Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Consultório de Astrologia

Ritual para limpeza energética e abertura de novos caminhos

 

Muitas vezes precisamos de fazer uma limpeza profunda à energia que nos rodeia para conseguirmos ver as oportunidades e estar num estado de equilíbrio que nos permita resolver as situações com que nos confrontamos. Este ritual ajuda a limpar qualquer bloqueio que possa estar a impedi-lo de realizar o seu potencial, ao mesmo tempo que também ajuda a abrir os caminhos da sua vida à sorte e à abundância.

Para obter melhores resultados, realize este ritual durante a fase de Lua Cheia, que é o período em que a energia lunar é mais intensa e, por isso, que melhor ajuda a destacar a sua própria energia pessoal.

Vai precisar de:

- sal rosa dos Himalaias

- sal grosso

- alecrim seco

- 3 paus de canela

- 7 folhas de louro

- 3 paus de incenso

- um vaso com uma planta espada-de-são-jorge, que ajuda a proteger contra as invejas e energias negativas

- um cristal cornalina, que ajuda a aumentar a sua capacidade de concentração nas suas metas e também a sua energia pessoal

- uma vela lamparina

 

Preparação:

- Acenda um pau de incenso e, segurando-o, dê lentamente três voltas sobre si próprio, de forma a criar à sua volta 3 anéis de fumo. Eles vão ajudá-lo a purificar a sua energia.

- Acenda o segundo pau de incenso e percorra toda a sua casa segurando-o, para que o fumo purifique a energia de todas as divisões.

- Acenda a vela lamparina, feche os olhos, e agradeça aos seus Anjos e guias espirituais pela sua proteção. Agradeça também a um santo da sua especial devoção. Neste momento, peça aquilo que mais deseja alcançar durante os próximos 30 dias. Termine por dizer "Comprometo-me a... (diga aquilo que pode fazer e que vai fazer para que o seu desejo se realize).

 

- Misture os dois tipos de sal num recipiente de tamanho médio e que suporte altas temperaturas.

- Coloque um litro de água ao lume e deixe levantar fervura. Quando estiver a ferver, junte os paus de canela, as folhas de louro e o alecrim seco e deixe ficar em lume brando durante 5 minutos. Apague o lume.

- Coe esta mistura para o recipiente onde misturou o sal e deixe arrefecer, sem mexer, até ficar morno.

- Quando estiver morno, acenda o terceiro pau de incenso na casa-de-banho, antes de tomar um duche. No final do duche, mexa então o preparado para ajudar a dissolver o sal e derrame tudo do pescoço para baixo.

- O ideal será limpar-se com toalhas brancas ou claras, lavadas, e vestir uma roupa nova, mas pode também vestir uma roupa de cor clara que esteja lavada.

- Coloque o vaso com a espada-de-são-jorge numa janela ou varanda, perto da divisão de sua casa onde costuma passar mais tempo. Também pode colocá-lo na porta de entrada de sua casa, do lado de fora.

- Coloque o cristal no parapeito de uma janela e deixe assim ficar toda a noite, para absorver melhor a energia lunar.

- No dia seguinte, passe o cristal por água corrente e coloque-o no seu quarto, perto da cama. Pode levá-lo consigo no bolso sempre que sentir maior necessidade de ter proteção.

Guia prático para limpar as energias de sua casa

 

Saber manter as energias de sua casa em equilíbrio é essencial para assegurar que a sua própria energia e, por conseguinte, a sua saúde, se mantêm fortalecidas e melhor preparadas para lidar com os desafios.

Uma vez que nos desgastamos diariamente, não só devido às influências exteriores, tais como a pressão exercida pelas situações que não controlamos, as notícias que vemos na televisão e através dos outros meios de comunicação, as pessoas com quem lidamos, entre outros, e também devido às nossas próprias questões interiores, medos que temos, emoções que nos deixam inseguros, etc, é muito importante, e mesmo indispensável, preservar a energia positiva do espaço onde vivemos, pois dela depende em grande parte o nosso próprio equilíbrio e bem-estar.

Algumas práticas simples ajudam a fazer uma limpeza energética em nossa casa, e elas devem ser aplicadas com regularidade. De um modo geral, é aconselhável limpar a energia de nossa casa uma vez por mês, em alturas do ano específicas, como o início das estações, já que o próprio Universo nos traz uma energia de renovação, e sempre que atravessamos períodos mais complicados, que exigem mais de nós. Quando uma pessoa adoece deve também ser feita uma limpeza energética especial à casa, para facilitar a recuperação, a qual deve ser repetida após a convalescença, para restabelecer o equilíbrio e eliminar resíduos energéticos negativos que tenham permanecido.

