Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Consultório de Astrologia

Ritual para proteger os filhos

protecção

 

Para Proteger os seus filhos

 

Este ritual deve ser feito durante 3 dias seguidos, sempre à mesma hora, para fixar o seu pedido. Para obter melhores resultados, deve começar num domingo.

 

Vai precisar:

1 Bolsinha

1 Fita Azul

1 Folha branca recortada em forma de estrela (5 pontas)

pós mágicos feito com "pós de estrelas"

1 papel com nome dos seus filhos escrito

9 cones de incenso

3 velas de lamparina

 

Coloque a folha de papel (em forma de estrela, no chão ou num sítio seguro, longe de material inflamável. Ponha o papel com dos seus filhos no centro e desenhe um circulo à volta dele,m utilizando as 3 velas e ps 9 cones de incenso. Ponha a bolsinha e a Fita Azul dentro do círculo e por cima do papel, sem o tapar.

 

Acenda Cuidadosamente as velas e os cones de incenso, usando fósforos de madeira. Peça ao universo que proteja os seus filhos ou a sua família em geral, afastando o mau-olhado e as energias negativas. 

Visualize a família unida e feliz. Enquanto faz o seu pedido, espalhe um punhado de "pós mágicos" sobre o papel com o seu nome. Agradeça as graças obtidas. Apague cuidadosamente as velas e o incenso, mas não desfaça o círculo, pois deve permanecer onde está.

Durante os dois dias seguintes acenda novamente as velas e o incenso, faça o seu pedido com o coração cheio de fé, espalhe um punhado de pós mágicos por cima, e agradeça.

 

Ao quarto dia, recolha o papel com os nomes e os pós mágicos e coloque tudo na bolsinha. Ate com a fita azul , dando 10 nós bem firmes.

Deve colocar este saquinho no fundo de uma gaveta escondida do roupeiro, dentro do quarto dos filhos. Deite fora as velas e os incensos.

 

A sua família estará mais forte, e os seus filhos sentir-se-ão  mais saudáveis e protegidos. 

 

Candeeiros de sal - saiba o que são e para que servem

Sendo o sal o cristal mais puro que existe, os candeeiros de sal são peças decorativas que contribuem para purificar o ambiente onde se encontram, o que ajuda a fortalecer o sistema imunitário, a aumentar a concentração, o foco e o equilíbrio interior, uma vez que melhoram a qualidade do ar que inspiramos.

Todo o ar é composto por móleculas chamadas iões, que têm uma carga energética que pode ser positiva ou negativa.

Existem sempre iões dos dois tipos, sendo que os iões negativos correspondem ao ar "mais limpo" e os iões positivos ao "ar mais saturado".

Dentro de casa, os aparelhos elétricos - como televisores, computadores, telemóveis, ares condicionados e eletrodomésticos - emitem iões positivos, o que sobrecarrega o ar que respiramos. 

Por esse motivo, é especialmente importante equilibrar a energia do espaço através de elementos como as plantas e os cristais, que ajudam a repôr o equilíbrio energético. 

O sal dos Himalaias é especialmente rico em propriedades energéticas e, pela sua capacidade de ionização do ar, liberta iões negativos - que abundam ao ar livre, no campo ou nas montanhas, onde o ar é mais puro. Cada cristal usado para fazer um candeeiro leva muitos anos a ser formado, sendo depois extraído e lapidado. Conserva, assim, uma energia muito pura, porque é um produto criado pela Natureza e pouco alterado pelo Homem. Por serem cristais de maiores dimensões, os candeeiros de sal dos Himalaias emitem uma maior quantidade de iões negativos e purificam de forma natural o ar, criando uma atmosfera mais pura e mais limpa à sua volta. 

Desta forma, ao ter na sua sala ou quarto um candeeiro de sal dos Himalaias, ele faz a limpeza do ar que existe nesse espaço, fazendo com que a sua qualidade se eleve. Quando o candeeiro está ligado o sal aquece, e isso acelera ainda mais o processo de ionização, fazendo com que se liberte mais "energia positiva". Também há candeeiros de sal que têm uma reentrância onde se coloca uma vela, que fará com que o cristal aqueça e proceda à ionização do ar de forma totalmente natural. 

Ao inspirar este ar purificado, o seu sistema respiratório melhora, as defesas do seu sistema imunitário aumentam e, como o ar que chega ao seu cérebro é mais puro, isso também o ajuda a ter maior poder de concentração e tranquilidade.

De entre os inúmeros benefícios que os candeeiros de sal trazem à saúde, destaca-se o seu papel positivo no alívio de sintomas associados a alergias, que provocam dificuldades respiratórias e dores de cabeça, assim como no fortalecimento da imunidade. Também ajudam a ter maior capacidade de concentração, a reduzir o stress e a tendência para a irritabilidade e para ter insónias.

Por outro lado, e segundo a Cromoterapia, a cor laranja que é emitida pelos candeeiros de sal quando estão acesos é favorável à concentração, à criatividade, e ao fortalecimento da energia vital e da coragem. Assim, de acordo com a vibração energética que a sua cor emite, os candeeiros de sal também ajudam a ter um melhor desempenho mental, favorecendo as atividades profissionais e os estudos. 

Os candeeiros de sal nunca devem ser lavados com água - que desfaz o sal - e devem estar sempre apoiados numa base de madeira, visto que a ferrugem natural do sal pode danificar o móvel onde o colocar. 

 

Como é que uma consulta de Tarot pode ajudar?

O Tarot é um dos métodos divinatórios mais antigos e utilizados em todo o Mundo. Como qualquer outro oráculo, não é determinista nem infalível, mas oferece, acima de tudo, uma ajuda preciosa nos momentos em que nos sentimos desorientados e inseguros em relação ao futuro. Essa orientação é, muitas vezes, o impulso de que precisamos para reencontrar a força para enfrentar as circunstâncias.

