Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Consultório de Astrologia

800 anos depois, a Estrela de Belém vai voltar a brilhar - saiba tudo sobre a Grande Conjunção

 

Que 2020 tem sido um ano muito diferente de todos os que já vivemos, ninguém duvida. Este ano tem sido recheado de eventos planetários fora do habitual e, mesmo para os mais cépticos, não há dúvida que tem havido tremendas mudanças no curso da nossa vida e na História da Humanidade. Mas, como costuma dizer-se, o melhor parece ter realmente ficado para o fim: no próximo dia 21 de dezembro teremos um dos mais importantes acontecimentos planetários. A chamada Grande Conjunção é, também, considerada uma repetição do fenómeno que conduziu os três Reis Magos até ao Menino Jesus, e que ficou conhecido como "a Estrela de Belém". Este ano, ela volta a brilhar nos Céus.

Faz parte da história do nascimento de Jesus o episódio que conta que três reis do Oriente, que também eram magos e, portanto, profundos estudiosos do Céu e dos seus movimentos misteriosos, foram alertados para algo de extraordinário quando, nas suas observações, viram uma estrela cujo brilho era tão intenso que se destacava de tudo aquilo que já haviam antes visto. Seguindo, na Terra, o percurso que esse astro luminoso ia percorrendo nos Céus, os Três Reis Magos chegaram até à manjedoura onde se encontrava o Menino Jesus, nascido havia poucos dias.

De acordo com os estudos astronómicos feitos, a "Estrela de Belém" não era, na verdade, uma estrela. Há várias teorias para o seu aparecimento (*), e uma das que tem maior peso é aquela que indica que o brilho que os Três Reis Magos viam resultava de um fenómeno muito raro: a conjunção de dois dos maiores planetas do sistema solar, Júpiter e Saturno, que também estavam em conjunção com Vénus, outro importante planeta da nossa galáxia. 

Quando, em Astrologia, se diz que dois ou mais planetas formam uma conjunção, aquilo que na verdade acontece no Céu é que esses planetas estão "alinhados" quando vistos a partir da Terra  (como se estivessem em cima um do outro, o que na verdade não acontece porque cada planeta percorre a sua órbita própria e, por isso, estão a milhares de anos-luz de distância).

Nesta imagem, todos os planetas estão em conjunção, algo que é impossível de acontecer na prática, uma vez que cada planeta tem a sua velocidade própria a percorrer a sua órbita e, portanto, muito dificilmente se encontrariam. Aquilo que acontece com relativa frequência, sim, é existir a conjunção (ou seja, este alinhamento) de dois ou mais planetas. O significado astrológico de uma conjunção é sempre uma união de energias entre os planetas envolvidos na conjunção.

No caso da Estrela de Belém, Júpiter, Saturno e Vénus estavam alinhados e, como são todos planetas de grandes dimensões, estando em linha pareciam um só, capaz de ser visto a partir da Terra graças ao brilho do Sol nele refletido (assim como a "luz da Lua" que vemos é, na verdade, o reflexo da luz solar incidindo sobre ela).

Este ano volta a haver um fenómeno muito semelhante, já que, no dia 21 de Dezembro, Júpiter e Saturno voltam a estar no mesmo grau, formando uma conjunção tão poderosa que é chamada A Grande Conjunção e cujos efeitos são considerados de tal forma impactantes que se considera que este evento marca o início da era de Aquário (porque Júpiter e Saturno encontram-se no grau 0 de Aquário). Júpiter e Saturno são os dois planetas de maiores dimensões do sistema solar. Assim, embora desta vez Vénus não esteja envolvido, a conjunção entre Júpiter e Saturno tem uma importância energética semelhante à Estrela de Belém e poderá ser vista a partir da Terra, até mesmo a olho nu (embora seja mais claramente vista com o uso de telescópio ou binóculos) voltando este fenómeno a acontecer na altura do Natal (neste caso, na noite do Solstício de Inverno, a 21 de Dezembro).

A última vez que Júpiter e Saturno estiveram tão próximos aconteceu há 800 anos atrás, no século 13. Assim, depois de um ano com tantas dificuldades e desafios, somos agora lembrados que há sempre provas duras a ultrapassar antes de haver uma evolução de nível, antes de começarmos uma nova fase na nossa vida. A Grande Conjunção traz-nos a renovação da fé em que, como há 2020 anos atrás aconteceu com os Reis Magos, também aqueles de nós que souberem estar atentos aos sinais poderão ser conduzidos a uma nova "salvação".

 

(*) Outras teorias de relevância apontam para a hipótese de a Estrela de Belém ser, na verdade, um cometa, ou uma nova - uma explosão de uma estrela. 

O Solstício de Inverno - a noite mais longa do ano

 

Saiba que o Solstício de Inverno é, para além de um fenómeno astronómico, uma celebração muito, muito antiga, que presta homenagem ao regresso da luz e ao nascimento do deus sol e que nos lembra que toda a luz nasce das sombras e da escuridão.

O que é o Solstício de Inverno?

