Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Consultório de Astrologia

Taças tibetanas - equilíbrio do corpo e da mente

 

As vibrações emitidas pelas taças de som tibetanas têm sido usadas, durante séculos, para fins curativos, para meditação e para sessões de purificação. Os sons emitidos pelas taças purificam o ambiente, proporcionando harmonia e despertando o poder curativo do corpo.

O som das taças tibetanas toca a Alma. As taças de som tibetanas são produzidas manualmente com uma liga de diversos metais, que podem chegar a ser 14. O facto de conseguirem fazer vibrar 5 tons em simultâneo, mantendo a vibração durante vários minutos, torna-as num instrumento musical único, com efeitos terapêuticos.

Ao provocar um relaxamento profundo, a sonoridade e vibração emitidas pelas taças libertam os indivíduos do stress e, consequentemente, das preocupações, inseguranças e bloqueios energéticos, responsáveis pelos problemas físicos, emocionais e espirituais. Ajudam a atenuar as preocupações, as inseguranças e o aparecimento de males físicos, emocionais e espirituais.

As taças Tibetanas são utilizadas no Tibete, Nepal, Índia e outros países orientais com tradições tibetanas, onde são conhecidas pelas suas potencialidades espirituais e terapêuticas.

A massagem do som com taças tibetanas já é muito utilizada no Ocidente e é baseada na ancestral sabedoria tibetana de produção de sons e ultrassons com taças à base de uma liga metálica especial. O trabalho terapêutico com taças tibetanas actua no organismo harmonizando-o energeticamente, desencadeando a cura dos planos espiritual, emocional, mental e físico. As taças atuam despertando o próprio poder curativo do corpo.

PRINCIPAIS BENEFÍCIOS DA TERAPIA DE SOM COM TAÇAS TIBETANAS:

·         Melhor capacidade para atingir um estado de relaxamento profundo.

·         Maior domínio sobre a resolução de problemas e preocupações.

·         Desbloqueamento energético e sensação de bem estar imediata.

·         Aumento da criatividade, concentração e capacidade de acção.

·         Reforço do sistema imunitário e melhoria da autoconfiança.

·         Alívio de dores crónicas

·         Equilíbrio dos hemisférios cerebrais

·         Massagem suave e harmonização de cada célula do corpo

·         Influência positiva na autoconfiança e na ansiedade

O PODER DA MASSAGEM COM TAÇAS DE SOM TIBETANO

Para muitas culturas, o som é a força divina que se manifesta através das vibrações rítmicas. A massagem com taças de som surge como um método eficaz de relaxamento. O método é realizado com Taças de Som Tibetanas que emitem sons e ultrassons. A massagem de som é uma forma de equilibrar e alinhar o corpo físico e os centros energéticos. Sem usar as mãos, o terapeuta massaja e equilibra as energias por meio dos sons. Através deste processo de projeção de som, o corpo é massajado, estimulando os sistemas linfático, endócrino e imunitário. Ao mesmo tempo é possível entrar num estado de consciência meditativa, recebendo visualizações, em forma de cores, símbolos, memórias ou sonhos. Foi Peter Hess quem desenvolveu a massagem de som, adaptando-a às necessidades das pessoas das culturas ocidentais.  Uma sessão de Taças Tibetanas pode ser feita com 1 taça ou mais, dependendo da análise feita com cada cliente. Também existe a possibilidade de se realizar uma sessão na água, rio, banheira, desde que a pessoa fique com o corpo submerso.

AS TAÇAS DE SOM

As taças de som tibetanas têm origem na cultura xamanista Bon Po (pré-budista) dos Himalaias, datam da Era do Bronze e são manufaturadas usando diferentes ligas de vários metais, nos quais se inclui o ouro, a prata, o cobre, o mercúrio, o ferro, o estanho e o chumbo, entre outros.

Estes diferentes metais permitem a geração de diferentes sons, dependentes da composição da liga e da forma, dimensões e peso do instrumento.

Ao contrário de outros instrumentos musicais tibetanos, são escassos os registos sobre estas taças de som, que se encontram em abundância tanto em mosteiros como em casas particulares. Quando questionados sobre o uso das taças de som, os tibetanos são algo vagos, dizendo muitas das vezes que as taças servem apenas para acolher mantimentos ou para usar em cerimónias de oferenda.