Como fazer uma limpeza energética:

1 - Queimar incenso, sálvia, pau santo ou ervas de limpeza

A purificação através do fumo é uma das técnicas de limpeza mais antigas e eficazes. O fumo consegue chegar aos lugares mais ínfimos e, dessa forma, purificá-los. Fazer uma defumação consiste em queimar a substância escolhida e deixar que, ao arder, o fumo libertado se espalhe por todos os recantos da divisão, percorrendo toda a casa e dando especial atenção às zonas mais "paradas", onde passa menos tempo em casa, pois é aí que tendem a acumular-se as energias de baixa densidade. Pode espalhar o fumo com a mão ou com uma pena longa, se a tiver. Depois de defumar toda a casa, abra todas as janelas e portas da sua casa. Defume a porta principal de entrada, estando do lado de fora. Mantenha as portas e janelas abertas por alguns minutos, para que o ar circule.

 

2 - Usar água com sal

Os poderes de limpeza energética do sal grosso são incontornáveis. O sal grosso - ou, para melhores resultados, o sal dos Himalaias - tem a capacidade de absorver e neutralizar qualquer energia negativa. Assim, salpique todos os cantos de todas as divisões de sua casa com sal grosso (ou sal dos Himalaias), e deixe ficar durante 48 horas. Ao fim desse tempo, varra o sal e deite-o fora. Para obter um poder protetor ainda maior, pode juntar açafrão moído ao sal, antes de o espalhar pela casa. De acordo com a tradição tibetana, os espíritos malignos não gostam do cheiro do açafrão, e por isso mantêm-se longe de um lugar onde ele tenha sido colocado.

 

3 - Usar limão e vinagre

O limão e o vinagre são outros dois ingredientes com grande poder de limpeza energética que temos ao nosso alcance. Misture o sumo de cinco limões com uma chávena de sal grosso e 5 colheres de sopa de vinagre. Adicione esta mistura a um balde cheio de água e mexa bem. Use luvas, pois o limão e o vinagre são bastante corrosivos, e limpe todas as janelas e portas de sua casa com este preparado. Deixe secar naturalmente, sem enxaguar. Deite um pouco de sal grosso no parapeito da janela e na soleira da porta, para evitar que más energias possam entrar em sua casa.

 

4 - Ter cristais

Alguns cristais têm um especial poder de proteção, ajudando a repelir energias negativas. Geralmente, os cristais de cor preta, como o ónix e a turmalina negra, são aqueles que melhor funcionam para esse efeito. Pode espalhá-los pelos cantos da casa, se quiser criar um escudo protetor, ou colocá-los perto dos aparelhos elétricos, como a televisão, o computador e outros, pois eles ajudam a neutralizar as vibrações que estes aparelhos emitem e que podem ser prejudiciais para a saúde. Segurar com força um destes cristais contra o seu peito, enquanto inspira e expira profundamente de olhos fechados, ajuda-o a restabelecer a harmonia quando se sente mais nervoso, pois ajuda-o a libertar-se de energias negativas e de tensão acumulada que esteja a desestabilizá-lo.

 

5 - Usar sons

O som emite uma vibração energética positiva, que ajuda a expandir as energias de alta frequência, reduzindo e afastando as de baixa densidade. Quanto mais silenciosa for uma casa, mais convidativa ela é para energias negativas. Percorra a sua casa com um espanta-espíritos, um sino pequeno ou uma taça tibetana, se a tiver. Deixe que o som se espalhe por cada divisão, permanecendo nela por alguns minutos, enquanto repete o som. 

 

6 - Ser o agente de limpeza

A forma como faz uma limpeza energética é determinante para que ela seja bem-sucedida. Assim, ao seguir os procedimentos mencionados, é bastante importante que tenha em atenção a sua própria postura. Faça a limpeza quando estiver bem-disposto (o ideal é fazê-la de manhã, quando a sua energia está mais elevada), e comece por se ver a si próprio envolvido por uma intensa luz dourada. Imagine que essa luz purifica tudo o que o rodeia, por onde passa. Enquanto faz a limpeza, diga em voz alta aquilo que deseja atrair: "Estou a limpar a minha casa para que só as boas energias entrem nela!", "Estou a limpar a minha casa para atrair a saúde e o bem-estar!", etc.

 

Repita estas técnicas conforme sentir necessidade de o fazer, aconselhando-se uma certa consistência na repetição (uma vez por mês, a cada três meses...)