A palavra "solstício" vem do Latim "sol sistere",que significa "sol parado" e designa o momento em que o Sol parece estar imóvel sobre a Linha do Equador e os raios solares atingem a sua maior declinação em latitude, a partir da linha do Equador, estando "a pino" sobre o Trópico de Capricórnio. Isto acontece devido à inclinação do eixo de rotação da Terra, que faz com que ela rode sobre si própria com 23,5º de inclinação em relação ao seu movimento de translação - o movimento que a Terra faz ao rodar em torno do Sol. Devido a este fenómeno, durante uma parte do ano a luz solar incide mais sobre o Hemisfério Norte, e durante a outra parte do ano ela alcança mais intensamente o Hemisfério Sul. Os Solstícios marcam o momento em que a luz do sol como que "pára", invertendo o movimento: desde o Solstício de Verão que o Sol se vinha a "afastar" do Hemisfério Norte, e por isso os dias têm sido cada vez mais pequenos. A partir do Solstício de Inverno, o movimento inverte-se, e os dias do Hemisfério Norte serão cada vez maiores, pois receberemos cada vez mais luz solar, numa área maior e durante cada vez mais horas, até ao Solstício de Verão, quando tudo se repete.

Durante o dia 21, quando estiver na rua, observe a sua sombra, pois neste dia do ano as sombras são mais compridas e longas (precisamente porque os raios solares se encontram com uma maior inclinação em relação à Terra). O Solstício de Inverno no Hemisfério Norte coincide com o Solstício de Verão no Hemisfério Sul, porque enquanto que, para nós que vivemos a Norte do Equador, esta será a noite mais longa do ano, para aqueles que vivem abaixo da linha do Equador esta noite será a mais curta, já que será esta parte do globo aquela que recebe a maior parte da luz solar neste dia.

De onde vem esta celebração?

Desde os primórdios da civilização que o Homem se guia e se orienta pela observação dos fenómenos celestes e consequentes respostas da natureza. Assim, o Solstício de Inverno tornou-se desde cedo um acontecimento muito importante para a agricultura, a criação de gado e todos os afazeres domésticos, pois é a partir desta data que os dias se vão tornando maiores, com mais horas de luz solar. A luz do sol representa, na Terra, a vida: sem sol não existe vida. Por isso, o Solstício de Inverno está, nas suas origens, intimamente ligado ao renascimento da luz, à celebração da vida.

Um dos povos que maior importância atribuiu ao Solstício de Inverno foi a civilização Romana, que estava profundamente ligada à agricultura e que prestava homenagem aos seus deuses, pedindo em troca favores e proteção. Assim, para que o Inverno não fosse muito rigoroso com as culturas e as sementes germinassem sob a terra de forma saudável, trazendo uma colheita abundante no tempo mais quente, era celebrado pelos Romanos, neste período, o deus Saturno, protetor das colheitas, numa festa muito importante chamada Saturnália. Esta celebração começava a 17 de Dezembro e estendia-se por sete dias, as pessoas trocavam presentes e visitavam os amigos e familiares durante este período. Pedia-se ao senhor da Luz que protegesse durante o período de trevas do Inverno, para que ele permitisse a germinação de uma boa colheita.

Para os Romanos era também muito importante o culto aos deus Mitra (ou Mithras), um deus luminoso que incentivava os homens a seguirem o seu caminho, combatendo as trevas e defendendo a Luz. Este culto tem origem oriental e chegou ao Ocidente através das legiões de soldados Romanos, entre as quais este deus se tornou muito popular. O seu nascimento era celebrado a 25 de Dezembro, e também neste caso as celebrações coincidiam com o Solstício de Inverno e a exaltação da luz.

No Ocidente, o culto ao deus Mitra acabou por confundir-se com o culto ao deus Apolo, também chamado "Sol Invictus", ou Sol Invencível. O imperador Aureliano estabeleceu no ano de 273 o dia 25 de Dezembro como o dia de nascimento do Sol, primeira divindade e mais importante de todas. Por essa razão, a Igreja Católica fixou o nascimento do Menino Jesus na mesma data, pois esta celebração do nascimento do Deus da luz estava já muito enraizada entre os povos.

A energia do Solstício de Inverno

Para os povos do Norte da Europa o Solstício de Inverno era também muito importante, sendo celebrado numa festividade chamada Yule. Esta celebração relaciona-se com a energia única deste período do ano: a energia do nascimento, a noite mais longa, a partir da qual tudo nasce e progressivamente cresce. Por essa razão temos ainda hoje, nas celebrações de Natal, o hábito de acender velas, como homenagem à luz, e usar pinheiros e azevinhos na decoração - plantas que se mantêm sempre verdes, sempre vivas.

O Inverno representa o período de descanso e recolhimento de que a terra precisa para nutrir as sementes que silenciosamente germinam, e de que nós precisamos para recuperarmos energias, para fortalecermos as nossas reservas e as nossas estruturas interiores. Este é o momento do ano em que o tempo frio convida a ir mais cedo para casa, a passar mais horas no sofá à lareira ou enrolado numa manta quente, a partilhar um chá e um bolo acabado de fazer com as pessoas que amamos e sobretudo a consolidar dentro de nós as nossas convicções a respeito de nós próprios e das metas que desejamos alcançar, daquilo que queremos fazer, do que queremos mostrar à luz do dia, mais tarde, quando chegar o momento certo. Por agora, é tempo de olharmos para dentro de nós e alimentarmos com amor, fé e empenho tudo o que desejamos ser. Porque esta é a noite que fará nascer o esplendoroso dia.

Ritual de Solstício de Inverno para ter sorte e proteção

 

O Solstício de Inverno celebra o nascimento do sol, o renascimento da luz depois da noite mais longa do ano. Aproveite esta energia especial para atrair para a sua vida a sorte, a força e a proteção.