Nestas ocasiões religiosas são colocadas em cima de altares, com flores, cevada, arroz e água. Os médicos tibetanos usam-nas para diagnósticos, os monges utilizam-nas em cerimónias de oferendas e meditação e os xamãs em rituais em todo o Tibete.

Embora no Oriente a sua utilização tenha sido, ao longo dos tempos, praticamente secreta, a verdade é que o Ocidente tem vindo a reconhecer nestes objetos ancestrais, e na sua sonoridade, excelentes instrumentos de meditação, de reequilíbrio energético, relaxamento e purificação.

De que precisa hoje?

 

Ser feliz não tem de ser complicado, se compreendermos que todos os dias contam e que é de cada momento que se constrói a nossa felicidade. Um dos grandes segredos da felicidade consiste também em compreender que a felicidade dos outros contribui para a nossa. Por isso, crie o hábito de fazer esta pergunta a si próprio, e àqueles que o rodeiam, todos os dias: de que precisas hoje?

Satisfazer as nossas necessidades cria a sensação de que estamos no bom caminho, que a nossa vida tem um propósito e significado. Ajudar a melhorar o dia-a-dia dos outros, contribuindo para satisfazer as suas necessidades, ajuda-nos também a nós a sentirmo-nos, por um lado, úteis e valiosos e, por outro lado, faz-nos tomar consciência de necessidades que também precisamos de satisfazer em nós.

Por isso, uma forma muito simples de melhorar o seu dia e o dia de alguém consiste em fazer com frequência esta pergunta:

                                                      De que precisas, hoje?

 

Às vezes, precisamos de alimento. O nosso corpo pode precisar de vitaminas, quando está a precisar de revitalizar, de proteínas, quando nos sentimos mais fracos, ou de hidratos de carbono, quando precisamos de energia. Aprenda a ouvir aquilo de que o corpo precisa neste momento - que alimento sente vontade de comer? Àparte a tentação dos doces, que tipo de sabor lhe apetece?

 

Muitas vezes precisamos de descanso. Compreenda se o descanso de que precisa é físico - e nesse caso sente-se confortavelmente nem que seja durante apenas um quarto de hora ou, se puder, deite-se mesmo, em posição confortável. Concentre-se apenas na sua respiração, feche os olhos e afaste gentilmente qualquer pensamento. Pode estar a sentir-se bem a nível físico e, no entanto, precisar de descanso mental. Nessa situação, afaste o telemóvel e não ligue a televisão. Dê um passeio a pé pelo jardim, no campo ou na praia, observando tudo o que o rodeia, o pormenor das flores, o voo dos pássaros, o formato das nuvens. Se preferir, convide um amigo para tomar um chá consigo ou, se não for possível estar com ele, telefone-lhe enquanto passeia. Partilhar momentos com alguém de quem gostamos ajuda a nossa mente a descontrair e a relaxar.

Dica: Praticar uma atividade física com regularidade ajuda a aliviar o cansaço mental e o stress, evitando assim também o contacto físico.

 

Também acontece, com frequência, precisarmos de ser ouvidos. Nesse caso, procure alguém que saiba ouvir sem criticar nem questionar, alguém que o ajude de forma efetiva e válida ou que saiba ouvir, simplesmente. Quantas vezes se sentiu aliviado depois de desabafar com alguém sobre um assunto que lhe pesava no coração? Já pensou que a pessoa ao seu lado pode estar a precisar de ser ouvida?

 

Há vezes em que precisamos de rir. Rir liberta a tensão muscular e ajuda o nosso organismo a manter o equilíbrio. Procure a companhia de pessoas positivas ou distraia-se durante alguns minutos com videos que o fazem rir.

 

Noutros momentos, precisamos de um abraço. O calor humano transmitido através de um abraço tem um dos mais poderosos efeitos terapêuticos que existem. Se precisa de um abraço, não fique fechado em si mesmo! Dentro das suas possibilidades, abrace alguém que está próximo de si, como o seu par, os seus filhos, um animal de estimação ou, se não houver mesmo ninguém à sua volta que possa abraçar em segurança, abrace uma almofada, porque o simples gesto de abraçar, por si só, já ajuda a aliviar a tensão que sentimos.