7 plantas para limpar as energias de sua casa

 

A Natureza oferece-nos inúmeros recursos para restabelecer o equilíbrio energético dos espaços - e o nosso - e para que possamos recuperar a harmonia com que o Homem vivia em comunhão com o meio ambiente, antes da era da modernização. Conheça 7 plantas que possuem propriedades energéticas especialmente fortes e que pode e deve usar para purificar a energia que o rodeia.

1 - Alecrim

Os gregos queimavam-no como forma de prestar homenagem aos seus deuses, e desde a Antiguidade que o alecrim é considerado a planta da alegria, do amor e da boa memória. Diz-se que cheirar um pouco de essência de alecrim ajuda a aclarar a mente e a melhorar a memória. O alecrim limpa e purifica a energia de uma casa, atraindo as vibrações mais elevadas, que ressoam a alegria e a felicidade.

2 - Eucalipto

É sabido que o eucalipto purifica (já reparou na quantidade de xaropes e medicamentos para as vias respiratórias que o incluem na sua composição?), mas para além de purificar o ar ele também purifica - e muito - as energias, elevando-as. Queimar algumas folhas de eucalipto num espaço onde houve zangas e discussões ajuda a restabelecer a ordem energética.

3 - Salva

Esta é uma das plantas às quais se atribuem poderes mágicos desde tempos mais antigos. Acredita-se que tem a capacidade de purificar o ar, neutralizando bactérias e afastando as energias de baixa vibração. Queime salva para purificar a sau casa e espalhe também o fumo à volta do seu corpo, purificando-se a si mesmo. (Saiba mais sobre a Salva e a Sálvia Branca aqui)

4 - Funcho

Mais conhecido pelo chá que é feito com esta planta, acredita-se que o funcho tem propriedades mágicas que o associam ao sucesso, à força e à coragem, assim como à longevidade. Diz-se que fortalece o nosso campo energético, aumentando o poder pessoal graças à capacidade que tem de purificar a energia envolvente. Estimula a auto-confiança e a vitalidade.

5 - Manjericão

Os italianos atribuem a esta planta a capacidade de atrair o amor e a fertilidade pois acreditam que a sua essência ajuda a estimular e a abrir o chakra cardíaco, facilitando a expressão dos sentimentos e a fluidez das emoções. Está associada à paz na família, ao amor verdadeiro e à união do casal, assim como ao otimismo. Pode tê-la fresca, em vasos, na sua casa, ou queimar incensos ou essências de manjericão, que afastam a negatividade entre o casal e ajudam uma mente depressiva a libertar-se de pensamentos pessimistas.

6 - Oregãos

Assim como o mangericão, também os orégãos têm um lugar de destaque na tradição popular italiana. Diz-se que o chá de oregãos era usado para lavar as parede exteriores de uma casa, como forma de criar uma barreira contra a bruxaria e as más energias. Acredita-se, também, que eles têm o poder de evitar doenças de ordem emocional ou física, promovendo a paz e a tranquilidade, assim ckmo a clarividência.

7 - Alfazema

Esta planta tem um forte poder calmante, e por isso induz a uma atmosfera relaxante e harmoniosa. Queimar alfazema - ou tê-la num saquinho a partir do qual possa emanar o seu perfume - ajuda a dormir melhor, a acalmar temperamentos agressivos ou agitados, a promover o amor, a paz e a união entre o casal.

Um ritual de beleza que acalma o espírito

Um ritual de beleza que acalma o espírito

Naqueles períodos em que se sente de cabeça quente, em que os acontecimentos à sua volta o deixam sem tempo para respirar e tudo parece criar-lhe tensão e contrariedades, experimente fazer este ritual, geralmente associado a uma rotina de beleza, com uma consciência espiritual mais forte - verá como a sua mente fica mais leve e rejuvenescida por dentro e por fora.

Vai precisar de:

- incenso, ervas para queimar, sálvia ou pau santo

- das rodelas de pepino, acabadas de cortar

- um copo com água

- uma vela (de preferência amarela)

- um cristal Aventurina, ou Citrino (se não tiver, pode usar qualquer outro da sua preferência)

 

Preparação:

- Comece por acender o incenso ou por queimar as ervas escolhidas, a Sálvia ou o pau santo. Espalhe o fumo à sua volta e em redor do espaço onde se encontra, dizendo em voz alta afirmações positivas tais como: "Limpo-me neste momento com luz e energia de amor. Estou a limpar o meu coração e liberto-me de tudo o que já não preciso. Liberto o peso dos meus ombros e sinto-me leve e livre. Liberto qualquer energia que esteja a bloquear-me. Deixo-me guiar pelo Divino em mim."

- Depois, purifique com o fumo também a vela, as rodelas de pepino, o copo de água.

