Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Consultório de Astrologia

Oração a Nossa Senhora das Dores

Entregue a Nossa Senhora das Dores todas as suas dores, tanto físicas como da alma, e aflições. Nossa Senhora das Dores sofreu com seu filho Jesus para nos salvar, e traz o conforto e a cura a todos aqueles que mais sofrem.

O culto a Nossa Senhora das Dores começou em 1221, na Alemanha, e o dia 15 de Setembro passou a ser dedicado a Nossa Senhora das Dores em 1239, em Florença.

Oração a Nossa Senhora das Dores

Virgem Santíssima, Mãe de Nosso Senhor e mãe nossa,
que tanta tristeza sentiste
e tanto sofrimento tiveste
pela vida e morte de Teu Filho Jesus,
volvei sobre mim os teus olhos amorosos
e tende compaixão sobre os meus pecados.

Nossa Senhora das Dores, rogai por nós.

Nossa Senhora das Dores, tende piedade de nós.
Ámen.

 

Oração a Nossa Senhora das Dores para conseguir uma Graça Especial

(Fazer o sinal da Cruz)

Maria Santíssima, Virgem Mãe de Nosso Senhor Jesus Cristo,
venho ajoelhar-me perante vós arrependido dos meus muitos pecados,
implorando-vos que intercedais, junto ao vosso Divino Filho,
pelo perdão das minhas grandes faltas.


Senhora das Dores, que tivestes o vosso puro coração
trespassado por Sete Espadas,
consolação dos aflitos, protetora dos fracos e oprimidos,
acorrei em meu auxílio nesta aflição.


Compadecei-vos de mim, Senhora.
Considerai o meu sofrimento.
Suplicante, peço-vos a graça de
(dizer o pedido)
pelo sangue de Nosso Amantíssimo Jesus,
derramado na cruz para a nossa salvação.


Vós que sofrestes por todas as criaturas,
vede o meu sofrimento,
Nossa Senhora das Dores, e trazei-me alívio nesta aflição.

Concedei-me a graça de (repetir o pedido).
Em meu socorro vinde, ó minha protetora.
Em meu auxílio vinde, Rainha dos Anjos.
Em minha defesa acorrei, Esposa de Deus.
Nossa Senhora das Dores,
Sete Espadas transpassaram o vosso Coração.
Sete Dores mortificaram o vosso corpo, virgem e santo.
Sete vezes vos peço,
Nossa Senhora das Dores,
a graça, de
(mencionar o pedido).
Assim seja.

 


Oração a Nossa Senhora das Dores

(oração de Santo Afonso Maria de Ligório)


"Ó Mãe das Dores, Rainha dos mártires,
que tanto chorastes vosso Filho morto para me salvar,
alcançai-me uma verdadeira contrição dos meus pecados
e uma sincera mudança de vida,
com uma incessante e terna compaixão
pelos sofrimentos de Jesus e pelos vossos.

Enfim, ó minha Mãe, pela dor que experimentastes
quando o vosso divino Filho, no meio de tantos tormentos,
inclinando a cabeça, expirou a vossa vista sobre a cruz,
eu vos suplico que me alcanceis uma boa morte.

Por piedade, ó Advogada dos pecadores,
não deixeis de amparar a minha alma
na aflição e no combate da terrível passagem
desta vida para a eternidade.
E como é possível que nesse momento
a palavra e a voz me faltem
para pronunciar o vosso nome e o de Jesus,
nomes que são toda a minha esperança,
rogo-vos desde já a vosso Divino Filho e a Vós,
que me socorrais nesta hora extrema,
e assim direi: JESUS e MARIA, entrego-vos a minha alma."


Ladainha a Nossa Senhora das Dores

Rezar esta Ladainha seguida do Credo, da Salve Rainha e de 3 Avé Marias, em todas as sextas-feiras do ano.


Senhor, tende piedade de nós
Jesus Cristo, tende piedade de nós
Senhor, tende piedade de nós
Jesus Cristo, ouvi-nos
Jesus Cristo, atendei-nos
Deus, Pai dos céus, tende piedade de nós
Deus, Filho Redentor do mundo, tende piedade de nós
Deus, Espírito Santo, tende piedade de nós
Santíssima Trindade que sois um só Deus, tende piedade de nós
Santa Maria, rogai por nós
Santa mãe de Deus,
Santa Virgem das Virgens,
Mãe do Crucificado,
Mãe dolorosa,
Mãe lacrimosa,
Mãe aflita,
Mãe desamparada,
Mãe desolada,
Mãe privada do filho,
Mãe trespassada pela espada,
Mãe nas dores imersa,
Mãe cheia de angústias,
Mãe com o coração à cruz cravado,
Mãe tristíssima,
Fonte de lágrimas,
Cúmulo de sofrimentos,
Espelho de paciência,
Rocha de constância,
Âncora de confiança,
Refúgio dos abandonados,
Defesa dos oprimidos,
Refúgio dos incrédulos,
Alívio dos míseros,
Cura dos languentes,
Força dos débeis,
Porto dos náufragos,
Quieta nas tempestades,
Recurso dos necessitados,
Terror dos demónios,
Tesouro dos fiéis,
Luz dos profetas,
Guia dos apóstolos,
Coroa dos mártires,
Baluarte dos confessores,
Pérola das virgens,
Consolação das viúvas,
Mãe dos órfãos,
Letícia de todos os santos.