Em tempos de incerteza sentimo-nos mais vulneráveis e indefesos. Quando a vida, tal como a conhecíamos, começa a ruir, deixamos de poder contar com o que tínhamos como garantido e deixamos de poder assentar a nossa estabilidade nas bases que habitualmente nos serviam de suporte. Quando deixamos de ter certezas em relação à nossa saúde e à saúde daqueles que amamos, quando a situação profissional se torna instável, ou se a união em família se fragmenta, é sobretudo em nós que podemos encontrar a força para enfrentar as circunstâncias e superar as dificuldades até conseguirmos sair de uma situação difícil. E é nesse sentido que uma consulta de Tarot pode fazer a diferença na nossa vida, pois mostra-nos aspetos que não conseguimos ver ou que desconhecemos, dando-nos ferramentas que nos ajudam a escolher o melhor caminho a seguir.

Já em eras antigas, como a Idade Média, e ainda muito antes dela, as pessoas recorriam à consulta de oráculos. Os magos e feiticeiros tinham a capacidade de, interpretando determinados sinais, prever a evolução mais provável para uma determinada situação. Os reis e as pessoas de posses tinham, muitas vezes, magos particulares, a quem pediam opinião sempre que era necessário decidir a respeito de batalhas e questões de poder mas, também, para saber o futuro da sua saúde, ou da sua vida amorosa.

A consulta de oráculos continua a ser uma ferramenta usada por muitas pessoas hoje em dia, sendo o Tarot um dos métodos divinatórios mais populares, não só porque o conhecimento a respeito da forma de usar este oráculo se difundiu como, também, porque apresenta resultados bastante eficazes, quando a leitura de cartas é feita por um profissional competente.

Qualquer pessoa pode adquirir um baralho de Tarot e aprender o significado das cartas. Mas, como em todas as áreas de conhecimento, é a experiência, e um certo dom que algumas pessoas possuem para interpretar os  sinais, que faz a diferença. Os bons profissionais utilizam o baralho de 78 cartas que compõem o Tarot para ler aquilo que, pelo que elas representam, o Universo está a querer transmitir à pessoa que coloca a questão, mas sabe intuir, para além do mais óbvio, fazendo então uma leitura que é mais acertada a respeito da situação.

Mesmo que uma pessoa saiba ler as cartas de Tarot, quando está muito envolvida na questão sobre a qual pergunta, ou quando se encontra instável e inseguro em relação a ela, deve recorrer a um profissional para que este, com a isenção e distanciamento necessários, possa fazer uma leitura mais correta da situação. As pessoas menos experientes na leitura de cartas podem acabar por projetar nelas os seus medos e receios ou, por outro lado, as suas expetativas, o que faz com que o resultado obtido não seja interpretado de forma correta.

Como se processa uma leitura de Tarot?

Existem várias formas de consultar as cartas, sendo geralmente estas baralhadas pelo profissional que faz a leitura, que depois pode dar o baralho a partir àquele que consulta ou, no caso das consultas feitas à distância, é o próprio profissional que parte o baralho em duas ou três partes (ou em mais, conforme o método utilizado).

As cartas com que é feito o corte são, geralmente, interpretadas, pois indicam as energias que estão a dominar a situação, mas nem todos os profissionais usam este método.

Depois, as cartas são dispostas em determinadas posições. O número de cartas lidas e a forma como elas são dispostas varia conforme o profissional que faz a leitura, que usa o método que, para ele, oferece resultados mais corretos.

Cada carta de Tarot tem um significado amplo, havendo uma série de interpretações possíveis, conforme a situação em causa e, também, consoante as restantes cartas que aparecem nessa tiragem. Para além do seu significado individual, importa sempre analisar o conjunto e permitir que outras mensagens surjam na mente do profissional que está a fazer a leitura. A sua intuição e a sua capacidade de "ver" para além do que é explícito são determinantes na interpretação que é feita. E é por isso que nem todas as pessoas que sabem ler as cartas são, na verdade, capazes de fazer a interpretação correta para cada situação.

A consulta de Tarot pode ser feita à distância?

Sim. Hoje em dia são muito comuns as consultas feitas pelo telefone ou por videochamada. Elas são igualmente credíveis quando são realizadas por um bom profissional. Antes de saber quais são as questões que preocupam a pessoa, é normal que o profissional peça os dados pessoais - nome, data de nascimento, situação em que se encontra - para que, através deles, possa conectar-se com a energia da pessoa em causa. Tudo o que existe no Universo é energia, e portanto não existe verdadeira distância, porque a conexão energética pode ser feita mesmo que as pessoas se encontrem a quilómetros de distância.

Quando o profissional baralha as cartas de Tarot, conecta-se interiormente com a pessoa para quem está a fazer a leitura. Uma vez mais, isto requer experiência e aptidão, pois a verdade é que aquele que lê cartas é um "canal" através do qual o Universo envia uma mensagem para a pessoa que precisa dela.

Existem vários tipos de leituras e interpretações mas, de um modo geral, uma boa leitura de Tarot é aquela que oferece, de forma muito clara e explícita, uma orientação: "De acordo com a situação em que se encontra, o desfecho mais provável é...". Uma boa leitura de Tarot (ou de qualquer outro oráculo) oferece também indicações em relação às atitudes que, mediante as circunstâncias em que a pessoa se encontra, a conduzirão a resultados mais favoráveis.

O Tarot ajuda a tomar decisões, a fazer escolhas e a encontrar alternativas para lidar com uma determinada situação.