Deverá realizar este Ritual durante a semana do Solstício de Inverno. Ele será mais forte se for realizado na noite do Solstício, ou na noite de Domingo, que é o dia regido pelo Sol. Cada hora do dia tem a regência especial de um planeta; deve fazer este Ritual à noite, numa hora regida pelo Sol. Assim, consulte a tabela para saber a que horas o deve fazer, consoante o dia da semana que escolher:

Por exemplo, se fizer o Ritual numa Terça-feira, deverá fazê-lo às 21.00, mas se o fizer numa Sexta-feira deve ser realizado às 19.00.

Vai precisar de:

1 raminho de pinheiro - simboliza a longevidade, a eternidade e também a fidelidade entre esposos

1 pau de incenso - purifica as energias envolventes e leva os seus pedidos aos céus

1 cristal Pedra do Sol - representa o brilho, a força, o êxito alcançado

- 4 velas vermelhas - o número 4 representa a estabilidade, as conquistas, a solidez

- 1 espelho pequeno - amplia a energia e reflete a luz da lua e do sol

1 papel, 1 caneta de tinta verde - cor da esperança

 

Realização:

- Realize este ritual numa varanda ou junto à janela, para absorver os raios de luar e de sol.

- Disponha as 4 velas lamparinas de modo a formarem um quadrado. 

- Coloque no meio delas o espelho e, por cima dele, o cristal Pedra do Sol.

- Acenda as velas e o pau de incenso.

- Passe com o ramo de pinheiro por cima de cada uma das velas, no sentido dos ponteiros do relógio, e depois coloque-o sobre o cristal.

- Escreva no papel os seus pedidos para o próximo ano. 

- Dobre o papel em 4 partes e coloque-o debaixo do cristal, por cima do espelho.

- Deverá deixar este altar exatamente como está durante 24 horas, deixando as velas e o incenso arderem até ao fim. O cristal, o espelho, o ramo de pinheiro e os seus pedidos devem receber a energia da Lua e do Sol.

- Passadas 24 horas, guarde o cristal e o ramo de pinheiro num saquinho que deve esconder num local secreto do seu quarto. Deixe fora as velas e o incenso. Enterre o papel onde escreveu os seus pedidos num vaso com uma flor ou planta que seja do seu agrado ou debaixo de uma árvore, num jardim.

 

O perfume ideal para cada signo

 

Cada signo do Zodíaco tem traços de personalidade que se revelam nos seus gostos e preferências. Assim, é possível saber quais são os aromas de que os nativos de cada signo mais gostam e identificar o perfume que mais inebria os seus sentidos! Confira!

Carneiro

Vibrante, ardente, sensual, eis a personalidade do signo Carneiro e eis, também, as caraterísticas que mais aprecia num perfume. Procura aromas fortes, intensos, mas sem serem demasiado doces. Prefere um toque amadeirado, e mesmo as mulheres deste signo podem gostar de usar perfumes de homem. O sândalo é um dos seus aromas de eleição. Os perfumes de Paco Rabanne, Yves Saint Laurent ou da Diesel são boas escolhas para eles, tais como o Black Opium para a mulher, e o Only the Brave da Diesel, para o homem.

Touro

Conservador, romântico sem exageros, elegante e sensual, Touro prefere os aromas mais clássicos e requintados. Aprecia os perfumes doces, os aromas a baunilha, caramelo, ou florais alegres, mas sempre muito femininos. No caso do homem, é fiel às boas marcas e não gosta de inovações, sendo capaz de usar o mesmo perfume anos a fio. Para a mulher, o Chanel n.5 e o Trésor são dos seus perfumes de eleição. Para o homem, um clássico Hugo Boss.

Gémeos

Alegre, descontraído e de bem com a vida, o nativo de Gémeos não suporta aromas demasiado fortes, preferindo os cheiros florais, primaveris, e as eau de toilette, que são mais leves. Mantém sempre um toque juvenil, e por isso os perfumes com frascos divertidos de Moschino são boas hipóteses para a mulher Gémeos, assim como os Dolce e Gabbana ou a Aqua di Gio, de Giorgio Armani, cuja versão masculina também combina bem com o homem Gémeos.

Caranguejo

Sensível, terno, envolvente, nenhuma fragrância é demasiado doce para o romântico Caranguejo. A mulher deste signo é uma das mais femininas do Zodíaco e adora todos os cheiros que evoquem a infância e exaltem a sua feminilidade. O homem Caranguejo é clássico e gosta de perfumes adocicados e sensuais. O Angel de Thierry Mugler é uma boa escolha na versão masculina ou feminina, assim como o Pôeme, de Lâncome, para a mulher Caranguejo.

Leão

Glamour, charme, sedução, carisma - os traços dominantes de Leão são também aquilo que os nativos deste signo apreciam num perfume. As águas de colónia frescas não são para eles, apreciam os amadeirados, os toques quentes, os aromas exóticos como figo, caviar e caramelo. O J'adore, da Dior, é um clássimo para a mulher deste signo, assim como os perfumes Jean Paul Gaultier. O One Million, de Paco Rabanne, satisfaz bem o gosto do homem Leão.

Virgem

Este é um dos signos que tem menor tolerância a perfumes, embora adore cheiros, pois o olfato é um dos seus sentidos mais apurados. Por essa razão, uma vez que sente todos os aromas com grande intensidade, não suporta os perfumes fortes nem demasiado enjoativos, optando pelos florais. Para Virgem, nenhum perfume se compara ao cheiro da pele acabada de sair do banho. Os clássicos de Estée Lauder ou o Noa, de Cacharel, são boas sugestões para a mulher deste signo, assim como o Polo, da Ralph Lauren, para o homem.