Enquanto o faz, diga: "Agradeço pela minha casa, por este espaço sagrado, e por todos os elementos que tenho aqui comigo. Sinto-me abençoada por ter abundância em tudo aquilo de que preciso. O Universo dá-me tudo aquilo de que preciso. Crio espaço na minha vida para que os meus caminhos se abram sempre no tempo certo.

- De seguida, acenda a vela. Sente-se numa posição confortável, de modo a que possa reclinar a cabeça. Coloque uma rodela de pepino em cada olho (fechado!) e segure o cristal com a sua mão direita. 

- Inspire e expire profundamente dez vezes. Enquanto o faz, sinta a frescura do pepino a acalmar e a relaxar a sua fronte.

- Leve as duas mãos ao centro do peito, segurando o cristal. Inspire e expire mais dez vezes, enquanto diz em voz alta: "Sinto-me em paz. A Natureza refresca-me e alimenta todo o meu ser. Sou apoiado pelo Universo. Sinto-me calmo e em paz. Estou em harmonia com tudo o que me rodeia. Sinto-me leve. Sinto-me motivado para receber os desafios que a vida me traz." (Poderá alterar o texto conforme sentir que é mais adequado para si, desde que mantenha a ideia principal).

 

- Voltea inspirar profundamente e expire qualquer raiva, frustração ou energia pesada que ainda estava dentro de si.

- Volte a inspirar e expirar profundamente dez vezes, evitando qualquer pensamento. Concentre-se somente na sua respiração e na frescura que sente, vinda do pepino.

- Quando sentir que está limpo e purificado, retire as rodelas de pepino e deite-as no copo com água. Imagine que a raiva, a frustração e as emoções negativas que sentia e que estavam a pesar-lhe foram agarradas às rodelas de pepino, estando agora dentro da água.

- Apague a vela. Saia de casa e atire fora a água com as rodelas de pepino, deitando tudo num jardim. 

- Pode trazer o cristal sempre consigo ou guardá-lo debaixo da sua almofada.

Como fazer banhos de ervas

Como fazer banhos de ervas

Todos temos ao redor do nosso corpo físico um campo electromagnético, mais conhecido como aura. Quando passamos por situações complicadas que geram energias desequilibradas, elas agregam-se à nossa aura, podendo provocar doenças, mal-estar, etc.. Os banhos de ervas ajudam a limpar a aura fazendo com que ela volte a funcionar normalmente, harmonizando e equilibrando as energias.

 

Os banhos de ervas servem principalmente para limpar as energias negativas, afastar influências negativas, reequilibrar. Cada planta tem características próprias que interagem com as nossas energias provocando as mudanças necessárias para o equilíbrio do corpo. As ervas podem limpar, energizar, melhorar a auto-estima, relaxar, etc.

Os banhos de ervas secas devem ser preparados por infusão, ou seja, essas ervas devem ser colocadas num recipiente com água a ferver que será tapado e permanecerá assim pelo menos por 15 minutos.

As ervas secas não devem ser fervidas pois precisam de ser ativadas antes de serem utilizadas. A ativação de ervas secas faz-se esmagando-as e friccionando-as um pouquinho entre as mãos.

Os banhos de ervas frescas devem ser preparados por maceração, ou seja, as ervas frescas devem ser colocadas num recipiente com água e maceradas durante alguns minutos.

Se utilizar caules, raízes mais grossas e talos duros deve fervê-los durante um período médio de 30 minutos. Os banhos de ervas devem ser tomados depois do banho higiénico, podem ser coados e devem ser preparados sempre com um número ímpar de ervas. Para potencializar o poder energético dos banhos pode utilizar águas naturais como água da chuva, do rio ou do mar.

 

TIPOS DE BANHOS 

Banho de Descarga: Serve para limpar a pessoa de cargas energéticas negativas. Há dois tipos de banho de descarga: o primeiro é o banho de sal grosso - que lava toda a aura, desmagnetizando a pessoa. Não deve ser deitado na cabeça e após este banho deve tomar imediatamente um banho de ervas para equilibrar as energias.

O outro tipo de banho de descarga é o banho de ervas, que tem um efeito mais duradouro, pois algumas ervas são naturalmente descarregadoras e retiram as más energias da aura. Para preparar este tipo de banho deve utilizar ervas quentes como arruda, erva-da-guiné, aroeira, etc. Depois de um banho de descarga deve tomar um banho para energizar, equilibrar, acalmar, restaurar as energias.

Banho de Energização: Reativa os centros energéticos e refaz o teor positivo da aura. Deve utilizar ervas mornas como pétalas de rosas brancas ou amarelas, alecrim, alfazema, levante, entre muitas.

