Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Consultório de Astrologia

A origem dos amuletos

Oriundo do latim “amuletum”, que significa objeto que deve ser utilizado para defesa, o amuleto sorte foi registado pela primeira vez, com essa finalidade, pelo naturalista e filósofo romano, Plínio – O velho, no ano de 79 d.C. Segundo ele, existem três categorias deste tipo de objeto: aquele que oferece proteção contra as más energias, o que contém substâncias curativas e aqueles que devem ser usados como remédios.

 

Lenda do amuleto Pata de Coelho

 

Em tempos remotos, 600 a.C, acreditava-se que os coelhos eram sagrados e que dentro deles habitavam espíritos poderosos. Foram os Celtas quem adotaram, mais tarde, estas crenças reforçando que estes animais, por passarem muito tempo nas suas tocas, comunicavam diretamente com os espíritos subterrâneos.

 

    Lenda do Trevo de Quatro Folhas

 

Acreditavam os driudas que viviam em Inglaterra, no ano de 300 a.C., que quem conseguisse encontrar um trevo com quatro folhas conseguiria absorver todos os poderes da floresta e dos deuses. Para que realmente o seu efeito tenha poder sobre si, este amuleto deve ser-lhe oferecido e de seguida deve presentear três pessoas com a mesma oferta.

 

Lenda da Ferradura

 

Reza a lenda que quando os Celtas começaram a invadir as terras do Norte de Europa, 400 a.C., os duendes e

 

as fadas terão começado a provocar algumas desgraças entre os humanos. Acreditavam estes que as suas armas, feitas de ferro, assustavam estes seres. Então, as pessoas começaram a colocar a ferradura, feitas de ferro, nas suas casas, para afastarem as fadas e os duendes dos seus lares.

Receba os seus amuletos, devidamente purificados e harmonizados. Ligue já! 21 318 25 99

 

Mais informações para:

Telefone: (00351) 21 092 9000

E-mail: mariahelena@mariahelena.pt

Site: http://www.mariahelena.pt/

Facebook: www.facebook.com/MariaHelenaMartinsMHM

 

logo dra.png