Balança

Elegante, distinta, moderna mas ao mesmo tempo de gostos clássicos, a mulher Balança é uma das que mais aprecia perfumes, deliciando-se com os aromas doces, e que ao mesmo tempo deixam no ar uma aura de frescura, pois os excessos não são para ela. A beleza dos frascos também a cativa. O Miss Dior, ou os perfumes de Nina Ricci, satisfazem as suas preferências. O Dior Homme "veste" bem o homem Balança.

Escorpião

Sensual, enigmática, poderosa, a mulher Escorpião adora os perfumes que deixam um rasto de sedução à sua passagem. Os perfumes intensos, com especiarias, toques exóticos e fragrâncias inesquecíveis, mas ao mesmo tempo difíceis de decifrar, são os que mais apelam aos seus sentidos. O homem Escorpião procura sempre perfumes fortes, marcantes e poderosamente sensuais. O Hypnotic Poison, da Dior, ou o Envy, da Gucci, são boas escolhas. Para o homem, naturalmente Scorpio será um bom perfume.

Sagitário

Moderna, cosmopolita, vibrante, a mulher Sagitário gosta de perfumes marcantes, mas ao mesmo tempo frutados, descontraídos, com um toque amadeirado e notas orientais que destaquem o seu gosto pela aventura. A sedução está sempre bem presente no seu dia-a-dia, assim como a necessidade de ação. Os perfumes DKNY são das melhores escolhas para ela, assim como Euphoria da Calvin Klein, ou o 212 Sexy, da Carolina Herrera. Para ele, o Guilty, da Gucci, combina com o seu ar de bom malandro.

Capricórnio

Distinto, refinado, elegante, o nativo de Capricórnio, seja homem ou mulher, prima pelo seu gosto exclusivo, pela sua apreciação da qualidade, pela atenção aos pormenores que passam despercebidos aos outros. Se não tiver dinheiro para comprar o perfume que deseja, pode preferir poupar, o tempo que for preciso, até o poder comprar. Capricórnio sabe que, mais cedo ou mais tarde, chega onde deseja. O Allure da Chanel é uma boa opção para ela; o Bvlgari Man, para ele.

Aquário

Independente, jovial, rebelde, Aquário gosta de variedade e prima pela sua originalidade. Gosta de ter vários perfumes para poder ir alternando, atraem-no as fragrâncias modernas, divertidas, que não sejam demasiado persistentes pois prefere essências mais frescas. Os perfumes da Calvin Klein e da Dolce & Gabbana são sempre boas escolhas para mulheres e homens deste signo. O clássico CKOne, unissexo, é uma boa escolha para mulheres e homens deste signo tão a favor da igualdade, assim como o Contradiction, para ela.

Peixes

Romântica, sensível, eterna sonhadora e muito feminina, a mulher Peixes gosta de perfumes doces, com notas de baunilha, chocolate, caramelo, ou aromas clássicos, suaves e levemente florais. Tudo neste signo evoca o sonho, a ilusão, a entrega. O homem Peixes encontra a sua essência nos perfumes que lembram o mar, como o Davidoff Cool Water Night Dive. Ela, encontra-a no Flower da Kenzo ou no Intuition, da Estée Lauder.

Previsões 2021 para o seu signo

CARNEIRO

A Torre

Este ano pode dar-lhe a oportunidade de fazer mudanças na sua vida e, em muitas situações, terá mesmo de começar de novo.

A Torre alerta para a possibilidade de estarmos errados nas nossas crenças, indicando que, se insistirmos nelas, podem desviar-nos do nosso propósito.

A nível amoroso, esta carta alerta para tensão e até para uma possível rutura, caso não haja uma mudança de atitudes. Ela pode, também, indicar que um novo capítulo está prestes a começar e, para quem não tem par, pode anunciar a chegada de um novo amor.

Na saúde, aponta para a necessidade de vigilância e de aumentar os cuidados, pois estará mais tenso e instável a nível nervoso. Vigie a saúde mental.

A nível profissional e financeiro, esta carta alerta para situações que ameaçam a segurança e a estabilidade, indicando que deve fazer uma gestão mais prudente dos seus recursos. Pode indicar uma mudança no setor profissional. 

TOURO

O Dependurado

Este ano pode sentir-se mais inseguro, e as situações vão obrigá-lo a aprender a confiar mais nas suas capacidades. A segurança de que precisa está dentro de si.

Esta carta indica alguns sacrifícios mas, se souber enfrentá-los com a determinação que o carateriza, conseguirá superar estes desafios e sair deles mais forte e mais seguro em relação às suas capacidades. Esta carta alerta que é necessário ser prudente, pois as circunstâncias não são propícias para agir. Aproveite este ano para amadurecer ideias e não avance sem certezas. Esta é uma fase necessária para avaliar as suas ações e para pensar muito bem naquilo que deseja e no que precisa de fazer para o alcançar.

A nível amoroso, esta carta indica que a relação está estagnada, que as atitudes devem mudar para que a situação possa melhorar.

Na saúde, indica fragilidade, é necessário cuidar melhor de si e fortalecer-se através de hábitos mais equilibrados.

Nos setores profissional e financeiro, indica um período de sacrifício, em que necessita de conter as despesas para suportar uma situação difícil e procurar formas de a resolver.

 

GÉMEOS

A Estrela

Vai sentir-se motivado e concentrado nas suas metas.

Tem uma proteção especial que vai ajudá-lo a vencer os desafios.