 

ERVAS QUE PODEM SER UTILIZADAS NOS BANHOS

Alecrim

Para prosperidade, abertura de caminhos. Afasta a tristeza.

Aroeira

Usada para descarga e para remover toda a negatividade. Usar do pescoço para baixo.

Arruda

Desagrega fluidos negativos, destrói as larvas astrais, destrói a acumulação energética proveniente da repetição de pensamentos negativos emitidos pela pessoa que toma o banho. Limpa a aura.

Absinto

Usada em banhos de limpeza e descarga, é desagregadora de fluidos negativos. 

Guiné

Facilita a comunicação com os bons espíritos, desagrega formas de pensamento de baixa vibração, transmite boas energias, elimina o cansaço e a indisposição e combate as obsessões de natureza sexual.

Alfazema

Equilibra as nossas energias, traz paz e harmonia e ajuda na limpeza e purificação do ambiente.

Espada de São Jorge

Usada para proteção.

Anis estrelado

Usada para chamar dinheiro, melhorar a auto-estima e abrir os caminhos amorosos. Usada também para potenciar boas amizades, paz e triunfo quando usada na forma defumada em conjunto com outros ingredientes.

Folhas de Eucalipto

Usadas para limpar energias e para fortificar o espírito.

Ervas para ter prosperidade

Canela, cravo, erva-doce, camomila, anis estrelado e louro. 

Sálvia

Usada em muitas culturas como uma maneira de eliminar a energia negativa, pode ser usado em rituais de limpeza para aliviar a eficácia de uma maldição.

Zimbro

O Zimbro é uma erva que tem sido usada durante séculos por xamãs e curandeiros para limpar e purificar.

Banho poderoso das 7 ervas de protecção

 
 

Este banho reúne as propriedades de sete das mais poderosas ervas de protecção, criando um poderoso escudo que afasta todas as energias negativas e repele inimigos, cortando qualquer mal que lhe tenha sido feito.

Vai precisar de:

– 2 litros de água

– 3 punhados de sal grosso

– 3 punhados de arruda

– 3 punhados de alecrim

– 3 folhas de laranjeira

– 3 punhados de erva-de-são-joão

– 3 folhas de hortelã

– 3 cravinhos (cravos-da-índia)

– 3 folhas de manjericão

 

Preparação:

– Coloque a água ao lume e aqueça sem deixar ferver.

– Deite os 3 punhados de sal num recipiente e, quando a água estiver quente, retire metade, derramando-a sobre o sal, e deixe arrefecer.

– Após apagar o lume, deite as 7 ervas na água. Tape e deixe repousar durante 10 minutos.

– Coe a mistura de ervas e deite-a noutro recipiente.

– Leve os dois recipientes consigo para a casa de banho. Tome um duche e, depois de se enxaguar, derrame sobre o seu corpo, do pescoço para baixo, a água com sal.

– Depois derrame, também do pescoço para baixo, a mistura de ervas.

– Limpe-se com cuidado, sem esfregar.

– Vista roupas claras ou de cores vivas, como vermelho, laranja, amarelo.

Como posso proteger-me de quem não gosta de mim?

 

Verdade seja dita: você não gosta de todas as pessoas que conhece. Mesmo que seja uma pessoa simpática e extrovertida, pode haver sempre uma ou outra pessoa que, sem saber bem porquê, não conquista a sua simpatia. Nem todas as pessoas que nos rodeiam são bem-intencionadas. Sabermos escolher as pessoas que convivem connosco é uma condição essencial para termos uma boa energia à nossa volta. 

Se gosta de todas as pessoas e sente que todas as pessoas gostam de si, parabéns! É uma alma mais evoluída, que se encontra já num estado evolutivo de maior harmonia com o Mundo e consigo próprio. Contudo, muitos de nós ainda não alcançaram esse patamar, e por essa razão acontece, ao longo da nossa existência, cruzarmo-nos com pessoas que parecem apostadas em fazer a nossa vida num inferno, muitas vezes sem que consigamos compreender porquê. Nem todas as pessoas são boas, e muitas vezes as atitudes dos outros para connosco (e as nossas para com eles) refletem os traumas e as memórias do passado que evocamos neles. Essas memórias evocam histórias que estão escondidas ao longo da vida, às vezes no início da idade adulta, quando enfrentamos as primeiras desilusões "a sério", às vezes na juventude, quando enfrentamos limites e decepções, às vezes na infância, quando o ambiente que nos rodeia não compreende a nossa essência e não satisfaz as nossas necessidades de amor, e às vezes noutras vidas.

