Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Consultório de Astrologia

O coelho da Páscoa

easter2.jpg

 

Sabe de onde vem a história do coelhinho da páscoa? Vem da antiguidade, onde o coelho simbolizava a lua e a fertilidade. A Páscoa nunca calha no mesmo dia porque varia de acordo com o calendário lunar, e simboliza a ressurreição e o renascimento. Uma vez que os coelhos se reproduzem muito e a Páscoa simboliza o nascimento de uma nova vida, este animal foi o escolhido como símbolo pascal.

 

História

Reza a lenda que uma mulher que era muito pobre e não tinha nada para oferecer aos seus filhos no domingo de Páscoa cozeu alguns ovos, pintou-os e escondeu-os no quintal. Quando as crianças encontraram os ovos, apareceu por ali um coelho que fugiu, e então elas acreditaram que os ovos da Páscoa tinham sido trazidos pelo coelhinho. A partir daí, o coelhinho surgiu associado aos ovos da Páscoa.

Quarta-feira de cinzas

Hoje comemora-se a 4ª feira de cinzas

A 4ª feira de cinzas marca o início da Quaresma, o período que para a Igreja Católica antecede a Páscoa, a festa da ressurreição de Cristo.

 

A palavra Quaresma deriva do latim e significa "quadragésimo dia", porque a quaresma é o período de 40 dias anteriores ao domingo de Páscoa.

- O primeiro dia da Quaresma é hoje, quarta-feira de cinzas, 40 dias antes da sexta-feira santa (os domingos não contam)

 

De acordo com a Bíblia, as cinzas estão associadas ao arrependimento e ao sofrimento, e a Quaresma é o período em que nos arrependemos e libertamos dos pecados.

 

- Por essa razão, os fiéis abstêm-se de comer carne e fazem jejum

- Também se dedicam a mais atos de caridade.

 

A designação 4ª feira de cinzas também está associada à efemeridade da vida, simbolizada pelas cinzas, que lembram que sem o amor de Cristo somos apenas pó. As cinzas também estão associadas à morte.

 

Este dia recorda que a nossa vida é apenas uma passagem, pelo que devemos renunciar aos pecados para que possamos ser absolvidos.

 

Na tradição católica, neste dia são celebradas missas e os fiéis são abençoados com cinzas.

 

Páscoa - Origens e Significado

 

 
A palavra Páscoa vem do Hebraico e significa “passagem”. Hoje é a festa Cristã mais importante pois é quando se celebra a morte e ressurreição de Cristo. A Páscoa Hebraica Pessach que já existia antes da morte de Cristo, começa hoje e é quando se celebra a fuga do Egipto e libertação do povo de Israel. Para comemorar havia um jantar com uma ementa especial que simbolizava o sacrifício e sofrimento do povo Hebraico. Jesus, dentro das tradições judaicas terá feito um jantar com os seus discípulos, que foi a sua última ceia.
 
Entre o Domingo de Ramos, que foi a chegada de Jesus a Jerusalém quando foi recebido com ramos de palma, e o Domingo de Páscoa, celebram-se os acontecimentos da última semana de vida de Cristo. Na Quinta-feira Santa, Jesus foi traído por Judas, um dos seus discípulos, e preso pelos soldados Romanos. Foi julgado perante o povo Judeu por Pontius Pilatus, Governador da Província Romana da Judeia, e condenando à morte por crucificação. Segundo o Cristianismo, Jesus ressuscitou no Domingo de Páscoa, que passou a ser o dia da semana de celebração para os Cristãos.
 
 
A festa da Páscoa está ligadas à passagem do inverno para a primavera e têm origem nas celebrações do equinócio de primavera. As palavras Easter (inglês) e Ostern (alemão) para Páscoa estão relacionadas à Deusa Babilónica da fertilidade Ishtar ou à Deusa Germância Eostre também relacionada com a Primavera.
 
 
Os ovos e os coelhos são símbolos de fertilidade, inocência e renascimento associados a esta altura do ano. A troca de ovos pintados e mais tarde de chocolate é muito antiga e hoje em dia é praticada pelo mundo inteiro.
 
A Páscoa representa um tempo de esperança. Feliz Páscoa para todos!
 
Um beijinho,
 
Maria Helena