Esta é uma das melhores cartas do Tarot. É uma carta extremamente positiva, pois diz-nos que, qualquer que seja a situação pela qual estejamos a passar, temos no nosso caminho uma ajuda espiritual, um Anjinho da Guarda que olha por nós, e que os obstáculos que encontrarmos no caminho serão ultrapassados.

No amor, indica um amor profundo e verdadeiro. Pode ser um novo amor, para quem está só, ou o final de uma fase má para quem esteve com problemas no relacionamento.

Na saúde é uma carta muito protetora, que indica a cura de qualquer problema que tenha tido. Deus olha por si e irá trazer-lhe a cura ou pelo menos uma melhoria.

A nível profissional e financeiro, indica entradas de dinheiro e resolução de problemas, trazendo estabilidade, sucesso e prosperidade. 

 

CARANGUEJO

A Lua

Este ano vai fazê-lo ver as situações como elas são. Está na altura de afastar as ilusões.

A sua carta dominante para este ano está relacionada com a intuição, as sombras, os mistérios, a essência feminina em qualquer pessoa, a sensibilidade e a recetividade. Esta carta alerta, também, para a possibilidade de cair em ilusões. Deverá precaver-se contra energias menos positivas. Existe uma tendência neste ano para sentir dúvida, confusão, dificuldade de discernimento porque, em muitos casos, pelo menos uma parte das situações estará escondida. No entanto, este ano pode ser também muito fértil, na medida em que favorece a criatividade e a expressão artística.

No amor, há a possibilidade de estar a viver uma ilusão. Pode também viver um romance secreto ou ter uma gravidez.

Na saúde, aconselha a ir ao médico e fazer exames como forma de prevenção e despistagem de doenças.

A nível profissional e financeiro, indica recursos escondidos, a possibilidade de receber dinheiro através de uma fonte inesperada. Pode também alertar contra boatos e intrigas no local de trabalho.

 

LEÃO

O Julgamento

Este ano pode ser bastante positivo para si, mas tudo depende da sua atitude e da forma como lidar com as circunstâncias. Confie nas suas capacidades e assuma uma postura vencedora.

Esta carta indica um novo ciclo de vida. Os seus atos, escolhas e decisões têm consequências e terá de responder por elas. Procure agir mais com o coração, saiba ouvir aquilo que ele lhe pede e vá ao encontro do que a faz feliz, pois sem paixão não terá realização, seja em que área for da sua vida. A sua carta dominante indica, também, que muitas situações da sua vida marcam o final de um ciclo, estando apto a passar para um novo nível. A Carta O Julgamento pode anunciar mudanças. Pode indicar um matrimónio ou um divórcio, um contrato, ou o fim dele. Qualquer que seja a situação, chegou ao final de um ciclo, será avaliado e, conforme o seu desempenho, passará a um novo patamar.

A nível amoroso, indica novidades, o início de uma nova fase que será feliz. Avalie os seus sentimentos e procure ser justo e equilibrado.

Na saúde, aconselha-o a descansar mais, pois corre o risco de desgaste. Faça com regularidade um check-up.

No domínio profissional e financeiro, poderá ser promovido, mas terá de prestar provas da sua competência e mostrar o seu valor. Saiba estar à altura dos desafios que lhe apresentam.

 

VIRGEM

A Morte

Este ano pode ajudá-lo a libertar-se de situações que já não lhe faziam bem e que o impediam de evoluir.

Esta carta significa renovação e tem uma mensagem: liberte-se do passado para que o futuro possa trazer algo maravilhoso para a sua vida. Muitas pessoas têm receio desta carta, mas a sua mensagem é positiva, pois ela não indica a morte física, mas sim a "morte" de tudo aquilo que já não nos serve, que já não nos faz bem, e que, por isso, já não tem lugar na nossa vida.

A nível amoroso, pode indicar o fim de um relacionamento que já não trazia felicidade ou uma nova fase na vida sentimental. Uma crise será ultrapassada, dando origem a uma renovação.

Na saúde, aconselha a adotar hábitos de vida mais saudáveis, indicando que deve cuidar mais de si.

A nível profissional e financeiro, os problemas serão resolvidos, mas é necessário mudar de estratégia. Pode indicar uma mudança de trabalho, ou o início de uma nova fase na vida profissional.

 

BALANÇA

A Temperança

Mantenha a calma porque em 2021 devagar se vai ao longe!

O seu progresso pode ser lento, mas será sólido e duradouro.

Esta carta significa equilíbrio e indica que é com o equilíbrio e a justa medida nas nossas ações diárias que alcançamos o sucesso. Para alcançar as suas metas não pode nem deve deixar-se perturbar pelos atrasos, obstáculos e, sobretudo, pelas opiniões de terceiros. A Temperança pode indicar um ano de espera, pois traz tranquilidade e harmonia sem grandes mudanças nem acontecimentos marcantes.

A nível amoroso, indica harmonia afetiva, romance, partilha e equilíbrio. Dê mais importância ao diálogo com o seu par, a expressão de sentimentos está favorecida. Se ainda não tem par, tenha calma pois tudo chegará no devido tempo.

A nível de saúde, indica equilíbrio e bem-estar, traz a recuperação lenta, mas segura, de uma doença. Adote hábitos de vida mais saudáveis.

No domínio profissional e financeiro, será capaz de equilibrar as suas contas e de gerir melhor o seu dinheiro.

ESCORPIÃO

O Carro

Este ano pode trazer-lhe muitas mudanças e novidades.