Cordeiro de Deus que tirais os pecados do mundo, perdoai-nos, Jesus.
Cordeiro de Deus que tirais os pecados do mundo, ouvi-nos, Jesus.
Cordeiro de Deus que tirais os pecados do mundo, tende piedade de nós, Jesus.


Rogai por nós, ó Virgem Dolorosíssima.
para que sejamos dignos das promessas de Cristo.


ORAÇÃO:

À vossa eficaz proteção recorremos,
ó Virgem Dolorosíssima e bendita;
livrai-nos de todos os perigos
e salvai-nos pelos merecimentos de vosso Filho Jesus Cristo,
Redentor nosso, triunfador do poder das trevas.
Assim seja.

Nossa Senhora das Dores - as 7 dores de Maria

Nossa Senhora das Dores, um dos nomes pelos quais Maria é venerada, é uma das mais fortes devoções do nosso País. De Norte a Sul existem procissões, romarias e festas em honra de Nossa Senhora das Dores, assim chamada como forma de homenagear as 7 dores de Maria, sofridas pelo amor ao seu filho, Jesus.

O dia 15 de Setembro é consagrado a Nossa Senhora das Dores, homenageando as sete dores que Maria sofreu, conforme são contadas na Bíblia. Cada dor corresponde a um momento de enorme sofrimento na sua vida de mãe. Nossa Senhora das Dores, também chamada Nossa Senhora do Pranto, Nossa Senhora das Angústias ou Nossa Senhora das Lágrimas, entre outras designações semelhantes, é representada com sete flechas espetadas no coração.

As 7 dores de Maria são:

1 - A profecia de Simeão sobre Jesus 

Simeão era um bom homem, a quem o Espírito Santo prometera que "não havia de morrer sem ver o Cristo do Senhor". Quando Maria e José foram apresentar o Menino Jesus ao Templo de Jerusalém para cumprir a Lei judaica de consagração do filho primogénito, cerca de 40 dias após o seu nascimento, estava lá Simeão, que tomou o Menino Jesus nos seus braços, tendo-lhe recitado o cântico que ainda é usado pela Igreja e que profetiza a redenção do Mundo porJesus:

"Agora tu, Senhor, despedes em paz o teu servo Segundo a tua palavra; Porque os meus olhos já viram a tua salvação, a qual preparaste ante a face de todos os povos: Luz para revelação aos gentios, E glória do teu povo de Israel.» (Lucas 2:29-32)

Em seguida, Simeão abençoou-os e disse a Nossa Senhora: 'Eis que este menino foi colocado para a queda e para o soerguimento de muitos em Israel, e como um sinal de contradição'.» (Lucas 2:34-35).

 

2 - A fuga da Sagrada Família para o Egito 

Quando os 3 Reis Magos foram adorar o Menino Jesus, dirigiram-se primeiro a Herodes para lhe perguntar onde podiam encontrar o recém-nascido "Rei dos Judeus". Ciumento e receoso de perder o trono, Herodes mandou matar todos os recém-nascidos da região, e por esse motivo José e Maria tiveram de levar o Menino Jesus para o Egito. Este episódio da vida de Maria deu origem a Nossa Senhora do Desterro, a quem muitas vezes se reza para pedir proteção em viagens.

 

3 - O desaparecimento do Menino Jesus durante três dias 

Teria Jesus cerca de doze anos quando foi com os seus pais a Jerusalém aquando da celebração da Páscoa judaica. Ao regressarem, os seus pais não se aperceberam que Jesus não os acompanhava, pois pensavam que iria mais à frente com outros familiares. Ao aperceberem-se da ausência de Jesus apressaram-se a regressar a Jerusalém, onde o encontraram só ao fim de 3 dias, no Templo, em animado debate com os anciãos, estupefactos com a sua inteligência e sabedoria, sendo de tão tenra idade. Maria, em alvoroço por não saber de seu filho, repreendeu-o, mas Jesus retorquiu:

«Por que me procuráveis? Não sabíeis que eu devia estar na casa de meu Pai?» (Lucas 2:49).