Mesmo quando não podemos fazer nada perante uma situação (e isso é, muitas das vezes, aquilo que leva uma pessoa a recorrer a uma consulta de Tarot), está SEMPRE ao nosso alcance escolher como lidamos com ela. E isso faz mesmo toda a diferença.

Quando nos deixamos vencer pelo desânimo, pelo cansaço e pelo medo, não só continuamos sem resolver a situação como estamos a deixar-nos sufocar por ela. A partir daí surgem cada vez mais problemas, porque a nossa energia enfraquece e a nossa capacidade de fazer face às situações vai sendo cada vez mais débil.

Nesse sentido, uma consulta de Tarot ajuda a fortalecer a nossa capacidade de resposta e a nossa força interior, pois aponta para as formas que temos ao nosso dispor para lidar da forma mais proveitosa com os recursos de que dispomos, fazendo assim face aos obstáculos que a vida nos apresenta.

Porque compreendemos que são muitas as pessoas que encontram no Centro Maria Helena a orientação que as ajuda a enfrentar as dificuldades, disponibilizamos consultas de Tarot presenciais, em segurança, mas também as realizamos por telefone e videochamada, assim como tratamentos de Reiki, Limpeza energética, Alinhamento de chacras, Cromoterapia e Taças Tibetanas, que também podem ser feitos à distância.

Oração a São Bento para afastar a febre e as inflamações

 

Esta oração popular é rezada com fé para pedir a São Bento que afaste a febre de uma pessoa doente ou que ajude a tratar uma inflamação.

Pai Celeste, pelos méritos de S. Bento,
afastai este mal que me aflige.
O nome do Bem-aventurado S. Bento é abençoado, eternamente.

S. Bento tudo obterá da Vossa bondade e justiça.
Pelas suas preces, afastai-me S. Bento de tudo o que Vos ofenda, Senhor Deus.

Obtenha S. Bento para mim as graças da Vossa Providência.
Por Nosso Senhor Jesus Cristo.
Assim seja.

S. Bento, protegei-me dos ataques do demónio.
S. Bento, protegei-me das moléstias e males imprevistos.
S. Bento, curai-me com a permissão de Deus, Nosso Pai.

Rezar um Pai Nosso e uma Avé Maria.

Oração de São Bento

 

Sendo simples, esta é uma oração consagrada a São Bento, que protege aqueles que se encontram atormentados por algum tipo de mal ou que padecem de uma doença grave. São Bento é o padroeiro da Europa, que percorreu, tendo criado diversos mosteiros e instaurado a Ordem Beneditina.


Dá-me, benigníssimo Jesus,
A inteligência que Te entenda,
A sabedoria que Te encontre,
O espírito que Te ame,
O ato que Te glorifique,
Os ouvidos que Te ouçam,
Os olhos que Te vejam,
A língua que Te louve,
A paciência que suporte os males permitidos por Ti.
Dá-me a Tua presença;
Dá-me a feliz ressurreição e, como prémio,
A vida eterna.
Ámen.


Rogai por nós, glorioso Patriarca São Bento,
Para que sejamos dignos das promessas de Cristo!

 

Oração a São Bento da porta aberta

 

A devoção a São Bento tem uma forte expressão no Norte do País, onde existe, em Terras de Bouro, no Gerês, o Santuário de São Bento da Porta Aberta. Conheça a oração de devoção dedicada a São Bento da Porta Aberta.

São Bento, ou São Bentinho, protege contra todo o tipo de inimigos, contra envenenamentos, contra doenças especiais e epidemias e contra os perigos espirituais e as tentações.

Oração a São Bento da Porta Aberta

Ó glorioso patriarca São Bento,
que abandonaste o Mundo e foste para o deserto,
entregando-vos todo a Deus
e servindo-O sempre com espírito de penitência e santa pureza,
que agora encheis o Mundo com os prodígios
da vossa intercessão, 
obtende-me do Senhor (fazer o pedido),
se for para a maior glória de Deus 
e salvação da minha alma;
mas dai-me, sobretudo,
um espírito de mortificação e conformidade
com a vontade do Senhor,
ajudai-me a vencer as tentações para que,
imitando as vossas virtudes na Terra,
consiga glorificar convosco
a Trindade Santíssima no Céu.
Assim seja.

 

Rezar, depois, três Pai- Nossos, três Avé-Marias e três Glória ao Pai.

Esta oração é da autoria do Arcebispo António Primaz, em 1946.

Oração a São Bento para alcançar uma graça

 

Reze esta oração e peça ao milagroso São Bento que o ajude a alcançar essa graça que tanto deseja. Esta oração deve ser rezada tendo consigo a poderosa Medalha de São Bento.

Ó glorioso Patriarca São Bento,
que vos mostrastes sempre compassivo com os necessitados,
fazei que também nós,
recorrendo à vossa poderosa intercessão,
obtenhamos auxílio em todas as nossas aflições.

Que nas famílias reine a paz e a tranquilidade;
afastem-se todas as desgraças,
tanto corporais como espirituais,
especialmente o pecado.

Alcançai do Senhor a graça que vos suplicamos,
obtendo-nos finalmente que,
ao terminar a nossa vida neste vale de lágrimas,
possamos louvar a Deus.

A Astrologia e a Saúde

 

A configuração astrológica sob a qual nascemos, e que se conhece através do estudo do Mapa Astral, revela os traços da nossa personalidade, gostos, preferências, defeitos e virtudes, mas vai mais além. Os planetas e os Elementos exercem também a sua influência sobre o nosso corpo e sobre a nossa saúde, indicando em que partes do corpo temos maior vulnerabilidade e a que doenças estamos mais sensíveis. Conheça melhor a saúde do seu signo e aprenda a viver uma vida mais saudável!