 

Também há alturas em que precisamos de estímulos novos. A nossa mente precisa de ser alimentada e precisa de sair da rotina. Ver lugares novos, conhecer outras pessoas, adquirir outros conhecimentos faz parte do nosso desenvolvimento saudável e ajuda-nos a manter o equilíbrio no nosso dia-a-dia. Se está a precisar de novidades na sua vida, em vez de se focar na viagem que não pode fazer, pense naquilo que tem ao seu dispor (atenção, planear uma viagem também contribui de forma positiva para o seu equilíbrio, mas se não tem possibilidade de fazê-la não perca energia a lamentar-se). Explore outro bairro na sua cidade. Vá até um lugar diferente, perto de si. Explore sites diferentes daqueles que costuma visitar. Vá até uma livraria e procure um livro, ou até uma revista, diferentes do que costuma comprar. Há infinitas possibilidades... não se retraia!

 

Se precisa de estabilidade, pegue num papel e comece a escrever tudo aquilo que tem como mais seguro na sua vida. Lembre-se que a única coisa que realmente nos pertence é a nossa vida, sendo que é dela que tudo o resto vem. Confie em si e nas suas capacidades. Estabeleça metas e defina a forma (realista) de as realizar. Concentre-se no que já tem e, a partir daí, progrida para o que deseja.

 

Quando precisa de ter um foco, concentre-se primeiro na sua respiração, que o ajuda a ter consciência de si, no momento presente. Depois, deite mãos à obra em relação ao que está a fazer. Defina metas pequenas para que as vá concretizando e, à medida que o faz, ganhará maior força para progredir.

 

Muitas vezes precisamos de tempo. Lembre-se que a coisa mais importante que pode dar aos outros - aos seus filhos, ao par, aos seus amigos, à sua família e a si próprio - é uma parte do seu tempo. Saiba também dar tempo ao tempo, deixar as coisas acontecerem e desenvolverem-se ao seu próprio ritmo, sem procurar precipitá-las e sem se deixar vencer pela ansiedade e pelo desespero. 

 

Na maior parte das vezes, precisamos de amor. Nesse caso, comece por lembrar-se que é você que ensina os outros a amá-lo. Aquilo que você aceita ou permite que lhe façam define o valor que sente que tem. A maneira como permite que o tratem ensina aos outros como hão-de tratá-lo. Comece primeiro por se amar a si próprio, definindo limites e obrigando a que estes sejam respeitados. Depois, ame os outros: o Universo devolve sempre esse amor.

O Reiki para recuperar energias

 

Olá,
 
Chamo-me Cristina sinto-me com a energia muito fragilizada, gostaria de saber o que fazer para melhora-la.
 

 

 
 
 
Querida Cristina,
 
Poderá fazer uma consulta de Reiki para equilibrar os chakras e sentir-se com uma nova energia.
 
O Reiki é um método de cura que ajuda a tratar diversos tipos de problemas de saúde, sejam eles de origem física, espiritual ou emocional. Consiste na colocação das mãos sobre o corpo de uma pessoa, de modo a canalizar a energia e força vitais.
 
A sua origem remonta há milhares de anos, tendo sido uma prática corrente dos povos do Oriente. A sua redescoberta no século XIX pelo Dr. Mikao Usui, no Japão, retomou a utilização desta forma de tratamento. Todavia, o Reiki chegou ao mundo ocidental apenas por volta dos anos 60 e 70 do século XX. Progressivamente foi ganhando adeptos e, actualmente, existem milhares de terapeutas, professores e discípulos de Reiki espalhados pelo mundo.
 
O Reiki não se baseia em qualquer tipo de religião, crença ou doutrina. O acto de colocar as mãos num sítio onde se sente dor, com o objectivo de tentar aliviá-la, é algo instintivo e muito antigo. O toque humano transmite não só serenidade, calor e cura, mas também carinho e amor. Sentir o Reiki é sentir a comunicação do amor universal. O Reiki poderá ser recebido através das nossas próprias mãos ou das mãos de outra pessoa.
 
Esta terapia é um processo de canalização de energia através da imposição das mãos sobre os chacras, que são pontos do corpo humano onde a energia circula e a partir dos quais ela é distribuída para o resto do corpo. Para que se possa encontrar a estabilidade necessária, é importante que estes pontos (os chacras) estejam devidamente alinhados.
 
