinas vermelhas
- 1 taça grande
- 2 chávenas de leite
- 2 colheres sopa de mel
- 2 colheres chá de canela
- 2 rosas vermelhas
- 2 Hematites Magnéticas

 

Preparação:

  1. Acenda as velas lamparinas vermelhas
  2. Misture o leite, o mel e a canela dentro da taça para preparar o seu banho de amor.
  3. Desfolhe as duas rosas e deite as pétalas no leite.
  4. Pegue nas duas hematites e diga em voz alta, enquanto as une.

"Que o Poder do Amor
atraia quem mais desejo.
Que seja suave como o leite,
doce como o mel,
perfumado como as rosas,
ardente como estas velas
e bom como a canela."


5. Tome um duche e derrame a mistura de leite do seu pescoço para baixo. Limpe com cuidado, sem passar por água.
6.  Quando as velas terminarem de arder, deite fora os restos.
7.  Coloque as hematites no seu quarto.

O cristal amuleto de cada signo

Cristais.jpg


Sabia que de acordo com o elemento a que cada signo pertence é possível encontrar o amuleto certo para o proteger, ativando o seu potencial e pondo em destaque a sua energia mais positiva?

Carneiro: Jaspe Vermelho – beneficia a saúde, a fertilidade e a abundância. Protege contra a inveja e a energia negativa, dá força e dinamismo.

Touro: Quartzo Rosa – ajuda a atrair o amor e a desenvolver o poder de sedução.

Gémeos: Pedra do Sol – amplia a energia positiva e cria a harmonia no lar.

Caranguejo: Quartzo Transparente – promove a cura e tranquilidade para a sua vida.

Leão: Olho de Tigre – aumenta a capacidade de detetar os perigos, vencer os inimigos e aumentar a força.

Virgem: Ametista – cria estabilidade, dá força e vigor físico e promove a paz interior.

Balança: Cornalina - harmoniza o corpo e a mente. Auxilia na entrada de dinheiro e na conclusão de projectos com sucesso.

Escorpião: Onix – ajuda a tomar decisões com sabedoria e serenidade. Aumenta o autocontrole das emoções.

Sagitário: Venturina – auxilia nos bons negócios estimulando a criatividade e concretização dos mesmos.

Capricórnio: Obsidiana – desenvolve a confiança e o poder pessoal. Afasta as energias negativas.

Aquário: Sodalite – elimina o medo, acalma e limpa e estabiliza a mente.

Peixes: Pedra da Estrela – aproxima os apaixonados, aumenta a concentração e a intuição. É a pedra ideal para os estudantes.

Uma forma simples de se livrar das más energias!

Reza a lenda que o Olho Turco passou a ser usado como amuleto na Turquia desde o dia em que um homem que, dizia-se, tinha "olho gordo", ou seja, inveja, conseguiu quebrar uma rocha só de olhar para ela.

Desde então, os turcos passaram a acreditar que o mau olhado era algo com um poder terrível, e que para estarem protegidos precisavam de ter consigo um "olho grande" também, que serviria como escudo.

 

O Olho Turco protege quem o possui e afasta as invejas, energias negativas e mau olhado. É um dos mais fortes amuletos de proteção contra a inveja e o mau olhado.

Pendure o seu Olho Turco junto da porta de entrada de sua casa, para afastar as invejas e o mau olhado que lhe tiram energia e saúde.

olho turco maria helena.gif

Veja grátis: Horóscopo diário !

 

maria helena.jpg

 

Envie-me um e-mail em branco e receba uma surpresa!

Clique aqui!

Estimule a sua vida afetiva!

Para estimular a segurança afetiva num relacionamento o Feng Shui aconselha a que dê particular atenção a duas áreas - Noroeste e Sudoeste - que representam, respetivamente, o marido e a mulher, o pai e a mãe. Colocar determinados símbolos nestas partes da casa ajuda a criar bom Feng Shui e fortalece os laços de união.