 

Carneiro

Carneiro é um signo de Fogo, o que lhe confere bastante vitalidade. Portador de uma poderosa energia, é dinâmico, audacioso e sempre apressado. A energia muscular está diretamente ligada a este signo. A coragem e a obstinação fazem-no ir em frente até onde o seu organismo permitir. Só quando chega à doença ou à febre aceita consultar um médico.

Poderá sofrer de: febres bruscas e fortes, traumatismos cranianos, insónias, enxaquecas ou patologias que se situem na cabeça. Tem tendência para a hipertensão, pode sofrer de inflamações, hemorragias e contrações musculares.

Terapias: gosta da eficácia e da rapidez do tratamento. As terapias alternativas que estão indicadas neste signo são a aromaterapia e a osteopatia craniana.

Alimentação: Deve consumir chás de plantas, que tenham efeito estimulante e que equilibrem o sistema circulatório. Para combater o desgaste deve incluir na sua alimentação lecitina de soja, rica em fósforo e útil para ajudar contra problemas ligados ao coração.

Exercício físico: O desporto indicado para estes nativos passa pelas artes marciais e todos os desportos arriscados e de velocidade, como surf, salto de para-quedas, corridas de automóvel, ciclismo e atletismo.

 

Touro

Este signo de Terra é introvertido, possui uma personalidade estável, paciente, tenaz, obstinada. De constituição robusta e uma silhueta carnuda, digere lentamente as experiências da vida, interiorizando cóleras, que lhe ficam “atravessadas na garganta” e podem prejudicar a sua saúde.

Poderá sofrer de: perturbações de assimilação, de linguagem e das cordas vocais, pois os seus pontos sensíveis são o pescoço, a garganta, a base do crânio, o maxilar inferior e as vértebras cervicais. As anginas podem simbolizar neles uma revolta não verbalizada.

Terapias: podem utilizar qualquer terapia à base de plantas, a naturopatia convém-lhes perfeitamente. São capazes de seguir à letra um regime, mas depois podem desforrar-se e voltar ao início. A homeopatia, assim como a aromaterapia, podem ser grandes aliadas deste signo. Adora massagens.

Alimentação: deve evitar iguarias demasiado ricas e pratos com molhos e gorduras. Pode abusar do limão e dos agriões, mas deve evitar alimentos ácidos, sobretudo quando ingeridos em jejum, como sumo de laranja ou vinagre. A verbena é uma planta que vai bem com Touro, pois facilita a digestão. Pode consumir pó de cavalinha, pelo seu efeito remineralizante, e propólis para os problemas de garganta.

Exercício físico: Não é um grande desportista, mas aprecia a natureza, por isso deve iniciar a prática de ciclismo sob a forma de passeio, bem como marchas pedestres. O esqui ou atividades como o remo podem interessar-lhe.

 

Gémeos

De personalidade aberta aos outros, rápida, sociável, e dispersa, tem um temperamento nervoso, mas é um pouco instável. Adaptável, é capaz de fazer várias coisas ao mesmo tempo, sobrecarregando-se. De caráter jovem, possui uma silhueta um pouco adolescente que necessita de algum cuidado.

Pode sofrer de: problemas do sistema respiratório. Gémeos é predisposto a alergias respiratórias. Poderá sofrer de nevralgias, crises de ansiedade e instabilidade, ou dores na região das costas, esterno, bem como nos braços. As omoplatas, clavículas, mão e pulsos são também pontos sensíveis.

Terapias: os métodos novos e as terapias em voga suscitam o seu interesse. Convém-lhe a acupuntura e a aromaterapia. Para Gémeos torna-se difícil ir até ao fim de um tratamento e segui-lo seriamente, pelo que são convenientes as terapias de resultados rápidos.

Alimentação: agradam-lhe os alimentos exóticos e os pratos prontos, pois não gosta de perder tempo. Os cereais integrais são aconselhados para o seu sistema nervoso. O anis verde é-lhe útil pelo seu efeito calmante, o zimbro dinamiza as vias digestivas, a alfazema é indicada pelo seu efeito equilibrante. Como complemento alimentar a propólis é indicada em caso de afeções respiratórias.

Exercício físico: tudo o que envolva rapidez, reflexos, movimento. O ténis e o pingue-pongue podem ser desportos ideais, também por serem praticados a dois. O yoga poderá ser útil, pois Gémeos poderá aprender a respirar mais corretamente com este desporto.

 

Caranguejo

Signo de Água, ligado ao sonho e à imaginação, tem uma forte recetividade aos ambientes. De natureza delicada, é hipersensível. Ligado ao passado, à mãe, à família, alimenta-se de recordações e nostalgias. Fere-se facilmente com a atitude dos outros. É dado a oscilações de humor frequentes, sendo bastante suscetível a doenças psicossomáticas.

Pode sofrer de: problemas de estômago, é predisposto a perturbações digestivas, aerofagia, embaraços gástricos. Nem sempre se alimenta bem. Pode ser sensível a intoxicações e alergias. Pode ter tendência para a anemia, para a asma e fragilidade pulmonar. O psiquismo é delicado, os estados da alma podem transformar-se em doenças mais sérias.

Terapias: a escolha de um médico de família que conheça bem os seus antecedentes e a história da família tranquiliza-o. São privilegiadas as terapias referentes à água, como o termalismo, hidroterapia, banhos de algas. A cromoterapia e homeopatia tambémém são aconselhadas.

Alimentação: é guloso. Pode beneficiar de alimentos que possuem um efeito depurativo sobre o fígado e a vesícula, em especial rabanetes. As algas e os tratamentos com pólens são bons para Caranguejo. As plantas como a camomila e a papoila, assim como as especiarias como os cominhos e o açafrão das índias, podem também beneficiar os nativos deste signo.

Exercício físico: não possui alma de grande desportista, no entanto tudo o que se refere ao universo aquático poderá beneficiá-lo.