Existem no nosso organismo sete chacras principais que têm funções específicas. Visualizando o corpo humano de baixo para cima, os chacras estão dispostos da seguinte forma:
 
 
 
- 1º Chacra: Básico, que se localiza na base da coluna, no períneo (entre o ânus e os órgãos genitais). A cor que o caracteriza é o Vermelho,que significa paixão pela vida e força de vontade.
  
 
- 2º Chacra: Esplénico, que se localiza no baixo-ventre (um pouco abaixo do umbigo). A cor que o caracteriza é o Laranja,que significa criatividade, sabedoria, vitalidade e sexualidade.
 
- 3º Chacra: Plexo Solar, que se localiza um pouco acima do umbigo. A cor que o caracteriza é o Amarelo,que significa pensamento analítico e actividade intelectual.
 
- 4º Chacra: Cardíaco, que se localiza no centro do peito. A cor que o caracteriza é o Verde, que significa cura e equilíbrio. Note-se que este chacra está também associado ao cor-de-rosa, a cor do Amor e da Alegria.
 
- 5º Chacra: Laríngeo, que se localiza na garganta. A cor que o caracteriza é o Azul,que significa consciência, comunicação e orientação divina.
 
- 6º Chacra: Frontal, que se localiza no centro da testa, representando a espiritualidade e a intuição. Comummente, é denominado como o Terceiro Olho. A cor que o caracteriza é o Azul Índigo.
 
 
 
 - 7º Chacra: Coronário, que se localiza no alto da cabeça, representando a ligação com o Divino. A cor que o caracteriza é o Violeta, que significa iluminação.
 
Para começar a fazer Reiki, procure um local da sua casa que seja calmo e arejado e ponha uma música suave (existem CDs próprios para Reiki). É aconselhável que coloque na sala, ou onde pretende fazer as sessões de cura, alguns cristais, uma vela da cor mais apropriada ao problema que pretende curar e alguns produtos de Aromaterapia.
 
 
 
Durante um tratamento, as posições das mãos são, normalmente, direccionadas da cabeça para os pés.
 
Através do Reiki, pode encontrar o equilíbrio e bem-estar para a sua vida.
 
As qualidades da terapia acima referida não dispensam as indicações do seu médico.
 
Na marcação de uma consulta de Reiki no Centro Maria Helena, receba grátis o seu ano pessoal através da numerologia.
 

 

 

Veja grátis: Horóscopo diário ! 

 

Clique aqui para marcar uma consulta de Tarot, ou falar comigo! 

maria helena.jpg


Envie-me um e-mail em branco e receba uma surpresa!

Clique aqui!

 

Mais informações para:

Telefone: (00351) 21 092 9000

E-mail: mariahelena@mariahelena.pt

Site: http://www.mariahelena.pt/

Facebook: www.facebook.com/MariaHelenaTV

logo dra.png

Dicas de Feng Shui Maria Helena para ter sucesso na sua vida

O Feng tem por princípio o equilíbrio energético, corrigindo qualquer perturbação que possa existir a este nível através de passos tão simples como mudar a disposição dos móveis ou pintar uma parede de cor diferente.

 

Veja as dicas de Maria Helena para atrair boas energias para a sua vida.

felicidade maria helena feng shui.jpgFeng Shui é uma filosofia oriental milenar que estuda a forma como a energia circula e que nos indica métodos e técnicas para criar harmonia na nossa casa e na nossa vida. Feng significa vento, e shui significa água. No Feng Shui existem 2 tipos de energia: o Chi é a energia positiva e o Shar é a energia negativa. Para que os ambientes sejam saudáveis, é necessário que haja equilíbrio, que o Chi circule livremente. Aprenda na prática como atrair a harmonia para a sua vida.


O Feng-Shui sugere regras simples para melhorar a vida profissional, renovar o ambiente e atrair energias positivas. Passamos a maior parte do dia no local de trabalho, pelo que merece uma atenção especial.

