Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Consultório de Astrologia

Como estão os astros em novembro 2022? Conheça a energia do mês!

 

A energia de novembro é sobretudo marcada pelo eclipse lunar que ocorre com a Lua Cheia em Escorpião. É o último deste ano e promete uma descarga energética especialmente intensa, tendo o nome de Lua de Sangue.

0x0.jpg

2022 aproxima-se do fim e, como tantas vezes acontece com outras situações, a energia intensifica-se à medida que estamos a chegar ao ponto final de um capítulo. Outubro trouxe o eclipse solar em Escorpião, que ocorreu com a Lua Nova no mesmo signo, na última semana do mês, e as situações que ganharam especial destaque na sua vida nesse período poderão ter desenvolvimentos no dia 8, quando a Lua Cheia em Escorpião se opõe ao Sol em Touro e é totalmente encoberta por ele, num eclipse lunar total.

Os eclipses lunares estão relacionados com as emoções e podem fazer com que importantes acontecimentos tenham lugar e venham pôr à prova os nossos sentimentos e as ligações que nos unem a quem nos é mais próximo.

Uma vez que este eclipse opõe a Lua em Escorpião ao Sol em Touro e ambos são signos especialmente intensos, ciumentos, passionais e apaixonados, os afetos e as questões relacionadas com sentimentos de posse ganharão especial relevância nesta fase. Também assuntos que dizem respeito à estabilidde material, à segurança, às posses e aos bens podem sofrer importantes mudanças. Touro precisa de construir e de sentir que tem algo "seu", Escorpião é, de todos os signos do Zodíaco, aquele que muitas vezes se destrói ao longo da vida - ou que a própria vida obriga a destruir o que tinha edificado - para renascer, para se reinventar. Escorpião passa muitas vezes por grandes e profundas transformações ao longo da sua vida e, como esta energia será posta em evidência, todos nós podemos ser afetados por ela e obrigados a, de alguma forma, reencontrarmos uma estrutura que possamos usar para nos reerguermos depois de a vida nos fazer lidar com algum tipo de embate.

Por ser um eclipse lunar total, a Lua Cheia tem o nome de Lua de Sangue, devido ao tom vermelhado que assume ao ser encoberta pelo Sol (fica a ver-se um halo avermelhado no céu), e energeticamente é bastante poderosa. Pode representar o fim de algo ou originar mudanças que, não sendo inicialmente fáceis, são necessárias e irão conduzir-nos a algo melhor.

No dia do eclipse, Mercúrio está em conjunção ao Sol, o que favorece a clareza mental e pode ajudar a obter respostas importantes e esclarecimentos em relação a assuntos que precisam de ser resolvidos.

Um dia depois da Lua de Sangue, o Sol forma uma oposição a Úrano, um aspeto muito tenso e que tenderá a fazer com que os ânimos se exaltem. Tenha uma atenção redobrada por estes dias, para tentar evitar acidentes ou minimizar danos.

A energia de novembro é sempre mais "carregada", pelo facto de o Sol transitar por Escorpião até ao dia 22, porém, ela oferece uma das mais preciosas oportunidades de todo o ano para explorar novos recursos e capitalizar aquilo de que dispomos. Escorpião tem um incomparável poder de resistência e uma resiliência difícil de equiparar, o que faz com que, quando o Sol se encontra neste signo, seja mais fácil para todos nós, seja qual for o nosso signo, utilizar o nosso potencial de força.

Marte encontra-se retrógrado e isso também contribui para que haja uma energia tendencialmente tensa. Temos menos tolerância e paciência quando as situações não correm como esperávamos.

A energia torna-se mais leve a partir da segunda metade do mês. Vénus entra em Sagitário a 1, trazendo uma atmosfera de aventura e bom-humor ao campo afetivo e, a 22, é o Sol que também entra neste signo, o que nos traz otimismo e uma nova perspetiva em relação às situações.

A Lua Nova em Sagitário, a 23, trará uma lufada de ar fresco e uma renovação energética às nossas vidas, inspirando-nos a alargar horizontes e ajudando-nos a não perder a fé. Nesse mesmo dia, Júpiter deixa de estar retrógrado e ainda se encontra em Peixes, de onde sairá brevemente, o que acentua ainda mais a atmosfera de esperança que o fim do mês nos traz.

Novembro assemelha-se, em termos energéticos, a um céu inicialmente carregado, em que as nuvens se adensam e dão origem a uma forte tempestade mas acabam por se ir afastando gradualmente, até que o sol volta a brilhar.