 

Leão

É um signo de Fogo, dotado de uma grande vitalidade. Possui brilho, magnetismo e não mostra facilmente as suas fraquezas, sendo um otimista. Não se dobra perante a doença. Abusa da sua vitalidade, mas procura manter-se jovem e em plena forma. Possui robustez notável e surpreende pela sua boa aparência.

Pode sofrer de: problemas de coração, costas e coluna vertebral. A circulação do sangue é um ponto a vigiar, em particular as artérias. O seu temperamento predispõe-no à hipertensão. Pode sofrer de febres fortes.

Terapias: pode ser tentado pela automedicação. Prefere um especialista e mostra-se exigente com o médico. Gosta dos tratamentos de rejuvenescimento, cuidados corporais, massagens, tratamentos de anti envelhecimento.

Alimentação: beneficia com suplementos com extrato de oliveira para purificar o organismo. Pode abusar do trigo, rico em oligoelementos e dos morangos e usar manjerona, que contribui para o acalmar. O açafrão pode ser utilizado sob diversas formas, dado o seu poder estimulante, assim como a geleia real, para manter a vitalidade.

Exercício físico: tem uma certa preferência por atividades de caráter individual, tais como a ginástica, a musculação, o ciclismo. A dança também o fascina, ou o ginásio, pois gosta de ser apreciado e admirado.

 

Virgem

De temperamento introvertido, cerebral, receia o erro e procura encontrar explicação para tudo. Dispersa facilmente a sua energia colocando-se num estado que o pode esgotar, pois a ansiedade e a má gestão de tempo desgastam o sistema nervoso. A prevenção em termos de saúde é o seu ponto forte.

Pode sofrer de: diversas e múltiplas perturbações, sem desenvolver necessariamente uma patologia grave, sofrendo de pequenas indisposições. O seu sistema nervoso é frágil, e o ventre é propenso a patologias, assim como os intestinos e o abdómen. Está também sujeito a intoxicações e parasitoses.

Terapias: são indicadas para ele todas as terapias que utilizem plantas em estado natural. A naturopatia, a aromaterapia e a homeopatia estão especialmente recomendadas.

Alimentação: deve consumir e introduzir na sua alimentação e dietética cereais e plantas, grãos de funcho, chicória, verbena e gérmen de trigo.

Exercício físico: o contacto com a natureza tem um efeito calmante sobre ele, por isso pode optar por caminhadas e passeios campestres. Todos os desportos ao ar livre estão indicados, assim como o yoga e o tai chi chuan.

 

Balança

Signo de Ar, comunicativo, sociável, procura a paz e o amor. Sensível aos ambientes ressente-se quando é confrontado com a agressividade. O seu encanto, doçura e ternura garantem-lhe a simpatia dos que o rodeiam, mas também o tornam mais suscetível a influências externas.

Pode sofrer de: problemas de saúde ligados aos rins e região lombar, glândulas suprarrenais, à bexiga, bem como ao sistema circulatório e em especial às veias.

Terapias: Pode recorrer à acupuntura a massagens relaxantes e reequilibrantes. O shiatsu convém-lhe a título preventivo e curativo. 

Alimentação: deve evitar ingerir carne em demasia, charcutarias, iguarias muito temperadas e álcool. Em relação às plantas recomenda-se a malva. Pode temperar a comida com coentros, que ajudam a combater a fadiga nervosa e digestões difíceis.

Exercício físico: A sua natureza artística leva-o naturalmente para a dança, patinagem no gelo, esqui e surf. As técnicas orientais que lhe transmitem paz também são recomendadas, como o Tai chi chuan.

 

Escorpião 

É apaixonado, secreto, intuitivo, mas igualmente crítico, observa, analisa profundamente e entende bem os outros. É um signo de água, o que lhe dá afinidades com o universo do inconsciente. Recusa sofrer na doença, capaz de excesso de todos os géneros, comete imprudências, provoca o destino. Quando atingido por uma patologia, pode decidir sair vitorioso e autocurar-se com a força do psiquismo e da vontade.

Pode sofrer de: bexiga, os órgãos genitais, as células reprodutoras, a região anal e o reto são ligadas a escorpião. Está sujeito a úlceras, a supurações, a abcessos, a feridas, a hemorragias.

Terapias: o nativo de escorpião é desconfiado na relação com o médico. Não tolera que lhe escondam a verdade, é um doente rebelde. Entre as terapias que lhe convêm a homeopatia está perfeitamente indicada. A sua atracão pelo oculto predispõe-no a procurar uma medicina esotérica. O reequilíbrio dos chakras interessa-lhe.

Alimentação: alimentar-se não é o que mais o preocupa. O álcool não lhe desagrada. Entre os alimentos ou complementos alimentares, são recomendados todos os de ação depurativa, contendo ferro ou com ação bactericida. A alcachofra é uma plante que traz benefícios aos escorpião. O alho deve ser consumido sem restrições, pois têm uma ação bactericida. O manjericão pode ser abundantemente utilizado, assim como a cavalinha.

Exercício físico: os desportos de combate, o judo, o karaté, e a esgrima fazem parte das atividades que permitem ao escorpião libertar a sua agressividade. Pode encontrar calma que necessita em desportos que têm a ver com água como a natação, navegação ou vela.

 

Sagitário

De natureza confiante e otimista, o nativo de sagitário, ama a vida, os prazeres, as experiências, as viagens. Sociável, aprecia os contactos, mas privilegia a sua independência. Precisa de se sentir amado ou apreciado. Signo de fogo, possui energia, mas que passa por altos e baixos. O nativo de sagitário procura manter-se jovem, estando de acordo em seguir os preceitos do seu médico ou em fazer prevenção.