Pode ter boas oportunidades, esteja atento para saber agarrá-las!

A sua carta dominante para este ano anuncia sucessos e representa a conquista alcançada graças ao esforço, empenho e dedicação. Indica uma rápida evolução das situações, poderá haver uma mudança, que será bastante positiva. As situações resolvem-se mais rapidamente, os objetivos podem finalmente ser conquistados. Esta carta alerta, no entanto, para a necessidade de se ter cuidado para não nos deixarmos levar pelas nossas próprias pulsões, perdendo o domínio. É, em geral, um ano que traz ações rápidas, resultados e novas oportunidades.

A nível amoroso, pode anunciar um novo amor repentino. Indica paixão e romance.

Na saúde, aconselha prudência para evitar pequenos acidentes causados pela falta de atenção. Numa situação de doença, ela traz de volta a cura, mas aconselha a agir rapidamente.

A nível profissional e financeiro, indica sucesso, realização, bons resultados. É a conquista merecida graças ao esforço que se fez. Pode indicar o aparecimento de novas oportunidades.

SAGITÁRIO

O Eremita

Este ano faça uma análise interior para perceber aquilo que realmente quer alcançar e qual é a melhor forma de o conseguir.

Esta carta representa a necessidade de nos voltarmos para dentro de nós próprios para encontrarmos as respostas que procuramos, lembrando que por vezes é necessário isolarmo-nos do ruído que nos rodeia para, no silêncio, podermos ouvir a nossa intuição, a voz de Deus dentro de nós.

No amor, é preferível estar só do que mal-acompanhado, recolha-se e pense bem no que quer!

A nível de saúde, tendência para dores de costas e problemas de coluna. É aconselhável prevenir problemas futuros, fazendo exames.

No domínio profissional e financeiro, evite correr riscos, esta fase aconselha maior prudência, é um período de espera e não para agir.

 

CAPRICÓRNIO

O Louco

Este ano pode sentir-se um pouco à deriva.

É importante que defina bem as suas metas para saber usar a sua energia. É um bom ano para descobrir coisas novas, para fazer algo que nunca fez antes.

A última carta dos Arcanos Maiores é, simultaneamente o número 22 e é também o 0 – porque na vida tudo se transforma num ciclo que está sempre a evoluir. Quando algo termina, algo novo começa. A sua carta dominante para este ano, o Louco, traz a novidade, a insegurança dos novos começos, a incerteza porque ainda não sabemos o que vai acontecer, mas tem em si a promessa de que tudo pode melhorar.

A nível amoroso, indica um romance descontraído, a chegada de um novo amor, ou a necessidade de ter maior liberdade. Esta é uma fase de descoberta, deixe os sentimentos fluírem.

Na saúde, indica instabilidade e alerta para evitar excessos. Tendência, também, para problemas de ossos.

No campo profissional e financeiro, aponta para uma viragem, um novo começo, ou para a necessidade de abraçar novos desafios e experimentar domínios onde antes não arriscou aventurar-se.

 

AQUÁRIO

O Mundo

Este ano pode trazer-lhe grandes recompensas, mas para obtê-las terá de superar alguns desafios.

A carta o Mundo é muito positiva em todas as áreas, representa sempre bons resultados, sucesso e glória, os quais foram conquistados pela nossa determinação e esforço.

 A nível amoroso, período muito feliz no amor. Pode indicar um novo amor, para aqueles que não têm par, um casamento ou uma fase de maior estabilidade, para quem tem uma relação amorosa, ou até mesmo o nascimento de um filho.

Na saúde, indica vitalidade, energia e saúde. Significa recuperação após um período difícil e indica que a pessoa está fortalecida.

No domínio profissional e financeiro, auspicia sorte, entrada de dinheiro, um novo trabalho para quem está desempregado ou uma promoção e melhoria das condições de vida para quem está a trabalhar.

 

PEIXES

O Diabo

Este ano pode ser muito intenso e agitado, e pode trazer-lhe grandes benefícios, mas esteja atento porque também estará mais instável.

O Diabo é uma das cartas mais temidas do baralho de Tarot. Ela está relacionada com energias intensas, e alerta para a necessidade de prestar atenção às atitudes e pensamentos e, também, ao ambiente circundante. Seja prudente, evitando agir por impulso, pois pode ser levado por caminhos que não são bons para si.

A nível amoroso, esteja alerta para não embarcar em paixões cegas. É um ano favorável aos romances ardentes, mas em que se perde facilmente o controlo se não houver cuidado.

Na saúde, mantenha-se alerta para evitar problemas repentinos que podem surgir ou o agravamento de uma situação. Atenção aos seus hábitos e à sua alimentação!

No campo profissional e financeiro, por um lado aconselha-se prudência, por outro, também pode haver entradas inesperadas de dinheiro. Preserve muito bem o que tem.

O olho de Santa Luzia – Amuleto de proteção

O nome Luzia deriva de "luz" e desde o século V que esta santa é venerada.

Reza a lenda que Luzia pertencia a uma família rica de Siracusa, e que a sua mãe, que ficou viúva, a prometeu a um jovem da corte, que era pagão.


Contudo, Luzia tinha feito um voto religioso de castidade e não quis quebrá-lo, pelo que arrancou os seus próprios olhos, entregando-os como prova da sua fé.


Desde então, Luzia, que morreu casta, tornou-se a protetora da visão.


O olho de santa Luzia é um talismã muito forte que protege contra o mau olhado e a inveja. Começou por ser usado pelos cubanos, e pode ter a forma de dois pequenos olhos ou, então, uma concha de madrepérola.