Aqueles casais que, mesmo depois de um divórcio ou separação, continuam a alimentar um ódio mútuo um pelo outro, tão intenso que reflete um apego intrínseco, são um dos exemplos mais flagrantes, que pode apontar para um desamor nascido noutras vidas (veja mais aqui). Da mesma forma, também os pais e filhos que alimentam inimizades inexplicáveis, os irmãos que nunca se aceitaram.

Todas essas histórias que nos acompanham, nas quais existe uma ferida profunda que parece estar eternamente aberta, podem radicar em vidas passadas. Quando não somos capazes de perdoar algo que nos fizeram, o acontecimento que provocou essa mágoa pode ter surgido nesta vida como reflexo de algo que ficou por resolver numa vida passada. Um pai que abandonou o seu filho, por uma razão que este nunca foi capaz de aceitar nem perdoar, pode reencarnar nesta vida num papel diferente, como pai ou mãe do progenitor que o abandonou, e que hoje não consegue confiar nele. Pode ser, também, um parceiro amoroso, que suscita no primeiro sentimentos excessivos de medo da perda, necessidade de um controlo extremo, ciúme e possessividade levados ao exagero. "Se me abandonaste noutra vida, podes voltar a abandonar-me agora" - é a mensagem inconsciente, inscrita na nossa alma, que hoje nos impede de confiar naquela pessoa. Ser vítima de uma injustiça forte, sofrer uma humilhação, ser maltratado - todas essas situações geram um desequilíbrio que carregamos, num lugar escondido da nossa alma, e que continuam a afetar as ligações que estabelecemos no presente, seja com aquela pessoa, seja com outras. Do mesmo modo, existem pessoas com quem temos uma estranha necessidade de brigar, como se tudo o que aquela pessoa faz nos irritasse como se se tratasse de uma ofensa pessoal. A nossa alma sabe porque razão age dessa forma defensiva, mas nós não sabemos, e muito menos a outra pessoa o compreende. Assim, para resolver essas situações é essencial, em primeiro lugar, reconhecer a origem do problema, algo que se consegue através de uma consulta de regressão ou de cura kármica. 

Depois, é muito importante preencher o coração com a energia pura do amor, que traz consigo o perdão: a única forma de nos libertarmos. "Há coisas imperdoáveis", mas ainda assim temos sempre a possibilidade de escolher "deixar ir": afastar a nossa mente e desvincular efetivamente a nossa alma e o nosso coração daquela situação e daquela pessoa, para que ela não possa afetar-nos nunca mais. Os trabalhos de limpeza energética, a cura de karmas passados feitos com a ajuda da Chama Violeta, por exemplo, são ferramentas essenciais de cura. É fundamental voltar mentalmente ao passado, com a ajuda de um terapeuta especializado, para que, face à origem do problema, possamos cortar esse laço que se tornou num nó kármico, desapegando-nos dele, libertando a nossa alma dele. 

Também existem situações contrárias, casos em que fomos nós que maltratámos outros, que cometemos injustiças e atos de crueldade. Nesses casos é frequente que hoje essas pessoas nos evitem, que mantenham connosco uma atitude de desconfiança, que estejam sempre de pé atrás em relação a nós, ou que nós sintamos uma espécie de necessidade absurda de proteger, de perdoar, de aceitar atitudes inaceitáveis, como se "lhes devêssemos isso". 

Nos relacionamentos que vieram de outras vidas existe também muitas vezes um ódio que foi gerado por um amor não correspondido. Alguém que nutria um amor profundo por si, ao qual você não correspondeu, pode surgir na sua vida como alguém que, hoje, rejeita o seu amor. Uma traição ou um relacionamento violento impregnam uma relação entre duas pessoas num desequilíbrio que pode arrastar-se por vidas sucessivas, até que uma das pessoas quebre esse ciclo. Para o fazer é necessário um profundo trabalho interior de reconhecimento do problema, identificando através da regressão aquilo que despoletou essa situação de conflito, para poder perdoá-lo e libertar-se dele. Por outro lado, é essencial também curar o seu próprio coração e atrair o amor e a energia da cura para a sua vida. Quando desatamos um nó que nos traz mágoa e dor estamos a abrir o nosso coração para um futuro mais risonho e feliz, em que só o amor pode governar, atraindo coisas positivas para a nossa vida. 

Ao focarmos a nossa mente em pensamentos positivos atraímos naturalmente a proteção  de que precisamos e elevamos a nossa energia de tal maneira que a cura é puxada para a nossa vida. 