 

Limpeza e organização para sucesso no trabalho

A organização é um princípio básico para que a boa energia possa fluir. Habitue-se a ter a secretária sempre ordenada, tome nota do que tem a seu cargo, organize as suas pastas, arquivando documentos e categorizando-os. A limpeza é fundamental para um bom Feng-Shui. Ao acumular papéis e objetos de que já não precisa está a atrair energias negativas para o seu trabalho e a bloquear a criatividade. Mantenha a sua sala limpa e organizada, e verá como a sua disposição melhora e a motivação aumenta. Dê atenção ao arquivo de materiais que não usa com frequência, é importante renová-lo, de tempos a tempos, e deitar fora aquilo de que não precisa. Um local de trabalho organizado e bem arejado é meio caminho andado para o sucesso! Uma vez que a água representa prosperidade, tenha na secretária fotos de água a jorrar de uma fonte ou num riacho. As plantas naturais atraem boa energia. Se não pode escolher o sítio onde vai trabalhar corrija bloqueios colocando uma planta no local. Tenha atenção, pois as plantas usadas no escritório devem ser novas e adquiridas especificamente para este efeito! Obterá melhores resultados se adotar uma atitude positiva e se se visualizar a si própria a ser bem-sucedida no seu trabalho e na sua carreira. Os pensamentos têm uma força mágica! 

 

O Feng Shui e as relações sociais

Viver em sociedade nem sempre é fácil. Cada ser humano encerra em si pequenos detalhes que o tornam único e especial. São essas pequenas coisas que fazem com que, por vezes, existam situações de repulsa ou atração. A arte do Feng-Shui pode ser bastante benéfica para corrigir alguns comportamentos menos positivos na nossa relação com os outros.

Uma forma eficaz e bem-educada de finalizar uma reunião social é oferecer, a seguir à refeição, uma última bebida, que pode ser um chá, esta não deve ser recusada pelo convidado, uma vez que é uma forma de atrair boas vibrações. Sempre que o servir, nunca aponte o bico do bule para os convidados, pois funciona como “lanças” afiadas, criando alguma agressividade. Loiça partida ou lascada é sempre de evitar, pois, para além de dar mau aspeto visual, funciona como barreira inibidora das energias positivas. Os gestos também são uma forma de aproximação ou afastamento. Apontar o dedo a alguém é intimidatório, carregado de energia menos positiva. Em algumas culturas, considera-se uma enorme falta de educação apontar o dedo a um interlocutor, pois este pode ficar mal impressionado e ofendido. Por vezes, quando estamos a conversar, temos o hábito de cruzar os braços, este gesto não é benéfico, uma vez que transmite uma sensação de insegurança e desconfiança em relação aqueles com quem estamos a interagir, é também um gesto fechado, que favorece a estagnação da energia positiva e a interrupção do circuito energético entre as pessoas.

 

Proteção do casamento

Quer tenha um relacionamento estável, quer procure um novo companheiro, saiba que a energia que circula na sua casa e, em particular, no seu quarto, pode bloquear o bom Feng Shui e impedir que haja harmonia na sua vida amorosa. Posicionar a sua cama corretamente em relação à porta do quarto é uma forma simples de corrigir desequilíbrios energéticos que causam mau Feng Shui. A disposição da cama é considerada fundamental para a qualidade do sono de quem nela dorme e, por outro lado, para a vida afetiva. Fique a saber que a cama deve estar o mais afastada possível da porta, no canto diametralmente oposto, e de forma a ter uma boa visibilidade para a mesma.

Procure decorar o seu quarto tendo por base a simplicidade, a paz e a beleza. Afaste tudo o que não esteja relacionado com o repouso. O material de trabalho, como a sua pasta ou computador, deve estar sempre fora do quarto. Objetos elétricos, como a televisão ou o rádio também perturbam a harmonia afetiva, por isso evite colocá-los no seu lugar de descanso. Se não prescinde da televisão no quarto, cubra-a com um pano antes de dormir. Ter estantes cheias de livros no quarto também não traz bom Feng Shui, pois os livros distraem a mente e devem por isso estar numa parte mais social da casa. As prateleiras no quarto representam “um peso” sobre a cabeça, por isso deve evitá-las. É importante que haja espaço no seu quarto para o bom Feng Shui, por isso olhe bem à sua volta e retire toda a mobília que estiver em excesso. A “tralha” no quarto retém a energia e pode asfixiar o relacionamento. Tenha em mente que a simplicidade é fundamental.  De acordo com o Feng Shui as canas de bambu simbolizam paz, segurança e força. Pendure uma cana de bambu na parte sudoste do quarto, que no Bá-Guá corresponde à área do casamento, e verá como a sua vida amorosa ganhará maior dinamismo e uma nova intensidade.