4 - O encontro de Maria e Jesus a caminho do Calvário (Lucas 23:27-31).

A caminho da sua crucificação, Jesus teve de carregar ao ombro a sua própria cruz até ao calvário. A dado ponto do percurso, Jesus encontra-se com sua Mãe, que vê o martírio do seu filho.


5 - Maria assiste ao sofrimento e morte de Jesus na Cruz - Stabat Mater (João 19:25-27).

A Stabat Mater (do latim "Estava a mãe") é uma prece do século XIII que descreve o tormento de Maria ao ver o seu filho agonizar na cruz. Leia-a aqui.

6 - Maria recebe o corpo do filho tirado da Cruz (Mateus 27:55-61).

A lamentação de Cristo designa o momento em que, depois da crucificação, o corpo de Jesus Cristo foi retirado da Cruz, sendo colocado nos braços de sua mãe. Esta imagem, de Jesus desfalecido nos braços de Maria, é a chamada Pietá, amplamente representada na arte.


7 - Maria observa o corpo do filho a ser depositado no Santo Sepulcro.

Depois de retirado da crz, Jesus foi colocado num túmulo, por um fariseu chamado José de Arimateia.

 

Reze a Nossa Senhora das Dores nos momentos de maior tormento da sua vida. Peça-lhe proteção e saiba que Maria, como Mãe que tanto sofreu, se compadece de todos aqueles que sofrem, nunca os deixando desamparados.

O Rosário das Sete Dores de Maria é constituído por sete Avé- Marias, uma por cada dor da Virgem Mãe. Antes do Terço das Dores pode rezar a oração:

Virgem Dolorosíssima,
seríamos ingratos se não nos esforçássemos em promover a memória
e o culto de vossas Dores
particulares graças para uma sincera penitência,
oportunos auxílios e socorros
em todas as necessidades e perigos.
Alcançai-nos Senhora, de Vosso Divino Filho,
pelos mérito de Vossas Dores e lágrimas,
a graça de... (dizer o pedido).

Ámen.

Promessas feitas aos devotos de Nossa Senhora das Dores

Nas revelações feitas a Santa Brígida, aprovadas pela Igreja Católica, Nossa Senhora prometeu oferecer 7 graças a todos os que lhe oferecessem devoção, rezando todos os dias 7 Avé Marias em homenagem pelas suas sete dores:

1ª - Porei a paz nas suas famílias. 

2ª - Serão iluminados sobre os Divinos Mistérios. 

3ª - Consolá-los-ei nas suas penas e acompanhá-los-ei nos seus trabalhos. 

4ª - Conceder-lhes-ei tudo o que me pedirem, contanto que não se oponha à vontade de meu adorável Divino Filho e à santificação de suas almas. 

5ª - Defendê-los-ei nos combates espirituais contra o inimigo infernal e protegê-los-ei em todos os instantes da vida. 

6ª - Assistir-lhes-ei visivelmente no momento da morte e verão o rosto de Sua Mãe Santíssima. 

7ª - Obtive de Meu Filho que, os que propagarem esta devoção (às minhas Lágrimas e Dores) sejam transladados desta vida terrena à felicidade eterna, diretamente, pois ser-lhes-ão apagados todos os seus pecados e o Meu filho e Eu seremos a sua eterna consolação e alegria. 

 

Como rezar:

Oração Inicial:

Virgem dolorosíssima, seríamos ingratos se não nos esforçássemos para promover a memória e o culto das vossas dores. O vosso Divino Filho tem vinculado à devoção das vossas dores particulares graças para uma sincera penitência, oportunos auxílios e socorros em todas as necessidades e perigos.

Alcançai-nos, Senhora, do vosso Divino Filho, pelos Méritos das vossas Dores e lágrimas, a graça de .... (dizer o pedido)
CredoRezar um Credo, um Pai Nosso e uma Avé Maria em honra da Santíssima Trindade.


1ª Dor:
Pela dor que sofrestes ao ouvir a profecia de Simeão, de que uma espada transpassaria o vosso Coração, Mãe de Deus, ouvi a nossa prece!
Avé Maria... (rezar a Avé Maria completa)


2ª Dor:
Pela dor que sofrestes quando fugistes para o Egito, apertando ao peito virginal o Menino Jesus para o salvar das fúrias do ímpio Herodes, Virgem Imaculada, ouvi a nossa prece!
Avé Maria...