 

Mas nem só os relacionamentos amorosos ou familiares escondem nós kármicos que nos apertam o coração. Existem também estranhas situações em que pessoas com quem não temos uma intimidade assim tão grande parecem estar obcecadas com a nossa vida, como se cada passo que damos lhes fizesse sombra. 

- Tem alguma pessoa que parece estar sempre a par do que acontece na sua vida?

- Existe alguém que denigre a sua imagem perante os seus colegas ou amigos, sem haver um motivo aparente para o fazer?

- Alguma pessoa se apressa a espalhar aos sete ventos o mínimo erro que você comete?

Estas situações, e outras idênticas a elas, escondem muitas vezes também problemas que foram criados em encarnações anteriores. Naturalmente que são ação de pessoas mal intencionadas e que devemos manter-nos afastados delas, mostrando que nenhum poder têm sobre nós. Mas evite enviar ódio como resposta a atos de ódio, pois aí sim, ficará preso a essa pessoa numa cadeia permanente. 

Uma das formas mais eficazes de se proteger, além de afastar-se fisicamente de quem lhe faz mal, para que não tenha como interferir e prejudicar a sua vida, é usar o poder protetor dos banhos de limpeza e das benzeduras. 

Banho poderoso das 7 ervas de proteção - veja aqui como fazer

Benzedura para afastar a inveja e tirar o quebranto - veja aqui como fazer

A oração funciona também como um escudo muito poderoso para defender-se de energias negativas, ajudando-o a manter-se seguro numa frequência energética positiva. Algumas das orações de proteção mais eficazes são:

Oração para nos protegermos de quem nos quer mal

Oração poderosa à Cruz de Caravaca

Outro sinal que muitas vezes aponta para a existência de pessoas que, por algum motivo, têm uma situação mal resolvida connosco tem a ver com os chamados "ataques psíquicos", situações em que nos sentimos estranhamente mal sem compreendermos porquê, em que somos acometidos por súbitas dores de cabeça, tonturas, fraqueza nas pernas e nos braços, um sono inexplicável, quebras de energia.

Quando estiver nessa situação afaste-se e reze uma oração. Se não puder afastar-se, peça a Deus, seja qual for a ideia que Dele tiver, que venha em seu auxílio. Uma oração que pode rezar enquanto se encontra com alguém que pode ter sentimentos negativos em relação a si é a oração de proteção de São Miguel Arcanjo.

É muito importante procurar sempre elevar a nossa energia, pois quanto mais desanimamos mais baixa a nossa energia, que fica assim ao nível da energia da pessoa que nos prejudica. Ter pensamentos positivos cria uma barreira protetora.

Confie no poder transformador da Chama Violeta para transmutar as energias e sarar um desafeto do passado. Entregue as suas preocupações à Chama Violeta e veja-as serem dissipadas pelo fogo, transformando-se em energia de amor.

Quando é você quem se sente desconfiado em relação a alguém que nunca lhe fez mal, quando ao longo do tempo a vida lhe vai provando que nada tem a recear em relação a determinada pessoa e, mesmo assim, você não consegue ter uma atitude relaxada com ela, pode dar-se a situação contrária: ela está mais evoluída espiritualmente do que você, que por qualquer motivo não consegue perdoar uma ação remetida para um passado longínquo. Procure, mesmo assim, contrariar a sua mente e abrir o seu coração, forçando-se a reconhecer que hoje essa pessoa nada faz que seja digno da sua desconfiança. Muitas vezes a vida encarrega-se de retificar os karmas; se aquela pessoa lhe fez algo negativo noutra vida, hoje pode estar presente na sua existência para reparar esse dano e fazer algo positivo por si.

Abra o seu coração ao amor, a mais pura energia universal. Desate os nós que o aprisionam e baseie os seus laços no perdão.

Os signos e os incensos

Os incensos, para além de perfumarem o ambiente, também são purificadores e condutores de energias positivas. Renovam a energia e purificam assim o ambiente e os indivíduos.

Os incensos podem ser utilizados também em vários problemas físicos e psíquicos. Existem vários tipos de essências para serem utilizadas em cada caso específico. Para cada signo existem alguns incensos específicos que podem ser usados de forma a que o seu anjo da guarda seja mais facilmente atraído para perto de si.

 

 

 

Os incensos são um dos elementos preferidos dos Anjos e um dos que mais facilmente os atraem para junto dos seus protegidos. Para além de terem um perfume bastante agradável, muito apreciado pelos seres celestes, limpam os ambientes e proporcionam um clima harmonioso e tranquilo, favorável à oração e à meditação.