O olho de santa Luzia é aquele que "vê para lá do que é evidente", ajudando-nos a escapar dos perigos e ardis. Este talismã também atrai a sorte e a felicidade, trazendo a prosperidade. Traga-o sempre consigo e peça a Santa Luzia que a proteja:

 

Santa Luzia,
Conserva a minha fé e protege-me contra toda a inveja!
Que os maus olhos nunca me vejam,
Que os maus espíritos nunca me atinjam,
Que toda a minha alma protegida esteja!
Ámen!

Responso de Santa Luzia contra doenças dos olhos

 

Santa Luzia é a protetora dos olhos e da visão, e a ela se recorre em situação de doença dos olhos. Esta oração deve ser rezada pela própria pessoa doente, fazendo o sinal da Cruz à frente dos seus olhos sempre que disser os nomes "Luzia" ou "Jesus".

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.

Virgem Santa Luzia, 
portadora de luz,
Vinde à noite ou de dia,
mostrando a vossa cruz.

Se for nuvem formada, 
de algum sangue ruim,
De água contaminada, 
Cristo vai dar-lhe fim.

Virgem Santa Luzia,
portadora de luz,
Vinde à noite ou de dia,
mostrando a vossa cruz.
 

Virgem Santa Luzia, 

Ao ver vossa luz,
Sinto grande alegria 
E amor ao bom Jesus.

Se for nuvem formada, 
Malefício ruim,
Há de ser desmanchada,
Cristo vai dar-lhe fim.

Virgem Santa Luzia,

portadora de luz,

Vinde à noite ou de dia,

mostrando a vossa cruz.

Assim seja.

Ámen.

O último eclipse de 2020 e a Lua Nova em Sagitário

 

No dia 14 de Dezembro de 2020 teremos o último eclipse deste ano que se destacou, entre tantos outros fenómenos astronómicos e mudanças que trouxe às nossas vidas, também pelo facto de ter mais eclipses do que é habitual, totalizando 6. Para os povos antigos, os eclipses representavam tempos de incerteza: quando o Sol e a Lua interagem, o nosso passado e presente são confrontados, e o nosso futuro pode mudar. Este eclipse, que é solar e ocorre com a Lua Nova em Sagitário, traz uma luz de esperança para 2021.

Os eclipses sempre foram vistos como eventos cósmicos especiais pelas civilizações mais antigas, que estudavam atentamente os astros e, a partir dos seus movimentos, inferiam mudanças que podiam vir a ocorrer. Os eclipses envolvem sempre o Sol - o astro rei da nossa galáxia e a fonte da qual depende toda a vida na Terra - e a Lua, o satélite da Terra que, devido à sua proximidade, nos influencia de modo mais direto que qualquer outro astro. Por isso, quando o Sol e a Lua se escondem e descobrem entre si há uma forte mudança de dinâmica energética. Os seus efeitos são sentidos, pelo menos, três semanas antes e três semanas depois da sua ocorrência, atingindo o pico no dia em que o eclipse acontece.

2020 virou a nossa vida ao contrário e os astros predisseram que muito viria a mudar. Este ano ocorreram (e estão ainda para ocorrer) importantes aspetos astrológicos, tais como a Grande Conjunção que une Júpiter e Saturno já no dia 21. Houve, também, mais eclipses do que é habitual e, do total de 6 eclipses de 2020, o último ocorre no dia 14 de Dezembro e chega-nos com a Lua Nova em Sagitário, uma das mais libertadoras e otimistas.

Sagitário é o signo da aventura, da fé, da auto-confiança, do idealismo e do espírito de conquista. Quando a Lua entra na fase de Lua Nova, iniciando um novo ciclo, neste signo, ela é infundida pela energia da esperança e traz-nos uma nova dose de otimismo.

Sagitário confia em si próprio e na sorte e, por isso, é um signo que se adapta mais facilmente às mudanças e que prefere improvisar no momento do que obedecer a um plano rígido com regras bem definidas. Esta energia é agora ativada - é tempo de confiarmos mais nas nossas capacidades e naquilo que a vida ainda tem de bom para nos trazer.

A Lua Nova em Sagitário ocorre às 16.17 e nesse mesmo dia temos um eclipse solar - o Sol diz respeito ao nosso sentido de identidade, ao poder de decisão e, como num eclipse solar o Sol é obscurecido pela Lua, que se interpõe entre ele e a Terra, pode haver confusões, incertezas e até recuos em assuntos relacionados com quem somos, com as escolhas que fizemos no passado ou que somos obrigados a fazer agora.

Os eclipses solares podem trazer o reaparecimento de amores do passado, de situações que havíamos interrompido ou de circunstâncias que julgávamos terminadas.

Os eclipses solares assinalam mudanças, começos, o início de um novo capítulo nas nossas vidas - eles funcionam como um poderoso portal cósmico, através do qual entra uma nova energia.

Uma vez que este eclipse acontece uma semana antes da Grande Conjunção, um dos maiores acontecimentos astrológicos dos últimos 20 anos, e na semana em que tanto Júpiter como Saturno saem finalmente de Capricórnio, o que também é bastante significativo em termos de mudança energética e, ainda, porque nos aproximamos do fim deste ano que tão difícil tem sido para todos nós, a energia deste eclipse solar em Sagitário é ainda mais forte e pode ajudar-nos a dar um salto de fé muito positivo.

