Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Consultório de Astrologia

Anjos da Guarda

Os Anjos da Guarda estão encarregues de tomar conta de todos os seres vivos. Esta é uma verdade já considerada por várias religiões que afirmam que Deus pôs à disposição de cada ser humano uma ajuda e protecção muito especial para que não esteja desamparado e entregue à sua sorte.

Durante nove meses, o bebé recebe a protecção do anjo da guarda da sua mãe, mas quando nasce, passa a ter o seu próprio anjo da guarda que o irá acompanhar durante toda a vida, protegendo-o e transmitindo-lhe mensagens e conselhos positivos.
Perceber a sua presença depende da fé de cada um.

Existem setenta e dois anjos, cada um deles está encarregue de guardar as pessoas nascidas num determinado dia do ano. A cada anjo estão destinados cinco dias, pelo que por exemplo o anjo da guarda de uma pessoa nascida a 20 de Março é o mesmo de alguém que nasça no dia 1 de Junho.

Apesar de cada anjo não ter só uma pessoa sob sua protecção, ele consegue guardar todos os seus protegidos, uma vez que, como não tem corpo físico, consegue deslocar-se  a uma velocidade vertiginosa.

Sempre que a sua presença é solicitada ele aparece, de uma forma subtil, e guia os passos de cada indivíduo em direcção ao melhor caminho, no entanto ele nunca pode interferir directamente na vida de cada pessoa pois esta possui a liberdade de escolher aquilo que quer fazer.

Mesmo quando as pessoas dormem, os anjos estão presentes enviando energia positiva para influenciar o ser humano a seguir o caminho do bem.

Para atrair o anjo da guarda para junto de si, cada pessoa deve saber o seu nome, a cor da vela, o incenso e o cristal correspondente ao ser angelical que se pretende invocar.

Para além dos Anjos da Guarda de cada pessoa existem ainda anjos protectores de  cada signo. Estes seres protegem todos aqueles que nascem durante um determinado período de tempo e podem ser invocados da mesma forma que os Anjos da Guarda.

Apesar dos Anjos da Guarda, individuais e dos signos, cada pessoa pode escolher o anjo com o qual mais se identifica. Não existem regras nem padrões estabelecidos, o importante é ouvir o que o coração tem para dizer e seguir as suas instruções.
É importante lembrar que de cada vez que parece que o coração quer dizer qualquer coisa é sinal que um anjo está a soprar ao ouvido uma mensagem que não deve deixar de ser ouvida.