Os incensos, por pertencerem ao elemento Ar, facilitam a elevação das preces ao Céu. Desde tempos imemoriais este elemento é usado por sacerdotes e pessoas ligadas às mais diversas religiões, por se acreditar ser muito benéfico e promover uma ligação mais forte com  entidades mais evoluídas.

Apesar de qualquer tipo de incenso poder ser utilizado nos rituais de invocação dos Anjos, existem aromas específicos para determinado tipo de pedido.

 

Se é do signo…

Use o incenso…

Carneiro

Almiscar, Sândalo, Ópium.

Touro

Pinho, Eucalipto, Cravo, Canela.

Gémeos

Rosa, Alecrim, Jasmim.

Caranguejo

Maçã, Alfazema, Violeta.

Leão

Patchouli, Almíscar, Sândalo, Ópium.

Virgem

Rosa, Alfazema, Benjoim.

Balança

Maçã, Rosa, Cedro.

Escorpião

Almíscar, Opium, Eucalipto.

Sagitário

Cravo, Canela, Rosa.

Capricórnio

Lótus, Alecrim.

Aquário

Violeta, Rosas, Flores do Campo.

Peixes

Violeta, Alecrim, Alfazema.

 

 

Veja grátis: Horóscopo diário ! 

 

Clique aqui para marcar uma consulta de Tarot, ou falar comigo! 

maria helena.jpg


Envie-me um e-mail em branco e receba uma surpresa!

Clique aqui!

 

Mais informações para:

Telefone: (00351) 21 092 9000

E-mail: mariahelena@mariahelena.pt

Site: http://www.mariahelena.pt/

 

Centro Maria Helena

unnamed.jpg

 

O Centro Maria Helena nasceu de um sonho. O sonho de fazer mais pela humanidade, de ajudar cada ser humano a ser mais realizado e feliz e de dar orientação e ferramentas para que as pessoas possam viver com plenitude e autonomia. Encontrará no Centro Maria Helena terapeutas e conselheiras escolhidas e formadas por Maria Helena, que aplicam todos os conhecimentos transmitidos pela sua mentora.

 

Através das diversas especialidades: consultas de tarot, astrologia, meditação, cura kármica, limpeza energética, e muito mais… encontrará esta orientação para a sua vida e ainda poderá receber formação nas variadíssimas áreas esotéricas e holísticas, como reiki, numerologia, proteção e limpeza espiritual, cura kármica, e claro… tarot!

 

Ao visitar o CMH irá conhecer um espaço de harmonia, orientação e conexão com o divino onde terá a oportunidade de aceder ao conhecimento que lhe falta para mudar a sua vida.

 

É propósito deste centro ajudar cada pessoa que nos procura para que possa reconstruir-se, renovar-se e realizar-se como um novo ser que acordou para o maravilhoso mundo que existe lá fora e no qual vivemos.

 

Centro Maria Helena
De coração para coração.
http://www.centromariahelena.pt

Ritual para limpeza energética

ritual_3.jpg

 

Sabia que as energias que nos rodeiam nos afetam, e que as energias negativas sobrecarregam o nosso campo energético, fazendo-nos sentir em baixo? Realize este ritual sempre que estiver a precisar de recuperar energias!

 

Vai precisar de:

- 1 vela branca - proteção divina
- 1 copo com água - acalma as emoções
- 1 punhado de sal grosso - absorve a energia negativa
- 3 cones de incenso - trazem a paz e a harmonia
- 1 punhado de alecrim - limpa as energias
- Queimador para ervas e incenso, fósforos
- 1 banho de limpeza espiritual - purifica o seu corpo

 

Preparação:

1 – Acenda a vela e peça ao seu anjo da guarda que a proteja.
2 – Deite o sal dentro do copo com água.
3 – Coloque no queimador os cones de incenso e um punhado de alecrim e deite-lhes fogo.
4 – Assim que começar a fazer fumo, pegue com cuidado no queimador e dirija-se à porta de entrada de sua casa.
5 – Dê então uma volta completa a todas as divisões, começando pela porta de entrada, no sentido dos ponteiros do relógio.
6 – Quando terminar, coloque o queimador ao pé do copo com água e da vela e reze um Pai-Nosso.
8 – Prepare então o seu banho de limpeza espiritual. Ponha um litro de água ao lume.
9 – Quando estiver a ferver, deite nela o banho de limpeza espiritual.
10 – Coe e deixe arrefecer até ficar morno. Tome um duche normal e, no final, derrame o líquido do pescoço para baixo.
9 – Deite fora os restos da vela e do alecrim quando terminarem de arder. Deite fora a água com sal, mas volte a encher o copo todos os dias com água e sal grosso, para absorver a negatividade.