Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Consultório de Astrologia

Nossa Senhora das Candeias

No dia 2 de Fevereiro celebra-se o dia de Nossa Senhora das Candeias.

 

Segundo a lei de Moisés, a mulher ficava impura com o parto e era proibida de entrar no templo durante 40 dias se tivesse um menino e 80 dias se fosse uma menina. Passado esse período, o recém-nascido era apresentado no templo aos sacerdotes, com a oferta de um cordeiro, duas pombas ou rolos, e a mãe era purificada. Na procissão que acompanhou Maria ao templo as pessoas acenderam velas. Essa tradição ainda hoje se mantém na procissão e bênção das velas que se realiza nesse dia.

 

No Brazil, na Bahia de Todos os Santos o culto à Senhora das Candeias é associado e celebrado no mesmo dia do culto a Iemanja. A Senhora das Candeias é protectora dos pescadores e marinheiros, como Iemanja. Curiosamente, existe uma igreja, muita conhecida localmente com uma imagem de Nossa Senhora que foi encontrada por um grupo de pescadores num rochedo junto ao mar. Neste dia os locais encontram-se na praia para festejar e enchem o mar de canoas e barcos.

 

No dia 2 de Fevereiro já existia entre os cultos Romanos a tradição da procissão das luzes. Nesse dia recordava-se o sofrimento da Deusa Ceres, mãe das colheitas, quando Proserpina, filha de Ceres e Júpiter (Zeus) foi levada para o Inferno por Plutão (Hades) para companheira dele. Ceres, furiosa, impediu que as colheitas crescessem nesse ano. Zeus conseguiu negociar com Hades a sua libertação. O regresso de Proserpina ao mundo dos Deuses marcou a chegada da Primavera e o calendário Romano passou a ter quatro estações.

 


 

Diz-se na cultura popular que no dia 2 de Fevereiro, se as candeias sorrirem, o Inverno está para ficar, se as candeias chorarem o Inverno está para partir. Noutras palavras, se for um dia de sol o Inverno ainda vai durar. Um dia de chuva significa que o Inverno terminou e a partir de agora haverá bom tempo.

 

 

 

Que o seu sorriso ilumine todos em seu redor!

 

 

Um beijinho,

 

Maria Helena