Pode sofrer de: o fígado e a circulação do sangue não resistem muito bem aos excessos. Este nativo está mais sujeito a hipertensão, e a doenças de fígado. Pode estar sujeito a doenças relacionadas com a locomoção, com predisposição para as ciáticas.

Terapias: estabelece uma relação de diálogo e de simpatia com o seu médico. A sua inclinação para o exotismo incita-o a escolher terapias que vêm do estrangeiro. As terapias que mais lhe convêm são a acupuntura e a homeopatia.

Alimentação: deve encontrar o seu equilíbrio, poderá abusar em algumas alturas, mas terá de fazer reajustamentos noutras com desintoxicações do organismo. Deve comer beterraba crua, que amolece as artérias e veias, chicória, que age sobre o fígado; a canela, estimula as funções respiratórias e circulatórias.

Exercício físico: gosta de grandes espaços e de praticar exercício ao ar livre. A equitação, o golfe, o tiro ao arco, a caça, e as artes marciais são os desportos mais indicados para este nativo.

 

Capricórnio

Aprecia a solidão e a independência, não confia facilmente. Signo de terra confere-lhe lentidão e uma certa frieza, no entanto é sensível e emotivo. É pessimista, para evitar deceções. Precisa de saber e preparar-se mentalmente para o que o espera, desta forma é capaz de enfrentar tudo com coragem.

Pode sofrer de: famosos pela longevidade, as doenças do Sagitário devem-se, sobretudo, à idade. As doenças crónicas são os problemas mais comuns neste nativo, em especial as provocadas pelo frio e pela humidade. As suas articulações são frágeis, sobretudo os joelhos. Tem também propensão para problemas de pele, tendência para escleroses, cálculos e ossificação.

Terapias: Capricórnio hesita em consultar-se, desconfia dos métodos de ponta, das técnicas radicais. A sua mentalidade inclina-o para a prevenção. Pode tornar-se hipocondríaco. As terapias indicadas são as naturais e simples como a acupuntura, homeopatia, banhos de lama e argila.

Alimentação: tem tendência para não variar muito a alimentação, provocando algumas carências. Deve consumir alimentos ricos em oligoelementos, magnésio, cálcio e fósforo.

Exercício físico: é dado a todos os desportos que requerem paciência. As caminhadas em terrenos difíceis, o ciclismo em longas distâncias, o esqui e a espeleologia estão indicados para este nativo.

 

Aquário

Independente, voltado para o futuro, aquário é um cerebral. É um signo de ar em afinidade com o mundo das ideias. É intuitivo, mas também critico. Um livre pensador, não suporta a rotina. Perfecionista, idealista. O seu organismo é resistente e nem sempre considera os seus limites.

Pode sofrer de: possui os nervos delicados, que se manifesta por espasmos, crispações nervosas. Está sujeito a fadiga nervosa, irritável. A circulação do sangue faz parte dos elementos a vigiar. Os capilares são frágeis.

Terapias: é recetivo a uma medicina de ponta. Confia na ciência. No entanto, pode interessar-se pela medicina energética.

Alimentação: pode esquecer-se de comer, e não gosta de dietas. Deve evitar os excitantes. Deve utilizar passiflora, espinheiro (para a hipertensão e as palpitações) e a erva-cidreira (acalma os estados nervosos). Como complemento alimentar pode consumir levedura de cerveja, reequilibra o sistema nervoso.

Exercício Físico: é necessário para que o aquariano se liberte de tensões psíquicas. Pode interessar-se pelo yoga, artes marciais ou pelas atividades que lhe proporcionam sensações fortes, por exemplo o surf, parapente e para-quedas.

 

Peixes

Pertence ao Elemento Água, que lhe dá um fundo sensível e sonhador. É hipersensível, recetivo, intuitivo. Sente mais do que analisa. Foge de confrontos e conflitos.

Pode sofrer de: os pés fazem-no sofrer, que sejam problemas circulatórios, edemas, unhas encravadas, pé chato. Vitalidade mediana. Sensível a intoxicações, sujeito a astenia. Vias respiratórias e intestinos são frágeis. Tem tendência para a retenção de água.

Terapias: a relação de confiança que estabelece com o médico é essencial. Precisa saber que é ouvido e compreendido. Precisa acreditar no tratamento. Não consegue descrever claramente os sintomas. As terapias em afinidade com peixes privilegiam tudo o que se relacione com Água, com o psiquismo e a espiritualidade. Pode optar pelas curas termais, talassoterapia, homeopatia, musicoterapia e cromoterapia.

Alimentação: guloso, não é dado a dietas. Pode juntar algas à sua alimentação, favorecem as trocas intercelulares. Deve incluir igualmente agriões, trigo sarraceno, grãos de sésamo, infusões de flores, castanha da índia. 

Exercício Físico: não é grande desportista. Pode interessar-se por vela, natação, mergulho. Yoga por conciliar a sensualidade e a vida interior.

 

Como ter uma ligação mais próxima com os seus guias espirituais

 

Todos nós temos Guias Espirituais, seres de luz que nos ajudam a superar os desafios que a vida nos apresenta. Os Guias Espirituais são diferentes dos Anjos porque são almas que já viveram na Terra e que alcançaram um ponto de evolução espiritual que lhes permite agora - como parte da sua própria evolução - ajudar-nos. Os Anjos, pelo contrário, nunca encarnaram na Terra, sendo parte da própria essência Divina. Saiba como estabelecer uma ligação mais próxima com os seus Guias Espirituais e, dessa forma, beneficiar melhor da sua ajuda.

Quando uma alma encarna na Terra, ela é assistida por um grupo de apoio espiritual, composto pelo seu Anjo da Guarda, pelos seus Guias Espirituais e pelos Anjos que a acompanham ao longo da sua vida ou apenas e certos períodos específicos da sua aprendizagem na Terra.