 

 

 

A força dos dois pontos cardeais

 

Estes dois cantos da casa – Noroeste e Sudoeste – têm de existir, pois de contrário existirá uma falha na base da família, havendo um consequente desequilíbrio entre o Yin e o Yang. Se está à procura de casa porque vai casar ou viver com o seu companheiro, preste atenção a este pormenor e, com a ajuda de uma bússola, assegure-se de estes cantos existem, evitando ter de corrigir este desequilíbrio depois.

 

  

O noroeste e o sudoeste atraem os pares

Se numa casa falta o canto a Noroeste, pode haver a tendência para uma ausência do marido – que pode, por exemplo, ter um trabalho que o obrigue a realizar viagens constantes ou a estar fora de casa durante um tempo muito prolongado. Uma mulher que viva sozinha numa casa sem Noroeste poderá ter dificuldade em casar. Um homem solitário deve dar mais atenção ao canto a Sudoeste, se deseja encontrar esposa.

Uma casa em que esta área a Noroeste se destaca e está bem iluminada transmite naturalmente uma poderosa energia, sendo a presença do homem da casa bastante forte. 

 


 

Reforce o canto Noroeste

Desta forma, é importante manter o espaço Noroeste desimpedido e livre de tralha como jornais e revistas acumulados ou caixas empilhadas. Reforce a energia deste local com luzes e cristais, mantenha-o limpo e bem iluminado. Não é aconselhável ter a casa-de-banho, cozinha ou despensa localizadas aqui. A casa-de-banho representa o escoar da sorte “pelo cano abaixo”. Ter uma despensa nesta localização pode causar no homem da família a sensação de estar preso, atulhado de responsabilidades, enquanto que a cozinha, e em particular o fogão, pode “inflamar” os ânimos do marido e causar discussões constantes. O melhor uso para a parte Noroeste da casa são atividades que promovam o convívio em família, e como tal é uma ótima localização para a sala de estar ou para a sala de jantar.

 

Mezinha para Proteger os Filhos

protecção

 

Para Proteger os seus filhos

 

Este ritual deve ser feito durante 3 dias seguidos, sempre à mesma hora, para fixar o seu pedido. Para obter melhores resultados, deve começar num domingo.

 

Vai precisar:

1 Bolsinha

1 Fita Azul

1 Folha branca recortada em forma de estrela (5 pontas)

pós mágicos feito com "pós de estrelas"

1 papel com nome dos seus filhos escrito

9 cones de incenso

3 velas de lamparina

 

Coloque a folha de papel (em forma de estrela, no chão ou num sítio seguro, longe de material inflamável. Ponha o papel com dos seus filhos no centro e desenhe um circulo à volta dele,m utilizando as 3 velas e ps 9 cones de incenso. Ponha a bolsinha e a Fita Azul dentro do círculo e por cima do papel, sem o tapar.

 

Acenda Cuidadosamente as velas e os cones de incenso, usando fósforos de madeira. Peça ao universo que proteja os seus filhos ou a sua família em geral, afastando o mau-olhado e as energias negativas. 

Visualize a família unida e feliz. Enquanto faz o seu pedido, espalhe um punhado de "pós mágicos" sobre o papel com o seu nome. Agradeça as graças obtidas. Apague cuidadosamente as velas e o incenso, mas não desfaça o círculo, pois deve permanecer onde está.

Durante os dois dias seguintes acenda novamente as velas e o incenso, faça o seu pedido com o coração cheio de fé, espalhe um punhado de pós mágicos por cima, e agradeça.

 

Ao quarto dia, recolha o papel com os nomes e os pós mágicos e coloque tudo na bolsinha. Ate com a fita azul , dando 10 nós bem firmes.

Deve colocar este saquinho no fundo de uma gaveta escondida do roupeiro, dentro do quarto dos filhos. Deite fora as velas e os incensos.

 

A sua família estará mais forte, e os seus filhos sentir-se-ão  mais saudáveis e protegidos. 

 

Liberte-se da desarrumação!

erros-a-evitar-na-decoracao-de-um-quarto.jpg

 

Agora que os dias estão mais pequenos e apetece ficar em casa, aproveite o tempo livre para renovar o ambiente que o rodeia! Sem nos darmos conta acumulamos em casa objetos dispensáveis, pensando que mais tarde nos virão a fazer falta.

 

Segundo o Feng Shui, o espaço onde vivemos afeta o nosso bem estar físico, mental e emocional. Uma casa desarrumada reflete uma mente desorganizada e bloqueia a capacidade de concentração. Acumular coisas antigas impede-nos de nos libertarmos do passado, de viver o presente e abrir portas ao que o futuro tem para oferecer. Mudar a disposição dos objetos, livrarmo-nos do que não nos faz falta, reciclar ou dar a outras pessoas cria espaço na nossa vida para novas alegrias e permite uma renovação a vários níveis.

 

Ao pormos a casa em ordem assumimos o controlo da nossa própria vida. Por outro lado, ter em casa objetos caros, mas com os quais não nos identificamos, impede-nos de ter uma visão clara de nós mesmos. Tudo aquilo que nos rodeia deve identificar-se connosco e fazer-nos sentir bem.

 

Se pensa que "um dia" vai limpar tudo de uma vez, irá adiando "esse dia" por tempo indeterminado. Não queira mudar tudo de repente, a pressa só o fará esgotar energias! Comece por pequenos passos diários. Deite fora revistas e jornais velhos. Esvazie diariamente o caixote de lixo e os cinzeiros.

 

Ao adquirir um objeto novo, doe outro mais antigo. Não guarde no seu armário coisas que já não usa há mais de um ano. Habitue-se a fazer uma limpeza geral semanalmente. Arrume os objetos de modo a conseguir encontrá-los rapidamente. Procure caixas ou armários que lhe pareçam atrativos, é fundamental gostar do que vê à sua volta. Mantenha algum espaço livre dentro dos locais de arrumação; segundo o Feng Shui espaços completamente cheios bloqueiam o fluxo de energia vital ("Chi").

 

É também importante que portas e gavetas abram sem dificuldade. Ter prateleiras por cima da cama ou das portas transmite sensações de opressão, falta de energia ou angústia. Do mesmo modo, guardar coisas debaixo da cama pode causar problemas de sono. Não pendure casacos pesados detrás da porta principal ou do seu quarto, que a impeçam de abrir completamente. Arrume tudo num local acessível mas que não esteja à vista. Quanto a objetos decorativos e fotografias, escolha alguns de que gosta e renove-os de tempos a tempos, pois irá apreciar melhor o que vê.

 

Analise as divisões de sua casa e seleccione aquilo que está a mais em cada uma delas. Arrumar a cozinha, o local onde preparamos e ingerimos os alimentos vitais para a nossa subsistência, cria espaço para receber conforto e apoio. A sala de estar ou jantar representa o modo como nos relacionamos com os outros, por isso procure perceber como pode melhorá-la. Encare a casa de banho como um espaço dedicado à purificação do seu corpo e aprenda a torná-lo o mais limpo possível. No quarto, se não houver ordem dificilmente haverá descanso.

 

Tendo em mente todas estas ideias, lembre-se que o Feng Shui procura a harmonia e o equilíbrio. De nada serve seguir estes preceitos se os encarar como obrigações. Descubra a sua maneira pessoal de encontrar harmonia. Se tem pouco espaço, aprenda a fazer opções e libertar-se daquilo que não lhe é necessário. Deixe a boa energia circular livremente no seu lar!

Para a semana irei trazer-lhe novas surpresas!

 

Dicas de Feng Shui

Seja criterioso na arrumação dos seus armários. Procure uma forma simples de dar mais valor às peças de que realmente gosta, e livre-se de tudo o resto! Quanto menos coisas existirem ao seu redor, melhor saberá apreciar cada uma delas!

Pág. 1/3