Sagitário é regido por Júpiter, que deixa Capricórnio já daqui a dias para entrar em Aquário, onde a sua energia de expansão e oportunidade se pode tornar mais produtiva. É tempo de reconhecer as dádivas que já possuímos e, através desse sentimento de gratidão, abrir o coração para receber muito mais.

De acordo com as mudanças planetárias que ocorrem nas próximas semanas, prevê-se que 2021 comece com uma atmosfera de maior leveza e mudança: a consciência de que há muito para fazer mas, também, de que o que não nos derruba torna-nos muito mais fortes.

 

Aproveite, pois, a energia da Lua Nova com eclipse solar em Sagitário:

- esta data é ideal para traçar metas para o próximo ano;

- dê forma concreta aos seus sonhos e trace estratégias para torná-los realidade;

- planeie uma viagem ou deslocação que traga um novo fôlego à sua motivação;

- reacenda a sua chama interior - Sagitário é o signo do Fogo da esperança e da fé;

- dê um novo impulso aos seus projetos;

- aposte mais na paixão e revitalize a sua vida amorosa.

 

Seja qual for aquilo que é, para si, mais importante neste momento, saiba que a energia da Lua Nova com eclipse solar em Sagitário pode dar-lhe uma valiosa ajuda.

Assim, vale a pena tirar algum tempo só para si, tomar consciência do momento presente, sentir-se plenamente presente naquilo que está a viver e, a partir daí, traçar planos para o seu futuro. Por mais desanimado que se sinta perante a vida, imagine algo bom que se torna realidade. Dê forma ao seu desejo e imagine-o como sendo a realidade em que vive. Entregue o seu desejo ao Céu. Confie nas estrelas - este ano a Estrela de Belém vai voltar a brilhar nos céus*, e pode conduzi-lo ao seu tesouro mais desejado.

 

* Acredita-se que aquela que ficou conhecida como a Estrela de Belém, que conduziu os três Reis Magos até ao Menino Jesus se tratava, na verdade, de uma rara conjunção de planetas: Júpiter, Saturno e Vénus que, unindo-se no Céu, brilhavam com uma intensidade especial, que chamou assim a atenção dos três estudiosos do Oriente. Este ano Júpiter e Saturno voltam a unir-se no dia 21, um fenómeno que ocorreu pela última vez há 800 anos atrás.

Oração a Santa Luzia para iluminar o seu caminho

 

A 13 de Dezembro celebra-se o dia de Santa Luzia, protetora dos olhos e da visão, a quem se pede que proteja e ajude na recuperação de problemas relacionados com os olhos, e orientação para sabermos sempre qual é o melhor caminho que devemos seguir na nossa vida. 

O nome Luzia deriva de "luz" e desde o século V que esta santa é venerada. Reza a lenda que Luzia pertencia a uma família rica de Siracusa e que a sua mãe, que ficou viúva, a prometeu a um jovem da corte, que era pagão. Contudo, Luzia tinha feito um voto religioso de castidade e não quis quebrá-lo, pelo que arrancou os seus próprios olhos, entregando-os como prova da sua fé. Desde então Luzia, que morreu casta, tornou-se a protetora da visão.

Oração a Santa Luzia

Santa Luzia,
que mantiveste a Fé e a confiança em Deus,
mesmo tendo passado por um grande sofrimento,
ajudai-me a não duvidar da Protecção Divina,
defendei-me da cegueira não somente física,
mas também espiritual,
e atendei este meu pedido (fazer o pedido).

Conservai a luz dos meus olhos
para que eu tenha força para mantê-los sempre abertos
para a verdade e a justiça,
e para que possa contemplar as maravilhas do Universo,
o brilho do sol e o sorriso das crianças.
Oh, minha querida Santa Luzia,
agradeço-te por teres ouvido a minha súplica.
Por Jesus Cristo, meu irmão e amigo,
 na unidade do Espírito Santo.

Ámen!

Ritual iluminador de caminhos

 

Realize este ritual para abrir os caminhos da sua vida à abundância, à prosperidade e à sorte. Se sentir que algo está estagnado na sua vida, faça mudanças, liberte espaço na sua casa doando objetos que já não utiliza ou roupa que já não usa. Faça percursos diferentes da sua casa para o trabalho, oiça músicas novas... As mudanças colocam as energias em movimento e atraem a renovação.

Vai precisar de:

– 1 vela amarela

– 1 imagem de Santa Luzia

– 1 mistura de ervas «abre-caminhos»[1]

– 1 amuleto olho de Santa Luzia

– suporte para a vela, fósforos, queimador para as ervas, carvão

 

Preparação:

– Acenda a vela junto da imagem de Santa Luzia e do olho de Santa Luzia.

– Coloque a mistura de ervas juntamente com o carvão no queimador e deite-lhe fogo.

– Deixe que o fumo se espalhe e, segurando o queimador com cuidado, percorra toda a sua casa, no sentido dos ponteiros do relógio.

– Quando terminar, retorne ao lugar onde está a vela e reze:

Santa Luzia,

Conserva a minha fé
e ilumina o meu caminho
em casa e no trabalho!
Que os maus olhos nunca me vejam,
Que os maus espíritos nunca me atinjam,
Que toda a minha alma esteja protegida
e que o meu trabalho esteja sempre seguro!
Ámen.

– Deixe a vela e as ervas arderem até ao fim e depois deite fora os restos.

– Guarde a imagem de Santa Luzia no seu quarto e traga o olho de Santa Luzia na sua mala ou no seu carro, para que ele ilumine sempre o seu caminho.