Os Guias Espirituais são almas que já viveram na Terra e que estão num ponto mais avançado da sua evolução - como mestres que já estão prontos a ajudar as almas ainda menos evoluídas, completando a sua própria evolução através da ajuda que prestam e da orientação que concedem.

Os Guias Espirituais já superaram as lições com as quais presentemente lidamos, estando num ponto que lhes permite ter a compaixão e o amor que ainda não somos capazes de atingir. Eles não julgam e estão sempre disponíveis para nos auxiliar, assistindo-nos sempre que precisamos de ajuda, embora não intervenham se o seu auxílio não for solicitado. 

Os seus Guias Espirituais são como amigos que possuem maior sabedoria, conhecimento em relação às questões com que se depara, e amor incondicional. Temos mais do que um Guia Espiritual: alguns acompanham-nos ao longo de toda a vida, outros estão connosco apenas em determinados períodos, quando precisamos de um tipo de ajuda específica. 

Cada Guia Espiritual desempenha um papel específico na sua vida: um pode estar consigo para ajudá-lo a vencer os desafios a nível de saúde, outro no domínio afetivo. Existem, ainda, guias animais, que são diferentes dos Guias Espirituais tanto no papel que desempenham como no tipo de apoio que prestam.

Os Anjos assemelham-se aos Guias Espirituais no sentido em que também estão disponíveis para nos prestarem auxílio, mas são muito diferentes deles porque nunca encarnaram na Terra e porque fazem parte da energia Divina, sendo seres de luz. Os Guias Espirituais são almas mais evoluídas, mas não têm a mesma essência Divina dos Anjos. Muitas vezes os nossos Guias Espirituais são almas dos nossos antepassados ou são entes queridos que já partiram e que, não estando encarnados, nos ajudam a partir do plano espiritual.

Desenvolver uma ligação mais próxima com os seus Guias Espirituais faz com que eles possam assisti-lo melhor e mais prontamente. 

Uma das formas através das quais os seus Guias Espirituais o ajudam é aquele "pressentimento", o conhecimento interior que nasce dentro de si sem que você saiba de onde  vem. Há pessoas que conseguem "ouvir" e até ver os seus Guias. Há, também, pessoas que vêem raios luminosos ou pontos de luz à sua volta, os quais indicam a presença dos seus Anjos e também dos seus Guias Espirituais. No entanto, mesmo que não veja qualquer manifestação da sua presença, eles estão sempre perto de si, prontos a ajudá-lo: basta pedir!

Um dos sinais enviados pelos seus Guias Espirituais pode ser um livro que misteriosamente cai da prateleira, ou um bilhete que aparece no chão, nos quais você encontra a informação de que precisava.

Os Guias Espirituais ajudam-no a superar o medo e a encontrar na fé, no perdão, no amor e na luz o caminho para viver de forma mais segura e positiva.

Para ter uma ligação mais próxima com os seus Guias Espirituais:

1 - Peça ajuda

Assim como acontece com os Anjos, os Guias Espirituais ajudam quando solicitamos, de forma clara e direta, o seu auxílio. Não é preciso fazer qualquer ritual: desde que o faça com fé e respeito, basta pedir. Eles ouvem o seu pedido e prontificam-se a ajudá-lo. Quanto mais pedir - e confiar - mais receberá. Concentre-se naquilo que realmente precisa de resolver na sua vida, nos assuntos que o preocupam e que não está a conseguir resolver sozinho.

Faça os seus pedidos e agradeça aos seus Guias pela ajuda concedida. A partir daí, preste muita atenção aos sinais que recebe, pois a ajuda vem geralmente através de mensagens, pessoas que surgem inesperadamente na sua vida e acontecimentos com que não contava.

Os Guias Espirituais não ajudam apenas a resolver problemas - pode pedir ajuda para continuar a ter uma boa saúde, um bom emprego, harmonia no seu relacionamento. 

2 - Preste atenção aos sinais que recebe

Quanto mais se habituar a estar em silêncio, reservando diariamente um tempo para meditação ou para estar a sós com os seus pensamentos, mais facilmente "ouvirá" as respostas dos seus Guias. Quanto mais elevada for a sua vibração energética melhor conseguirá receber as respostas que procura. Quando estamos enervados ou andamos constantemente cansados, a correr de um lado para o outro procurando desempenhar mil tarefas, torna-se muito mais difícil ouvir as respostas que eles têm para nos dar!

Habituar-se a rezar - seja qual for a sua religião - fortalece a sua conexão com os seus Guias Espirituais e ajuda-o a alinhar a sua energia com a deles. 

Há pessoas que têm maior facilidade em entrar em contacto com os seus Guias através da escrita: enderece-lhes uma carta, explicando aquilo de que precisa, e deixe que os seus pensamentos fluam de maneira livre, pois as ideias que vierem à sua mente vão lançar luz sobre aquilo que precisa de saber. Confie no seus pressentimentos e na sua intuição. 

3 - Peça um sinal

Os Guias Espirituais ouvem os seus pedidos e sabem aquilo que o preocupa, e podem optar por estabelecer contacto consigo através de sinais. Normalmente, quando algo surge de forma recorrente na sua vida isso pode ser um sinal que estão a tentar enviar-lhe: um sonho que se repete, um animal que, fora do contexto habitual, surge várias vezes no seu caminho, como uma coruja, por exemplo, sequências numéricas repetidas, etc. Peça claramente que lhe enviem um sinal e esteja muito atento a tudo o que se passa à sua volta. A letra de uma canção que alguém está a trautear, um slogan que vê num outdoor publicitário, uma frase que inesperadamente capta a sua atenção...

