Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Consultório de Astrologia

Sonambulismo: um processo misterioso

 

É uma desordem do sono que perturba 1/5 da população, manifesta-se nas pessoas desde cedo e afeta mais homens do que mulheres. No entanto, pouco mais sabemos do que isto. Por que há pessoas que falam quando estão a dormir? É possível que alguém cometa uma tragédia involuntariamente enquanto está a dormir? Os estudos realizados não chegam a grandes conclusões.

 

Passamos mais ou menos 1/3 das nossas vidas a dormir, mas aquilo que vivemos nesse estado nem sempre é palpável. Há uma linha que separa aquilo que faz parte do nosso estado inconsciente durante o tempo em que estamos a dormir, daquilo que é palpável. É difícil distinguir aquilo que não passou, por exemplo, de um sonho, do real. Mas às vezes consegue passar-se essa linha, principalmente quando se sofre de um distúrbio do sono tão misterioso como o sonambulismo.

 

Também chamado de noctambulismo, este transtorno consiste em realizar uma série de atividades motoras automáticas – simples ou complexas – enquanto a pessoa está a dormir. Apesar de não haver grandes conclusões sobre estudos realizados a quem sofre de sonambulismo, há um fator comum: quem sofre desta desordem nunca se lembra daquilo que fez enquanto estava a dormir. Há uma amnésia e a ausência total de intenção consciente. Portanto, o sonâmbulo não pode ser legalmente culpado dos seus atos, caso estes entrem no âmbito da criminalidade.

 

Mesmo que as estatísticas apontem para que 1/5 da população que sofre deste distúrbio, o mais normal é que seja muito mais, pois muitas pessoas também terão passado pelo problema durante a sua infância ou em algum momento da sua vida, mas nunca o terão revelado. As idades entre as quais existe um pico maior do sonambulismo é entre os 3 e os 6 anos e, mais tarde, na fase da puberdade. Quando o distúrbio avança para a idade adulta, as pessoas poderão deparar-se com comportamentos mais complexos e violentos. Alguns especialistas consideram que quando o sonambulismo permanece até mais tarde poderá estar relacionado com alterações psicopatológicas.

 

Há também estatísticas que revelam que neste caso, os homens estão à frente das mulheres, embora alguns especialistas considerem que nem sempre isso se verifique.

 

Não é fácil diagnosticar!

Existem várias fases durante o sono, e é entre a 3ª e a 4ª (sono de ondas lentas) em que normalmente há reações naqueles que sofrem de

 

sonambulismo. O diagnóstico do paciente com este tipo de transtorno realiza-se depois de analisar a história clínica do paciente, pois é difícil tirar conclusões sem nos basearmos em provas que se façam enquanto a pessoa dorme. Há que perceber, durante o estado do sono, as repercussões orgânicas que se manifestam no sonâmbulo. Realizam-se eletroencefalogramas, eletrocardiogramas, e medição da tensão arterial.

 

Há, por norma, sempre uma dissonância entre aquilo que o paciente conta e a verdade da situação, portanto todos estes testes são indispensáveis. Fazer um diagnóstico acertado é o mais importante nestes casos, já que existem alterações parecidas, mas ao mesmo tempo muito diferentes, como por exemplo, os terrores noturnos e alguns tipos de epilepsia.

 

Embora se desconheça a origem do sonambulismo, os estudos apontam que pode ser devido a alterações da conduta motora e nos processos de amadurecimento. Sabe-se atualmente que este distúrbio pode ser transmitido geneticamente, mas não se desenvolverá plenamente a menos que ambos os progenitores sejam portadores. Outra das causas do sonambulismo tem a ver com uma falha no bloqueio dos sistemas de segurança e alerta. O ser humano tem um sistema que impede que façamos necessidades fisiológicas na cama enquanto estamos a sonhar. Este mecanismo encarrega-se de que a imagem sonhada se traduza num movimento físico. No caso dos sonâmbulos esse controlo desaparece.

 

Enquanto dorme, ele poderá viver uma realidade com algum risco para si mesmo e, em muitas ocasiões, para outras pessoas.
Não existe nenhum tratamento específico para o sonambulismo, o mais importante é tentar prevenir com algumas medidas de segurança que evitem perigo para o sonâmbulo. Ele não deve dormir em andares superiores, deve evitar quartos com muitos móveis e fechar portas e janelas enquanto dorme. Tesouras e facas, por exemplo, também não devem estar ao alcance dos sonâmbulos.

 

 

Veja grátis: Horóscopo diário ! 

 

Clique aqui para marcar uma consulta de Tarot, ou falar comigo! 

maria helena.jpg


Envie-me um e-mail em branco e receba uma surpresa!

Clique aqui!

 

Mais informações para:

Telefone: (00351) 21 092 9000

E-mail: mariahelena@mariahelena.pt

Site: http://www.mariahelena.pt/

Facebook: www.facebook.com/MariaHelenaMartinsMHM

logo dra.png

 

Error running style: Style code didn't finish running in a timely fashion. Possible causes: