Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Consultório de Astrologia

Afinal, qual é o meu signo?

roda astológica.jpg

Embora quase toda a gente saiba qual é o seu signo, muitas pessoas têm dúvidas porque nasceram num dos dias de transição entre um signo e outro. "Afinal, sou Capricórnio ou sou Aquário?", poderá questionar-se a D.ª Alice, que nasceu a 20 de Janeiro. Ou "nunca soube se sou Sagitário ou Capricórnio, dirá o Pedro, que nasceu a 21 de Dezembro. Porque é que isto acontece? Como saber que signo deve consultar no horóscopo?

Em primeiro lugar, convém explicar que o "signo" a que as pessoas normalmente se referem quando perguntam "De que signo és?" é o signo solar, isto é, o signo onde estava o Sol no dia em que a pessoa nasceu.

O Sol e os planetas do sistema solar descrevem as suas órbitas no Céu, e os primeiros Astrólogos definiram o Zodíaco como uma espécie de "cinto" que envolve a Terra, dividido em 12 signos.

roda astrológica 1.gif

Assim, o movimento do Sol, da Lua e dos planetas, quando vistos da Terra, faz com que vão "atravessando" o Zodíaco. No caso do Sol, ele leva um ano inteiro a descrever uma volta completa ao Zodíaco, permanecendo cerca de 30 dias em cada um dos doze signos - cada dia corresponde a um grau no Zodíaco (já que a Roda do Zodíaco é um círculo completo, com um total de 360º).

Nesta imagem vemos a Terra e o Sol, e o Zodíaco - a "roda" imaginária composta pelas 12 constelações, cada uma delas correspondente a um signo do Zodíaco.

Quando o Sol chega ao grau 30 de um signo, passa para o signo seguinte. Esta é a data de início de um novo signo do Zodíaco. Ao observarem que as passagens de cada signo ocorriam na mesma altura, os sábios Antigos fixaram as datas de início para cada signo:

Carneiro – 21 de Março a 20 de Abril

Touro – 21 de Abril a 21 de Maio

Gémeos – 22 de Maio a 21 de Junho

Caranguejo – 22 de Junho a 22 de Julho

Leão – 23 de Julho a 23 de Agosto

Virgem – 24 de Agosto a 23 de Setembro

Balança – 24 de Setembro a 23 de Outubro

Escorpião – 24 de Outubro a 22 de Novembro

Sagitário – 23 de Novembro a 21 de Dezembro

Capricórnio – 22 de Dezembro a 20 de Janeiro

Aquário – 21 de Janeiro a 19 de Fevereiro

Peixes – 20 de Fevereiro a 20 de Março

Contudo, estas datas são aproximadas (e por vezes podem variar nos horóscopos, conforme o Astrólogo considerar serem mais corretas) porque o movimento dos planetas, e do Sol, não obedece às nossas "horas". Isto é, a entrada do Sol em cada signo varia de ano para ano, havendo um ou dois dias de margem, e tendo também em conta que o Sol não entra em cada signo logo à meia-noite de cada dia de transição. Por exemplo, uma pessoa que nasceu a 23 de Outubro de 1979, às 21.00, tem o Sol ainda em Balança (é de signo Balança), mas uma pessoa nascida no mesmo dia, 23 de Outubro, mas de 1976, também às 21.00, tem o Sol já em Escorpião (é de signo Escorpião).

Assim, consultar o horóscopo, algo simples para a maioria das pessoas, pode não ser assim tão fácil para quem não sabe ao certo qual é o seu signo, como acontece com as pessoas nascidas nas seguintes datas:

20 e 21 de Março - pode ser Peixes ou Carneiro

19 e 20 de Abril - pode ser Carneiro ou Touro

20 e 21 de Maio - pode ser Touro ou Gémeos

20 e 21 de Junho - pode ser Gémeos ou Caranguejo

22 e 23 de Julho - pode ser Caranguejo ou Leão

22 e 23 de Agosto - pode ser leão ou Virgem

22 e 23 de Setembro - pode ser Virgem ou Balança

23 de Outubro - pode ser Balança ou Escorpião

22 e 23 de Novembro - pode ser Escorpião ou Sagitário

21 e 22 de Dezembro - pode ser Sagitário ou Capricórnio

19 e 20 de Janeiro - pode ser Capricórnio ou Aquário

19 de Fevereiro - pode ser Aquário ou Peixes

Então, como posso saber qual é o meu signo?

Se nasceu num dos dias de mudança de signo a única forma de saber, com exatidão, a que signo pertence é fazer o seu Mapa Astral, que é um "retrato personalizado do Céu do seu nascimento". Apenas através da sua data de nascimento completa, com dia, mês, ano, hora e local pode saber em que grau estava o Sol quando você nasceu, e em que signo.

E na prática, como é que isso me afeta?

Na prática, as pessoas que nascem num dia de transição entre dois signos têm sempre influência de ambos, embora o signo em que está o Sol no seu Mapa Astral mostre a sua essência, a sua personalidade. 

Uma pessoa que nasceu no dia 21 de Março é Carneiro, mas tem uma personalidade diferente de uma pessoa que nasceu a 2 de Abril, porque enquanto esta última data está distante de outros signos, a primeira ainda recebe muitas influências do signo Peixes, que filtra a sua personalidade de Carneiro, dando-lhe uma tónica diferente.

Independentemente de ser Gémeos ou Caranguejo, uma pessoa que tenha nascido no dia 22 de Junho tem uma personalidade que combina caraterísticas de ambos os signos, pode ser mais tímida que um Gémeos comum, mas mais independente que outros Caranguejos, por exemplo.  No entanto, "no momento da verdade", quando as situações nos exigem que mostremos realmente o que valemos, é sempre o signo onde está o Sol que se expressa. Por essa razão, as pessoas que nasceram em dias de transição muitas vezes surpreendem os outros, que os associam mais à personalidade de um dos dois signos e, numa discussão, numa situação de emergência, de tensão, ou de maior intimidade, se espantam ao vê-las de agir de outra forma, muito diferente. 

Em Astrologia, chama-se Cúspide a este período de transição entre os signos, ou seja, aos últimos graus de um e aos primeiros de outro.

10 coisas para fazer no Outono

Agora que o Verão já se despediu e o Outono chegou em força aos nossos dias, é tempo de mudar de hábitos e encontrar um novo equilíbrio para estar em harmonia com a Natureza. Porque razão deve fazê-lo? Porque ao seguir os ritmos da Natureza a nossa energia flui com maior naturalidade e toda a nossa vida passa a correr melhor, as oportunidades vêm ao nosso encontro e sentimo-nos em paz com tudo o que nos rodeia.

Outubro.jpg

 

Os povos mais antigos tinham um profundo respeito pelos ritmos da Natureza, que seguiam e veneravam, porque sabiam que somos todos parte de um Todo universal, no qual todas as coisas estão interligadas e se influenciam mutuamente. Eles estudavam e observavam cuidadosamente os eventos cósmicos e o seu reflexo na Natureza porque sabiam que deles advinham sempre mudanças no seu dia-a-dia. As mudanças de estação, sempre anunciadas pelos Equinócios ou pelos Solstícios, são acontecimentos cruciais ao longo do ano, porque marcam o tempo em que a Natureza muda de direção no seu fluxo constante. Ao reconhecermos a importância destes ritmos e entrarmos em harmonia com eles torna-se mais fácil sentirmo-nos bem connosco e com a nossa vida. E, porque se trata de uma infinita cadeia energética, se estivermos em paz connosco e  com o que nos  rodeia será mais fácil ter sucesso no nosso dia-a-dia em todas as áreas da nossa vida. Lembre-se sempre que a energia atrai energia semelhante.

Por isso, agora que começou o Outono descubra o melhor que esta estação tem para lhe oferecer e deixe de se lamentar porque é tempo de voltar a usar as botas e os casacos e os sunsets na praia já parecem estar muito distantes. Anime-se, porque o tempo frio também nos pode aquecer o coração!

No início da Primavera ensinei-lhe 5 coisas para fazer na Primavera. E, para lhe mostrar como o tempo frio tem tanto para nos dar, desta vez vou dar-lhe 10 sugestões de coisas - mesmo boas - para fazer no Outono!

10 coisas para fazer no Outono:

1 - Limpeza geral na sua casa

É aborrecido, mas tem de ser. Vai ver que os benefícios que daí advêm compensam todo o esforço. No Outono a Natureza liberta-se das folhas e ervas mortas, lembrando-nos que este desapego é essencial para que novos rebentos possam voltar a nascer. Siga este exemplo e faça uma limpeza geral a toda a sua casa, tendo o cuidado de criar espaço. Como? Arranje uma caixa de cartão grande e, à medida que limpa e arruma, certifique-se de que retira de cada divisão algumas coisas que já não usa ou que não precisa. Depois, dê-as a alguém que ainda lhes pode dar utilidade (guardar a caixa no sótão não conta!). Esse espaço que deve deixar vazio virá a ser preenchido, naturalmente, nos próximos meses. Deixe que a vida lhe traga coisas novas!

2 - Mãos e garganta quentes... coração quente!

Prepare-se para o tempo mais frio: faça um cachecol e umas luvas quentinhas ou compre conforme a sua preferência. Não precisa de gastar muito dinheiro. Quando estreamos peças de roupa novas sentimos-nos mais confiantes e motivados, por isso estes agasalhos vão trazer-lhe um novo ânimo para esta estação.

3 - Prepare uma mini biblioteca

O tempo frio é ideal para passar tardes em casa, sentado confortavelmente e enrolado numa manta, na companhia de um bom livro. Organize um espaço em sua casa com alguns livros para ler neste Outono. A quantidade de livros dependerá, claro está, da sua preferência. Se não gosta de ler, prepare revistas de passatempos, como os livros para pintar, por exemplo. Estas atividades relaxantes e mentalmente estimulantes são ideais para cultivar no Outono. 

4 - Relaxe com a Natureza

O Outono funciona como um tempo de preparação para o Inverno, por isso ainda não é tempo de ficar trancado em casa! Mantenha alguns dos hábitos que tinha no Verão, ainda que tenha de ir melhor agasalhado. Uma caminhada diária (ou aos fins de semana) pela praia ou pelo campo são revigorantes e essenciais para manter o seu corpo - e a mente - em boa forma. 

5 - Vá ao cinema

Se a chuva ameaça estragar os seus planos, não se atrapalhe. Ir ao cinema num dia de Outono é uma das atividades mais reconfortantes e relaxantes que pode fazer. É que no Verão o calor e o sol não convidavam a entrar numa sala de cinema, mas agora ela vai parecer-lhe muito acolhedora. E o seu espírito sentir-se-á mais leve e restabelecido!

6 - Faça um bolo

Sábado à tarde em casa? Prepare um programa que a sua família vai adorar, e no qual os seus filhos e o seu par também devem participar. Faça um bolo de iogurte, de noz, de canela, de laranja, ou de qualquer outro sabor desta estação! Também podem optar por bolachinhas, biscoitos, panquecas... quando o cheirinho destas iguarias se espalhar pela sua casa vai sentir o quanto o Outono pode ser reconfortante!

7- Faça planos

A palavra Outono significa, na sua etimologia, "crescimento". Por isso, esta é a altura do ano ideal para traçar metas e objetivos, definir sonhos e esboçar planos. Compre um caderno de folhas brancas e crie o hábito diário, ou pelo menos regular, de tomar notas. Faça listas de objetivos e defina datas para os alcançar, descreva os seus sonhos e aquilo que mais deseja conquistar. Ter objetivos definidos ajuda-nos a ter motivação para viver.

8 - Fortaleça as suas bases

O Outono é também a altura ideal para se fortalecer a todos os níveis, cuidando das bases em que a nossa vida assenta. Assim, dedique mais tempo à sua relação amorosa e à sua vida familiar. No Verão é natural que estejamos mais tempo com os amigos e fora de casa. Agora, sem descurar as amizades, é a altura ideal para cuidar melhor de quem temos mais próximo. Imprima as fotografias dos melhores momentos das férias e crie uma moldura original, que deve pendurar no seu quarto ou na sala. Faça o mesmo para os seus filhos. As memórias de bons momentos passados trazem ânimo ao coração e lembram que, não tarda nada, o sol voltará a brilhar.

9 - Fortaleça o seu corpo

Crie novas rotinas de vida mais saudável. Descubra novas atividades físicas que possam ajudá-lo a descontrair e a relaxar e que, ao mesmo tempo, lhe tragam mais força, resistência e elasticidade. Seja ginástica, natação, dança, yoga ou o que for, o que importa é que se sinta bem... e que não falte! Mais vale começar por um plano mais simples, praticando 2 vezes por semana sem faltar.

10 - Cuide de si

Dedique mais tempo a si próprio. Reserve diariamente algum tempo para estar sozinho, sem interrupções nem preocupações, e procure apenas ouvir a sua mente, compreender o que o seu corpo lhe diz, aquilo de que precisa. Faça coisas que lhe dêem prazer, liberte-se daquilo de que não gosta ou que não o faz sentir-se bem. Seja seu amigo, cuide de si com amor!

Simpatia especiais das Fadas

Seres dotados de um grande poder, as fadas vão ajudá-la, com a ajuda da natureza, a proteger-se de todos os males. Realize estes rituais para pedir mais sorte no amor, na saúde ou no trabalho. Magicamente, eles vão intervir no seu destino. Faça as simpatias especiais das Fadas, num local tranquilo e use toda a sua fé para obter os resultados desejados.

 

 

 

Simpatia da Fada do Amor

Para ser feliz com o seu amado

 

De manhã, junto da sua Fada do Amor acenda uma vela vermelha, durante sete dias, sob num pires branco. Enquanto a vela queima ofereça a seguinte prece a este Ser especial: “Querida Fada do Amor, que eu possa sempre sentir Amor... E, se em algum momento não sentir Amor, que eu possa relembrar tão logo seja possível.

Que minhas caminhadas estejam sempre casadas com os quereres mais nobres de minha alma... E, se houver aí alguma separação, que
eu redescubra a conexão, tão logo seja possível”.


Depois de deixar a vela queimar até ao fim, embrulhe-a em papel de alumínio e deite-a no lixo.

 

Simpatia da Fada da Saúde

Para afastar doenças

 

Ao final do dia, junto da sua Fada da Saúde, acenda uma vela azul, durante sete dias, sob um pires branco. Enquanto a vela queima ofereça a seguinte prece a este Ser especial: “Querida Fada da Saúde, sei que a saúde é dádiva preciosa através da qual posso me movimentar com mais proveito dentro das tarefas que me cabem no mundo! A saúde é dom que activa o entusiasmo e a alegria de viver; sem ela nada é tem prazer ou adequado, e a sua ausência faz a vida esvair-se lentamente qual areia em mãos frouxas e insensíveis. Por isso, ajuda-me a tomar consciência de que preciso velar sobre o meu corpo como quem vela sobre vaso de preciosa e delicada origem! Auxilia-me a compreender, sempre que eu me sentir inclinado a abusos de qualquer sorte, de que necessito dele para prosseguir minha jornada com bom ânimo e disposição”. Depois de deixar a vela queimar até ao fim, embrulhe-a em papel de alumínio e deite-a no lixo.  

 

Simpatia da Fada do Trabalho

 

Para manter o emprego

 

Numa sexta-feira, logo de manhã, junto da sua Fada do Trabalho, acenda uma vela verde, sob um pires branco. Enquanto a vela queima ofereça a seguinte prece a este Ser especial: “Querida Fada do Trabalho, concede-nos, por misericórdia, mais trabalho com que nos dirijamos dentro da segurança precisa para a Vida Maior. Nas horas difíceis faz-nos trabalhar com mais eficiência, para que o obstáculo se nos converta em lição. Nos momentos felizes, auxilia-nos a trabalhar com mais devoção ao serviço, aumentando a alegria dos outros. Quando a carência apareça, induz-nos ao trabalho necessário para que o trabalho em nosso coração e nas nossas mãos se transforme nos recursos de que necessitemos a fim de cumprir-te os desígnios”. Depois de deixar a vela queimar até ao fim, embrulhe-a em papel de alumínio e deite-a no lixo. Pode realizar este ritual, todas as sextas-feiras, durante um mês seguido.

 

 

Simpatia da Fada do Dinheiro

 

Para ter sempre as finanças equilibradas

 

De manhã, junto da sua Fada do Dinheiro, acenda uma vela castanha, durante sete dias seguidos, sob um pires branco. Enquanto a vela queima ofereça a seguinte prece a este Ser especial: “Querida Fada do Dinheiro, que a falta de dinheiro ou seu excesso, não nos seja nunca causa de
perturbação, pois não deixais faltar o necessário para os que Vos buscam com sinceridade. Que não nos inquietemos, nos enchamos de ansiedade pelo dia de amanhã, lembrando-nos sempre de que Vós cuidais de nós. Que sejamos verdadeiro cooperadores atenciosos e gentis para que não nos tornemos pesados ao outro, sobrecarregando a quem dizemos amar. Ajudai-nos a superar todos nossos problemas para que felizes, possamos ser verdadeiras testemunhas de Vosso santo amor no mundo”.
Depois de deixar a vela queimar até ao fim, embrulhe-a em papel de alumínio e deite-a no lixo.

 

 

Simpatia da Fada da União

 

Para fortalecer as amizades

 

De manhã, junto da sua Fada da União, acenda uma vela amarela, durante sete dias seguidos, sob um pires branco. Enquanto a vela queima ofereça a seguinte prece a este Ser especial: “Minha querida Fada da União, quão poucos são os verdadeiros amigos, porque somos imperfeitos, limitados.
Muitas vezes decepciono-me, esquecida de que sou eu quem erra quando espero deles uma perfeição, uma santidade e um perfeito amor o qual somente Vós possui e mesmo aqueles que Vos amam verdadeiramente, são falhos, porque humanos.
Fazei-me, obstante as dificuldades, bondosa e verdadeiramente amiga para com todos, sem nada esperar, nem mesmo um só agradecimento”. Depois de deixar a vela queimar até ao fim, embrulhe-a em papel de alumínio e deite-a no lixo.

 

Simpatia da Fada da Protecção

 

Para fortalecer a união familiar

 

De manhã, junto da sua Fada da Protecção, acenda uma vela branca, durante sete dias seguidos, sob um pires brancos. Enquanto a vela queima ofereça a seguinte prece a este Ser especial: “Minha querida Fada da Protecção, cuida de nosso lar. Que não se apague o fogo do amor. Vela pela
integridade da nossa família. Estreita os laços de nosso mútuo afecto, de modo que nada o consiga violar.
Dá-nos hoje o pão de tua palavra.
Dá-nos também o pão de cada dia. Conserva-nos a alegria. Guarda nossos filhos. Que eles tenham saúde e paz. Fica connosco, já que nos reunimos em teu nome. Revela-nos a tua presença, no sorriso de nossos filhos, no nosso mútuo afecto e, mais ainda, nas renúncias que nos inspiras para a felicidade em nosso lar”.
Depois de deixar a vela queimar até ao fim, embrulhe-a em papel de alumínio e deite-a no lixo.

 

 

Veja grátis: Horóscopo diário ! 

 

Clique aqui para marcar uma consulta de Tarot, ou falar comigo! 

maria helena.jpg


Envie-me um e-mail em branco e receba uma surpresa!

Clique aqui!

 

Mais informações para:

Telefone: (00351) 21 092 9000

E-mail: mariahelena@mariahelena.pt

Site: http://www.mariahelena.pt/

Facebook: www.facebook.com/MariaHelenaTV

logo dra.png

Quiromancia: aprenda a ler as linhas das suas mãos

ler maos.jpg


Saiba o que as suas mãos lhe dizem
 

Conhecida como instrumento para prever o futuro, a quiromancia baseia-se na leitura das linhas da palma da mão e no seu formato, tamanho e textura. É uma excelente ferramenta de auto conhecimento, ao contrário do que a maioria das pessoas acredita. Cada mão representa aspetos da sua personalidade, do seu caminho e propósito no mundo.

 

Era praticado na China, no Tibete, na Pérsia, na Mesopotâmia e no Egito. Os registos mais antigos sobre a leitura de mãos datam de há 5 mil anos e foram encontrados na Índia, China e no Egito. Há duas vertentes: a quiromancia, na qual se analisam as linhas e marcas nas mãos, e a quirologia, que decodifica o formato de mãos e dedos. O domínio destas técnicas permite saber mais sobre o caráter, comportamento e estilo de vida de uma pessoa. Ao longo deste artigo vamos abordar a quiromancia e o método que aqui falamos tem por referência a mão de uma pessoa destra, fazendo-se a leitura na mão direita e a confirmação na mão esquerda, quando necessário. As linhas da mão direita são mutáveis, isto é transformam-se com o passar do tempo e as experiências adquiridas, enquanto as linhas da mão esquerda são imutáveis e estão relacionadas com o Karma que trazemos de vidas passadas. Caso o consulente seja canhoto, deve inverter-se a ordem das mãos.

 

Formas das Mãos 

 

Elementary.gif

Mão Elementar: Mão roliça, palma curta, dedos curtos e movimentos grosseiros. Pessoas apaixonadas e sensíveis. Pessoas sem grandes aspirações, demasiado comuns e até influenciáveis.

 

Square-Hand.gif

 Mão Quadrada: Mão roliça, palma longa, dedos curtos e movimentos leves. Pessoa prática e lógica. Gosta da rotina. Grande capacidade de realização dos seus objetivos, pouco original ou imaginativa.

 

spatulate.gif

 Mão Espatulada: Mão magra, ligeiramente torta, ponta dos dedos arredondados. Pessoa entusiástica pelas coisas boas da vida, porém irrequieta e um pouco pessimista.

 

Philosophical-hand.gif

 Mão Filosófica: Mão magra, dedos nodosos. Pessoa analista, meditativa, com tendência para a filosofia e procura da verdade interior. São pessoas honestas e justas com outras pessoas.

 

conic-hand.gif

 Mão Cónica: Mão longa, firme e desenvolvida. Pessoa sensual e extrovertida, dotada de imaginação fértil e de pouco raciocínio. Aprecia a beleza, as artes em geral, tem sede de poder e é muito apegada ao dinheiro.

 

psychic.gif

Mão Psíquica: Mão bonita e harmoniosa. Pessoa de personalidade inquieta, forte paixão pelo idealismo. Sonhadora, o seu estado de espírito é cíclico. Complexa e neurótica.

 

mixed.gif

Mão mista: Mão que reúne características de dois, três ou mais tipos. São pessoas comuns, na qual a maioria se enquadra, sem grandes aspirações. Comportamento e gosto vulgares. 

 

                                                      Linhas, montes, formatos e símbolos

Na hora de decifrar a palma da mão, há quatro características importantes a observar. Elas são:

Linhas: estão por toda parte. Devem ler-se as principais e as secundárias.

Montes: são os relevos presentes na base dos dedos, entre o polegar e o indicador, na zona inferior e nas bordas da palma. Indicam facetas de caráter e estado psicológico e físico. Quando muito desenvolvidos, acentuam as suas características, como: monte vénus (capacidade de amar, entusiasmo pela vida), marte (coragem), Lua (espiritualidade), Júpiter (ambições), saturno (razão, responsabilidade), mercúrio (comunicação) e sol (prosperidade e inclinação para as artes).
Formatos: dedos e mãos aparecem em diversos formatos, que também fornecem características da personalidade.
Símbolos: interferem de forma positiva ou negativa nas linhas e nos montes.

 

                                                                           Linhas principais

linhas da vida.jpg

1 – Linha da Vida: A personalidade e o futuro da pessoa podem ser consultados nesta linha. Ao contrário de algumas crenças, esta linha não adivinha a longevidade e a altura da nossa morte, pois nem mesmo a ciência o consegue prever com total exatidão. Por exemplo, pessoas com uma linha de vida maior podem falecer mais cedo do que outras com uma linha mais pequena, ou vice-versa.

2 – Linha da Cabeça: Esta linha está relacionada com a mente, a inteligência e o raciocínio. Esta linha define a forma como nós nos relacionamos em sociedade, as nossas capacidades mentais e intelectuais. Ela ainda indica as nossas convicções, valores e princípios. Dependendo do tamanho e largura da linha ela diz-nos também o tipo de profissão para a qual estamos mais aptos.


3 – Linha do Coração:
A linha do Coração reflete a nossa parte emocional, sentimental e generosidade. Ela define principalmente as relações amorosas, revela as respostas afetivas do passado, presente e futuro, prevendo futuros casamentos. Para além disso, revela a sua postura num relacionamento e o tipo de pessoas que procura ou que são mais adequadas a si. Muitas vezes ela revela o que tenta esconder dos outros, o seu verdadeiro “eu”.


4 – Linha do Destino:
Esta linha é uma consumação de todas as linhas anteriores, ela complementa toda a análise que é feita através das outras linhas, ou seja, ela junta numa pequena linha todos os acontecimentos da sua vida e a sua personalidade. Revela os talentos que temos e evidenciamos na forma como conduzimos a vida e a influência que exercemos sobre ela, ajustando-se ao ritmo dos nossos objetivos e ambições, descrevendo a capacidade que temos ou não para assumir responsabilidades, delinear metas e cumpri-las com sucesso.

5 – Linha de Apolo: Esta linha reflete a satisfação interior que sentimos ao longo da vida. Apesar de não constar em todas as mãos e ser por vezes complicada de se ver, a sua existência prevê felicidade conseguida através do sucesso e do esforço por mérito próprio. Por norma, esta linha é muito visível em pessoas bem sucedidas profissionalmente e nos relacionamentos.

 

                                                               Linhas secundárias

Casamento: Do dedo mínimo. O número de linhas indica momentos fortes da relação. Se, por exemplo, existem duas linhas significa que podem ser dois períodos com a mesma pessoa ou dois casamentos diferentes. Quanto mais longa, mais duradoura será a fase. Uma única linha significa uma única união.

Filhos: Se as linhas são juntas na vertical à linha do casamento ou a partir da dobra do dedo mínimo, pode indicar que está perto de engravidar ou adotar, significa que a família vai aumentar.

Viagens: Roteiros internacionais são indicados nas linhas horizontais que têm origem no monte Lua. Já as nacionais são verticais e ficam no monte Vénus. Quando é segmentada, pode ser que você vá conhecer mais de um país.

Linhas do pulso:  Pode ter uma, duas ou três. Quantas mais tiver, mais tempo viverá. As linhas dizem também que vem de uma família nobre ou tem comportamento nobre. Uma única linha quer dizer simplicidade. Se é reta, sugere que tem uma boa imunidade.

 

quiromancia.jpg

 

Veja grátis as previsões diárias, clique aqui!

 

Envie-me um e-mail em branco e receba uma surpresa!

Clique aqui!

 

Mais informações para:

Telefone: (00351) 21 092 9000

E-mail: mariahelena@mariahelena.pt

Site: http://www.mariahelena.pt/

logo dra.png

Dia Internacional da Paz!

No dia 21 de Setembro é celebrado o dia Internacional da Paz, declarado pela ONU, com o objectivo de que as pessoas pensem na paz, mas que também façam algo para alcançá-la. A propósito desta comemoração ajudamo-la a cultivar a tranquilidade e a harmonia em vários campos da sua vida. Fique ainda a saber o lado mais afectivo de cada signo do zodíaco.

 

 

 

Paz interior

 

Para que a sua paz exterior se manifeste é necessário, em primeiro lugar, cultivar a sua paz interior. O primeiro passo é passar a ser mais tolerante consigo, evitar criticar-se demasiado quando erra, pois assim conseguirá lidar adequadamente com as frustrações. Conseguir criar bons hábitos de vida, de forma a lidar melhor com o stress do dia-a-dia e com as dificuldades, também lhe permite cultivar a sua harmonia própria. Assim, faça uma alimentação rica e variada, e pratique algum desporto. Para viver bem consigo mesmo, também tem que saber viver com os outros. Evite envolver-se em mexericos entre os seus amigos ou colegas, e se possível tente sempre apaziguar as diferenças, em vez de alimentá-las. Em casa, relaxe com a ajuda de música calma, e aproveite para meditar sobre a sua vida.

 

Amizade

 

Ter paz nas suas relações sociais é importante para também se sentir harmonizada. Não existe nada melhor do que nos sentirmos queridos pelas outras pessoas. Nada melhor do que saber que podemos contar com alguém ali, ao nosso lado, para os bons e os maus momentos. Para que o afecto e paz sejam cultivadas neste âmbito, não se esqueça que a física já provou que existe o fenómeno da acção/reacção. Ou seja, se você age de forma agressiva com alguém, o mais natural é que obtenha da parte dela o mesmo tipo de resposta. Não aja com os outros da mesma maneira que não quer que os outros ajam consigo. Se oferecer paz e afecto, receberá paz e afecto.

 

Família

 

A frase é conhecida e utilizada em muitas situações: “lar doce lar”. Mas na verdade, aquilo que mais gosta quando chega a casa, não é a casa em si, mas as pessoas que lá vivem, a sua família. Para que a paz seja cultivada no seio familiar é necessário que acima de tudo exista respeito entre pais e filhos e vice-versa. O papel dos mais velhos é educar e disciplinar os mais novos, enquanto estes devem respeitá-los, mas também fazê-los aceitar as suas diferenças. A harmonia só chegará ao lar se ambas as partes cederem em certas situações.

 

Trabalho

 

Sabemos que nem sempre é fácil, mas para que seja menos complicado cultivar a paz no trabalho, o ideal é trabalhar-se naquilo que se gosta. Se é de todo impossível amar aquilo que faz, não se esqueça que existe sempre solução. Para a harmonia nesta área, se não consegue ter um emprego que goste, tente motivar-se a atingir os objectivos que lhe propõem, fazendo mesmo por superá-los. Qualquer trabalho, encarando as coisas destas forma, pode tornar-se num grande desafio.

 

Saúde

 

Para que a paz reine em todas as áreas da sua vida, a saúde é o grande alicerce de todas as outras dimensões. Por mais que já se tenha dito, sem saúde, dificilmente conseguirá cultivar a paz na família, no trabalho ou no amor. Portanto, em primeiro lugar não descure a saúde. Vigie-a constantemente, pois há males que podem ser resolvidos rapidamente com a ajuda da medicina.

 

Amor

 

Ter harmonia numa relação amorosa pode não ser tarefa fácil. Mas se a paz for cultivada nesta dimensão, então a vida pode ser maravilhosa. Quem não deseja ter um grande amor ao seu lado? É claro que já todos sabemos que aquela frase: “amor e uma cabana” não se aplica na vida real, mas são as pequenas atitudes, os carinhos, as cedências, a compreensão que podem transformar e fazer crescer um relacionamento num grande amor.

 

Finanças

 

Para que a paz seja cultivada nesta área da sua vida, a premissa base é simples: gaste menos do que ganha e planeie muito bem todos os seus investimentos. Evite comprar por impulso e se não conseguir ter controle sobre os seus gastos, peça ajuda a uma empresa de consultoria financeira. As dívidas, podem arruinar a paz que cultivou em todas as áreas da sua vida.

 

 

 

A afectividade de cada signo

 

 

Carneiro

 

Este nativo é muito apaixonado e raramente guarda rancor ou mágoa. Pode ter alguma dificuldade em cultivar a paz quando age primeiro e pensa depois.

 

Touro

 

É emocionalmente introvertido e só reage se for provocado. Por norma, é pacífico, apaixonado, carinhoso e sensível e tem uma grande facilidade em tornar todos os campos da sua vida muito harmoniosos.

 

Gémeos

 

Consegue adaptar-se bem a todas as situações e tem uma grande facilidade nos relacionamentos. Pode provocar algumas discórdias quando se envolve em mexericos.

 

Caranguejo

 

Sempre emotivo, sonhador e romântico, o nativo deste signo pode, no entanto, provocar alguns conflitos quando usa a chantagem emocional para conseguir algo.

 

Leão

 

É extremamente apaixonado e entusiasta e das outras pessoas espera uma certa obediência. Poderá ter dificuldade em cultivar a paz a alguns níveis já que não gosta de admitir os seus erros.

 

Virgem

 

Sempre humilde e simples, o nativo de Virgem é extremamente pacato e deixa de fazer muita coisa sua em prol dos outros. Os conflitos só aparecem quando alguém interfere com os seus planos.

 

Balança

 

Este é um dos signos do zodíaco que mais se preocupa com os outros. É o signo da harmonia por excelência, pois se não se sentir em paz desequilibra-se.

 

Escorpião

 

Este nativo é muito intenso, ama com a mesma intensidade que odeia. Pode usar a sua poderosa energia de forma construtiva, desde que não pense que por estar mal os outros também têm que estar.

 

Sagitário

 

Têm uma grande paixão pela vida e gostam de estar bem com todos à sua volta. Apenas se tornam menos harmoniosos quando a vida financeira não lhes corre tão bem.

 

Capricórnio

 

Os nativos de Capricórnio não são muito afectivos, nem sentem muito prazer pelas coisas, mas como são extremamente leais fazem tudo para ajudar aqueles que amam de verdade.

 

Aquário

 

Este é dos signos do zodíaco que mais preza a amizade, preocupam-se com a colectividade, ignorando o individualismo, embora não sejam dados a grandes afectividades.

 

Peixes

 

É o signo mais altruísta do zodíaco. É muito receptivo, emocional e uma necessidade básica de ajudar ajudar os outros.

O planeta regente de cada signo


Carneiro
 
Marte – Planeta da guerra e da virilidade. Representa a acção, a coragem, a força e a determinação. É pela sua influência que os nativos de Carneiro são confiantes e ousados.
 
 
Touro
Vénus - Representa o amor e a beleza. É o planeta do amor e da afectividade. As suas características assemelham-se ao signo Touro e a Balança, por isso é o regente de ambos os signos. Desenvolve o sector sensitivo e emocional em qualquer um deles, mas enquanto que dá a Touro uma maior sensualidade e o faz apreciar os prazeres da vida, dá a Balança o encanto e uma beleza menos terrena.
 
Gémeos
 
Mercúrio – Planeta da comunicação. Representa a inteligência, a perspicácia e a lógica. Promove a descodificação de mensagens, facilita a comunicação e favorece a auto-realização. As suas características assemelham-se às dos nativos de Gémeos e por isso é considerado o seu planeta regente. Aqueles que nascem sob a sua influência são práticos, inconstantes e intuitivos.
 
 
Caranguejo
 
Lua – Representa o feminino, a sensibilidade e a intuição. Rege a emoção e a fertilidade. Aqueles que nascem sob a sua influência são sensíveis, intuitivos e emotivos. Por outro lado, assim como a lua atravessa fases distintas, também as pessoas sob a sua influência têm normalmente um humor instável, passando do riso às lágrimas com relativa facilidade. São muito criativos, pois a Lua é inspiradora.
 
Leão
Sol – Representa a masculinidade, a força de vontade, a determinação e a racionalidade. O Sol ajuda a promover e a incentivar o auto-conhecimento e o desenvolvimento pessoal. As pessoas regidas por este astro são destemidas, ambiciosas e decididas. Nascem para brilhar e dificilmente aceitam estar em segundo plano.
 
 
Virgem
 
Mercúrio – As suas características influenciam os nativos de Gémeos e de Virgem e por isso é considerado o planeta regente destes dois signos. Enquanto que dá a Gémeos a rapidez de raciocínio e a curiosidade que leva à descoberta, dá a Virgem o sentido prático, o pensamento lógico e a atenção ao detalhe. Aqueles que nascem sob a sua influência são racionais, metódicos e objectivos.
 
 
Balança
 
Vénus - Representa a atracção, o amor, a paixão e a beleza. Desenvolve sentimentos profundos e ajuda a ultrapassar problemas amorosos. Aqueles que nascem sob a sua influência apreciam a arte e a beleza, são carinhosos e apaixonados. Têm um sentido estético naturalmente apurado e apreciam ambientes de requinte e objectos ou roupas de qualidade. Têm dificuldade em viver em ambientes desorganizados e não toleram o caos.
 
Escorpião
 
Plutão - Representa a transformação, o inconsciente, a morte e o renascimento. Desenvolve o poder de sedução. Favorece a regeneração espiritual. Graças à sua influência os nativos deste signo são sedutores, competentes, esforçados e precursores da mudança. Plutão incita à reconstrução, ainda que ela implique uma destruição. Faz com que as pessoas que rege procurem sempre evoluir e alcançar os seus objectivos, mesmo que isso implique uma transformação profunda.
 
 
Sagitário
 
Júpiter - Representa a sorte, a expressividade, a independência e o desenvolvimento humano em todas as suas vertentes. Transmite energias positivas, que favorecem a boa disposição e a alegria. É o planeta regente do signo Sagitário e aqueles que nascem sob a sua influência são aventureiros, curiosos, optimistas e generosos. A sorte está geralmente do lado de quem tem esta protecção, por isso conseguem resolver todo o tipo de problemas facilmente.
 
 
Capricórnio
 
Saturno - Representa a concentração, a racionalidade e a responsabilidade. Transmite uma certa limitação e restrição, um obstáculo à mudança. A sua energia permite uma maior consciência do caminho que cada pessoa tem a percorrer. É o planeta regente do Signo Capricórnio e aqueles que nascem sob a sua influência são responsáveis, empenhados e racionais.
 
 
Aquário
 
Urano – Representa o imprevisto, a liberdade e o corte com o passado. Favorece as mudanças radicais e a renovação interior. É o planeta do signo Aquário e por sua influência os nativos deste signo são inovadores, irreverentes e independentes. Urano faz com que as pessoas que rege não se acomodem às situações nem tenham receio de questionar aquilo com que não concordam ou que não lhes parece correcto. O instinto é o único guia que seguem, e são muito fiéis aos seus princípios.
 
 
Peixes
 
Neptuno – Representa a ilusão, a inspiração e o idealismo. Desenvolve a compaixão e o crescimento espiritual. É o planeta do signo Peixes e por sua influência estes nativos são sensíveis, generosos e ingénuos. Neptuno transforma o sonho em realidade, mas também pode causar confusão de emoções e sentimentos. As pessoas que nascem com uma forte influência deste planeta têm uma grande imaginação, mas por vezes vivem num mundo cor-de-rosa, à medida dos seus sonhos.
 
 

Um grande beijinho! E seja feliz! Maria Helena

Veja grátis: Horóscopo diário ! 

 

Clique aqui para marcar uma consulta de Tarot, ou falar comigo! 

maria helena.jpg


Envie-me um e-mail em branco e receba uma surpresa!

Clique aqui!

 

Mais informações para:

Telefone: (00351) 21 092 9000

E-mail: mariahelena@mariahelena.pt

Site: http://www.mariahelena.pt/

Facebook: www.facebook.com/MariaHelenaTV

logo dra.png

 

Feng Shui por Maria Helena

A vida amorosa

 

A linguagem simbólica do Feng Shui possui uma mística poderosa. Vou ensinar-lhe quais são os símbolos que ativam os relacionamentos amorosos, para que o romance seja uma constante na sua vida.

 

De acordo com os conhecimentos orientais milenares a peónia é a flor protetora do amor e dos relacionamentos. Assim, ter um quadro com peónias desenhadas é muito favorável para uma jovem solteira que queira encontrar par. Deve ser pendurado no quarto, a Sudoeste. Este símbolo deve ser evitado, contudo, num quarto de casal, pois como possui uma energia amorosa muito dinâmica pode potenciar a tendência para infidelidades.

 

Amor duradouro

Para os chineses, o símbolo máximo do amor entre duas pessoas é um casal de patos mandarins, que representam o amor duradouro e feliz. Pode arranjar dois patos mandarins em miniatura ou um quadro, sempre em número de dois. Para o Feng Shui as borboletas não são favoráveis a nível amoroso, pois estão associados a uma paixão efémera.

Para ter proteção na sua vida amorosa é fundamental que a energia em sua casa seja positiva. Para ter bom Feng Shui em casa são de especial importância as quatro figuras da boa sorte. A mais poderosa de todas é o dragão. Uma estatueta de um ou de dois dragões com uma pérola, ou um quadro com nove dragões, trazem sorte e proteção. A sua melhor localização é a Este, mas podem ser colocados onde quiser, à exceção do quarto, porque podem dificultar o sono tranquilo. A Fénix representa novas oportunidades e protege a vida financeira quando colocada a Sul. A Tartaruga é considerada pelos chineses como a criatura suprema, portadora de toda a boa sorte e proteção a todos os níveis. A sua carapaça está associada à resistência perante as dificuldades, sendo este animal também um símbolo de longevidade. Por fim, o Tigre é o outro animal considerado especialmente protetor.

 

Dicas de Feng-Shui    

Para os chineses a cigarra é um animal que representa a imortalidade. Assim, ter um amuleto feito de jade em forma de cigarra traz boa sorte e protege a saúde de quem a traz consigo.

 

 

 

 

Ritual Iluminador de Caminhos

prayer-candles.jpg

 

Saiba que em qualquer altura da sua vida pode pedir ao universo que lhe traga aquilo que mais deseja, iluminando a sua vida para que as oportunidades que procuram venham ao seu encontro.

Vai precisar de:
- 1 vela
- mistura de ervas "abre-caminhos"
– 1 bola de cristal com suporte – representa o futuro
- 1 Olho de Santa Luzia – ilumina o seu caminho
- 1 imagem de Santa Luzia
- suporte para a vela, fósforos, queimador para as ervas, carvão


Preparação:
- Acenda a vela junto da imagem de Santa Luzia e do Olho de Santa Luzia.
- Coloque a mistura de ervas juntamente com o carvão no queimador e deite-lhe fogo.
- Deixe que o fumo de espalhe e, segurando o queimador com cuidado, percorra toda a sua casa, no sentido dos ponteiros do relógio.

- Quando terminar, retorne ao lugar onde está a vela e reze:
"Santa Luzia,
Conserva a minha fé
e ilumina o meu caminho!
Que os maus olhos nunca me vejam,
Que os maus espíritos nunca me atinjam,
Que toda a minha alma protegida esteja!
Ámen!"

- Deixe a vela e as ervas arderem até ao fim e depois deite fora os restos.
- Guarde a imagem de Santa Luzia no seu quarto e traga o Olho de Santa Luzia na sua mala ou no seu carro, para que ele ilumine sempre o seu caminho.

 

Veja grátis: Horóscopo diário ! 

 

Clique aqui para marcar uma consulta de Tarot, ou falar comigo! 

 


Envie-me um e-mail em branco e receba uma surpresa!

Clique aqui!

 

Mais informações para:

Telefone: (00351) 21 092 9000

E-mail: mariahelena@mariahelena.pt

Site: http://www.mariahelena.pt/

 

logo dra.png

O signo ascendente na sua vida!

Quando lemos as previsões do horóscopo damos sempre maior importância àquilo que o nosso signo prevê para o nosso futuro e a todas as características da nossa personalidade. Porém, o ascendente tem também uma grande influência na nossa maneira de ser. Para se conhecer melhor é também de extrema importância saber qual é afinal o propósito do signo do zodíaco que se elevava no horizonte na hora do seu nascimento.

 

O ascendente é então o signo do zodíaco que se elevava no horizonte no momento no momento em que nasceu. É muito importante, porque revela a forma como expressa a sua personalidade, como se mostra e como canaliza a energia do signo solar. É também ele que vai ditar as posições dos planetas nas casas astrológicas. Num mapa astral corresponde sempre à Casa 1, que se refere à sua personalidade, ao modo como se apresenta ao mundo exterior, e também à sua relação com o seu corpo.

 

Compreender o ascendente

Tal como o Sol se levanta no horizonte todas as manhãs, também o signo ascendente será aquele que se levanta nesse mesmo lugar e se cruza com a faixa dos signos atravessando um dos 12 signos do zodíaco. É por isso mesmo que é muito importante saber o dia, a hora e o ano exato do seu nascimento, de forma a saber com rigor qual é o seu ascedente. Ao longo de 24 horas todos os signos se elevam no horizonte, o que quer dizer que de duas em duas horas o signo ascendente muda. Para entender ainda mais profundamente este assunto, podemos dizer que a cada quatro minutos o grau ascedente muda, o quer dizer que se num determinado dia do ano o Sol está especificamente num grau de um dos signos (por exemplo, o grau 1 de Escorpião corresponde à data de 24 de outubro), o Sol, ao nascer estará no grau 1 desse mesmo signo. O que também implica que se nascer nesse dia, quando o Sol se está a levantar, o seu signo ascendente será exatamente o mesmo: Escorpião. Por outro lado, se nascer ao pôr do sol, o seu ascendente será na verdade o signo oposto ao seu, neste caso específico o Touro.

 

 

O seu profundo significado

O ascendente representa em si a aura que a iluminou no momento em que veio ao mundo. Essa essência jamais se voltará a repetir e marcará para sempre as suas emoções e as suas sensações. É uma energia única, que para sempre a marcará. A nível físico, o ascendente marca o momento em que o seu corpo entra em contato com o mundo exterior de forma individualizada, já sem a proteção do ventre materno. O ascendente marca o nosso corpo de forma a que este seja usado ao longo dos tempos como nosso instrumento para que a nossa essência se materialize e para que os outros, através da nossa imagem, consigam entender quem somos. O ascendente funciona como uma “máscara”, sendo que o corpo é o veículo da manifestação do nosso íntimo. Tal como, por exemplo, o físico de uma pessoa com ascendente em Peixes poderá refletir toda a marca psíquica deste signo: olhar sonhador, estrutura óssea delicada e andar leve e solto. No que diz respeito ao aspeto psicológico, o ascendente concentra em si a marca de tudo aquilo que nos rodeava no momento em que nascemos. Por exemplo, como começamos as coisas, como encaramos novos desafios, facilidade ou dificuldade em impormos as nossas ideias ou como encaramos e absorvemos as experiências que vamos tendo ao longo da vida. Por exemplo, enquanto um ascendente Virgem tem uma maior tendência para analisar cautelosamente todo o ambiente em que irá enfrentar um novo projeto, um ascendente Sagitário atreve-se, sem tanta cautela, a pisar em areias que desconhece. 

 

 

O espírito de cada ascendente

 

Carneiro

Está sempre pronto para novos desafios, principalmente se estes o ajudarem a desenvolver a sua coragem e a sua capacidade de fazer cada vez melhor. Um dos seus grandes dons é a sua iniciativa, sendo que para conseguir evoluir necessita de controlar os seus impulsos egoístas. Este defeito fá-lo, por vezes, passar por cima de todos para chegar ao seu objetivo. O signo oposto de Carneiro é Balança que, por seu lado, lhe mostra como este deve ser mais cauteloso e conservar algumas boas maneiras, sem atropelar quem quer que seja. 

 

Touro

Um dos seus grandes desafios nesta vida é conseguir utilizar todos os seus talentos e fazer-se valer das suas grandes capacidades, que por vezes estão camufladas por outros assuntos com que se distrai. O problema deste ascendente é que acha sempre que nunca tem o suficientes, e tem uma grande tendência para achar que tudo aquilo que sente se deve materializar. O signo completar de Touro, Escorpião, ajuda-o a dar menos importância àquilo que possui e mais às suas sensações e profundos desejos.

 

Gémeos

O contacto com a maior quantidade de experiências é o grande propósito deste ascendente, pois só assim conseguirá absorver a maior quantidade de ideias possível. No entanto, a sua dualidade e inconstância funcionam como seus próprios sabotadores. Contudo, à medida que vai evoluindo, este  ascendente vai-se adaptando à multiplicidade de formas da sua manifestação. O seu signo complementar ou oposto, Sagitário, ensina-o a ver qual é a melhor escolha dentro das várias opções que lhe surgem no caminho.

 

Caranguejo

Relacionar-se melhor com o meio em que vive é o grande objetivo em que se deve concentrar este ascendente. Como interioriza vincadamente todas as experiências pelas quais passa, tem uma grande tendência a deixar-se ficar agarrado ao passado e às primeiras recordações de vida. Capricórnio, o seu signo oposto ajuda-o a encarar tudo como mais maturidade e a controlar as suas emoções.

 

Leão

Um dos grandes propósitos deste ascendente é conseguir criar a sua própria existência sem desonrar a sua própria individualidade. Se não conseguir traçar este plano de vida, haverá uma tendência para que o seu objetivo seja somente dar atenção àquilo que significa para os outros, o que o deixa refém de uma necessidade constante a aprovação por parte dos outros. Terá a todo o custo que evitar estar sempre a cobrar, sem dar nada em troca. O seu signo complementar, Aquário, abre-lhe a janela do mundo e tenta fazê-lo compreender que todos os seres são distintos entre si e que ninguém deve representar o centro do Universo.

 

Virgem

Ser mais eficiente na sua relação com o mundo é o grande propósito deste ascendente, mas para isso precisa desenvolver algumas técnicas que lhe permitam ser mais prático e funcional. Para que este ascendente consiga sentir-se realizado precisa realmente de manter um compromisso com o autoaperfeiçoamento. O seu signo oposto, Peixes, consegue ensiná-lo a ver mais além do que somente aquilo que pode ser aprendido. O mistério da vida, desvendado a pouco e pouco, também pode trazer-lhe muita satisfação.

 

Balança

Com este ascendente a vida desenvolve-se através das polaridades. Ou seja, por identificação e por oposição. Aprender a agir perante posições conflituantes é um dos grandes propósitos que Virgem deve ter. Carneiro, o seu signo oposto e complementar, ajuda-o a ter mais autoconfiança nos momentos de indecisão e a confiar mais no seu próprio impulso. A coragem é algo que deve desenvolver. 

 

Escorpião

Controlar a sua natureza emocional é um dos grandes propósitos de vida deste ascendente. A energia negativa deve ser transformada em desejo de consciência e amor, de forma a que o seu sofrimento e daqueles que o rodeiam sejam minorado. Touro, o seu signo oposto, ajuda-o a aproveitar
mais a vida, a não levar tudo tão a sério e a aproveitar bem, mesmo as coisas que lhe pareçam muito insignificantes. Desenvolver a paciência deve ser um dos seus grandes objetivos.

 

Sagitário

Ampliar os horizontes pessoais é um dos grandes objetivos deste ascendente. As novas experiências estão sempre em primeiro lugar, e desvendar aquilo que está por detrás das mesmas ainda lhe dá mais prazer. Este é um dos signos que mais facilmente projeta aquilo que deseja sobre o ambiente que o rodeia. O seu signo complementar, Gémeos, ensina-o a olhar para as coisas sob dois pontos de vista e a ver que nem sempre a sua verdade é a verdade de todos os outros.

 

Capricórnio

Utilizar corretamente o poder da sua vontade deve ser um dos grandes propósitos deste ascendente. O seu principal objetivo deve ser aprender a utilizar corretamente os recursos que tem disponíveis à sua volta para obter sucesso a todos os níveis. O dom da ambição poderá levá-lo aonde tanto deseja e a sua maior evolução pode acontecer quando depois de atingir aquilo que mais deseje, deixe de se virar apenas para si e faça algo em prol dos outros. Caranguejo, o seu signo oposto ajuda-o a entender um pouco mais as suas emoções e a deixar-se mais vulnerável.

 

Aquário

Um dos maiores propósitos deste ascendente é encontrar no mundo que rodeia um grupo em que realmente se sinta verdadeiramente integrado. Para isso, há que identificar-se com ideais, sem, no entanto, fechar-se aos ideais de outros grupos com os quais não se identifique inteiramente. O seu signo complementar e oposto, Leão, ajuda-o a ser mais confiante e ter a plena consciência que para além de pertencer a um grupo, é um ser individual, com ideias que podem ser apenas suas. 

 

Peixes

Só à medida que este ascendente vai reconhecendo a perfeição do espírito por detrás da imperfeição de tudo é que conseguirá cumprir alguns dos seus objetivos de vida: compaixão, empatia e aceitação incondicional da vida. Poderá ter alguma facilidade em alhear-se à realidade devido à sua grande capacidade sonhadora. O seu signo oposto, Virgem, ensina-lhe a usar toda a sua sensibilidade e compaixão em atos concretos, de forma a conseguir viver com os pés mais assentes na Terra.

 

 

 

 

Superstições e significados

 

superstiçoes.jpg05

É uma pessoa supersticiosa? Quais são as suas superstições? 


Crendices populares: a realidade por detrás da superstição!

Embora não exista uma explicação científica para desmistificar as superstições que se foram criando ao longo de muitos e muitos anos, algumas destas crendices, criadas pelo povo e pelos costumes, e que foi passando de geração em geração, são explicadas por muitos racionalmente. Descubra os segredos por detrás das 11 superstições mais famosas de sempre e tente não limitar a sua vida, só porque acredita piamente nestas “sortes” ou “azares”!

 

Partir um espelho

A superstição de que os seus próximos sete anos serão de azar se partir um espelho está bastante enraizada na cultura popular. Esta história tem origem na antiguidade e várias versões. A primeira revela que os romanos, que foram os pioneiros na criação de espelhos de vidro, acreditavam que se este se partisse tinha o poder de confiscar a alma da pessoa que ficaria para preso dentro dele, durante sete anos. Na Grécia Antiga, utiliza-se um método divinatório popular que consistia em usar uma tigela de vidro com água para refletir a imagem da pessoa que queria saber mais sobre o seu futuro. Se durante a consulta a tigela se partisse era sinal de que a pessoa morreria ou teria dias difíceis nos próximos tempos. A esta versão, os romanos acrescentaram que os “próximos tempos” gregos se traduziriam exatamente em sete anos. Para juntar ainda mais superstição a este objeto, a história foi alimentada durante a Idade Média. Este objetos eram muito caros, e portanto os patrões avisavam os seus empregados que se partissem o espelho iriam ter muito azar. Um estímulo psicológico para evitar, nada mais nada menos, do que uma perda material.

 

Derrubar sal

Foi durante o Império Romano que nasceu esta superstição. O sal era uma espécie de ouro – era a única forma de conservarem os alimentos - para este povo, portanto dizia-se que dava azar derrubá-lo de forma a que se tentasse desperdiçá-lo ao máximo. Curiosamente, neste tempo, os saldados eram pagos com sal e daí a origem da palavra salário (salarium em latim). Hoje em dia, quando se derruba sal, de forma a cortar o azar, joga-se um pouco do mesmo por cima do ombro. A lenda diz que o diabo está sempre de pé atrás de nós, e dessa forma, atirando o sal para as nossas costas, conseguimos acertar-lhe nos olhos e cegá-lo.

 

Guarda-chuva aberto dentro de casa

A superstição diz que abrir um guarda-chuva dentro de casa dá azar. A explicação para esta crendice vem da época da Grécia Antiga, em que os guarda-chuvas eram usados como proteção contra o Sol. Ao se abrir então um chapéu dentro de uma habitação estava a insultar-se o deus do Sol. Outra versão, explica que esta superstição nasceu porque este objeto protegia das tempestades da vida e que ao abrir-se dentro de quatro paredes, insultava os espíritos guardiões, levando-os a deixar a casa desprotegida.

 

Dizer “Deus te abençoe” depois de um espirro

Esta superstição nasceu com o Papa Gregório Magno, que durante a peste bubónica dizia a frase “Deus te abençoe” para alguém que soltasse um espirro, e que possivelmente estaria afetado pela doença. Diz a lenda, que esta bênção evitava que a enfermidade se espalhasse e também que a alma escapasse do corpo durante o espirro.

 

Pata de coelho

No século VII, o coelho era considerado um talismã, pois os chineses consideravam-no um símbolo de prosperidade. Acredita-se que quem tem uma pata de coelho beneficia da sorte do animal. Há ainda culturas que creem que o coelho ajuda a promover a reprodução e ajuda à fertilidade.

 

Bater na madeira

Dar algumas pancadinhas na madeira para afastar o azar é uma superstição muito antiga. Acredita-se que a expressão nasceu com os índios americanos que tinham hábito de dar alguns toques nas árvores, quando pensavam estar a aproximar-se algum mal, pois segundo estes povos era nesse local que habitavam os deuses, e dessa forma chamavam a sua atenção para os acudir.

 

Cruzar os dedos

Embora não hajam muitas teorias que provem a origem desta superstição, uma delas explica que na época em que o cristianismo era ilegal, cruzar os dedos era uma forma secreta dos cristãos se reconhecerem uns aos outros. Uma outra, mais antiga, refere que cruzar os dedos era uma forma de afastar as bruxas e os espíritos malignos da nossa vida.

 

Encontrar uma ferradura

Os cavalos eram considerados animais sagrados, durante a Grécia Antiga. Portanto, se se encontra uma deve ser pendurada atrás da porta de casa e com as pontas para cima. Se for pendurada com as pontas para acredita-se que a sorte seja derramada.

 

Trevo de quatro folhas

Ainda no primeiro milénio a.C., os druidas usavam o trevo de quatro folhas como talismã, pois acreditavam que quem possuísse uma dessas plantinhas conseguiria ver os demónios no meio da floresta e também escapar deles. O poder atribuído ao trevo de quatro folhas vem possivelmente da sua raridade em ser descoberto.

 

Orelhas quentes

Esta crendice é já muito antiga e diz que quando estão a falar mal de si, as suas orelhas ficam quentes. Segundo a história, a superstição nasceu da ideia, difundida durante o século 1, de que no ar existia uma espécie de “mercúrio universal”, que permitia a transferência de energia entre pessoas. Assim, quando alguém falava mal de outra pessoa, as palavras chegavam sempre aos ouvidos do outro.

 

Levantar com o pé direito

Os Romanos acreditavam que o lado esquerdo era maldito. Por exemplo, se a trajetória dos pássaros fosse para a esquerda, eles achavam que os próximos dias seriam de mau agouro. Com a difusão do cristianismo, o lado esquerdo continuou a ser mal visto, pois segundo a tradição cristão, os eleitos de Deus permaneciam sempre à Sua direita. Ao longo dos tempos, levantar com o pé direito era sinónimo de boa sorte, enquanto que levantar com o esquerdo significava  que o dia podia não correr muito bem. Claro que atualmente este é um caso típico de autossugestão.

 

Veja grátis: Horóscopo diário !

 

 

 

Envie-me um e-mail em branco e receba uma surpresa!

Clique aqui!

 

Mais informações para:

Telefone: (00351) 21 092 9000

E-mail: mariahelena@mariahelena.pt

Site: http://www.mariahelena.pt/

Facebook: www.facebook.com/MariaHelenaTV

logo dra.png 

Pág. 1/3