3ª Dor:
Pela dor que sofrestes aquando da perda do Menino Jesus por três dias, Santíssima Senhora, ouvi a nossa prece!
Avé Maria...


4ª Dor:
Pela dor que sofrestes quando viste o querido Jesus com a Cruz ao ombro, a caminho do calvário, virgem Mãe das Dores, ouvi a nossa prece!
Avé Maria ....


5ª Dor:
Pela dor que sofrestes quando assististes à morte de Jesus, crucificado entre dois ladrões, Mãe da Divina graça, ouvi a nossa prece!
Avé Maria ....


6ª Dor:
Pela dor que sofrestes quando recebestes nos vossos braços o corpo inanimado de Jesus, descido da Cruz, Mãe dos Pecadores, ouvi a nossa prece!
Avé Maria...


7ªDor:
Pela dor que sofrestes quando o Corpo de Jesus foi depositado no sepulcro, ficando vós na mais triste solidão, Senhora de todos os povos, ouvi a nossa prece!
Avé Maria ....


Oração Final:
Dai-nos, Senhora, a graça de compreender o oceano de angústias que fizeram de vós a “Mãe das Dores”, para que possamos participar dos vossos sofrimentos e vos consolemos pelo nosso amor e a nossa fidelidade. Choramos convosco, ó Rainha dos mártires, na esperança de ter a felicidade de um dia nos alegrarmos convosco no céu.
Ámen.

Oração a Nossa Senhora das Dores para conseguir uma Graça Especial

Peça a Nossa Senhora das Dores que interceda por si, trazendo-lhe o alívio para aquilo que mais o aflige.

 

(Fazer o sinal da Cruz)

Maria Santíssima, Virgem Mãe de Nosso Senhor Jesus Cristo,
venho ajoelhar-me perante vós arrependido dos meus muitos pecados,
implorando-vos que intercedais, junto ao vosso Divino Filho,
pelo perdão das minhas grandes faltas.


Senhora das Dores, que tivestes o vosso puro coração
trespassado por Sete Espadas,
consolação dos aflitos, protetora dos fracos e oprimidos,
acorrei em meu auxílio nesta aflição.


Compadecei-vos de mim, Senhora.
Considerai o meu sofrimento.
Suplicante, peço-vos a graça de
(dizer o pedido)
pelo sangue de Nosso Amantíssimo Jesus,
derramado na cruz para a nossa salvação.


Vós que sofrestes por todas as criaturas,
vede o meu sofrimento,
Nossa Senhora das Dores, e trazei-me alívio nesta aflição.

Concedei-me a graça de (repetir o pedido).
Em meu socorro vinde, ó minha protetora.
Em meu auxílio vinde, Rainha dos Anjos.
Em minha defesa acorrei, Esposa de Deus.
Nossa Senhora das Dores,
Sete Espadas transpassaram o vosso Coração.
Sete Dores mortificaram o vosso corpo, virgem e santo.
Sete vezes vos peço,
Nossa Senhora das Dores,
a graça, de
(mencionar o pedido).
Assim seja.

Oração para pedir ajuda a Nossa Senhora das Dores

Esta é uma oração considerada especialmente poderosa, que pede ajuda a Nossa Senhora das Dores para alívio das angústias e aflições.

Nossa Senhora das Dores,
a ti apresento todas as minhas mágoas, tristezas e sofrimentos.

Ó Mãe das dores e rainha dos mártires,
que tanto sofreste ao ver o teu Filho sofrer e perder a vida
para me salvar, ouve as minhas preces.

Mãe amável,
concede-me uma verdadeira contrição dos meus pecados
e uma sincera mudança de vida.

Nossa Senhora das Dores,
que estiveste presente no calvário de Nosso Senhor Jesus Cristo,
fica também presente nos meus calvários.
Suplico -te esta graça de que tanto necessito:

(Faça o seu pedido)

Por piedade, ó advogada dos pecadores,
não deixes de amparar a minha alma na aflição
e nas lutas que a todo momento estou sujeito a travar.

Nossa Senhora das Dores,
quando as dores vierem e os sofrimentos chegarem,
não me deixes desanimar.

Mãe das dores, envolve-me com o teu sagrado manto
e ajuda-me a passar pelo vale de lágrimas.

(Rezar uma Salve Rainha)

Fica connosco, Mãe de Misericórdia,
e dá-nos o teu auxílio, para que possamos converter as lutas em vitórias e as dores em alegrias.

Roga por nós, ó Mãe, porque não és apenas a Mãe das dores,
mas também a Senhora de todas as graças.

Nossa Senhora das Dores, f
dá-me força em todos os sofrimentos da vida. (Repetir 3 vezes)
Ámen.