Dica: Se sente que há falta de harmonia no seu relacionamento, analise bem a parte a sudoeste da sua casa e do seu quarto, que corresponde à área do Casamento. Deite fora o que estiver partido ou estragado, assim como tudo aquilo que não faz falta. Mantenha essa área limpa e bem arejada, e a sua vida amorosa ganhará um novo fôlego.

 

Dieta com boas energias

Os alimentos também possuem uma energia própria e aprendendo a identificá-la é possível criar um regime alimentar saudável que transmita saúde e bom Feng Shui ao organismo. Aquilo que comemos influencia o que somos e, por essa razão, a sabedoria oriental sempre se preocupou em estudar os alimentos, e perceber se a energia que transmitem é mais Yin – feminina – ou Yang – masculina -, assim como entender a relação que cada alimento estabelece com os cinco Elementos. A chave para a saúde está na harmonia e por isso a diversidade na alimentação é fundamental. Escolher frutos da época, seguindo o ritmo da Natureza, apresenta grandes vantagens para o equilíbrio do organismo. De acordo com o Feng Shui, a sensação de cansaço ou de apatia pode ser sintoma de excesso de alimentos Yin, que se caracterizam pelo sabor mais suave. De uma maneira geral, os pratos frios representam energia Yin, embora haja exceções. Alguns alimentos que possuem energia Yin são: espargos, bambu, banana, maçã, brócolos, milho, pepino, mel, peixe, espinafres, morangos, cogumelos, laranjas, tomate, limões, uvas, entre outros. Quando se sentir irritado ou com as emoções à flor da pele, coma um gelado ou beba um chá de menta, que são alimentos Yin e transmitem serenidade. A água também tranquiliza o organismo, por isso o gesto de aconselhar alguém a “beber um copo de água para acalmar” representa bom Feng Shui!

Quando, por outro lado, o organismo ingere energia Yang de forma exagerada, pode manifestar demasiada tensão nervosa, sendo a pessoa incapaz de descontrair. Os alimentos com sabores fortes e intensos e as comidas pesadas possuem este tipo de energia, o mesmo acontecendo com a maior parte dos pratos quentes. O queijo, a manteiga, o sal, a pimenta, as nozes e os amendoins são alimentos que transmitem energia Yang ao organismo, e dos quais é importante não abusar, pois geram uma grande instabilidade. O mesmo acontece com bebidas alcoólicas como o vinho ou o whisky. O peixe fumado e a carne de peru, coelho, frango e vaca são portadores de energia Yang, e por isso se aconselham para “dar força”, embora devam ser ingeridas com moderação. A cebola e a batata também possuem este tipo de energia mais ativa.

O segredo para uma alimentação com bom Feng Shui consiste em equilibrar os pratos, completando alimentos Yang com Yin, e acrescentando alguns alimentos cuja energia é considerada neutra. Neste último grupo encontramos o pão, as cenouras, as cerejas, o leite, os pêssegos, as ervilhas, as ameixas e o arroz.

 

Para cada atitude… um tom

Para o Feng Shui, as cores são sempre bem-vindas. Elas não precisam dominar os ambientes, mas podem estar nos detalhes e nos objetos de decoração. Saiba que cores usar para atingir cada objetivo.

Energizar: amarelo, vermelho.

Acalmar: castanhos, beges.

Suavizar: verdes, coral e tons pastel.

Neutralizar: brancos e cores terra.

Ativar a criatividade: laranja, turquesa.

Cultivar a espiritualidade: violeta, roxo.

Aquecer: vermelho, laranja, amarelo.

Promover o romance: rosa, verde, laranja.

Erotizar: vermelho, preto e rosa.

Atrair o poder: dourado, preto.

Relaxar: verdes, azuis e pêssego.

 

Veja grátis: Horóscopo diário !

maria helena.jpg

 

Envie-me um e-mail em branco e receba uma surpresa!

Clique aqui!

 

Contactos:

Telefone: (00351) 21 092 9000

E-mail: mariahelena@mariahelena.pt

Site: http://www.mariahelena.pt/

Facebook: www.facebook.com/MariaHelenaMartinsMHM

logo dra.png