                                                

4 - Preste atenção ao que o rodeia

Tão importante como pedir um sinal é estar atento ao que se passa à sua volta, porque muitas vezes as respostas estão mesmo à nossa frente... nós é que não as vemos porque esperamos um determinado resultado. Uma verdade na vida é esta: raramente recebemos as coisas da forma como esperamos recebê-las. Mas em inglês existe a expressão a blessing in disguise que traduz uma das formas mais frequentes através das quais recebemos as respostas: "uma bênção escondida", isto é, algo a que inicialmente não damos a devida atenção, ou que nem sequer pensamos ser o que desejamos, mas  que acaba por revelar ter sido o melhor que nos podia ter acontecido, uma bênção que não esperávamos.

Ao ver o mundo com flexibilidade e abertura de espírito está a permitir-se receber não só as respostas de que precisa como dádivas com as quais nem estava a contar.

Muitas vezes os Guias também ajudam através de pessoas, que tanto podem fazer parte do seu quotidiano - aquele amigo que lhe diz "aquela" frase que o faz despertar para algo que até aí era desconhecido para si, o chefe que lhe diz uma frase que o deixa a pensar, o empregado de mesa que, ao contar uma história que aparentemente nada tem a ver com a sua vida, acaba por fazê-lo ter uma iluminação súbita em relação a um assunto que o preocupa - como estranhos, que surgem na sua vida apenas para lhe transmitir uma mensagem e depois voltam a desaparecer.

5 - Manter-se num estado de gratidão

Ao alimentar dentro de si uma constante energia de gratidão - sentindo-se genuinamente felix com o que tem e grato por tudo aquilo que recebe - o canal de comunicação com os seus Guias Espirituais torna-se muito mais forte e mais límpido. Ao focar-se na necessidade, estando sempre a pedir e a reclamar do que não tem, está a mostrar que não confia neles e que não está, na verdade, recetivo à sua ajuda, querendo sempre manter-se no controlo das situações.

Ao reconhecer e valorizar tudo o que recebe, naturalmente mostra que confia na sua orientação, e isso faz com que a sua ajuda se processe de forma mais natural e mais inequívoca - porque o propósito dos seus Guias Espirituais é ajudá-lo, não viver a sua vida por si! As escolhas têm de ser sempre suas, os esforços também. A parte deles consiste em fazer com que o seu caminho se processe de forma mais fácil e mais fluida, mas é sempre você que tem de caminhar. Agradeça por cada sinal que recebe, mentalmente diga alguma coisa como quem agradece a um amigo que nos faz um favor. Ao manter-se num estado de amor e gratidão com os seus guias, eles retribuem essa energia ajudando-o de forma mais clara e consistente.

6 - Deixe de se focar num resultado específico e confie no que o Universo lhe dá

Uma boa parte das lições que aprendemos na vida consiste em compreender que não somos nós que determinamos de que maneira vamos alcançar os resultados, e que nem sempre os próprios resultados que são melhores para nós são aqueles que desejávamos. Confie nos planos que a vida tem para si. Defina as suas metas e dê o seu melhor para as alcançar, mas não fique obcecado com resultados específicos: confie. Quando tentamos controlar as situações estamos a interferir na orientação dos Anjos e dos Guias Espirituais: eles vão sempre orientá-lo para o que é realmente melhor para si. Saiba ver as oportunidades e os presentes que lhe são concedidos, deixe que também eles façam a sua parte e, acima de tudo, confie. CONFIE.

7 - Mantenha-se infantil

Acredita-se que as crianças pequenas conseguem "sentir" a presença dos seus Guias Espirituais e, em alguns casos, até vê-los e falar com eles. A partir dos 7 anos, aproximadamente, a mente consciente desenvolve-se e a criança deixa de ter acesso a esse contacto. No entanto, manter a pureza que tinha na infância ajuda a fortalecer o seu laço com os seus Guias Espirituais. Faça coisas que o fazem feliz, que lhe dão alegria e que o fazem rir. Correr, brincar, pintar, nadar, cozinhar - as atividades mais simples, desde que lhe tragam alegria a si, são uma importante chave de conexão com os seus Guias Espirituais.

 

É possível saber os nomes dos seus Guias Espirituais?

Pode pedir, através de uma Meditação, por exemplo, aos seus Guias Espirituais que lhe revelem os seus nomes. O primeiro nome que lhe vier à cabeça é o nome de um dos seus Guias, mesmo que lhe pareça uma palavra estranha ou inusitada.

 

Para estabelecer um contacto forte com os seus Guias Espirituais, é fundamental acreditar na sua capacidade de o fazer. Todos nós possuímos essa aptidão, porque a mente inconsciente consegue aceder ao plano espiritual com uma facilidade e clareza que muitas vezes questionamos ser possível. Quanto mais confiar na sua aptidão e capacidade para o fazer, melhor compreenderá como tudo na sua vida faz sentido e como nunca, mas mesmo nunca, esteve sozinho.

Oração pela Saúde

 

Oração pela Saúde

 

 

Senhor Deus e Pai, que enviaste o Teu único Filho

para morrer na cruz e dar-nos vida com abundância,

peço-Te, meu Senhor, em nome de Jesus,

que me perdoes pelos meus pecados,

limpes o meu coração e faças tudo ser novo em mim.

 

Bom Jesus, afasta todo o mal, cura as minhas feridas,

tira toda a dor e sofrimento,

enxuga as minhas lágrimas e faz-me ver

que só Tu és Deus.

Que desça sobre mim a Tua graça.

Pai, confirma sobre mim a obra das Tuas mãos,

restaurando a minha saúde e trazendo-me a Tua paz,

pois eu entrego-me em devoção a Ti.

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.

Ámen!

Pág. 1/2